[Resenha] Dividir e Conquistar

Dividir e Conquistar (Infinity Ring #2)
Título Original: Divide and Conquer 
Autor (a): Carrie Ryan
Editora: Seguinte    Páginas: 216
Lançamento: 2013     ISBN: 9788565765176

Depois de garantirem que Colombo descobrisse a América e que a Revolução Francesa fosse um sucesso, Dak, Riq e Sera viajam com o Anel do Infinito para tentar corrigir mais uma falha histórica e salvar a humanidade. O cenário é a Paris medieval, e centenas de navios tripulados por guerreiros vikings estão cercando a região, prontos para exigir que a população se renda. Sem saber ao certo que caminho tomar, os três jovens acabam causando uma guerra entre os parisienses e os nórdicos invasores, e se preparam para defender a cidade. Mas a situação se complica quando Dak é capturado e forçado a lutar junto ao exército adversário. Em meio a chuvas de flechas, jatos de óleo quente e ataques de catapultas, os três viajantes só conseguirão sair vivos - e continuar sua missão de restituir a ordem do mundo - se encontrarem um aliado entre os soldados inimigos mais ferozes da história.



E a aventura continua neste segundo livro da série Infinity Ring, agora é a vez de seguir com os amigos Dak, Sera e Riq pela França. Para quem não sabe, esta é uma série composta por sete livros, cada um escrito por um autor diferente. O primeiro livro, lançado  aqui no Brasil no começo de 2013 pela Editora Seguinte, foi Um Motim no Tempo, de autoria de James Dashner, agora a história continua pelas mãos de Carrie Ryan (A Floresta de Mãos e Dentes).

Dak e Sera vivem em um mundo dominado pela tirania de uma organização conhecida por SQ, que ganhou poder aproveitando-se de grandes acontecimentos históricos. Esta realidade está ameaçada por um grande colapso, algo possível de ser evitado somente viajando no tempo, e assim corrigindo os "erros" na história mundial, conhecidos como Fraturas.

No primeiro livro, a dupla de amigos, sem querer, descobriu como viajar no tempo, e numa destas viagens, Dak perdeu-se dos pais, ao mesmo tempo que chamou atenção da SQ e passou a ser perseguido pela perigosa organização. Junto com Sera, sua amiga apaixonada por tecnologia e Riq, um jovem fluente em línguas, Dak embarcou em sua primeira missão, tentando garantir que Cristóvão Colombo descobrisse a América, corrigindo assim a primeira fratura, e sonhando com o dia de derrotar a SQ e reencontrar os pais.

Agora, eles estão na França, no ano de 885, e como sempre, entender o que precisa ser mudado na História não é fácil. Eles contam apenas com seu conhecimento, ou melhor o conhecimento histórico de Dak, para saber o que vai ocorrer e tentar, com muita intuição, evitar a ocorrência causadora da Fratura. Aparentemente, o que eles precisam fazer é impedir que os vikings invadam a França e dali sigam estendendo seu poder, pois vários membros da SQ estão infiltrados no meio deste povo bárbaro e assustador, prontos  para fortificar suas frentes de batalha.

Diferente do outro livro, este aqui não tem aquela parte introdutória, todos já conhecemos bem o cenário e este universo, então junto com os nossos heróis, já mergulhamos na aventura. Da primeira à última página ó ritmo é alucinante, não dá tempo para ninguém respirar.

Eu achei o ritmo bem mais acelerado, no entanto Carrie Ryan não traz em sua narrativa as tiradas bem humoradas que foram marcantes na narrativa de Dashner, ela mostra os garotos mais sérios e preocupados, sofrendo com dilemas cruciais, de vida e morte. Isso faz parte do amadurecimento deles, claro que ninguém poderia passar por experiências como estas incólume, e  assim a cada nova aventura, eles irão tornar-se mais fortes, mas também mais experientes e vividos. Outra mudança evidente nesta galera é em relação ao coração, podemos ver sentimentos mais fortes no ar, Sera até aproveita para uma pequena paquera.

A parte histórica continua deliciosa, aprendemos sem severidade de uma sala de aula, e sim de maneira descontraída. Outro ponto positivo, e o que mais admiro nesta série, são as relações de amizade e lealdade, Dak, Sera e Riq valorizam uns aos outros, apoiam-se e estão ali para ajudar-se mutuamente, e mais ainda, em sua jornada forjam novos laços com pessoas que acreditam em seus ideais, e lutam sua luta.

São personagens que cativam, eu gosto muito deles, e Riq, neste volume é mais explorado, vemos que sua arrogância inicial é nada mais que uma máscara para algo que o perturba bastante. Na verdade, todos mostram-se mais, vemos que muitas emoções a flor da pele, levam algumas divergências de opinião, e cabe a cada um, encontrar a melhor maneira de lidar com seus conflitos, para o sucesso da missão.

A narrativa em terceira pessoa é fluída, dá para ler tranquilamente em uma tarde, e claro, ficar querendo mais. Ambos os autores souberam conduzir a série, até aqui, muito bem, e torço para que o próximo volume, O Alçapão, escrito por Lisa McMann seja tão cheio de aventura e ação quanto estes outros dois. Ela é uma autora que muito me encantou com sua série Wake, acho que até citei isso na resenha anterior, mas dica boa, é dica dada.

Gostei muito mesmo, mais uma vez vibrei e me aventurei com esta galerinha, no entanto, pelo toque de humor mais acentuado, Um Motim no Tempo, ainda é meu preferido, mas ambos são ótimos.


Este livro possui conteúdo interativo, acesse o site da Seguinte (aqui) e aproveite os jogos.

