[Resenha] Hex Hall – O Sacrifício

Hex Hall – O Sacrifício
Título Original: Spell Bound (Hex Hall #3)
Autor(a): Rachel Hawkins
Editora: Galera Record         Páginas: 304
Lançamento: 2014               ISBN: 9788501097170
 ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Capa Hex Hall Vol 3 V4 RB.indd

Neste terceiro volume de Hex Hall, Sophie Mercer, com seus poderes reprimidos pelo Conselho dos Prodígios e mais vulnerável do que nunca, deve impedir a guerra épica que se aproxima. O único feitiço capaz de ajudar Sophie a recuperar os seus poderes está bem guardado no Hex Hall, onde tudo começou, protegido pelas malignas irmãs Casnoff. Acompanhada de sua melhor amiga-vampira Jenna, seu namorado Archer, seu noivo Cal (sim, a vida amorosa dela é complicada), e uma fantasma pentelha, Sophie travará uma batalha contra um exército de demônios. Mas mesmo com seus melhores amigos e aliados, o destino de todos os Prodígios está nas mãos dela, e somente dela.  [Leia um trecho]
Magia que vai deixar saudades...

O Sacrifício é o terceiro livro da trilogia Hex Hall de Rachel Hawkins, publicada no Brasil pela Editora Galera Record, é uma série sobrenatural, de bruxas, demônios e afins, que tive o prazer de começar a ler ano passado, posso dizer que é uma das que mais gosto deste gênero.
 
Bem, acabou, todos esperamos pelo desfecho, para saber o destino de personagens queridos, mas foi tanto uma leitura empolgante e alegre, quando triste, vou sentir muita falta da irreverente e teimosa, Sophie Mercer.
 
Os poderes sobrenaturais não devem ser expostos, quando Sophie resolveu usar sua magia, foi punida com um internato em uma escola de prodígios (os prodígios, nada mais são que seres sobrenaturais, como bruxas, fadas, vampiros e outros), conhecida como Hex Hall.  Contra sua vontade, por ordem do Conselho, passou a viver lá, mas como confusão poderia ser seu segundo nome, Sophie conseguiu mergulhar em várias, entrando em uma guerra perigosa contra demônios. Pronto!  Deste dia em diante, sua vida passou a correr muito perigo, ela fez novas amizades, muitos inimigos, descobriu o amor, aprendeu como relacionar-se com um pai que foi ausente em boa parte de sua vida, teve que lidar com seus poderes que aumentavam a cada dia e até mesmo enfrentar a surpreendente realidade sobre sua origem e sua condição de ser sobrenatural. Muita coisa para um jovem adolescente, mas que ela soube levar de maneira leve e divertida, sempre com seu humor ácido e muitas vezes inconveniente. Impossível não gostar de Sophie.
 
O livro anterior termina de maneira caótica, depois de uma briga daquelas, não sabemos quem sobreviveu para esta continuação, Sophie foi traída, não sabe se um dia verá seus amigos, o pai e Archer outra vez e o pior de tudo, está sem seus poderes.  Machucada e bem atordoada, vai buscar a mãe e mais uma vez acaba descobrindo coisas sobre si que a surpreendem e provam que sua vida é um eterno mistério. No entanto, nossa protagonista não tem tempo para sofrer, os vilões estão prontos para soltar demônios na Terra e acabar de vez com os prodígios, ela precisa encontrar um jeito de impedir que isso aconteça.
 
A narrativa permanece em primeira pessoa pelo ponto de vista da protagonista, logo no primeiro capítulo a autora faz um resumo de tudo que já aconteceu, de maneira sutil, refrescando nossa memória e nos inserindo novamente em sua trama. Sophie continua engraçadinha como sempre, pode até mostrar que muitas vezes ela não encara a situação com a devida seriedade, isso até me incomodou no segundo livro, mas hoje, depois de estar tanto tempo na companhia da garota, vejo que esta é sua forma de defesa, de tentar suportar tantos perigos que a cercam e não desistir pelo caminho.
 
Sophie é uma personagem que amadureceu no decorrer na série, a cada livro vemos claramente como ficou mais segura de si e mais ousada, colocando-se em perigo sempre, mas por tentar ajudar as pessoas, não por ser inconseqüente. No lado sentimental, está em plena ebulição, dividida entre Cal e Archer, já no tocante aos pais, as coisas entraram nos eixos.
 
