{Resenha} Hex Hall

Hex Hall
Título Original: Hex Hall
Autor(a): Rachel Hawkins
Editora:  Galera Record      Páginas: 304
Lançamento: 2010      ISBN: 9788501086075


Há 3 anos, Sophie descobriu que não é uma menina como as outras. Ela é uma bruxa e, até agora, isso só lhe trouxe alguns... arranhões! Sua mãe fez tudo o que pôde para ajudar: leu o que conseguiu encontrar sobre bruxas, fadas e magia; procurando consultar o pai ausente de Sophie — um poderoso feiticeiro europeu — só quando necessário. Até que a menina atrai atenção além da conta depois de um feitiço de amor poderoso demais... E é seu pai que define a sentença: Sophie deve ir para Hex Hall, um reformatório afastado de tudo e de todos que está sempre de portas abertas para receber qualquer “prodígio” que saia da linha — ou seja, além de bruxas como Sophie, fadas, metamorfos etc. E a tendência de Sophie para encrencas não decepciona.
Não é apenas um história de bruxas, é Hex Hall.

Sophie Mercer, com apenas dezesseis anos já viveu em dezenove lugares diferentes, tudo porque não consegue manter seus poderes em segredo. Sophie é uma bruxa, e adora fazer pequenos truques, seja para facilitar as coisa para si ou para ajudar alguém. Desta vez ela usou um feitiço de amor, e causou tamanha confusão, que o pai ordenou seu envio, ou melhor aprisionamento, em uma escola de Prodígios, a Hecate Hall, chamada carinhosamente pelos alunos de Hex Hall.

Prodígios são vários tipos de seres sobrenaturais, bruxas, fadas, lobisomens, metamorfos e por aí vai. Em Hex Hall, todos , de alguma forma estão pagando castigo por exibirem seus poderes, e é lá que Sophie, que foi criada até agora no mundo humano, passa a conhecer a realidade sobre seu mundo. No começo ela estranha muito, e isso em nada ajuda na sua adaptação. O pior de tudo é que todos parecem saber melhor sobre a vida dela, do que a própria Sophie, e isso, não é  só constrangedor, como excessivamente perigoso.

Sophie aos poucos tenta adaptar-se em sua nova rotina, faz amizades verdadeiras, mas também garante sua cota de inimigos, e até conhece um gatinho, muito cheio de charme, que torna esta estada em Hex Hall, mais tolerável. Porém existe uma presença maligna na escola, determinada a usar Sophie em seu macabro propósito, e para enfrentar este demônio, a menina tem que descobrir certas verdades, inclusive sobre sua verdadeira origem.

Narrado em primeira pessoa por Sophie, Hex Hall não é um livro apenas de bruxas, é um livro que une várias criaturas sobrenaturais. Com um enredo jovem e dinâmico, e uma protagonista que te cativa, é uma ótima leitura para os fãs do gênero. O clima é super alto-astral,  afinal os personagens são adolescentes, em fase escolar e isso por si só dá mais energia à trama. O ambiente, independente, de ser sobrenatural ou não é familiar, as garotas populares, os excluídos e claro, o carinha super gato, Archer Cross.

Sophie como eu disse cativa, sua teimosia é deliciosa e isso já fez com que eu gostasse dela desde as primeiras páginas, ela vive arrumando confusão, e nos garante boas risadas, o baile é um ótimo exemplo disso. Mas muitas vezes ela acaba sendo inocente demais, por ter sido criada em outra realidade, as garotas populares, que prefiro chamar de detestáveis, aproveitam -se disso para magoa-lá.

Existe todo um clima de mistério em Hex Hall, temos vários indícios de que algo grande está sendo tramado e que Sophie é uma peça importante nisso tudo. Seu pai é um grande enigma, ela foi criada só pela mãe, e nunca o viu, mas agora descobre coisas sobre ele que a deixam bem nervosa, tirando até mesmo seu sono. E temos uma série de mortes acontecendo por lá, que deixam todos desconfiados e sem saber quem é quem de verdade.

O romance é meio platônico, Sophie nutre fortes sentimentos por Archer, mas ele não retribui muito claramente, e no final algo bem surpreendente acontece entre os dois.

"Nossa! Eis um menino que conseguia fazer com que um uniforme de escola ficasse bonito e o que ele fez com aquele traje de gala foi quase criminoso."

Em alguns pontos eu esperei mais, queria mais intriga e ação, um pouco mais de veneno. Algumas coisas foram resolvidas muito facilmente, o suspense mantido durante boa parte do livro, acabou perdendo seu tempero, em um final mais corrido. Mas há uma revelação final que muda todo o contexto que foi apresentado, passamos  a ver as coisas com outros olhos e agora damos importância à fatos antes irrelevantes.

Eu gostei, é uma leitura rápida e fluida. Prende o leitor da primeira a última página. Li em um dia,  estava órfã de um bom YA e este veio na hora certa. Recomendo com certeza.


2leep.com

23 comentários:

  1. Oi Cida!
    Nunca tive muita curiosidade em ler esse livro pois achava que a história não me agradaria. Aquela velha história de ler a sinopse e achar que não tem nada a ver comigo.
    Gostei muito da sua resenha. O livro é um pouco diferente do que eu imaginava e achei bem interessante. Quem sabe um dia, se ele cair em minhas mãos, eu possa dar uma chance e ler?
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida,
    o livro é bem legal e aposto que vc vai gostar do resto da série, tem mais ação e mistérios que esse primeiro livro.

    Bjinhos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber Van, este aqui acredito mesmo que seja mais introdutório. Bjos!

