[Resenha] Magia do Sangue

Magia do Sangue
Título Original: Blood Magick (The Cousins O'Dwyer Trilogy #3)
Autor(a): Nora Roberts
Editora: Arqueiro                 Páginas: 288
Lançamento: 2015               ISBN: 9788580414714
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Há muitos anos, Branna O’Dwyer entregou seu amor a Finbar Burke. No entanto, o romance durou pouco. Uma maldição ligada ao sangue de suas famílias os proibiu de ficar juntos. Branna tentou preencher esse vazio com amigos e familiares, mas sabe que, sem Fin, sua vida nunca estará completa. Ele, por sua vez, passou os últimos doze anos viajando pelo mundo, focado exclusivamente no trabalho. Atormentados pela forte atração que nem a distância pôde aplacar, nenhum dos dois acha que um dia se entregará de novo ao amor. Entretanto, em meio às sombras que ameaçam destruir tudo o que eles consideram mais precioso, esse relacionamento sem futuro pode ser também a última esperança que lhes resta.

Magia do Sangue é o terceiro e último volume da Trilogia Primos O'Dwyer, de Nora Roberts, publicada no Brasil pela Editora Arqueiro. A trama, que se desenrola desde 1263 até os dias atuais, nos mostra a luta da Bruxa Sorcha e seus descendentes contra o poderoso feiticeiro das trevas Cabhan.


Sorcha se sacrificou em prol das futuras gerações, acreditando que aqueles que herdassem seu poder conseguiriam derrotar o mal. Não foram seus filhos, nem os filhos deles, contudo parece que aqueles de carregam o poder da Bruxa da Noite estão próximos do grande desfecho. Iona, Connor e Branna vem trilhando um caminho de vitórias e derrotas desde o primeiro livro, ao mesmo tempo que protagonizam suas histórias de amor. Iona e Boyle em Bruxa da Noite. Connor e Meara em Feitiço da Sombra. Agora chegou a vez de Branna e Fin buscarem seu final feliz junto com a vitória definitiva.


A trama é retomada de onde paramos e  com os personagens muito frustrados por terem chegado tão perto de matar Cabhan e ele ter conseguido escapar. A sombra desta derrota paira no ar e tira parte do ânimo para seguir em frente, mas o legado ancestral que carregam e as constantes visões em sonhos, ou mesmo no dia a dia, dos filhos de Sorcha, motivam nossos bruxos e os impedem de desistir.

A narrativa sempre se dividiu entre momentos do passado e presente, mas desta vez as duas épocas se misturam e acabam criando um novo tempo, um paralelo onde a magia antiga e a nova se unem. Os animais guias ainda são um símbolo da força desta magia, mas os feitiços e poções predominaram nos momentos finais e, claro, a luta corpo a corpo.

Eu estava ansiosa para conferir este último livro e não apenas por causa da batalha final, mas acima de tudo pelo casal de protagonistas. Desde o primeiro livro Branna e Fin me deixaram intrigada, pois diferentes dos demais que se apaixonaram durante esta jornada, eles já tiveram um relacionamento e se amaram loucamente. O problema é que após se entregarem ao amor, surgiu em Fin uma marca que o identificava como um descendente de Cabhan. Assim Branna não conseguiu levar adiante o namoro e abandonou o rapaz.

A história dos dois é uma tortura e de partir o coração, sabemos que sofrem por não estarem juntos, mas optam pelo dever antes do prazer. O conflito travado por eles é tão grande, que chega mesmo a se destacar mais que a batalha contra Cabhan, o que fez deste romance o mais intenso da trilogia.

Eu gosto muito dos dois e queria muito saber qual seria a carta escondida na manga que Nora Roberts estava guardando para permitir que no final tudo desse certo e confesso que a revelação da mesma foi interessante. É certo que a história de Branna e Fin é a mais diretamente ligada ao segredo para derrotar Cabhan, sem dúvidas o casal é o mais importante entre os três.

O desempenho individual de cada um foi ótimo e juntos os dois foram perfeitos. Há a dose certa de razão, paixão, companheirismo, coragem, amor, respeito e amizade. E os demais estão ali dando todo o apoio para que o amor vença toda e qualquer maldição.

E quanto ao inimigo de todos, Cabhan, vemos suas fraquezas sendo expostas. Ainda assim senti falta de ter a voz deste personagem, eu queria um foco maior nele, não apenas suas curtas aparições, pois mesmo com tudo que foi dito ele não foi um grande vilão na minha opinião. 

