[Resenha] Procura-se Um Novo Amor

Procura-se Um Novo Amor
Título Original: A Girl's Guide to Moving On
Autor(a): Debbie Macomber 
Editora: Harlequin                 Páginas: 384
Lançamento: 2019               ISBN:9788539827015
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Quando Nichole descobre que seu marido, Jake, a traiu, sua vida perfeita é abalada. Enquanto se desdobra entre o filho, o novo emprego e o trabalho voluntário, Nichole conhece Rocco, que é o oposto de Jake em quase todos os aspetos. Apesar de ser grosseiro, Rocco se mostrou um pai dedicado e amigo atencioso. Mas, assim que sua relação começa a amadurecer, Jake coloca tudo em risco — inclusive a felicidade de seu filho Owen — ao tentar reconquistá-la. Nichole precisa, então, reunir a coragem necessária para seguir seu coração, apesar das consequências. Durante décadas, Leanne ignorou as traições de seu marido, mas é incentivada pela atitude de Nichole diante da mesma situação. Enquanto dá aulas voluntárias de inglês, Leanne conheceu Nikolai, um charmoso padeiro ucraniano, ao qual Leanne tenta resistir para evitar as dores de cabeça de um romance. Até que uma tragédia inesperada a faz questionar suas escolhas. Um romance inspirador sobre amizade, esperança e recomeços, Procura-se Um Novo Amor, é um atestado da força que toda mulher tem para trilhar o próprio caminho, acreditar no amor e ser feliz.
Procura-se Um Novo Amor, de Debbie Macomber, é um dos lançamentos deste ano da Harlequin e apresenta uma bonita história sobre recomeços.

Leanne passou mais de trinta anos presa em um casamento infeliz. O marido Sean a traía sem medidas e ela ia relevando, acreditando que aquilo ia passar e eles poderiam ser felizes de novo. No entanto, quando viu o filho Jake seguindo os mesmos passos do pai, ela percebeu que sua falta de reação passou ao filho a impressão errada de que trair a esposa era normal. A nora era como uma filha para Leanne e então ela decidiu revelar que Jake a estava traindo.

Nichole, diferente de Leanne, reagiu e quis o divórcio. Mesmo amando o marido, não conseguia imaginar manter um casamento sem confiança. Sua força acabou motivando a sogra a tomar uma atitude. As duas deixam aquelas vidas para trás e partem em busca de um novo começo. Ela criam um manual com regras simples, mas eficazes, mas sustentar a decisão de serem felizes outra vez. Quem sabe até mesmo amar de novo, mas não antes de se realizarem individualmente.

Leanne e Nichole são duas mulheres incríveis e para serem admiradas. Ambas mostram que todos merecemos alegria, felicidade e muito respeito e, mesmo que Leanne tenha demorado para se dar conta disso, ela prova que nunca é tarde para recomeçar.

A história é das duas e é narrada pelo ponto de vista de ambas. Embora sejam jornada conectadas, a obra nos traz duas jornadas de vida em um só livro. Você é presenteado com duas histórias lindas, comoventes e cheias de personagens cativantes.

Eu admirei as duas, mas não nego que a jornada de Nichole foi a que mais me encantou. Eu me emocionei com toda a sua dor para levar aquele divórcio adiante, afinal ela ainda amava o marido infiel. Achei  incrível sua força para não cair nas mentiras dele de novo. 

Ela tem a oportunidade de conhecer uma pessoa nova, um homem diferente e com suas próprias cicatrizes. Ambos protagonizam uma relação divertida, terna e que se completa quando eles unem suas partes quebradas e formam algo novo. Rocco foi um par ideal para ela e eu morri de amores com a fofura do filho dela e da filha dele, que tornam este núcleo lindo.

Leanne também vive sua jornada de superação e até mesmo a chance de um novo amor, mas diferente da nora, que acho que teve algo mais voltado para um novo romance, com Leanne o foco perdão foi o mais relevante. Não vou entrar em detalhes, mas ela precisava fazer as pazes com o passado e com sua autoestima antes de seguir em frente, assim romance fica em terceiro plano na lista de prioridades.

Independente de  eu ter gostado mais do núcleo de Nichole, acho que cada leitor vai se sentir mais apegado a uma das personagens dependendo do seu momento atual e até mesmo de sua experiência de vida. E com certeza teremos aqueles que se conectarão igualmente com ambas, mas não importa, o que de fato é relevante é o quanto este livro é capaz de confortar, inspirar, emocionar e alegrar o leitor com sua história positiva e revigorante.

Eu amei fazer a leitura e tive a sensação de estar sentada assistindo aqueles filmes antigos da Sessão da Tarde, que apesar de nos fazerem chorar, no final sempre nos deixavam com um sorriso no rosto e o coração mais quente. Eu recomendo esta e outras obras da autora. Debbie sempre consegue me deixar feliz. 







2leep.com

6 comentários:

  1. Olá, Cida.
    Eu gostei muito do livro, gosto de todos da autora hehe. Não cheguei a me identificar mais com nenhuma das duas, acho que as duas me trouxeram algo de bom. Agora o Jake eu queria dar uns socos nele para ver se parava de ser tão mimado hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, eu amei esse livro!1 Gostei das duas personagens, mas como vc disse ora mais de um núcleo, ora mais de outro. Confesso que quando terminei fiquei com saudades delas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,
    Faz tanto meu estilo *-*
    Sinto que iria ler sem parar até chegar ao final!
    Está na minha lista para adquirir a obra.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida, tudo bem?
    Nossa que história! Quando os personagens são feridos e tenta se reerguer é o momento que eu mais gosto. Achei certo quando você disse que cada leitor irá sentir uma emoção diferente.

    Até mais!

    www.depoisdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida!
    Esse livro realmente tem cara de ser bem Sessão da Tarde, mas amo assim mesmo. Esse plot das mulheres me lembrou bastante um filme agora (só não consigo lembrar o nome hahahhaha)
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Lendo sua resenha me senti lendo a descrição de um filme daqueles para assistir numa noite de relaxamento, adorei a indicação do livro.

    Beijão!
    Lumusiando

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!