[Resenha] O Descompasso Infinito do Coração

O Descompasso Infinito do Coração (Batidas Perdidas #2)
Autor(a): Bianca Briones
Editora: Verus                      Páginas: 406
Lançamento: 2014               ISBN: 9788576863229
O descompasso infinito do coraç_o ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto. Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela. Enquanto Bernardo é preenchido por certezas, o coração de Clara é inundado de receios, traumas e dúvidas. Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar? E o mais importante: como se entregar de corpo e alma quando não se consegue amar nem a si mesma? Em O descompasso infinito do coração, Bianca Briones mostra que o verdadeiro amor pode resistir ao tempo e a cada obstáculo que a vida lhe impõe. Esta é uma história intensa e comovente de segredos, paixão e amizade. É a última chance de dois corações que cansaram de viver separados.
Dois corações que precisavam bater no mesmo compasso…


O Descompasso Infinito do Coração, segundo livro da série Batidas Perdidas, de Bianca Briones, nos dá a oportunidade de reencontrar toda aquela galera carismática que conhecemos em As Batidas Perdidas do Coração, mas desta vez o casal em foco não é o formado por  Viviane e Rafael, chegou a vez de conhecer a história de amor de Bernardo e Clara.  São livros com histórias individuais e finais fechados, poder ser lidos separadamente, mas recomendo seguir a ordem para não pegar spoilers.

Clara é uma jovem que casou cedo devido a gravidez, não podemos dizer que foi uma união de paixão intensa, foi mais algo do tipo que precisava ser feito, ou assim ela acreditou na época, o fato é que depois de ter dois filhos gêmeos e anos de um casamento quase frio, já que não havia nada forte entre ela e o marido, Clara descobriu que havia sido traída.

Choque, decepção, tristeza e muitas lágrimas, mas o pior de tudo foi se dar conta que nunca havia amado o marido, a dor era mais por ter que sair de sua zona de conforto, pela primeira vez em anos teria que encarar a vida por si mesma e enfrentar temores do passado, ou isso ou ser eternamente infeliz, acredito que se não fossem os amigos leais de toda uma vida ela teria desistido facilmente, mas com o apoio de Branca, Rafa, Rodrigo, Vivi, tio Túlio e tia Monique, ela foi dando pequenos passos, seu maior incentivo com certeza foi Bernardo, aquele garoto que cresceu com Clara e nutriu durante anos um sentimento muito mais forte do que amizade, ele sempre amou a amiga como um homem ama uma mulher.

No livro anterior tivemos um vislumbre do que Bernardo sentia por Clara e que a impossibilidade de ter a mulher amada o levou a ir morar em Londres, a tentativa no entanto foi em vão, aquilo que por muitos foi considerado “coisa de adolescente” virou um  sentimento maduro e duradouro, somente Vivi sabia a verdade, dada a ligação cúmplice de ambos.

… as paixões podem ser levadas pela água da chuva, mas o amor… O amor não vai embora nem com a pior das tempestades.

A narrativa em primeira pessoa, estilo bate papo entre amigos, é intercalada entre Bernardo e Clara, cada capítulo em uma voz e nos dando uma noção completa de tudo que acontece, eu gosto desta alternância, prefiro isso a ter dois livros com a mesma história e cada um narrado por um dos lados, não dispenso é claro, mas se for tudo em um volume só é bem melhor. A trama é delicada, apaixonante e aborda com louvor dedicação e superação, além de amor, e isso tudo absorve o leitor com facilidade, eu fiquei tão ligada e conectada com a trama, que me desliguei de tudo ao redor.

Eu já tinha uma ideia do jeito de ser do Bê, um cara honesto, trabalhador, ligado na família e amigo de todas as horas, o típico moço bom, e não foi surpresa ver a maneira como agiu com Clara quando soube que ela precisava de ajuda, só que eu confesso que desejei em muitos momentos que deixasse de ser tão prestativo e abnegado, e partisse para o ataque, tudo bem que corria o risco de assustar a garota, mas ela precisava de uma sacudida para reagir e decidir se queria ou não algo com ele.

Clara está partida em pedaços, e é quase imediato: cismo que posso ser a cola.

E Clara? Bem, uma pessoa doce, sensível e extremante marcada pelo passado, exatamente pelo quê, não sabemos logo de cara, a autora optou por revelar isso aos poucos, dando um toque de mistério na vida de sua protagonista, é certo que sua eterna insegurança, baixa auto-estima e acima de tudo, a certeza de que nunca iria amar ou ser amada, estão intrinsecamente ligadas ao que ela viveu. 

Assim, com estes dois jovens,  seguimos por uma história cheia de sentimentos, é fato que Bianca Briones consegue fazer as emoções de seus personagens saltarem das páginas e nos tocar com os dilemas de cada um deles, é tudo muito vivo e real, você acredita no que lê e vê como algo que poderia ser na sua vida.  Clara é muito próxima da realidade de muitas jovens, acredito que muitas leitoras vão se identificar com alguns de seus problemas, seja pelo tal passado, pela perda da mãe quando criança, pela traição, pela questão de sair de um casamento e ter que refazer a vida, arrumar um primeiro emprego depois de anos como dona de casa e até mesmo a luta contra o peso, eu adorei a forma como este último tema foi abordado e estou curiosa por detalhes da prática de Mahamudra, que parece algo feito para quem quer praticar algo saudável de maneira nada convencional e não curte muito academias, até eu fiquei afim de treinar.

