[Resenha] Paixão ao Entardecer

Paixão ao Entardecer
Título Original: Love in the Afternoon (The Hathaways #5)
Autor(a): Lisa Kleypas 
Editora: Arqueiro                 Páginas: 272
Lançamento: 2015               ISBN: 9788580413557
capa paixao ao entardecer_15mm.indd ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|
Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança. Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles. Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga. A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio. Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles. De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.

Vai deixar saudades…


Paixão ao Entardecer é o último livro da série Os Hathaways, de Lisa Kleypas, publicada no Brasil pela Editora Arqueiro. Nesta série tivemos o prazer de conhecer os irmãos Amelia, Win, Poppy, Leo e Bea. Cada livro trouxe a história de amor de um deles e com a formação de cada casal a família foi aumentando, todos tiveram seus finais felizes, agora só resta a caçula solteira.

Beatriz Hathaway é uma bela moça, mas como todos da família, é excêntrica, sua paixão exagerada por animais assusta as pessoas, e constantemente é vítima de comentários maldosos. Bea não é uma moça que você possa indicar como uma pretendente em potencial, embora com grande coração e muito generosa falta sofisticação, quando atrai algum homem, este não é incentivado no cortejo, geralmente seus pais mostram que ela não é o tipo de mulher que a sociedade aprova.

Christopher Phelan é um jovem solteiro cobiçado e um daqueles que referiu-se a moça de forma nada gentil, para sorte dela, ele está interessado em sua amiga Prudence e quando vai para guerra escreve belas cartas para a garota em questão, só que ela ainda não decidiu quem quer e deixa as cartas sem resposta.

Eu já disse que Bea é generosa? Pois é, com pena de Phelan, começa a responder as cartas em nome da amiga e para sua surpresa descobre que o capitão é uma pessoa inteligente e com carisma, e claro que acaba apaixonada. E agora Bea? Como contar a verdade?

Bea sempre foi a irmã que menos se destacou, por ser a caçula ficava sempre em segundo plano e eu não sabia bem o que esperar de sua história, nunca formei uma opinião sobre ela, como foi o caso de Win, Poppy e Leo no decorrer da série, assim essa leitura foi toda de descobertas. Ela ama a natureza, e por vezes prefere mais estar no meio do mato com seus bichinhos do que entre muita gente, não é anti-social,  mantem uma relação de puro amor com a família, só que ver todos casados e ela solteira, a faz sentir-se como um peso, isso só contribuiu para que se tornasse mais reservada. Esta sua interação com a natureza permite que tenha uma  grande sensibilidade e sagacidade profunda para avaliar as pessoas, além disso não tem maldade no coração, não tem malandragem, é uma alma pura.

Ao ver como era esta moça, senti na pele sua solidão e aquelas cartas foram um sopro de emoção em sua vida, mesmo passando por Prudence, foram seus sentimentos no papel e isso me fez ansiar para que seu amor fosse correspondido. Bea  me cativou prontamente.

A expectativa que toma conta do leitor é enorme, cada nova carta do casal empolga e faz o coração dar uns pulinhos, não vemos a hora de Phelan descobrir quem é a mulher que ganhou seu coração, só que isso não vem fácil, a autora insere outros elementos na trama que desviam o casal do encontro, e ainda há a questão que ele não gosta de Bea e acha que Prudence é a mulher ideal.

Eu adorei a forma como a autora criou situações para aproximar o casal, são momentos onde Phelan pode enxergar Bea e esquecer a imagem errada que a sociedade faz dela, ela o desafia, instiga e desperta nele algo inesperado,  mas o engraçado é que nada disso foca em revelar a verdade, este acontecimento vem quando você menos espera e foi um dos momentos mais divertidos do livro.

Parece que o final feliz foi rápido, mas não, a autora gosta de criar problemas para seus protagonistas solucionarem antes de tudo dar certo e Bea com seu jeito de menina travessa, que vestia calças como um homem e domava cavalos, viu em Phelan seu maior desafio. Ele que saiu dali como um rapaz fútil e superficial, virou um homem na guerra, um herói, mas com traumas irreversíveis, estava praticamente enlouquecendo e só com muita dedicação, amor e sedução, ela foi capaz de ajudar.