Quanto ao momento onde veremos a vitória do bem contra o mal, o mesmo foi bem rápido e desejei algo mais detalhado, a verdade é que os três livros mantiveram praticamente o mesmo nível, sem uma mudança significativa no tocante a luta contra Cabhan. Não é série de magia mais empolgante da autora, mas ainda assim se destaca pelos belos romances.

No entanto, apesar de desejar que os pontos acima tivessem sido trabalhados de maneira diferente, a leitura foi gostosa, pois prevaleceu em cada um dos livros o clima familiar e de amizade que só Nora sabe mostrar. Suas obras me confortam, me deixam aconchegada e desejosa de ter amores e amigos como os que ela cria. Eu adoro as relações humanas, o pano de fundo bem construído e vívido. Cada nova série da autora que leio me deixa com a sensação de ter feito parte de uma nova família, de ter ganho novos amigos e com isso levarei para sempre a história comigo. 









2leep.com

14 comentários:

  1. Apesar da fama da autora, nunca li nada dela. Mas se eu fosse começar, certamente seria por essa trilogia, pois a temática dela me despertou interesse, por ter personagens bem construídos, um bonito romance e uma fantasia sem igual, sem contar as capas que são lindas.
    Fiquei feliz em saber que o final foi agradável, e muito me incentivou a procurar a serie para iniciar a leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. ainda não li essa série, Cida, mas creio que vou curti-la, pois além de ser de uma autora que adoro, creio que a dosagem desse lado místico me agradará
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Acho que li apenas um livro da Nora Roberts e era o terceiro de uma série de mais de 6 livros se nao me engano. Eu nao curti muito, mas vou tentar ler os outros, quem sabe eu nao mude de ideia?

    Beijokas da Mylloka :*
    http://myllokasecret.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Eu já queria ler essa trilogia da Nora por ser da Nora. Mas, lendo suas resenhas, percebi que ela parece muito com uma outra trilogia que li dela e circula entre os meus favoritos, Trilogia da Magia. Recomendo muito, viu?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu! Esta eu não li, mas li A trilogia do círculo. Recomendo. Valeu a dica.

      Excluir
  5. Oi amiga!!!
    O romance entre Branna e Fin também era o mais esperado por mim, gostei muito da solução criada pela autora para o casal, assim como você me decepcionei um pouco com a batalha, achei fraca, mas a sensação aconchegante que as obras da Nora nos passam compensam as ocasionais falhas no enredo, com certeza!!!
    Beijos... Elis Culceag.​ * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga! É o clima que ela cria que nos torna cativos de suas obras.

      Excluir
  6. Oie Cida! Tudo bem!!?? :D

    Eu li apenas o primeiro desta série mas o segundo é um dos próximos livros da minha lista de leitura. Adorei os personagens também, a premissa, o misticismo! Nunca tinha lido nada da Nora e me apaixonei pela escrita dela. Ótimo saber que a autora finalizou de forma boa e interessante essa história. Estou ansiosa pra ler os outros dois livros e sinto que também vou sentir saudades dos personagens, pois ela realmente sabe trabalhar muito bem as relações nos livros dela, foi um dos fatores que mais curti!

    Beijo, excelente resenha!
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,
    Acredita que nunca li nada dela? :O
    Mas ta ai uma série que eu gostaria de ler.
    Assim posso conhecer a escrita da autora.
    Bjs
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li o primeiro volume dessa trilogia, mas como todas as obras da Nora são boas, tenho muita curiosidade. Ótima resenha!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Nunca Jamais", vem conferir!

    ResponderExcluir
  9. Cida!
    Tão bom quando o último livro de uma série termina nos dando satisfação, concorda?
    Mesmo que a batalha do bem contra o mal tenha sido rápida, acredito que o livro deve ter valido a pena.
    Gosto do tema bruxas e gostaria de ler a série.
    Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
    “A bondade deve estar ligada ao saber. A simples bondade pouco adianta; é o que tenho constatado.” (Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!!

    Eu li os dois primeiro, mas não curti, eu tenho alguns problemas com a narrativa da Nora, mas sei que isso é algo muito pessoal, já que a autora tem milhões de fãs! Mas eu concordo numa coisa: Branna e Fin são os melhores, ao menos, foram os meus preferidos e por isso que saber o final deles rsrrss

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida,

    Esse era um dos livros da trilogia que eu mais tava empolgada pra ler por causa do casal, mas o primeiro acabou me traumatizando. Não consigui ler o segundo e esse muito menos. Quero terminar a trilogia, só não sei quando. :/

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nunca li nada da Nora, mas parece ser uma experiência super confortável :D Tenho mais interesse em outros livros dela, mas essa trilogia também me deixa bastante curioso. Parabéns pela resenha ;) Abraços!
    bookdan.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!