Eu tive sentimentos diversos em relação ao casal, como amigos e pessoas são o máximo, admirei prontamente cada um e Clara que começou pequena terminou grande, que transformação incrível, mas confesso que o relacionamento dos dois me tirou do sério em alguns momentos, isso porque a forma como ela fugia e afastava o Bernardo me deixaram muito irritada, relutância demais, mimimi e indecisão eterna, tudo bem que ela tinha traumas, mas pelo amor, não precisava exagerar em certas atitudes; e ele, como já citei, precisava ter uma pegada mais forte e mostrar para a Clarinha toda sua “paudurecência” de uma vez, ela não teria resistido tanto e teria chorado bem menos, mão não temam, ele mostra que tem o dom e as cenas íntimas são sensuais, não tão hot, mas aquecem.

Comparando com Rafa e Vivi, eu sou muito mais o casal do livro um, a determinação de ambos para ficar juntos, a força do amor e a personalidade marcante os tornaram o meu casal preferido da série até agora, fico imaginando como a concorrência vai ser grande quando tivermos o livro de Branca e Rodrigo, que já vêm roubando a cena desde o primeiro livro.

E falando em roubar a cena, não é que o Rafael conseguiu isto de novo, ele está ainda mais delicioso e sexy, mas também maduro e cheio de graça, seu bom humor foi contagiante e serviu para dar leveza ao enredo, isso e todas as conversas que esta galera de São Paulo manteve no Facebook. Eita rede social da amizade, provocação e fofocas!

Uma única ressalva, faltou vingança, visto que certas pessoas más nem foram devidamente punidas, gosto de ver o injustiçado dando o troco.

Em suma é um livro adorável,  mais uma vez curti o trabalho da autora e preciso do próximo volume para ontem. Bianca querida, sai ainda este ano? É isso, não dá para ficar longe desta galera muito tempo e ter tudo acontecendo aqui na minha querida cidade é tão bom e familiar. Adorei o acréscimo do epílogo, foi essencial e até mesmo os agradecimentos completam a leitura, leiam que vão entender a Clara melhor ainda. Recomendo, uma estrela nacional que não deixa nada a desejar para os gringos.

… acho que no meu caso seria descompasso infinito do coração. Essa sensação estranha que faz formigar o peito e machuca o coração só pode ser sentida por quem tem um amor não correspondido, platônico.


2leep.com

12 comentários:

  1. Oi Cida,
    Que linda resenha, acho que foi a primeira que li sobre esse livro
    E já fiquei interessada tanto quanto o primeiro.

    bjs e tenha um ótimo domingo
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida!
    Eu ainda não li o primeiro livro, mas já está na minha lista de desejados!
    Os dois livros parecem ser ótimos!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá!Q
    Amei a resenha, não conhecia a autora e nossa, fiquei de boca aberta em saber que ele é nacional, que amor <3
    Mal posso esperar pra comprar!
    Já estou seguindo seu blog, é tão lindo aqui s2 Ficarei feliz se puder retribuir!
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida, sua linda, tudo bem?
    Eu amei essa história!!!!! Quando vi o trechinho que você colocou, me derreti com ele dizendo que queria ser a cola dela, que fofo!!!!! Ela é uma boba se não perceber o potencial do Be (olha a intimidade, risos...) e ele precisa de mais atitude, acorda Be!!!! Também prefiro quando dentro do mesmo livro temos a perspectiva dos dois, torna tudo mai intenso. Adorei sua resenha!!!! Não vejo a hora de ler essa série.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida tudo bem ?

    Também já li este livro e amei a história por ser muito real os dilemas de sobrepeso , casamento infeliz e insegurança e baixa auto estima né mas também fiquei com raiva do casal ela muito mimimi e ele muito bonzinho rsrs mas de qualquer forma é um ótimo livro e sim tenho orgulho da Bianca escrever tão bem e ser nacional rsrs

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de conhecer o tal delicioso e sexy Rafael, mas como é uma série, esta está na fila para ser lido. Quero muito conhecer a escrita de Bianca Briones. Temos tantos autores nacionais bons esperando por oportunidades e nós aqui lendo os estrangeiros somente.

    ^^

    ResponderExcluir
  7. OI Cida, tudo bom?
    A Bianca tem uma escrita incrível e estou louca para ler esse segundo livro. Amo o fato dela ter uma turma incrível e como ela vai trabalhando cada casal. Já vou esperando o mimimi do casal, mas acredito que vou adorar a leitura.
    A premissa desse livro é um pouco diferente do primeiro, mas parece manter uma história envolvente e cativante.
    Ai Rafa, Bernardo e Rodrigo <3
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. ainda nao li o primeiro livro mas to doida querendo ler, todos dizem que eh mt bom
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Não li o primeiro livro, mas esse e ele estão na minha listinha de desejados depois que vi muita gente elogiando bastante. Não duvido mesmo que não deixe nada a desejar em relação às autoras gringas. Quero ler o quanto antes.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Cida!
    Não li o primeiro livro, mas pelo visto, esse é ainda melhor.
    Gosto de enredos que faz o protagonista crescer e aprender com os erros. Superação é a palavra chave...
    Quero demais poder ler.
    “Dos amores humanos, o menos egoísta, o mais puro e desinteressado é o amor da amizade.”(Cícero)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  11. Estou mega curiosa para ler essa série, já que só vejo comentários positivos sobre ela. Adorei a resenha e já vou comprar os livros para me apaixonar também pelas histórias.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida, tudo bem?

    Eu não sabia que esse livro era o segundo, mas gostei de saber :) Eu ainda não li nenhum livro da série, mas cada resenha que eu leio só vejo elogios e estou bem curiosa para conhecer essas histórias.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!