Série Infinity Ring e seus autores
#1 James Dashner, autor da série Maze Runner
#2 Carrie Ryan, autora de A Floresta de Mão e Dentes
#3 Lisa McMann, autora de Fade, Wake e Gone
#4 Matt de la Pena,  autor de We Were Here
#5 Matthew J. Kirby, autor de The Clockwork Three
#6 Jennifer A. Nielsen, autora de O Falso Príncipe
#7 James Dashner, citado anteriormente





2leep.com

20 comentários:

  1. Oi Cida!
    Essa alternância de autores dentro de uma mesma série tanto pode ser um diferencial, quanto estragar tudo, mas ainda bem que o nível está sendo mantido e a história segue coerente, apesar da mudança no tom da narrativa. E com certeza aprender um pouco mais da história mundial de forma descontraída é muito bom =)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  2. Legal saber que a continuação está tão bom quanto o primeiro. Acho bizarro como vários autores, com escritas e pontos de vista diferentes podem conseguir sustentar uma mesma série e um mesmo tema, fantástico!! Estou louca para ler Infinity Ring. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  3. Estou bem curiosa para ler o primeiro ainda rsrs história é uma das minhas paixões e fundi-la com tantas aventuras deve ser muito bom. Eles literalmente fazem história!! rs
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  4. Achei muito bacana cada livro ser escrito por um autor diferente.
    Mas eu tô atrasada com tantas séries que não quero começar outra por enquanto =/
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Achei bem diferente, cada livro da série ser escrito por um autor e fiquei curiosa para descobrir as diferenças de cada um. Viagem no tempo é um tema que sempre me agrada, já que sempre acabo me surpreendendo com a criatividade dos autores.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Achei legal ter jogos lá no site sobre o livros. o projeto é inovador, uma série com cada autor escrevendo, requer mais cuidado para dar a continuidade, ainda não conhecia essa série! acho que curti!
    https://twitter.com/thailadesouza/status/364109166765289472

    ResponderExcluir
  7. O que mais me encantou foi a série ser escrita por autores diferentes. Que ideia legal!
    Infelizmente estou fechada para inciar séries que ainda não tenham todos os livros lançados, mas essa, com certeza, entrará para a minha "lista de desejados".

    Beijos
    Isa
    www.passaporteliterario.com

    ResponderExcluir
  8. Oi, sua resenha ficou ótima.
    Fiquei com vontade de conhecer o livro. A Capa também chama atenção, beijos!

    http://likelivros.blogspot.com.br/
    ( Segue lá? Sigo seu blog de volta )

    ResponderExcluir
  9. Adorei a inovação que a série traz!! Está na minha wishlist e em breve pretendo adquiri-la *-*

    Beijos,
    Myris
    http://www.nacabeceiradacama.com.br

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pela resenha, Cida querida! Como você viu na postagem da coluna O Carteiro Me Trouxe lá no blog, ganhei o primeiro volume da série em um sorteio, e estou um pouco curiosa para lê-lo. O que me desanima é que a série é composta por sete livros. E pelo visto este é tão interessante quanto o anterior!
    Um beijo.
    docesabordoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida, tudo bem?
    Ainda não li nenhum livro, mas já estou encantada. Sempre fui apaixonada por história e misturar isso em um livro cheio de aventura me faz simplesmente desejar ter esses livros. Dica mais do que anotada, e mesmo estando atolada de livros pra ler, acho que vou tentar adquirir esses o mais rápido possível e conferir.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida,
    como eu disse nos outros, eu ainda não li nenhum livro da série, mas acho interessante e pelo visto você adoro a série neh?
    qqer dia eu pego um para conferir.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  13. Resenha MARAVILHOSA! Meus parabéns. Nem preciso dizer mais nada, preciso ler esta linda obra e me aventurar. Aprendendo como em uma aula de história, porém sem a "chatice" que muitas são inevitáveis. Linda capa, lindo post, linda resenha. Grande beijo!

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro
    papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Cida!
    Eu comprei o primeiro livro da série semana passada, mas ainda não li. Que bom saber que esse também é legal!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida, voltei de férias ^^
    Haaa não sabia disso, do livro ser escrito por autores diferentes, gostei..
    eu tenho A floresta de mãos e dentes, mais ainda não li, vc já?!
    Adorei saber do ritmo da leitura..
    Vou querer ler os livros..


    beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2013/08/resenha-retrato-de-uma-espia.html

    ResponderExcluir
  16. Eu lembro de ter lido sua outra resenha e provavelmente comentei a série me lembra a série The Clues. Achei muito interessante os personagens irem para 885 eu não me lembro de já ter lido algo com esta data. Acho melhor esperar os outros serem publicados para começar a ler a série.
    Abraços, Raquel.
    Viajando com Livros.

    ResponderExcluir
  17. Não li a resenha completa com medo de spoiler, mas gostei da temática da historia.

    Legal o livro ter uma pagina interativa com joguinhos

    Bjs
    Amanda
    (leituraentreamigas.blogspot.com.br)



    ResponderExcluir
  18. Oi Cida!
    Gostei da resenha.
    Só conheço o livro de nome mesmo, ainda não li nenhum da série. Mas como ela não faz muito meu gênero, não sei se leria. rs

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Cida,
    Gostei muito da sua resenha, ainda não tinha lido nenhuma desse livro, confesso que o primeiro me chamou mais atenção do que esse mesmo sua resenha me deixando curiosa.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  20. Oieee Cida! Nunca li nadinha da série e não conhecia!
    Eu gosto muito dos títulos que a Editora Seguinte anda publicando :)
    parabéns pela resenha!
    beijos!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!