[Resenha] A Maldição dos Ancestrais

A Maldição dos Ancestrais
Título Original: Curse of the Ancients (Infinity Ring #4)
Autor(a):  Matt de la Pena 
Editora: Seguinte               Páginas: 208
Lançamento: 2014             ISBN: 9788565765381
MALDIÇAO DOS ANCESTRAIS, A ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Quando Dak, Sera e Riq chegam ao próximo destino em sua jornada para consertar falhas históricas, são recebidos por uma tempestade. Eles estão na península de Yucatán, lar dos antigos maias, na época da chegada dos colonizadores espanhóis -ou pelo menos deveria ser assim. Sera tem certeza de que programou o Anel do Infinito corretamente, mas eles parecem estar séculos adiantados. Enquanto tentam descobrir o que aconteceu, os três jovens desconfiam que talvez exista um motivo para estarem ali: bem naquele momento os anciãos da aldeia estão escrevendo um códice importantíssimo, que travaria o destino daquele povo para sempre. Na escola, Dak e Sera haviam aprendido que os maias eram uma civilização violenta e cruel, mas talvez a história e a cultura daquela sociedade tenham sido mal interpretadas...
Maldição dos Ancestrais é o quarto livro da série Infinity Ring, publicada no Brasil pela Editora Seguinte, cada livro desta série possui um autor diferente, e desta vez vamos conferir o trabalho de Matt de La Peña.

Dak, Sera e Riq viajam no tempo tentando consertar fraturas, que são fatos históricos que precisam ser mudados para evitar que no futuro nosso mundo passe por um Cataclismo, uma destruição tão grande que é impossível imaginar. No entanto, não basta simplesmente voltar ao passado e mudar as ordem das coisas, sempre é preciso enfrentar os vilões da perigosa e tirânica organização SQ, assim nosso amigos sempre correm risco de vida.

Já passamos por vários períodos históricos e locais no mundo, e desta vez a aventura acontece entre o povo Maia, mas diferentes dos outros livros que eles permanecem em determinado momento, aqui este trio precisa se apresentar aos Maias e promover sua luta, a seguir avançar em torno de mil anos e colher os frutos do que plantaram, ou seja, ver se seus ideais foram seguidos.

Logo no começo, Dak, Sera e Riq acreditam que estão no lugar errado, passam por poucas e boas (como sempre) e Dak é gravemente ferido, tirado de ação literalmente, deixando os outros sozinhos em sua missão, mas aos quarenta e cinco do segundo tempo (é o clima da Copa gente), Riq e Sera percebem que estão onde deveriam estar e correm para evitar a próxima fratura.

Até agora cada livro destacou um dos amigos, mas aqui os três ganham a mesma proporção de espaço, vejo mudanças significativas neles, contudo em Dak elas são menos aparentes, ele na verdade precisa amadurecer muito, é cheio de gracinhas e tira os amigos do sério, mas se não fosse Dak, o clima seria sempre tenso. Riq, que sofreu muito no livro anterior, e pode ter comprometido sua existência no futuro com as decisões que tomou, tornou-se mais sensível, antes a missão era tudo para ele, agora são as pessoas em primeiro lugar, ele descobriu o verdadeiro valor da amizade e fará tudo para proteger seus amigos, até mesmo abandonar a missão se precisar. Sera está muito série e pensativa, ao contrário dos outros, viajou para o futuro e sabe como será o Cataclismo, está tão apavorada, ao ponto de ter parte da memória bloqueada. O que Sera viu será um dos mistérios do livro.

A Maldição dos Ancestrais manteve o mesmo ritmo gostoso dos livros anteriores, eu nunca havia lido nada deste autor e adorei conhecer seu trabalho, uma narrativa sensível, bonita e que cativa facilmente. Estou muito contente em acompanhar Infinity Ring, o receio que a mudança de autor em cada livro possa causar, foi totalmente superado, a receita deu certo e não sinto uma perda de conteúdo, nem uma quebra na linearidade da história, cada autor traz as características de seu trabalho para os livros, mas não perde o foco principal, nos dando sempre aventuras surpreendentes, aqui tivemos até mesmo uma pitada de mistério e um toque sobrenatural.

Dak, Sera e Riq tornaram-se meus amigos, companheiros de viagens especiais, recheadas de muita cultura e fatos históricos, e claro, muita ação, estes três podem ser jovens, mas passam por situações que muitos adultos não teriam coragem de enfrentar, apanham muito, mas superam com a força da amizade que os une. Diversão garantida, o livro mais emotivo até agora. Amei!!!

O próximo livro está previsto para agosto, A Caverna das Maravilhas, de Matthew Kirby.


Leia o livro, acesse o jogo.



Confira as resenhas dos outros livros da série.







2leep.com

9 comentários:

  1. Oi Cida,
    Acho que já comentei que gosto do tema " viagens no tempo"e a ideia da série, parece ser bem interessante. Fico feliz que mesmo tendo autores diferentes, os livros não tenham perdido o ritmo e os protagonistas continuam evoluindo. Espero no futuro ter uma oportunidade de conhecer a série.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida..
    Confesso que não lembro muito da série e a príncipio a história não me interessa.
    Mas voce gostou tanto do quarto livro né..quem sabe um dia eu dê uma chance.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, tudo bem?
    Sabe, eu sempre pensei sobre isso, sobre a responsabilidade de saber. Você gostaria de saber o que vai acontecer? Eu as vezes penso que sim, mas depois lembro que não sou um heroína das histórias em quadrinho, não conseguirei salvar o mundo e isso acabaria comigo.Então, senti o drama da personagem antes mesmo de ler e adorei o conceito dessa série.
    Sua resenha como sempre, me cativando, adoro vir aqui.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz

    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida!
    Eu só li o 1º livro da série e adorei o universo dele. Adoro histórias sobre viagem no tempo!
    Que legal que a série continua boa já no 4º volume.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manteve o ritmo Sora, e por trazer uma nova aventura, consegue ser sempre interessante.

      Excluir
  5. Se tem aventura entre amigos já é tudo de bom! fiquei muito interessada =D

    Dica mais do que anotada!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  6. Oi CIda =)

    Ah, adorei a resenha (como sempre, ótima). Eu li até o segundo livro da série, e até lá estava gostando muito. É bom saber que a série se mantém boa, e que mantém o ritmo gostoso dos anteriores. Quero continuar acompanhando com certeza.

    Beijos,
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cida!
    Não conhecia essa série, mas achei interessante que cada livro seja escrito por um autor. Principalmente se a evolução da história dos personagens é coerente, dai fica mais bacana de ler sob a perspectiva de escritores diferentes. =D
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Hey,
    Ainda não comecei a série, mas o enredo parece ser interessante.
    Viagem no tempo é sempre um ótimo atrativo, pra mim!

    Espero iniciar a série o mais breve o possível, adorei a resenha e avaliação me empolgou tb!

    bjs e uma ótima quinta
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!