[Resenha] Fraude Legítima

Fraude Legítima
Título Original: Genuine Fraud
Autor(a):  E. Lockhart 
Editora: Seguinte                 Páginas: 280
Lançamento: 2017               ISBN: 9788555340512
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Jule West Williams é uma garota capaz de se adaptar a qualquer lugar ou situação. Imogen Sokoloff é uma herdeira milionária fugindo de suas responsabilidades. Além do fato de serem órfãs, as duas garotas têm pouco em comum, mas isso não as impede de desenvolver uma amizade intensa quando se reencontram anos depois de terem se conhecido no colégio. Elas passam os dias em meio a luxo e privilégios, até que uma série de eventos estranhos começa a tomar curso, culminando no trágico suicídio de Imogen e forçando Jule a descobrir como viver sem sua melhor amiga. Mas, talvez, as histórias das duas garotas tenham se unido de maneira inexorável — e seja tarde demais para voltar atrás.
Fraude Legitima é o terceiro livro de E. Lockhart que leio e, assim como nos outros, você pode esperar por algo inusitado.

Jule West Williams e Imogen Sokoloff são órfãs. Isso é o único aspecto em comum na vida de ambas. Apesar de amigas, se é que podemos considerar a relação estranha delas como tal, ambas são diferentes em tudo.

Jule é uma golpista. Desde a primeira página, não o primeiro capítulo, ela evidencia que está vivendo uma mentira e fugindo de algo. Está num hotel e uma mulher aparece caçando-a. Como o título do livro já entrega, há uma fraude em curso, mas que fraude é essa ninguém sabe. Acompanhando Jule descobrimos que ela já viajou muito, consegue assumir identidades, perdeu os pais muito cedo de maneira violenta, aprendeu a viver por conta própria, foi treinada para ser algo grandioso, acredita ser uma heroína e uma garota injustiçada… Enfim, Jule é meio camaleão. Mas Jule é vilã ou mocinha? Quem é Jule de verdade?

Ela acreditava que a melhor forma de evitar ter um coração partido era fingir não ter coração.

Imogen surge algumas páginas depois, é uma amiga rica de Jule que cometeu suicídio, mas seu corpo nunca foi encontrado. Será que Imogen morreu mesmo?

São perguntas e mais perguntas que surgem e a forma como a história é contada é mais uma vez uma artimanha esperta e ousada da autora. O livro começa pelo capítulo dezoito e vai seguindo em ordem decrescente. Vamos então voltando no tempo com Jule e entendendo a razão de ela ser caçada e do que está fugindo. Voltamos meses e meses para conseguir respostas e é bem óbvio que a protagonista não nada confiável. Você vai lendo e não é sabe o que é real  e o que não é. O que é fruto da mente perturbada de Jule e o que ela viveu?

E. Lockhart é mestra em dar nós em nossa mente. Em Mentirosos foi mais sutil. Enganou os leitores disfarçadamente e nos surpreendeu com um final de história brilhante. Eu considero o melhor final que já li e por conta disso estava sedenta de uma nova obra da autora. É óbvio que comecei e ler Fraude Legitima cheia de expectativas, mas logo que vi que não era igual ao livro anterior.

Primeiro de tudo é que não somos enganados de mansinho, a história já se mostra traiçoeira e enganadora desde o título e o que prende é a vontade de saber o que Jule armou. No entanto, a verdade se revela fácil, eu consegui deduzir o que havia acontecido antes da metade do livro. Segui lendo para entender as motivações e minha surpresa ficou por conta da origem real de Jule.

É um livro não muito longo, mas a leitura não é ágil. Eu fui lendo e pausando, pois digerir as atitudes e caráter dos personagens não é algo simples. Não há pessoas boas nesta história, não me afeiçoei a nenhum personagem e, infelizmente, não me conectei com suas  realidades e dramas. Jule é fria, insana, perturbada… É uma garota que vive num universo paralelo de sua mente, sem sentido para nós, um mundo dela e com regras as quais uma pessoa de caráter não conseguiria viver. Imogen é superficial, mimada e fútil e aqueles que a cercam se assemelham. As duas juntas não são amigas como afirmam e sim hospedeiro e parasita.

