[Resenha] A Duquesa Feia

A Duquesa Feia
Título Original: The Ugly Duchess (Fairy Tales #1) 
Autor(a): Eloisa James 
Editora: Arqueiro                 Páginas: 272
Lançamento: 2018               ISBN: 9788580418491   

 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|| 
Baseado na história O Patinho Feio, esse é o terceiro volume da série Contos de Fadas. Como ela ousa achar que ele a ama, quando Londres inteira a chama de Duquesa Feia? Theodora Saxby é a última mulher com quem se poderia esperar que o lindo James Ryburn, herdeiro do ducado de Ashbrook, se casasse. Mas depois de um pedido romântico feito na frente do próprio príncipe, até a realista Theo se convence de que o futuro duque está apaixonado. Ainda assim, os tablóides dizem que a união não durará mais do que seis meses. Em seu íntimo, Theo acredita que os dois ficarão juntos para sempre… até que ela descobre que o que James desejava não era seu amor, mas seu dote. E a sociedade, que primeiro se chocou com seu casamento, se escandaliza com sua separação. Agora James precisará enfrentar a batalha de sua vida para convencer Theo que ele amava a patinha feia antes que ela se transformasse em cisne. E Theo logo descobrirá que, para um homem com alma de pirata, vale tudo no amor – e na guerra.
A Duquesa Feia é o mais recente volume da série de romances de época Fairy Tales, de Eloisa James, publicado pela Editora Arqueiro no Brasil.

As histórias são independentes e em cada livro a autora traz um novo grupo de personagens e um romance baseado em um famoso conto de fadas. Pelo título é fácil saber que a inspiração da vez foi O Patinho Feio.

Theodora Saxby é um jovem herdeira em idade de casar, mas não possui uma beleza estonteante e nem a silhueta cheia de curvas de outras jovens que estão, como ela, em busca de um bom par na sociedade inglesa. Theo muitas vezes é comparada a um menino e isso a deixa mais ciente de outros atributos que possui, com um arrojado gosto para moda e um mente sagaz. O sonho da moça é ser livre para se vestir como quer, deixando para traz a afetação de ser debutante.

Theo tem um alvo e pede ao melhor amigo de infância que a ajude a chamar a atenção do rapaz que está interessada. Este amigo é James, futuro herdeiro de um ducado e filho do tutor da moça. O pai dele é um pilantra de marca maior e usou o dinheiro da herança dela em jogos. Hoje, tem a cara de pau, de sugerir ao filho que se case com Theo para evitar um escândalo por essa fraude.

James reluta, mas ao ver que  Theo está prestes e escolher outro, a beija de surpresa e faz uma proposta de casamento. Como acabam sendo flagrados nessa situação, pensando em evitar um escândalo, ela aceita e não demora para se ver sentido algo bem forte pelo belo amigo de infância.

É um casamento por interesse, embora fique claro que exista um carinho enorme entre os dois. Só que Theo não sabe o que motivou James a pedi-la em casamento e quando descobre se sente traída e o manda embora. Sozinha, resolve seguir seus sonhos e se torna uma lenda na Europa. Conhecida como a Duquesa Feia, torna-se em pouco tempo a dama mais elegante, misteriosa e ditadora de tendências que a sociedade já viu. O patinho feio virou um cisne.

O romance de Theo e James não se mostra logo de cara. Há uma relação de amizade entre eles de início e depois um casamento vindo de um golpe, embora ela se veja apaixonada pelo marido em pouco tempo. 

James é um mistério para nós, muitas vezes passa a impressão que ama Theo e o casamento foi motivado por isso, mas em outros momentos parece que fez tudo para esconder a desonestidade do pai. Eu não consegui torcer pelo relacionamento, quando algo começa por dinheiro eu não me empolgo, sempre acho que o interesse material vai se sobressair e o amor nunca vai vencer, nunca vai ser sincero. E, por este motivo, achei  ótimo quando Theo mandou James embora de sua vida.

Neste momento, quando ambos seguem rumos diferentes, a trama me capturou. Eu gostei de ver a ascensão de Theo e a forma como se tornou independente e prodigiosa. E o melhor é que não ficou chorando por um homem que não a merecia, mesmo magoada, conquistou seus sonhos.