O sentimento, nascido na simplicidade e conforto de cartas, cresceu com base em confiança e confidências. A narrativa focada em ambos os protagonistas permite ver como cada um foi afetado nesta relação, eu fiquei tão envolvida que praticamente li num só dia, foi aquela leitura que despertou um sentimento agridoce, afinal queria o desfecho, mas não queria dizer adeus aos Hathaways. Leo e Cam tiveram participação importante, e até um cãozinho esperto me alegrou.

Foi o livro que saiu mais dos cenários habituais de bailes e festas ao abordar os tormentos da guerra vividos por Phelan, trazendo algo trágico, mas ainda assim foi hilário boa parte do tempo. Aconteceu muita coisa nesta história, mas ao final a autora ligou cada uma e deu coerência à sua trama.  É claro que me emocionei! Fechei com os olhos marejados e uma dor no coração. A série é maravilhosa, se curte romances doces, provocantes, mesclados com muito amor e relações familiares fofas, mergulhe de cabeça.


Confira as resenhas dos outros livros da série.


  



2leep.com

13 comentários:

  1. oi minha linda! sua resenha só me deixa com mais vontade de ler! os Hathways me conquistaram de primeira e agora ter que dar tchau da um aperto no coração, mas eu to louca pra ler a história da Bea!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida,
    Ainda preciso ler o livro de Poppy, então ainda não dei adeus a série. Com relação ao livro de Beatrix, eu gostei da forma como a autora foi criado sua relação com Phelan, e sinceramente gostei deles juntos, mas talvez por ser o último livro, eu esperava um algo mais.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie,
    ohhh ainda estou no segundo da série, mas adoro ver as resenhas dos outros, me da ainda mais vontade de ler os livros kkk

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá Cida,
    Ainda não li nenhuma série de romance histórico da Arqueiro, mas dificilmente vejo uma resenha negativa sobre elas. Nunca li, porque não faz muito meu gênero, mas de repente me deu uma vontade de ler, hahahaha

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie Cida =)

    Parei no primeiro livro dessa série, por que não consegui curtir muito a história. Porém, como percebi pelas resenhas que li, a série melhora então pretendo dar uma chance para ela assim que terminar algumas que estou lendo.

    Beijos e um ótimo final de semana;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Ainda não li nenhum livro da série, mas como adoro esse tipo de romances, já sei que vou gostar!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Louca por essa série. Louca. Adoro esse tipo de leitura, então mal vejo a hora de começar a ler. Ao menos não vou sofrer esperando pelos outros livros, né? kkkkk As capas são lindas demais.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amei essa série, é mesmo maravilhosa, esse último livro foi um desfecho excelente, foi sem dúvida nenhum um dos meus livros favoritos, gostei muito de todos mas esse com a fofa da Beatrix ganhou meu coração.

    ResponderExcluir
  9. Olá, todo mundo fala muitíssimo bem dessa série, eu ainda não conheço, mas não é a primeira resenha que leio deste livro. Sua resenha esclareceu algumas coisas que eu ainda não tinha entendido bem sobre a série. Assim que conseguir vou adquirir o primeiro livro para ver o que acho!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!!

    Essa série já me conquistou antes mesmo de eu ler! Desejo muuuuuuuuito!! Ao contrário dos Bridgertons, acredito que os Hathaways seja muito mais o meu tipo de romance "de época"... Não vejo a horaaa de pegar os 5 livros *------*
    De qualquer forma, adorei sua resenha, que bom que foi um ótimo final pra série e estou sem duvidas mais animada ainda!

    Beijo!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Melhor resenha do livro que já li <3 Não é novidade que eu diga que quero loucamente essa série tão aclamada pelos leitores. Os Hathaways é uma das séries históricas que quero ler tipo imediatamente, quero me apaixonar também rçrç Sofro por ainda não ter conseguido ler nenhum dos livros.

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nenhum livro da Lisa Kleypas, mais agora vi que era melhor de lido antes, adorei a resenha,apesar de minhas amigas falarem muito bem dessa série ainda não conhecia, gostei de saber mais a fundo através da resenha, fiquei interessada...

    ^^

    ^^

    ResponderExcluir
  13. Ai meu Deus amo a autora, amo os livros dela e sua resenha só me deixou ainda MAIS tentada a ler esse livro DIVINO!!!! Oh God preciso de um emprego só pra comprar todos os livros que vc indica hahahaha
    Bianca Valente

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!