[Resenha] Polícia

Polícia
Título Original: Police (Harry Hole #10)
Autor(a):  Jo Nesbø
Editora: Record                    Páginas: 546
Lançamento: 2017               ISBN: 9788501109583
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
A polícia de Oslo precisa desesperadamente de Harry Hole. Mas, dessa vez, talvez ela não possa contar com seu detetive mais brilhante.... Ao longo dos anos, o inspetor Harry Hole esteve envolvido nos principais casos de assassinato em Oslo e salvou a vida de muitas pessoas. Mas, quando um assassino brutal ataca os policiais da cidade e seus colegas são expostos ao perigo, Harry não se encontra em posição de proteger ninguém – muito menos a si mesmo. Um investigador aposentado é assassinado de modo brutal em um bosque nos arredores da cidade; um detetive é morto com requintes de crueldade. Ambos são encontrados nos locais dos crimes que não foram capazes de solucionar. E o assassino não para por aí. Funcionando como uma força-tarefa, os amigos de Harry na polícia entram em ação. Apesar da falta de pistas, eles contam com uma ajuda inesperada para deter o assassino antes que seus colegas sejam as próximas vítimas.
Polícia é o décimo volume da série policial Harry Hole, de  Jo Nesbø, publicada no Brasil pela Editora Record. Das séries que leio atualmente, esta é a minha policial favorita, na verdade de todas as que li é uma das melhores e a cada livro me surpreende mais e de maneira bem positiva.

A cada volume temos um caso diferente a ser investigado pelo protagonista Harry Hole, mas mesmo assim alguns livros são bem conectados e neste caso recomendo ler na sequencia. Vejam bem que eu conheci a série pelo sétimo volume – Boneco de Neve – e consegui aproveitar bem a leitura, mas o livro seguinte – O Leopardo –, é bem ligado ao seu antecessor e por isso ler na ordem é essencial. Quando chegamos em O Fantasma, a sensação é de que estamos numa nova fase da vida de Hole e dá para ler tranquilamente sem ter lido os anteriores, mas Polícia é mesmo uma continuação da história e retoma aqueles pontos soltos e aquele final que foi de parar o coração.

Então lá vamos nós com aquela curiosidade imensa sobre o que aconteceu com Harry Hole. Enquanto o autor nos dá pequenas pistas, muitas destas bem dúbias, uma nova onda de crimes começa na Noruega e surge um serial killer que mata policiais. Não aleatoriamente, as vítimas são aqueles que trabalharam em casos nunca solucionados e o assassino os leva para o local dos antigos crimes e recria as cenas. É como uma vingança, uma crítica ou mesmo uma segunda chance de desvendar aquilo que foi deixado para trás.

Hole não aparece presencialmente nas primeiras páginas, já que o autor mantem todo um suspense ao redor de seu paradeiro, mas ainda assim ele está ali e sendo lembrado pelos colegas como um gênio na arte de caçar serial killers. A expectativa pela sua aparição e entrada efetiva na investigação é enorme e eu estava desesperada para reencontrar este personagem inteligente, carismático e com um jeito nada ortodoxo de ser policial. Hole é um homem bom, apaixonado e que atua muitas vezes como um justiceiro, pois preza demais aquilo que ama e a forma como precisa acabar com criminosos.

Até que ele entre em cena, a investigação é comandada por aqueles policiais que sempre estiveram com ele ao longo de sua carreira e que já vimos em outros casos. A equipe é eficaz sem o líder, mas ainda assim precisa dele. No entanto, este período sem Hole foi de extrema importância para que nós finalmente conhecêssemos melhor estes outros personagens e até criássemos uma forte ligação com cada um deles. Este foi um artifício que o autor usou tanto para nos deixar mais ligados, como para facilmente nos destruir em algum momento da história.