Este livro é mesmo o fechamento de um ciclo, voltando para onde tudo começou, Hex Hall, já que a escola não foi o cenário principal do segundo livro, fica claro que é hora de amarrar todas as pontas soltas que ficaram pelo caminho, e cabe a Sophie esta missão.
 
A agilidade do texto é ótima e ainda temos uma trama carregada de mistério, eu não consegui acreditar que no final algo fosse dar certo, Rachel coloca seus personagens em meio de tantos desafios, que você tem certeza que vai todo mundo fracassar. É um caos! Imaginem não conseguir ter um vislumbre de vitória pela frente?
 
Sophie me surpreendeu muito na maneira como reagiu às ações dos outros, teve mesmo sangue frio, já que todo mundo via nela uma arma de guerra, caramba, muitas vezes ela queria carinho e não achava. Se houve uma pessoa, que mostrou que gostava dela de verdade e importava-se com seu bem, foi a vampirinha Jenna, essa é uma amiga de verdade. Ah! E pasmem, Elodie, a ex-inimiga, também ajudou
 
Foi bem eletrizante, mas em alguns momentos senti que a autora correu com a história, a abordagem não foi tão profunda como deveria, por exemplo, há um tal garoto preso no espelho que poderia ter sido melhor explicado e até mesmo momentos de crise, que poderiam ter sido mais longos e complicados, ficaram fáceis pela brevidade. Não digo que seria necessário outro livro, mas se este fosse maior, estes pontos poderiam ter sidos mais desenvolvidos.
 
No geral não tira o brilho da história, apenas poderia ter acrescentado algo mais, mas nem por isso eu consegui largar a leitura e não me divertir muito com as aventuras de Sophie Mercer. O final é conclusivo, Rachel não optou pelo inesperado, ela seguiu uma linha previsível, com um final feliz, com perdas significativas no caminho, mas que fechou muito bem sua trilogia. O livro termina com a promessa de esperança e dias melhores que virão.
 
Neste último volume, a autora trouxe novos personagens e se ela quisesse poderia até mesmo criar um spin-off de Hex Hall com esta galera. Eu adoraria!!!

Com muito carinho me despeço desta série deliciosa e encantadora, vou sentir saudades. Recomendo.


Confira toda a série.




  

2leep.com

25 comentários:

  1. Ai, jura que essa série é tão boa assim? Sempre me encantei com as capas, mas nunca tive aquelaaa vontade de ler, sabe? E agora que acabou, quem sabe já não sento e leio tudo junto? Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. não é um livro que me atraia em primeiro plano, talvez se eu pegasse para ler pudesse gostar, entretanto nesse momento não consigo ficar encantada por ele
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, eu li apenas o primeiro livro da série, ainda com a capa antiga, então já faz bastante tempo. Eu gostei da história, mas achei meio juvenil demais, então acabei nem animando para ler o resto. Quem sabe outra hora eu conclua a série, mas não é algo que eu espero tão ansiosamente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    Sempre leio sobre essa série, e por se tratar de uma narrativa que tem como plano de fundo a magia me deixa ainda mais curiosa.

    A parte boa é que como todos os livros da série já foram lançados, posso ler todos de uma vez rs...

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Eu não entendi muito porque não acompanho a série, principalmente na descrição dos personagens. Enfim, mesmo assim eu gostei da resenha. Boiei, mas curti, rsrs.

    Sempre ♥

    Bjkas

    Lelê

    ResponderExcluir
  6. Gosto das capas dessa série e do fato da trama se desenvolver em uma escola, já que me lembra um pouco Academia de Vampiros. Enfim acredito que gostaria de Hex Hall, caso eu lesse.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. nunca ouvi falar da trilogia, nem da autora. Não acho que leria :x
    bj, dréa

    ResponderExcluir
  8. Ahhh, eu adoro essas capas...
    Tinha esquecido deles, eu era louca por uma resenha de alguem conhecido, hahaha
    Vou procurar o primeiro...
    O jeitinho de Sophie me lembrou um pouco o de Susanah, de A mediadora.

    Vixi, vamos gostar mas não vamos ser doentes!
    Hahahaha
    Me colocando no lugar dela, eu ia aproveitar deemaisssssssssss o lugar!

