[Resenha] Para Continuar

Para Continuar
Autor(a): Felipe Colbert
Editora: Novo Conceito        Páginas: 224
Lançamento: 2015               ISBN: 9788581637952
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer a sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa do seu coração defeituoso. Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão de dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade. A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento. O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.
A narrativa de Colbert é delicada e sensível. Há um toque de imprevisibilidade e magia em suas histórias que são extremante atraentes e intrigantes. Meu primeiro contato com sua obra foi com A Última Nota (♥), um livro que ganhou meu coração. Agora que o reencontro em Para Continuar  me vi logo cativada pelo casal de protagonistas  Ayako e Leonardo.

Ele é um jovem universitário que sempre foi protegido pelos pais por conta de um problema grave no coração. Léo hoje está aqui, mas o amanhã é incerto. Assim só estuda, não trabalha, não dirige e sente-se meio sufocado com esta redoma que foi colocada ao seu redor. Ele acabou de sair de um relacionamento onde o ciúme predominou e não está muito empolgado com nada, pelo menos não até o momento que viu aquela jovem oriental no metrô e sentiu algo muito forte por ela.

Ayako trabalha em uma loja de luminárias no bairro da Liberdade em São Paulo e mora com o avô que a criou após a morte dos pais.  Os dois dividem muitos segredos e no porão da loja há algo que protegem com a vida. Só posso dizer que ali deve residir algo mágico. A jovem tranquila se vê surpreendida quando aquele jovem do metrô aparece na loja e demonstra estar interessado nela. Contudo, existem pessoas que vão tentar impedir esta aproximação.

A história é ambientada aqui em São Paulo, minha cidade, e logo se tornou bem visual, pois era como se eu estivesse passeando com o casal durante a leitura. Eu gosto de viajar pelo mundo com  minhas leituras, mas algo familiar é sempre bem-vindo.

Como citei há um toque de imprevisibilidade nas histórias do autor e é impossível adivinhar o desfecho que aguarda o casal, afinal a certeza do Léo ficar vivo até o final é ínfima. Nem por isso você deixa de torcer por eles. É uma atração louca que surge e os dois se aproximam bem rápido, mas eu mesma já vivi algo semelhante e por isso acredito que você possa ver alguém e sentir algo grande, tão grande que acaba dando um jeito de se aproximar e conquistar esta pessoa. E sim! É possível ser bem recebido nesta empreitada.

E não pensem que é apenas um romance. Há um toque de mistério, tanto relacionado ao que há no porão de Ayako, quanto a certas pessoas que rondam a moça e seu avô, dando aquele clima de perigo para a trama.

O casal é fofo e logo fui cativada por ambos. Ele por  sua impetuosidade e ela por sua delicadeza. Além disso o avô de Ayako é um graça e rouba a cena com suas frases sábias.


Em suma é um livro adorável e veio para confirmar o quanto Colbert tem o dom de me comover profundamente. Eu já era fã do autor por ser sempre uma simpatia de pessoa sempre que o vejo aqui em São Paulo, e depois de ler seus livros, ela ganhou de vez minha admiração. 





2leep.com

18 comentários:

  1. Esse livro é encantador e se tornou um dos meus favoritos. Vale muito a pena ler mesmo! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi! Que legal que também curtiu.

      Excluir
  2. Por causa desse toque de imprevisibilidade e por ser mais do que um romance, eu leria. Gosto quando os livros fogem do padrão.
    Ótima resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Oi! ^^
    Eu ainda não li nada do autor e não me interessaria pelo livro se fosse apenas romance, mas quando você mencionou sobre mistério, sim, me interessou muito. :)
    Também gosto quando o livro nos leva a lugares que conhecemos. Parece que fica tudo mais real, não é?

    Beijos;

    Blog: http://hipercriativa.blogspot.com.br/
    Wattpad: https://www.wattpad.com/user/helainaideas
    Fanpage: https://www.facebook.com/BlogMenteHipercriativa

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Eu só vejo elogios a esse livro e ao autor, mas ainda não bateu aquela vontade de ler sabe? Quem sabe durante o ano, essa sensação não muda
    Realmente os eróticos da Christina Lauren são os mais engraçados que eu já li. Se ainda não começou, leia a outra série delas, Sedutor Irresistível.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Olá :)
    Quero muito ler esse livro, parece ser uma história sensível e mágica! A capa parece combinar bem com o livro, adorei a resenha!

    Beijos,
    http://livrosentretenimento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. sou estranha :/ eu não consegui curtir realmente esse livro, achei o enredo previsivel e os personagens meio chatinhos, Leonardo é muito sem sal pra ser um mocinho pelo qual eu me arrebate, eu claro me encantei pelo bairro da liberdade, descrito com tanta fidelidade, mas os pontos positivos não superaram os negativos

    ResponderExcluir
  7. Em uma outra resenha que li vi que o livro mostra a simbologia das lanternas orientais e fiquei muito curiosa em conhecer. Sobre o romance de Léo e Ayko, adorei o fato de o autor ser imprevisível em sua narrativa, então podemos esperar tudo no romance e na história.
    Para continuar já entrou para minha lista de leituras desse ano, só não sei quando o lerei.

    ResponderExcluir
  8. Olá, Cida.
    Amei sua resenha, você falou tudo o que senti em relação ao livro. O autor conseguiu me surpreender, mesmo já tendo amado um outro livro dele, Ponto Cego. Eu torci muito por eles e quase fiquei com o coração na mão quando achei que o final seria outro hehe. E ainda amei essa parte sobre a lenda das lanternas.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ponto cego é policial, não é? Preciso conferir ele escrevendo outro gênero.

      Excluir
  9. Oi Cida,
    Esse livro tem uma proposta tão bonita e triste né...
    Ai não quero que o final seja triste HAHA

    Espero ler em breve.

    Tenha uma ótima sexta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!
    Eu li esse livro e amei!!! Mas sofri tanto com os personagens, o Colbert é muito malvado!
    Desde que li estou morrendo de vontade de ir aí em SP passear, eu ficava imaginando os lugares do livro.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  11. Fiquei muito curiosa com esse livro, não conhecia!
    E o que é essa capa maravilhosa??!! Novo Conceito sempre arrasa <3 hahah
    Adoro quando o livro não se baseia apenas em romance, se tem mistério junto, então... é melhor ainda.
    Vou atrás desse livro porque gostei muito <3
    Beijoss
    www.vidaemmarte.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie Cida =)

    Só leio resenhas positivas desse livro, mas ainda infelizmente não tive oportunidade de ler. E cada resenha que vou lendo minha curiosidade aumenta rs...
    Espero ter a oportunidade de conferir essa história em breve.

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  13. No final do ano fui num evento com o autor, e quando ele falou deste livro foi impossível não querer ler. Ele fala com um brilho nos olhos... Lindo!!

    Adorei a resenha. Bem mais sucinta que as outras, mas sempre adorável!

    Bjks

    Lelê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lele! se eu escrevesse muito soltava spoiler, foi uma missão escrever sem revelar muito. Bjos!!!

      Excluir
  14. Cida!
    Adorei o livro também.
    Tenha uma queda pela cultura asiática e todo enredo envolvente, cheio de luz e magia...
    Bem doce, adorei!
    “Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  15. nossa estou louca pra ler esse livro , a capa me conquistou de primeira e logo ele entrara na minha meta de leitura *-*

    bjjs
    http://nomundodasasa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!