[Resenha] Os Segredos de Colin Bridgerton

Os Segredos de Colin Bridgerton
Título Original: Romancing Mister Bridgerton (Bridgertons #4)
Autor(a): Julia Quinn 
Editora: Arqueiro                 Páginas: 336
Lançamento: 2014               ISBN:9788580413076
 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Segredos de Colin Bridgerton, Os_Capa WEB (1)
Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. Em Os segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.
Quem acompanha o blog sabe que sou apaixonada pelas coleções de romances de época lançadas pela Editora Arqueiro, embora todas sejam uma delícia, Os Bridgertons, de Julia Quinn, é a minha série queridinha do coração, já começo lendo cada livro com aquele sorriso no rosto e a certeza que será uma leitura extremamente prazerosa, nos três primeiros volumes as expectativas foram atingidas, e claro, neste quarto livro não foi diferente, só amor.

Para quem está chegando agora, informo que a série traz em cada livro a história de amor de um dos irmãos Bridgertons, uma família cheia de amor, liderada pela mamãe Violet, que não se importa nem um pouco em quebrar as regras que regem a sociedade inglesa em meados de 1800 em nome do amor, e sempre que isso acontece, preparem-se para dar boas gargalhadas.

Em Os Segredos de Colin Bridgerton, a autora nos traz a história de amor do mais ousado e espirituoso dos irmãos, o encantador Colin, aquele que sempre fazia graça com os irmãos apaixonados e dava aquela ajudinha essencial em seus relacionamentos. Este rapaz, adora viajar, mas engana-se quem pensa que ele faz isso apenas por diversão e para fugir de um casamento imposto pelas regras de uma sociedade inglesa conservadora, Colin além de não ter encontrado uma mulher inteligente o bastante para despertar seu interesse, precisa acima de tudo se encontrar, vê em cada um dos irmãos mais velhos, propósitos de vida bem definidos, enquanto ele não sabe o que fazer da sua. O rapaz que impressiona por sua genialidade em conversas e jeito sutil de se sair bem de qualquer situação, está bem perdido em sua vida. Falta - lhe uma motivação.

Eu sabia quem seria seu par desde que li Um Perfeito Cavalheiro, ficou bem óbvio quem nutria sentimentos mais fortes por Colin, nosso patinho feio Penelope Featherington, aquela garota que vestiu-se em todos os bailes com cores vibrantes, lembrando uma fruta madura e era lembrada como a debutante mais “fofinha” de sua época, no entanto, eu não imaginava como este amor havia surgido, bem no dia em que o rapaz caiu do cavalo e surpreendeu Penelope ao rir da situação. Aquele riso fácil, aquele humor fora de hora arrebataram o coração de uma menina de dezesseis anos, que com o passar do tempo percebeu que seu amor platônico nunca seria correspondido. Contudo, uma década depois… tudo mudou.

O livro inicia com um prologo amplo, trazendo um apanhado geral da vida da garota no período de 1812-1824, sua trajetória nada gloriosa na sociedade, os anos amando Colin em segredo, até o momento que ouve sem querer uma conversa dele com os irmãos afirmando que jamais se casaria com ela, aquilo foi um marco em sua vida, o momento que ela trancou seus sentimentos e decidiu esquecer o amor. Ela e Colin seriam apenas amigos.

Quando chamo Penelope de patinho feio, é porque ela mudou no decorrer dos anos e tornou-se uma mulher deslumbrante, madura, dona do nariz para escolher seus vestidos,  e mais que isso, dona de uma inteligência notável. Por ser considerada uma solteirona, pôde deixar de lado as futilidades dos bailes e temporadas em busca de marido e dedicar-se mais a sua intelectualidade, unido isso ao fato que Colin sempre a protegeu, o reencontro dos dois após a longa viagem dele pelo Mediterrâneo foi uma promessa de algo mais, não para ela que havia desistido, nem para ele que via Penelope como uma irmã,  mas para nós que sabíamos que ambos se completariam perfeitamente.

A expectativa pelo momento que Colin irá ver Penelope como uma mulher, não mais uma amiga da família, quase uma irmã, aumenta a cada virada de página, você precisa saber como ela o conquistará. A interação dos dois é marcada por um desafio constante, Colin adora tirar Penelope de sua zona de conforto, e ouso dizer que sem delicadeza nenhuma, não que ele não seja um cavalheiro, mas ele tem um jeito moleque de ser, dando um clima de travessura para tudo que sugere, eles brincam e se provocam todo o tempo, e a cada novo desafio ela tem oportunidade de se mostrar como é de verdade, a mulher que virou. Aos poucos nosso galã vê que algo novo nela, algo que o fascina sutilmente e vai crescendo gradativamente, eu torci muito pelo momento que tudo pegaria fogo.

