[Resenha] As Herdeiras Tomam O Palco

As Herdeiras Tomam O Palco
Título Original: The Daughters Take the Stage (Daughters #3)
Autor(a): Joanna Philbin 
Editora: Galera Júnior          Páginas: 304
Lançamento: 2015               ISBN: 9788501103130
Herdeiras 3 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Mesmo sendo exímia pianista e cantora, Hudson Jones tem dúvidas quanto a sua estreia na indústria fonográfica. Sua mãe, a perfeccionista e irredutível Holla Jones, controla cada passo da filha. Com sua experiência de artista pop, ela decide tomar as rédeas da carreira de Hudson: na reta final do lançamento do álbum, a gravadora resolve editá-lo completamente! Será que Hudson achará uma forma de expressar seus sentimentos à mãe? A única coisa que ela sabe é que precisará do apoio de suas melhores amigas, Lizzie e Carina, que já estão pra lá de acostumadas a contrariar pais ricos e cheios de expectativas.
As Herdeiras Tomam O Palco, é o terceiro volume da série Daughters, de Joanna Philbin, publicada no Brasil pela Galera Record (selo Júnior). Em cada volume a autora aborda a história de uma das amigas do trio formado por Lizzie, Carina e Hudson

As meninas vivem em Nova Iorque e são filhas de pessoas muito ricas. O resultado é que seus pais depositam nelas expectativas muito elevadas e as sufocam totalmente, fazendo-as tomar atitudes extremas para impor suas personalidades, mergulhando assim em grandes confusões na busca por seus sonhos.

A herdeira da vez é Hudson, filha da popstar Holla Jones. A garota está seguindo os passos da mãe e indo em busca de uma carreira musical, o problema é que ela quer fazer um tipo de música mais intimista, ao passo que sua mãe quer que ela seja a próxima Madonna. Hudson não tem coragem para contrariar Holla e acaba se anulando por conta disso, deixando sua mãe mexer em todo o seu primeiro álbum e mudá-lo completamente, parecendo mais algo ideal para a mãe, não para a filha.

A história começa exatamente de onde terminou o livro anterior, Hudson prestes a fazer sua primeira apresentação em público e fugindo do palco. A filha da grande Holla tem pânico de palco e acaba decidindo deixar de lado a vida de artista e ser apenas uma garota comum, mas para isso precisa antes de tudo enfrentar seus medos. Lizzie e Carina, suas melhores amigas tentam ajudar, mas é Hillary, a garota que sempre foi sua fã mais fervorosa, que mostra para Hudson o caminho para se encontrar.

Eu gosto demais desta série, os dois volumes anteriores me deixaram encantada e eu não via a hora de ler este novo livro. A minha herdeira preferida sempre foi Carina, mas confesso que nunca pude conhecer Hudson muito bem, ela sempre foi a que ficou menos destacada nas histórias, mas dava para perceber que a forma como a sua mãe se intrometia em sua vida a afligia demais. Fiquei surpresa ao constatar que era aficionada por astrologia e sentia segurança com as previsões e combinações dos signos. Mas será possível levar a vida sem surpresas?

O que quer que fosse que o amanhã lhe reservasse , o que estivesse em seu caminho, talvez fosse hora de simplesmente se deixar surpreender.

Hudson não tem problemas de auto-estima como Lizzie, nem a rebeldia que escondia carência de Carina. Ela preocupa-se em ser um exemplo de firmeza para todos, mas logo nas primeiras páginas notamos como é sensível e sem muita força de vontade. Senti pena da garota, é complicado ser criada apenas por um dos pais e ser obrigado a ir contra sua vontade, arriscando causar uma decepção para poder ser feliz. 

É uma história de superação e descoberta como a dos livros anteriores, mas confesso que não fiquei tão empolgada. Hudson apesar de ser doce  e uma boa pessoa, não tem o mesmo brilho e personalidade forte das amigas. Até mesmo Hillary, que não fazia parte do trio, mostrou-se mais forte que ela. Também senti falta de romance, a autora deu para Lizzie e Carina pares adoráveis, e seus romances corriam paralelamente as suas histórias com os pais, dando um clima fofo e doce para a histórias. Hudson só ficou focada em trabalhar sua relação com a mãe. Alguns assuntos abordados poderiam também ter sido melhor explorados: a relação de Holla com a irmã, a própria Holla e o que a deixou tão exigente e o pai de Hudson.

Por outro lado eu fiquei bem satisfeita pelo acréscimo de uma nova garota na história, Hillary, e pelos laços dos trio de herdeiras ter ficado tão em foco outra vez, no livro anterior eu achei que a união delas deixou a desejar, mas agora a amizade estava mais forte do que nunca.

Eu sempre me surpreendo pela maturidade das personagens, desde a resenha do primeiro livro não consigo acreditar que tenham apenas quatorze anos, elas são meninas que agem como se tivessem quase dezoito anos, é ótimo não ter que lidar com infantilidade nesta série.