James por seu lado seguiu um caminho inesperado para um nobre e amadureceu. O rapaz dominado pelo pai partiu e deu lugar para um novo homem. Não vou detalhar no que ele se envolveu, mas de fato foi algo que o tornou uma pessoa capaz de pensar por si mesmo. No entanto, quanto chegou perto de morrer, percebeu que não poderia partir sem mais uma vez tentar ser feliz com a esposa. Ao final, depois de anos de separação, parecia que ele amava Theo.

É aquele romance complicado e que para dar certo precisa haver perdão e ganho de confiança. Theo não possui motivos para aceitar James e vamos ver se ele vai de fato conseguir mostrar que mudou. Neste estilo de livro, sabemos que sempre há um final feliz adiante, mas admito que eu não fiquei ansiosa por ver Theo deixando sua independência por um homem como o marido. Acho que ela merecia um cara honesto.  

A história me dividiu, já que não torci pelos dois como casal, mas individualmente eu queria que ambos se saíssem bem. Eu gostei dos protagonistas, mas como citei, não acreditei em seu amor. É engraçado como mesmo apreciando ambos, não consegui os ver juntos. Ainda assim, a história me divertiu, já que Theo é uma figura ousada e espirituosa e nos faz sorrir com suas atitudes ousadas. Um outro personagem muito bom é o primo de James, que ao meu ver merecia um livro só dele.

Em suma, A Duquesa Feia é uma história leve e divertida, com uma personagem que se mostra cheia de coragem quando a vida a derruba. Theo é inspiradora e um exemplo de força e iniciativa. Ainda que o romance não tenha me arrebatado, as jornadas individuais dos protagonistas são ótimas de conferir. 
Série Fairy Tales

Um Beijo à Meia-Noite  (Fairy Tales #1) *   *Storming the Castle (Fairy Tales #1.5) *
* Quando A Bela Domou a Fera (Fairy Tales #2) *  * Winning the Wallflower (Fairy Tales #2.5) *  * The Duke Is Mine (Fairy Tales #3) *  *A Duquesa Feia (Fairy Tales #4) *
* Seduced by a Pirate (Fairy Tales #4.5) *  * Once Upon a Tower (Fairy Tales #5) *



2leep.com

8 comentários:

  1. Oi Cida. Eu nunca li nada da Eloisa James, mas tenho bastante vontade. Engraçado como o que você disse me dá realmente a mesma sensação que sinto em algumas obras. Eu gosto dos personagens, mas preferia go solo do que shipper. De todo modo, fiquei interessada na obra. Beijos.

    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  2. Oiii Cida

    Eu gosto muito de retellings, são sempre novas perspectivas interessantes que fazem em certo ponto a gente reviver aquelas antigas histórias que conhecemos desde sempre. Essa da Eloisa James ainda não pude ler, achei interessante saber que embora os personagens te cativaram, como casal não rolou quimica ao ponto de vc torcer por eles. Ah eu quero ver se vou sentir o mesmo. Adorei a resenha.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, Cida.
    Eu tenho esse livro aqui, mas como me decepcionei com o da Cinderela e só li resenhas negativas desse, eu acabei não lendo ele ainda. Acho que nos livros de romance de época o mais importante é a gente torcer pelo casal e quando isso não acontece fica dificil gostar da história.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Adoro o título desse livro.
    É horrível quando a gente pega romances legais, mas não sente a química e o sentimento. Mas, fiquei curiosa.

    até mais,
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    Eu li o da Bela e da Fera e uma determinada cena me decepcionou muito. Gostei da escrita da autora, mas sabe quando isso te desanima a continuar com a série?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Eu tenho muita curiosidade de conhecer essa série. É uma das poucas séries de época que me chamam atenção, mesmo sendo de época. Achei a ideia de ser uma espécie de reconto, muito atrativo *-* E a personagem parece ser muito guerreira <3 Nem conheço a Theo, mas já gosto.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,

    Tentei ler Quando a Bela Domou a Fera quando saiu por aqui, e confesso que não curti a leitura, foi tão chatinho que acabei abandonando, então depois desse episodio resolvi deixar essa série de lado.
    Que bom que gostou do livro, mesmo que o romance não tenha te conquistado.

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram


    ResponderExcluir
  8. eu adorei a história, achei que foi uma boa combinação entre dois personagens tão diferentes
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!