No entanto, mesmo sem ganhar meu carinho, ambas são fascinantes. Eu gosto de mergulhar em personalidades complexas e dúbias. Jule e Imogen são um enigma. Ao passo que é fácil desvendar os acontecimentos, é praticamente impossível desvendá-las. E. Lockhart mais uma vez surpreende de alguma maneira, o lado psicológico de Fraude Legitima é crítico, é desafiador e se sobressai a qualquer outro mistério. Na forma de vida de suas anti-heroínas ela critica homens machistas, pessoas hipócritas e identidade. Somos quem somos ou o que fomos criados para ser? Quem de fato é cada um? Somos bons, maus ou uma mistura dos dois?

Mentirosos ainda é meu favorito, nada supera aquele desfecho. E, em suma, este aqui foi uma leitura diferente e intrigante. Fraude Legitima não é parecido com Mentirosos nem com O Histórico Infame de F.L. Banks, cada obra da autora tem uma alma própria e única. Recomendo ler sempre os livros dela de mente aberta.




2leep.com

10 comentários:

  1. Oi Cida!

    Pelo jeito a escrita da autora é "camaleônica", assim como Jule, seu estilo variando conforme o livro, a cada leitura uma surpresa. Ainda não li suas obras, mas vou começar com "Mentirosos", que tenho em casa.

    Te desejo um Feliz Ano Novo, repleto de amor, saúde, muita sorte e criatividade. E que possamos nos encontrar em breve, porque estou com saudades!

    Um grande beijo...
    Elis Culceag *Arquivo Passional*

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Menina, todo mundo fala bem dessa autora que estou tentada a dar uma chance, mesmo que seus livros nunca me deram aquela vontade louca alucinada de ler...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Que interessante esse livro, fiquei curiosa para saber mais da Jule, lerei mais por causa dela, quero saber como ela consegue ser tão cara de pau rsrsrs!
    Parabéns pela resenha!
    https://estanteclassica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiii Cida

    Da Lockhart só li O Histórico infame de Frankie Landau Banks e gostei bastante porque a autora surpreende. A história toma uns rumos tão imprevisiveis e seus personagens são cheio de faceta. Esse final de Mentirosos é tão comentado, morro de vontade de ler esse livro logo e após esse com certeza Fraude Legitima entrará na minha lista.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida! Leio muitas criticas positivas de Mentirosos e o pessoal dividido sobre o final, o que me faz ter bastante curiosidade. Que bom que este foi uma boa leitura, apesar de diferente dos demais, tb gosto de conhecer histórias com personagens complexos.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Ainda não consegui encontrar uma forma de expressar em palavras o quanto a leitura desse livro foi decepcionante para mim =(

    De verdade, não consegui me conectar com as personagens e com isso a narrativa não evoluía o que tornou a minha leitura muito arrastada.

    Uma pena mesma, pois assim como você eu tinha gostado muito de Os Mentirosos.

    Beijos e Feliz Ano Novo ;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library  

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu adorei mentirosos, fiquei surpreendida.
    Esse eu comecei a ler, mas não continuei. Vou voltar a leitura dele.
    Adorei sua resenha.

    bjs

    Say My Book

    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Que pena que a leitura te decepcionou, de certo modo. Eu ainda sou muito curiosa com as obras da autora. Principalmente Mentirosos.

    Obrigada pela dica sobre os policiais lá no blog ♥

    Tenha um próspero 2018!
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Já vi muitas críticas positivas e muitas negativas desse livro...
    Quero ler para tirar minhas conclusões, apesar que sua me animou mais.
    Beijos e feliz ano novo!!!
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, tudo bem?
    Eu não curti muito o desenvolvimento de Mentirosos porque detestei a protagonista (achei super chatinha), mas o final me levou às lágrimas e me atingiu como um soco no estômago. Quando puder, lerei outras obras dela!
    Feliz Ano Novo! Que 2018 seja incrível. =D
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!