[Resenha] Uma Chance Para o Amor

Uma Chance Para o Amor
Título Original: Lord Dashwood Missed Out (Spindle Cove #4.5)
Autor(a): Tessa Dare 
Editora: Gutenberg              Páginas: 112 
Lançamento: 2018               ISBN: 9788582355558 
Tradução: A C Reis
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

 

Uma nevasca não possui tanta fúria quanto uma solteirona desprezada. A senhorita Elinora Browning cresceu ansiando pelo amor do belo e inteligente cavalheiro da casa ao lado… mas ele deixou a Inglaterra sem nem olhar para trás. Em uma noite, inspirada pela bebida, Nora despejou seu coração partido no papel e escreveu um manifesto intitulado Lorde Ashwood perdeu sua oportunidade, para todas as jovens que tinham sido negligenciadas pelos homens. Depois de se tornar famosa pelo seu brilhante texto, a Srta. Browning está a caminho de Spindle Cove para dar uma palestra na biblioteca Duas Irmãs. Mas o tempo ruim atrasa sua viagem e ela é forçada a esperar a nevasca passar com o pior companheiro possível: o próprio Lorde que destruiu seu coração. E desta vez ele finalmente parece notar a sua existência…

Uma Chance Para o Amor é um conto da série Spindle Cove, de Tessa Dare, que traz para o leitor uma personagem nova que não estava vivendo na vila de Spindle junto com as protagonistas anteriores.

Elinora Browning é uma jovem escritora que alcançou notoriedade com seus escritos quando publicou o manifesto intitulado “Lorde Ashwood Perdeu Sua Oportunidade”. A publicação é um desabafo de uma jovem deixada de lado pelo homem que lhe deu esperanças e depois a deixou de lado como uma peça de roupa que não mais servia. O alvo do desabafo é o vizinho de Elinora, Lorde Ashwood, que partiu seu coração e a deixou sem nem um adeus.

Elinora foi convidada para dar uma palestra em Spindle Cove, mas acaba presa na estrada por conta de uma carruagem quebrada e uma nevasca. A jovem se vê obrigada a buscar abrigo em um velha cabana abandonada, na companhia do homem que dividia a carruagem com ela. E quem seria ele? É claro que só poderia ser Lorde Ashwood. Finalmente havia chegado a hora do ajuste de contas.

Em primeiro lugar, recomendo ler a série na ordem para melhor aproveitar quando antigos personagens aparecem. Neste conto vamos ter a participação de praticamente todos os protagonistas anteriores e o impacto se sua aparição é maior quando você os conhece de antemão. Se não for possível ler na ordem, ao menos leia depois de Uma Duquesa Qualquer já que os resultados deste volume nos direcionam para este conto.

Voltando a história de Elinora e seu Lorde Ashwood, desde o começo da viagem ambos acabam travando um discussão acalorada sobre o manifesto. Ela não quer admitir que seu desabafo é sobre ele, mas ele sabe que é e deseja saber qual foi a grande oportunidade que perdeu.

É muito interessante ver a interação destes dois e a forma como a cada página vão passando sua história a limpo. Elinora teve seus motivos para mágoa, mas ao conhecer melhor Lorde Ashwood percebemos que ele também gostava dela e teve motivos para fazer o que fez.

Não justifico os motivos dele, acho que foi muita falta da maturidade, mas  ainda assim ele gostava dela de verdade. Tanto que vamos ter grandes surpresas em decorrência destes sentimentos que ele tanto quis ocultar.

Não vamos ter um desenvolvimento longo para a relação, tudo vai se resolver praticamente em um espaço de 24 horas, mas Tessa soube conduzir este acerto de contas muito bem e o resultado é um romance quente, divertido, empolgante e que faz o leitor suspirar no final.

Claro que em certos momentos eu achei que Lorde Ashwood não merecia Elinora depois de partir, mas o rapaz faz algo tão lindo no final, tão romântico, que deu para perdoá-lo.

E paralelo ao reencontro dos apaixonados, vamos ver os homens de Spindle Cove partirem na busca por Elinora, pois é bem óbvio que se ela não chegou em seu destino por estar em apuros na estrada.

Então vamos ver o Duque de Halford (Uma Duquesa Qualquer), Bram  (Uma Noite Para Se Entregar), Colin (Uma Semana Para Se Perder) e Thorne (A Dama da Meia –Noite), formando um grupo de busca dos mais divertidos, vivendo as situações mais hilárias e tendo diálogos memoráveis.

Eles acabam vivendo também sua aventura nas estradas e foi não só excelente vê-los de novo, como também perceber que conseguiram roubar a cena e tirar os holofotes do casal principal. Eles se intitularam Os Lordes da Perdição e deu até vontade de ler um livro só de aventuras do quarteto.

Em suma, Uma Chance Para o Amor é um dos melhores contos que li e um dos volumes mais legais da série. A história é curtinha, mas completa e muito encantadora.

Tessa Dare não deixa de nos presentear com protagonistas fortes, emponderadas e que não precisam de homens para se realizarem. As meninas de Spindle Cove tem muita força e não são apenas esposas bonitas e sim parceiras de vida para seus companheiros, donas de grandes feitos. Recomendo! 

6 comentários:

  1. Olá, Cida.
    Eu amo essa série e amei que a editora publicou as novelas também. Mas confesso que gostei mais das partes do grupo dos meninos do que da história do casal em si hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, tudo bem?
    Adoro suas indicações de romance de época e Tessa Dare definitivamente está na minha lista. Quero ler Spindle Cove, mas antes só pretendo terminar os Ravenels, da Lisa Kleypas (pra ficar com uma série de época por vez).
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Ahhh, eu amo essa história. Li em inglês e depois comprei em português tb. Além da história mara, ainda tem a participação do Colin e sua turma, que roubam a cena sempre que aparecem. Como eu me diverti com eles, hehe!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    Romantic Girl

    ResponderExcluir
  4. Ainda não conhecia, gostei muito e acho que vou me arriscar lendo fora de ordem mesmo kkkk
    Vou adicionar no skoob agora para não esquecer. Achei interessante porque não gosto quando enrola muito e esse parece ir direto ao ponto.
    Adorei.

    Beijos,
    Dear Masen

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Acho bem legal quando os autores criam maneiras pra retornar ao universo e deixar os fãs felizes. Eu ainda não conheço essa série, mas fiquei na vontade pela autora.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Realmente o tempo do desenvolvimento deixa a desejar, mas eu gostei bastante do casal. Além de morrer de rir com o Colin
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!