[Resenha] A Torre Partida

A Torre Partida
Título Original: The Severed Tower (Conquered Earth #2)
Autor(a): J. Barton Mitchell
Editora: Jangada                 Páginas: 472
Lançamento: 2015              ISBN: 9788564850941 
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Neste segundo volume da Saga da Terra Conquistada, Mira, Holt, Zoey e Max embarcam numa jornada épica em busca da Torre Partida - um marco famoso e sombrio no meio do cenário mais perigoso do mundo: as Terras Estranhas. Os poderes de Zoey despertam, mas quem ela é continua sendo um mistério. Tudo o que ela sabe é que precisa chegar à Torre Partida. Os alienígenas, chamados pelos sobreviventes de Confederados, perseguem Zoey, e entre eles um novo grupo cujas intenções parecem diferir das dos demais. Para tornar tudo pior, o Bando - grupo que persegue Holt - também está nas Terras Estranhas, liderado por uma bela e ameaçadora pirata chamada Ravan. Assim como o primeiro amor de Mira, Benjamin Aubertine, cuja ambição desmedida para chegar à misteriosa Torre pode levar todos à morte. E há também as próprias Terras Estranhas, que inexplicavelmente começam a se expandir, tornando-se ainda mais poderosas e mortais. De alguma forma, tudo parece ligado à Zoey, e quanto mais perto da Torre mais enfraquecida ela parece ficar.

A Torre Partida, segundo volume da Saga da Terra Conquistada de J. Barton Mitchell, publicada no Brasil pela Editora Jangada, nos leva de volta para uma realidade onde o planeta Terra foi invadido por tropas alienígenas e os humanos tentam escapar da escravidão imposta pelas máquinas extraterrestres. Além disso há um fenômeno ou mesmo doença,  conhecido com estática que reduz mais e mais a nossa espécie a cada dia.

Eu amei o primeiro livro, que trouxe uma aventura cheia de ação, com personagens complexos e um cenário pós apocalipse de tirar o chapéu. Cada um destes elementos foi ricamente explorado e nesta sequencia o autor não deixou a peteca cair, manteve o mesmo nível. Ok! Estou sendo injusta, foi melhor ainda.

Temos três personagens principais: Mira, Zoey e Holt. Eles se conheceram em circunstâncias nada convencionais e não tinham nenhuma afinidade, mas a situação fez com que acabassem se unindo e descobrindo um propósito  em comum. Qual? Salvar o mundo.

O primeiro livro selou a união deles, tornaram-se mais que amigos, eles são sobreviventes de uma guerra e a garotinha Zoey carrega consigo um poder misterioso que pode ser a chave para derrotar os inimigos chamados de Confederados

A narrativa em terceira pessoa foca em cada um deles, sendo que neste volume Zoey não apenas está mais madura como também começamos a desvendar o mistério que a envolve. Holt que teve muito destaque anteriormente parece que está sem energia e desta forma Mira ganha mais espaço e rouba a cena com sua coragem e lealdade. Eu adorei a forma como o autor trabalhou cada um deles, desconstruindo  aquilo que já conhecíamos e deixando-aos mais intensos e sujeitos a reflexões.  Os três enfrentaram seus  medos e fraquezas, ultrapassando limites para sobreviver, pois nesta batalha não há um meio termo.

É uma chuva de sentimentos que toma as páginas, você sente na pele as aflições de cada um e torce para que no final tudo entre nos eixos, embora nada seja previsível e o autor nos faça acreditar que os três não chegarão ao final.

Além deles, temos a adição de outros personagens que ajudam a criar ainda mais conflitos e trazer mais mistério e dinâmica para a trama.

O cenário? Gente! Sem palavras para descrever. Vocês não têm noção de como o autor é criativo neste segmento. A situação que ele criou já é por si só interessante, mas aliada ao universo ficcional pós invasão/destruição/dominação torna a obra singular. A invasão na terra causou um impacto tão forte que o comum foi transformado em algo praticamente mágico, mas se você observar melhor o que temos é um estágio tão avançado de ciência que parece coisa de outro mundo. Bem… é uma mutação vinda de outro mundo. E tem ação, desde a primeira até a última página.

A Torre Partida que dá nome a obra é o o local para o qual os personagens estão seguindo depois de deixar a Cidade da Meia- Noite. Dizem as histórias que aquele que chegar da Torre poderá mudar tudo. Será? Só lendo para descobrir.

Ainda não é o final desta saga. Nossos amigos precisarão de muita força para seguir adiante e contam conosco nesta jornada. O próximo volume Vale das Chamas já foi lançado, não vejo a hora de conferir. Então vamos lá! Leiam sem falta.







2leep.com

10 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Eu descobri sobre essa série outro dia e já quero ler.
    Li por alto sua resenha (com medo de pegar spoiler) e gostei do que li.
    Sobre a série Irresistível, até agora tem 4 livros e 4 contos, sendo que elas vão lançar mais um conto agora no fim do mês. Sei que assusta a quantidade, mas você lê num piscar de olhos.
    Olha.. Não sei se tiraram foto com o Chris Evans, mas se tiraram, que inveja!!!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia essa série até recentemente, mas já estou muito interessado, principalmente porque há o crescimento da personagem, o que me agrada demais, além de ter uma boa ambientação.
    Ótima dica!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,
    Essa série parece ser interessante, apesar que eu não sou muito habituada com o gênero. Mas, é bom saber que o autor mantém o ritmo, ainda mais no fatídico 'segundo livro' hahaha

    tenha uma ótima quinta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida!
    Ainda não li o primeiro livro, mas parece ser uma série muito boa! Eu curto histórias sobre alienígenas, acho que vou gostar dos livros.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida...
    Não conhecia essa série, mas a resenha me deixou com vontade de saber mais, amo quando o autor não fica naquela enrolação isso já ganha pontos comigo.
    Beijo

    http://www.tecontopoesia.com/2016/01/resenha-ps-ainda-amo-voce.html

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Fiquei conhecendo essa série aqui no seu blog, e a premissa do primeiro livro tinha me deixado bem interessada. Pelo visto a história manteve o mesmo nível e até mesmo ganhou um ritmo mais intenso. Mais um ponto a favor da história.
    Se tiver oportunidade, vou me ver "obrigada" a dar uma chance rs...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  7. Oi Cida, sua linda, tudo bem
    Eu amooooooooo essa série!!!!!! Eu devorei o primeiro livro, devorei o segundo e estou super ansiosa para descobrir o desfecho dessa história. Eu simplesmente me senti vendo um filme de alta produção e descobri que o autor é roteirista, por isso, está explicado, essa trilogia é fantástica, indico para todo mundo. Sua resenha ficou ótima!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!

    Eu adoro livros desse gênero e com essa temática de invasões alienígenas, aliens e tudo o mais. Simplesmente não resisto!!
    Pela resenha, o segundo livro mantém o nível do primeiro, que já gostou, então vou coloca-lo na minha lista com certeza! Excelente resenha!

    Beijos :D
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. não gosto muito da temática em si, Cida, então apesar da boa dica passo a leitura!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oiii! Não conhecia a série! Parece bem legal! Gosto desse gênero! Bastante! Qro ler tbm! Bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!