Julia Quin manteve-se fiel à sua caracterização de personagens, mocinhas fortes e avessas aos costumes de uma época de repressão para as mulheres; homens lindos, sedutores e frágeis. Aqui são as mulheres que dominam, que levam adiante as piores situações, mas não posso deixar de dizer que eles também sabem ser o príncipe salvador em um cavalo branco quando necessário. Tudo é bem dosado na relação, homens e mulheres no mesmo nível.

A sensualidade nas cenas íntimas nos aquece, os diálogos continuam bem humorados e inteligentes, os detalhes na medida certa para ambientar e o romance fofo como sempre. A família Bridgerton, sempre presente, mostra que está ali para o que der e vier, mas são as irmãs que ganham destaque, Daphne, Eloise e Hyacinth, estas duas últimas donas de um gênio indomável.

Quem pensa que a linguagem da obra é simples por ser um romance gracioso, engana-se, a narrativa em terceira pessoa de Quinn é bem elaborada e perspicaz, sabe explorar os personagens profundamente, mostrando o cerne de suas personalidades e sentimentos.

Se há um ponto negativo na obra é o comportamento que Penelope adquire em certo momento da trama, depois de se mostrar uma pessoa tão cheia de qualidades, certas atitudes em relação à Colin foram contraditórias, eu não gostei do jeito que ela queria que o rapaz aceitasse o que tinha feito, que ele tecesse uma rede de elogios para ela, não mesmo, ali a opinião de Colin precisava ser respeitada.

E Colin é uma caixinha de surpresas, quando pensei que já tinha visto todas as suas façanhas, ele me emocionou nos momentos finais com muita doçura, com uma carta na manga. Li e reli a mesma passagem de tão intensa que foi e senti sempre a mesma forte emoção. Julia Quinn fechou com chave de ouro este livro e deu indícios do romance cheio de mistério do próximo, que será protagonizado por Eloise. Violet desta vez não ajudou o filho em seu romance, dando aquele jeitinho dela, mas Colin é mais independente que os irmãos, mais fofo também, mas vou contar um segredo, mesmo adorando este moço e ele tendo sido meu queridinho todo o tempo, comparando com o desempenho dos outros em suas próprias histórias, Anthony, com sua teimosia, é o mais interessante de todos.

E preparem seus corações para emoção que vai além do romance, pois a identidade de Lady Whistledown está na boca do povo e quem sabe será revelada. Querem saber se foi? Leia já. Se eu gostei? É claro que sim!









2leep.com

27 comentários:

  1. Oi Cida,
    adoro essa série.
    Infelizmente só li o primeiro e segundo, mas é ótimo saber que a qualidade continua a mesma.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida

    Os históricos da Arqueiro são só amor. Os meus favoritos são Os Hathaways. Confesso que o primeiro livro dos Bridgerton não me animou muito e eu até pensei em desistir da série, mas li tantas resenhas empolgadas, principalmente do livro 3 que decidi dar uma nova chance. Já tenho o livro 2 e o 3 e já estou me organizando para lê-los. Espero gostar bastante.

    Beijos
    Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  3. Ah menina sou louca para ler esta série. Também gosto de romances de época e tenho lido tão pouco ultimamente.
    As vezes quando gosto muito de um trecho leio e releio também.
    Ah você só me deixou mais curiosidade. Um dia ainda leio..rs

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Eu gostei da trama e da ideia da autora de juntar Colin com Penelope, uma personagem que chamou minha atenção em “O Duque e Eu”. E bom saber que tanto a trama, quanto o romance estar à autora dos livros anteriores. Já comecei a ler o livro e espero gostar.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    Ainda ontem comentei em outro blog, que não dou muita atenção para as séries de romances históricos da Arqueiro, porque não faz lá meu gênero. Porém, sempre vejo resenhas positivas para eles e que esta série me parecia ter um teor mais cômico que a outra. Por isso, acho que posso vim a ler a série, caso surja oportunidade.

    Lucas - Carpe Liber
    http://livrosecontos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Já disse que sou doida para ler essa série mas nunca comprei (ou ganhei haha) o primeiro livro? :(

    Preciso mudar isso pra ontem! Vou comprar agora mesmo haha

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
  7. EU AMOOOOOOOOOOOOOOOO ESSA SÉRIE!
    Vou correndo adquirir o meu, adoro os irmãos. Li só o primeiro e ganhei o segundo!
    Estou louca pra ler!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
  8. Essa série é muuuuito bem comentada, há uma paixão toda ao redor dela. São tantos pontos positivos citados, que realmente me parece excelente. Bom saber que é um bom romance histórico. Acho a premissa de todos muito curiosa e interessante.