    Beijinhos
    Sou eu... Pri!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Suzie é outra protagonista que adoro, e muito divertida também, a disputa está boa entre ambas.

      Excluir
  9. Eu li o primeiro volume logo que foi lançado e gostei bastante, mas não sei por qual motivo, acabei não acompanhando mais a trilogia. Gostei de saber que já saiu o terceiro, vou tentar comprar e ler de uma vez só :D

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu li o primeiro volume logo que foi lançado e gostei bastante, mas não sei por qual motivo, acabei não acompanhando mais a trilogia. Gostei de saber que já saiu o terceiro, vou tentar comprar e ler de uma vez só :D

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi, Cida!
    Pulei alguns parágrafos que falavam mais sobre os acontecimentos em si, mas achei sua resenha super completa!
    Não sei se estou disposta a encarar mais uma série de livros agora, mas quando tiver a oportunidade vou dar uma espiada mais a fundo nessa Hex Hall. =)
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida, tudo bem?

    Pensava que a série fosse maior. Bom saber que era uma trilogia. Confesso que nunca tive muito interesse pela série, mas acho que foi porque procurei conhecê-la melhor. Parece ser bem interessante.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida, na verdade não me interesso muito por esta série.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  14. Oi Cida...Confesso que conhecia esta série, e apesar de achar sua proposta super bacana no momento não estou interessada em iniciar nenhuma, mas gostei da historia. Dica anotada!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Não li a resenha inteira, pois li apenas o primeiro livro e pretendo ler os outros dois e não queria ler algum spoiler.
    Espero poder ler os dois livros em breve e saber como a história da Sophie terminou =)

    ResponderExcluir
  16. Oie Cida!
    Tenho muita vontade de ler essa série. As capas são perfeitas e as premissas me encantam. Nossa quando terminamos de ler um livro com um final bem caótico, quase enlouquecemos pela continuação. Aaah é um pouco chato quando o autor corre um pouco com a leitura em algumas partes, mas que bom que isso não prejudicou muito a leitura!! Amei o fato da personagem Sophie ir amadurecendo no decorrer da narrativa.

    Beijos!

    Meu Diário

    ResponderExcluir
  17. Eu ainda não comecei a ler essa série por medo de não gostar, mas depois de ler a resenha e ver a sua avaliação acho que vou dar uma chance aos livros.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Está na minha lista de futuras comprar essa trilogia, embora não perfeita parece que o final não decepciona. *-*

    ResponderExcluir
  19. Achei legal a editora ter seguido um padrão das capas, mas me lembro que essa não foi a primeira, né?
    Essa série não me interessou desde o começo... essa mistura de magias não conseguiu me "pegar' e, no momento, estou mais para histórias mais realistas. :D

    ResponderExcluir
  20. Sempre curti as capas, mas nunca me bateu aquela vontade de ler entende?
    Mas sempre me animo mais em iniciar a leitura de um série já finalizara.. quem sabe ele não entra nas próximas compras?

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  21. Ja ouvi falar dessa série, mas nunca me deu muita vontade de ler a té agora. Gostei bastante da sua resenha e acho que vou me aventurar nessa série.

    ResponderExcluir
  22. Bem gostoso quando a gente pega uma boa magia e se envolve na história.
    Eu não li nenhum dos três livros, mas fiquei encantada pela história. Pena que acaba, né? =\
    Bem que poderia ter continuação ainda, rs.
    Mas fiquei com bastante vontade de ler, Cida.
    As capas são deslumbrantes.
    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso Top Comentarista

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda não li nenhum livro dessa série, mas adoro as capas! Quem sabe se rolar uma promoção dessa série no submarino, eu não adquira a minha coleção.

    ResponderExcluir
  24. Por não ter gostado muito das capas nunca tive vontade de ler a sinopse e envolvendo o sobrenatural que é algo que sou viciado, ainda mais uma protagonista que vai crescendo e amadurecendo ao longo dos livros é claro que já deveria ter lido, certos autores tem o dom de colocar seus personagens em cada enrascada que não conseguimos imaginar como eles irão sair do problema e é ai que somos surpreendidos, ainda bem que o final foi digno dos outros livros, sempre fica uma ou outra coisa para trás sem explicação ou não explorada adequadamente, mesmo assim não é possível não gostar de uma história dessas.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!