A narrativa em terceira pessoa é focada em Hudson, explora profundamente o que está acontecendo com ela e evidencia toda a transformação pela qual passa, é possível assim o leitor compartilhar sentimentos e anseios com a personagem.

Em suma, As Herdeiras Tomam O Palco, mesmo não tendo sido o mais empolgante livro da série, passa um mensagem bacana para os adolescentes sobre saber trabalhar suas relações em família. A autora conseguiu nos dar mais um final alto astral e motivador. A linguagem jovial e moderninha é agradável. A ambientação também é show, sempre me sinto transportada para Nova Iorque.

O próximo volume - sem data prevista de lançamento no Brasil -, The Daughters Join the Party, será protagonizado por uma nova herdeira, Emma, que pelo visto receberá a ajuda destas três experientes garotas para lidar com as expectativas de seus pais.

Confiram as resenhas dos outros livros da série.





2leep.com

14 comentários:

  1. Oi Cida...
    Eu não tenho muita vontade de ler essa série. Mas gostei de ver que gostou, eu não curto personagens muito infantis, geralmente me irritam rs, mas este não é o caso acredito.
    Gostei da resenha, quem sabe um dia eu me anime.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu acho esse livro tão fofo! Adoraria conhecer melhor essa história! <3
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, tudo bem?
    Nossa, eu nem sabia da existência desta série e já está caminhando para o quarto livro... kkkk
    São tantos lançamentos, que fica difícil da gente acompanhar tudo.
    Gostei muito da sua resenha, e acho que minha filha via adorar estes livros.
    Vlw pela dica.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    Acredita que a sua é a primeira resenha que leio sobre um livro dessa série? Confesso que ela nunca me chamou muito a atenção por se tratar de algo mais voltado para o publico infantojuvenil.
    Mas agora depois de ler a sua resenha fiquei curiosa para conhecer essas pequenas herdeiras. Parece que as histórias são bem divertidas e leves.

    Adorei a dica!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. oi Cida, essa série parece ser uma graça! super divertida e que mostra o lado bom da vida: amizades, companheirismo na hora dos problemas, tudo de bom!
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Essa série parece ser muito legal! Achei engraçado você falar da maturidade das personagens, para compensar tem muitos livros por aí que a mulher de 30 anos parece que tem 12...

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. nao li e nem tinha ouvido falar sobre esses livros, adorei a historia desse.. alguns livros sao sim meio fora do contexto, eu acho bom pq como vc disse nao tem infantilidade mas acho inadequado pois eh meio "impossivel" uma pessoa ter uma certa idade e ja ser tao matura e saber as decisões certinhas.. alguns livros pecam nisso
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Acho as capas dessa série tão fofas e dá pra confundir haha
    Bacana a premissa desse e ainda envolve um ponto com astrologia.
    Espero ler algum dia, apesar que não sou muito de ler juvenis.
    Mas parece divertir.

    Ótima resenha!

    bjs e tenha uma ótima sexta.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Que fofo!
    Vou confessar que não é meu estilo favorito de leitura. Mas a estória parece bem fofa e divertida!



    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida!
    Acho que já ouvi falar dessa série em algum lugar, a capa é bem bacana e achei até fofa, porém não me interessei muito pelo enredo, mesmo assim a sua opinião foi cativante e irei mostrar para meus amigos que apreciem este gênero.

    Beijos,
    Luan | http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida!

    Sou louca para ler esta série por sua causa, rs. Sempre achei as capas lindas, mas suas resenhas me encantaram e instigaram! Agora que o terceiro foi lançado, vou comprar o primeiro. Não vejo a hora de conhecer as herdeiras e suas aventuras. Uma pena que o terceiro livro não tenha sido tão cativante quanto os anteriores, mas ainda assim parece ser uma ótima leitura!

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Eita Cida!
    Nem sabia que essa série é tão boa.
    Tenho o primeiro volume aqui, mas nem dei valor, deixei para leitura bem posterior, mas pelo visto me enganei e terei de passar na frente dos outros para poder acompanhar.
    Obrigada por sua resenha.
    Bom final de semana!
    “As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem.”
    (Lilian Tonet)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li nenhum livro dessa série, mas como gostei das resenhas deles, vou colocá-los na minha lista de desejados. É uma pena que esse não tenha te animado tanto assim, mas eu achei bacana. Pretendo ler o quanto antes!

    ResponderExcluir
  14. Nunca tinha lido nada sobre essa série, mas achei uma fofura!!! Que vida triste tem essas meninas!! E ao mesmo tempo, sorte.
    Parece bem divertido e daqueles nos faz refletir, sonhar, compreender tantas coisas da vida.
    Anotado, lerei sem falta!
    bjs

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!