[Resenha] Lindo de Viver

Lindo de Viver
Título Original: Picture Perfect (Geek Girl #3)
Autor(a): Holly Smale 
Editora: Fundamento           Páginas: 280
Lançamento: 2016                 ISBN: 9788539509485
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Meu nome é Harriet Manners e eu sempre serei uma geek! Harriet achou que sua vida ficaria bem mais calma quando parou de trabalhar para a designer Yuka Ito. E, por um lado, ela estava certa. Desde suas aventuras no Japão, Harriet não recebe um único trabalho de modelo, e o pessoal da agência não tem lembrado que ela existe. Porém, como Harriet já deveria saber, sua vida nunca é calma! E aventura é o que não vai faltar quando a família inteira da garota se mudar para Nova York. Lá, Harriet vai morar no coração do mundo e mal pode esperar para viver como em um filme e parar de se preocupar com o fato de sua melhor amiga e de seu namorado parecerem ocupados demais para se importar com ela. Mas, assim que Harriet e a família chegam aos Estados Unidos, as coisas começam a ir de mal a pior. O imóvel que os pais de Harriet alugaram não é um apartamento minúsculo no centro da cidade, como nos filmes, mas sim uma casa que fica a uma hora de Manhattan. Ninguém no bairro tem interesse em fazer listas de amizade ou falar com ela. E a governanta que foi contratada para ensinar Harriet faz a garota sentir-se mais incompetente a cada aula. Quando seu agente Wilbur liga e a chama para fazer um trabalho, ela não resiste à tentação de se entregar ao mundo da moda de novo, mesmo que vá contra a vontade de seus pais. E agora? Será que a geek favorita de todos vai conseguir sobreviver do outro lado do Atlântico?
Lindo de Viver é o terceiro volume da série Geek Girl, de Holly Smale, publicada no Brasil pela Editora Fundamento. A série conta as aventuras cheias de vexames e trapalhadas da adolescente Harriet Manners, uma garota geek que sem querer se viu sendo descoberta como grande modelo e do dia para noite sua vida comum ganhou muito brilho e flashes.

Nos volumes anteriores vimos Harriet chegar ao topo de sua carreira como modelo e na mesma velocidade colocar tudo a perder. Hoje está de volta a rotina normal de estudante, mas feliz por ter um namorado e bons amigos. Prestes a entrar numa nova fase da vida estudantil, nossa querida geek está fazendo o que mais ama - listas bem organizadas e planos para cada dia -, mas como nada na vida dela segue como o planejado… Harriet vê seus planos darem errado num piscar de olhos.

A jovem vai para a escola e vê seu diário caindo nas mãos da pior inimiga. Se não bastasse a ameaça de ter os maiores segredos revelados para o  mundo, ao chegar em casa se depara com a noticia que a família vai deixar Londres e se mudar para os EUA. E de quebra os amigos e o namorado comemoram a partida Harriet. Dão os parabéns pela grande viagem e não demonstram nem um pouquinho de tristeza  por sua partida. Que vida cruel!

Neste volume Harriet vive o mais próximo de uma vida normal do que vimos até agora. Praticamente longe do mundo da moda, o que resta para ela é ser a menina de dezesseis anos que é e com isso lidar com todos os dilemas dessa idade. Ela está totalmente sozinha, pois a chegada da irmã caçula e a mudança de país deixam os pais dela muito ocupados e sem prestar muita atenção nela. Assim, Harriet precisa achar seu próprio caminho para trilhar. Aliado à isso há o primeiro relacionamento amoroso sério e o desafio de manter amizades a distância. Muitas mudanças para encarar de um só vez.

Não é uma jornada fácil e nossa protagonista, na busca por acertar, erra feio e sofre um bocado. Senti pena de Harriet em boa parte do tempo, mas sei o quanto a jornada de amadurecimento é difícil e solitária para todos nós. O bom é que esta série não é um drama e mesmo quando tudo parece caminhar para o desastre,  há um alívio cômico e a autora mostra que há luz no fim do túnel e pessoas que amam bastante nossa geek. Pessoas que cedo ou tarde vão vir dar uma mãozinha para ela.

Não vou negar que senti falta de um número maior de peripécias de Harriet no mundo da moda, mas apreciei bastante a forma como a autora trabalhou a evolução da personagem e mostrou seu crescimento em idade e como pessoa. Para o público alvo da série é uma forma de identificação, já que os leitores de Geek Girl podem se ver amadurecendo e ficando mais velhos junto com Harriet. Eu acho muito inteligente não manter a personagem na mesma idade para sempre, pois os leitores também crescem e buscam experiências de leitura que sigam com eles.

O que mais gostei em Lindo de Viver foi ver Harriet deixar de lado os planos e se permitir ser livre. Não dá para por a vida em listas, o bom de viver é ter surpresas, novidades que tornem nossos dias interessantes e não monótonos. Outro ponto super positivo foi a forma como a autora trabalhou as amizades dela e a relação com o pai. Queria um paizão daqueles pra mim. Já pelo lado romântico, não esperem contos de fadas e sim algo mais realista e pé no chão.

Com certeza Geek Girl – Lindo de Viver é o volume mais pé no chão até agora e mudou totalmente o rumo da série, estou bem curiosa para conferir o que vem pela frente e saber como Harriet Manners seguirá.

Será que ela vai voltar para o mundo da moda? Será que ela e Nick vão ficar juntos? Como serão os dias nas escolas depois da revelação do conteúdo do diário? Tantas perguntas…

Geek Girl traz histórias leves e divertidas, que garantem boas risadas, momentos emocionantes e uma protagonista cheia de carisma. Recomendo!

Não deixe de conferir as resenhas




2leep.com

6 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Nossa, eu pensei que tinham desistido de publicar essa série. Pelo visto, esse livro parece ser mais sério que os anteriores.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  2. Fiquei surpresa com sua resenha tão positiva a respeito deste livro, adoro acompanhar estas estórias dos adolescentes, e imagino que esta personagem tenha entrado numa fria, pelo fato de que seu diário cai na mão logo da sua inimiga, já quero saber como as pessoas lidaram com isto. Outro ponto que me chamou a atenção foi a relação das suas amizades, e o vínculo criado pelo pai. Quero muito ler esta obra.

    ResponderExcluir
  3. Não tenho muito interesse na série, mas gostei de saber que esse volume foi diferente dos outros, e ainda assim manteve sua qualidade. Há mudanças que vem para mostrar os outros lados que ainda não conhecíamos dos personagens, e isso é bem legal

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. oie, não li nada da série ainda, mas confesso que a resenha deste volume me deixou curiosa, a vida da protagonista é uma loucura! adorei kkkk
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Não li nenhum livro dessa série ainda, mas tenho vontade de ler. Eu gosto quando os autores fazem o personagem crescer junto ao publico. Harry Potter foi assim. E gosto das capas combinarem hehe. Assim que der eu vou ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Estava com saudades das suas resenhas. Fiquei com o coração apertado quando você contou que ninguém ligou que ela iria viajar. Achei estranha a reação deles, principalmente do namorado. Como assim??? Tudo bem, não podemos prender as pessoas, devemos querer sempre o sucesso e o crescimento de quem amamos, mas a namorada dele vai embora e ele dá pulos de alegria??? E que amigos são esses que também comemoraram? Nunca li nenhum livro da série, mas gostei muito do enredo. Adorei sua resenha!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!