      Excluir
  3. Oi Cida, também tive a sensação de que a história perdeu um pouco do tempero, mas achei que isso acontecesse por ser um livro mais juvenil. Gostei da história e me diverti, mas nada que realmente mexesse comigo. Fiquei curiosa só por causa do segredo do Archer, acho que só isso me dá vontade de continuar.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esta é uma boa pergunta, mas ainda acho que ele é um dos bonzinhos.

      Excluir
  4. Nossa, que capa linda! Amei.
    Eu ainda não conhecia este livro, mas acabei de colocá-lo na lista de desejados! *-* Amo histórias de bruxas e esta parece fantástica! Apesar de faltar mais ação e intrigas como você comentou.

    Beijocas, Cida.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Faz tempo que quero ler esse livro, mas nunca consigo!!!
    Adorei a resenha!!! *-*

    beijos

    http://kastmaker.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida,
    Bom, eu adoro livros com temática fantasia, bruxaria..
    Sabe, umas das coisas que eu mais gosto é quando vc não consegue largar o livro e quer ler todas as continuações logo..
    Eu senti isso lendo House of night, que infelizmente tive que largar de lado por causa dos livros de parceria..

    Parabéns pela resenha, beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Cara, eu não tinha interesse no livro até ler sua resenha e descobri que é sobre bruxas,cara, eu quero ler agora!
    Ah, e melhor ainda no mundo onde há várias criaturas sobrenaturais, e um livro que leva você a refletir, muito bom!
    Anotado aqui. rs

    Clicando Livros

    ResponderExcluir
  8. Cida,
    Agora vc complicou minha vida... não sei qual livro pedir para a Galera...
    Meu único receio é Hex Hall parecer a confusão de sere que já tivemos em Cidade dos Ossos... sinceramente, não curti!!!
    Mas a resenha me esclareceu algumas coisas a respeito do livro e isso foi um ponto muito positivo!!!
    Lerei com certeza, se não agora, mais pra frente, absolutamente!

    Beijos
    Chrys
    blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  9. Essa temática de bruxas não é muito a minha praia não... acho muito juvenil, vou deixar esse então láaa pro finalzinho da fila dos livros que eu quero ler ehehehehehe. E engraçado que a maioria desses livros, possuem uma sequência, daí que desanimo mesmo! Mas claro que, toda leitura é válida!

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!
    Estou órfão de um bom YA e quando li sua resenha, fiquei sofrendo porque sou louco para ler esse livro e sua resenha me deixou mais interessado. :/
    Sempre que leio suas resenhas, sempre fico pensando: "Mais um livro que irei colocar na lista...". Hehe
    Acredito que curtirei muito a leitura desse livro. Parece ser uma história gostosa de ser lida.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida, tudo bem flor?
    Fiquei interessada nesse livro, também sinto falta de um bom Ya. Vou procurar, pois gosto desse tipo de enredo, mesmo sendo um pouco clichê.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
  12. Também adorei o livro! Li ano passado e mal posso esperar para ter o segundo em mãos! Bruxaria é um dos meus gêneros favoritos...
    Beijo,
    Vinícius - Livros & Rabiscos

    ResponderExcluir
  13. Gosto bastante quando livros tratam não de criaturas isoladas, e sim de um universo sobrenatural de forma geral :) Interessante!

    ResponderExcluir
  14. Oii Cida...
    Menina, coisa boa poder ler sua resenha deste livro em especial. Estou louca ora comprá-lo, ele me encanta, pela capa e sinopse, então com certeza vou levar sua opinião em consideração e mesmo com seus apontamentos, quero ler com certeza. Sou amante incondicional de literatura fantástica...

    Beijãooo

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida!
    Esse livro está na minha lista de desejados há tempos, mas ainda não tive coragem de comprá-lo, ele nunca está com um preço bom. rsrsrs
    Tenho muita vontade de lê-lo, adoro livros que misturam o sobrenatural e o universo adolescente; as histórias são sempre gostosas de acompanhar. Ótima resenha! ;)

    Beijos!

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  16. Oie amiga
    A cada resenha que leio desse livro, ficou mais louca.
    Quero muito ler esse livro, desde quando a editora fez uma nova edição com esse livro que super desejo.
    Está na minha lista de desejados.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos

    Jéssica
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Se fosse escolher o livro apenas pela capa, eu não escolheria esse. Aliás nem pelo título. Agora que li sua resenha, até que estou com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  18. Oi Cida !
    Com o começo da resenha e da sinopse eu pensei: Opa, livro de bruxas, adoro!
    Mas confesso que suas ressalvas sobre a idade, o ambiente e o livro como um todo me deixaram meio com pé atrás.
    Acho que o tema "bruxas" é amplo demais pra ser feito dentro de uma escola -.- soa muito genérico, como tantos outros livros. Mas eu vou tentar ler ele sim, já vi sua resenha e a da Flavia e gostei de ambas!
    Beijos

    ~Lucas
    descobrindolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Cida,
    Sempre ouvi burburinhos sobre esse livro, mas nunca tinha lido nenhuma resenha. Fiquei com uma dúvida: é uma série?
    Caso fosse um livro só me sentiria mais impelida a lê-lo, pois gostei do que foi apresentado por você. Contém algumas coisas características de YA, mas sempre gosto quando tem esse toque de mistério e a gente não entende tudo logo de cara; quando as coisas vão se revelando aos poucos. E, até onde pude perceber, não tem triângulo amoroso, o que também conta pontos para mim kkkk
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, o próximo livro também já foi lançado. Bjos!

      Excluir
  20. OLá Cida,

    As vezes fico com um pé atrás com certos livros e esse é um deles, mas sua resenha me deixou curioso, quem sabe eu dê uma chance....abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!