Polícia é muito bom! Nem vi as quase seiscentas páginas passando, leria o dobro tranquilamente e sem pestanejar. A narrativa é fluida, a trama envolvente e pura adrenalina. Ritmo frenético do começo ao fim e com muito mistério e suspense. Eu já citei que adoro a série, e não apenas pela engenhosidade dos crimes, mas por admirar demais o protagonista. Já vi Harry Hole em diversas situações e na maior parte delas ele está na pior e encerra cada caso cheio de cicatrizes no corpo e na alma. Ela tem um histórico complicado, de antigos vícios e coração partido, e desta vez parece que finalmente está na luz e você sabe que vida tranquila para ele não pode durar muito tempo.

É fato que cedo ou tarde Hole vai sofrer e quase ser derrotado pelo novo inimigo e o autor cria situações pesadas e dolorosas, tanto que tive até pesadelos com algumas delas. Gente! Alguns assassinatos são chocantes demais, na verdade tudo aqui choca e este foi um dos livros mais pesados da série. 

Além disso, a trama é toda conduzida de forma duvidosa e propositalmente Jo Nesbø brinca com o leitor e o faz tomar caminhos errados e, embora eu tenha descoberto cedo quem estava por trás de tudo, faltavam os motivos. Como citei, pontos em aberto de O Fantasma são retomados aqui e estes foram responsáveis por algumas histórias paralelas que se conectaram com a central no desfecho e finalmente podemos dizer que mais uma fase da vida de Hole foi encerrada.

O final é excelente e fiquei muito contente, mas já adianto que algo foi deixado no ar e temos na última página o pontapé inicial do próximo caso.  E que venha logo. Super recomendo! Eu amei!

Nota 1: Como fã da série, desejo de coração que a Editora Record considere a ideia de relançar em novas edições os volumes da série que ficam entre Baratas e Boneco de Neve.

Nota 2: Falando em Boneco de Neve, a obra foi adaptada para as telonas e já está aí na nossa porta. Michael Fassebender será Harry Hole.

Confira também as resenhas de: O Morcego, BaratasBoneco de NeveO LeopardoO Fantasma e Sangue na Neve









2leep.com

9 comentários:

  1. Oi, Cida

    É ótimo quando um livro grande assim passa e a gente nem sente a leitura de tão bom, né? Eu cogitei ler Boneco de Neve por causa do filme, mas aí me recomendaram ler na ordem também... e tipo, são muitos livros, não dá pra ler agora!
    Vou ficar aqui torcendo pra Record relançar! \o/

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem?
    Eu curto bastante essa série de livros, mas vou confessar que parei no começo ainda haha
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,

    É tão bom quando o livro é empolgante e faz a gente ficar presa na história.
    É uma série que não li, mas preciso pegar mais desse gênero para ler.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Minha amiga leu um livro desse autor, e gostou bastante. Esse livro eu tenho curiosidade e pretendo assistir ao filme.

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    Uma pena, mas esse enredo não chama minha atenção :(
    Mas para quem gosta, parece excelente!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, a adaptação de Boneco de neve foi tão ruim, tão ruim que mesmo sem ser fã do autor fiquei com pena. Espero que a editora publique tudo mesmo, tenho grande vontade de conhecer a narrativa do autor e ter uma visão melhor do protagonista!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Jo é o mestre do suspense! sempre com uma trama eletrizante!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, tudo bem?
    Parece que as críticas ao filme de Boneco de Neve tão bem ruins. Uma pena. :(
    Quero ler essa série, amo livros policiais! É melhor lê-los na ordem de lançamento, correto?
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida! Tudo bem?
    Menina, tô simplesmente doida pra ler este livro! Aliás, a série inteira! Eu adoro cada uma das premissas e os títulos são super intrigantes.
    Fiquei sabendo que o filme (Boneco de neve) foi meio decepcionante, mas ainda assim, tô doida pra assistir. Mas, claro, que ler o livro primeiro. Tentei aproveitar a BF pra comprar alguns livros da série, mas quem disse que o preço estava amigo? Tava nada. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Beijos,
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!