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. eu comprei a saga toda lançada até agora então dá pra imaginar minha ansiedade de conhecer todos os bridgerton
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. eu ja li o primeiro livro , e amei , da mesma forma que amo livros de epoca , amei amei , e pretendo continua lendo sobre os Bridgertons

    ResponderExcluir
  11. Ai amiga, faz tanto tempo que não leio um livro de época... Cada vez que venho aqui e vejo uma resenha sua fico com cólicas de vontade de retomar essas leituras.
    Ainda mais quando são tão positivas.
    E essa acho que foi uma das mais positivas que li aqui nos últimos tempos.

    Adorei flor!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu vejo todo mundo falando dessa série (e falando muito bem!), mas eu nunca procurei saber porque já tinha muitos livro pra ler (e ainda tenho), mas agora que eu conheci um pouco mais dessa história eu realmente, realmente vou parar tudo que eu estou lendo e vou começar imediatamente a embarcar nessa série. Porque além de eu amar romances históricos, eu já estou de saco cheio de ler só eróticos e new adults, então vou começar a série hoje mesmo. Ai, agora até me deu saudades dos históricos, faz tanto tempo que eu não leio!
    Obrigada pela resenha, está muito linda e graças a ela eu pude saber um pouco dessa história e me fez lembrar que eu acabei abandonando outros gêneros que eu lia e que amava.

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida!!!
    Eu cometi a besteira de começar a ler esse livro à noite, e quando percebi lá estava eu às 4 da manhã segurando as gargalhadas pra não acordar o povo rsrsrs... Ameeeei o livro e as surpresas que ele contém ;)
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
  14. Oi, Cida!
    Eu quero tanto ler essa série. *-*
    Também adoro livros históricos. :D
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida! Tudo bem??

    Ai ai esses Bridgertons fazem um sucesso aqui entre azamigas, só falta eu ler! hahahahuahsuah e realmente parece muito bom! Está na lista, mas meu gosto é muito "eclético" e tem muita coisa na frente ainda, mas lerei! Quero ver com meus próprios olhos os encantos deles =P

    Beijo!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Adorei a resenha!!!
    Adorei o seu blog e já estou a seguir :D
    Também curti a sua página de facebook (Daniela DS).

    beijinhos,
    Daniela

    http://ddocesonhadora.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/ddocesonhadora

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida!
    Preciso ler urgentemente os demais livros dessa série. Li apenas o primeiro e amei.
    Acredito que o Anthony seja o melhor mesmo. Já havia gostado dele desde "O Duque e Eu".
    Este romance pareceu-me ser mais envolvente que os anteriores, acima de tudo.
    Espero gostar tanto quanto você.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  18. RSRS Eu adoreiiiiiiiiiiiii esse livro, Julia escreve muito bem <3
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Amo romances de época e esse série é maravilhosa, super ansiosa pra ler esse livro também!

    ResponderExcluir
  20. essas series saõ muito boas! minha mae sempre fala nesses livros,tem gosto de saudade de outros tempos... mas ainda prefiro livros onde o romance é mais importante do que as cenas explicitas...

    ResponderExcluir
  21. Ai Cida, eu sou looooucaaa pra ler essa série! Todo mundo fala tão bem dela e eu já li tantas resenhas que me sinto até intima dos livros ja, o que me deixa com mais vontade de te-los pra mim. Gostei da saber que a patinho feio da história amadurece. bjs

    ResponderExcluir
  22. Heey!

    Eu aaaaamo um bom romance histórico, e tô namorando essa série não é de hoje! Capa linda, chuva de elogios e uma família pra lá de especial... Como resistir? Esse volume em especial me chamou muita a tenção, por abordar um casal que já se conhece há tempos. Prefiro esse tipo àqueles que tropeçam um no outro e são tomados por uma paixão avassaladora, baseados somente em uma primeira impressão. Sem contar que Collin parece ser um mocinho encantador.

    Beijinhos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Assim como você, eu também gosto muito dessa série. Só li o primeiro e não vejo a hora de ler os demais. Tenho a impressão de que todos são bem envolventes e encantadores, com personagens carismáticos e apaixonantes.

    Beijocas, Cida.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Eu li o primeiro livro, mas ainda não consegui ler os outros porque ainda não comprei.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Nunca li nenhum dos livros da série, e não posso dizer que não gosto deles, as resenhas que li mostram tratar-se de um livro bem envolvente, porém fujo de romances históricos, sei lá e tudo cheio de pompa e circunstancia, as vezes muito clichê. Mesmo assim acho que gostaria deste livro, de todas as resenhas que li, apenas as que se tratam deste livro me fascinaram.

    Julielton Souza - Dialética Proposital

    ResponderExcluir
  26. Oi Cida, como falam bem desta série menina! Uma pena que eu ainda não a conheça, apesar de gostar muito de romances de época. As capas estão um capricho, e este enredo se mostrou bem interessante, assim como os outros.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  27. Linda essa série de muito bom gosto.Vale muito ler!!!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!