[Resenha] Garotas Como Nós

Garotas Como Nós
Título Original: People Like Us
Autor(a):Dana Mele 
Editora: Universo dos Livros      Páginas: 384
Lançamento: 2019                     ISBN: 9788550303864
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Um thriller psicológico tenso e sofisticado, que é simplesmente o livro certo para fãs de Pretty Little Liars, Meninas Malvadas, Os 13 Porquês e Elite – esta história o seduzirá, o iludirá e, por fim, o trairá. Kay Donovan é uma jogadora de futebol cujo grupo de lindas e populares amigas comanda uma escola particular, mas guarda segredos sombrios que se esforça para não respingarem no presente. No entanto, quando o corpo de uma garota é encontrado no lago da instituição, a vida cuidadosamente construída de Kay começa a desmoronar. Repleta de escândalos e tragédias, esta narrativa apresenta uma visão sombria e emocionante sobre amizades femininas, as pressões para alcançar sucesso acadêmico e também sobre saúde mental. Garotas Como Nós é uma história clássica, assustadora e com um final surpreendente.
A Academia Bates é um internato de elite, onde mais do que estudar, os jovens gostam de criar intrigas e provocações. Quando na noite de um baile um grupo de amigas encontra um corpo boiando em um lago, o que a princípio parecia suicídio, não demora para se mostrar assassinato. Qualquer estudante poder ter cometido aquele crime e a polícia precisa descobrir se entre tantas brincadeiras e trotes de adolescentes, houve apenas intenção de diversão ou pura maldade.

Kay Donovan não faz parte do time das meninas ricas. Ela é uma estudante bolsista que precisa ganhar destaque nos esportes para garantir um ingresso na universidade. Kay é uma das meninas que achou o corpo e acaba se vendo envolvida nesta morte quando recebe o convite para entrar em um site e cumprir determinadas tarefas. Se ela não cumprir, um grande segredo de seu passado vai ser revelado. Cheia de medo, Kay sucumbe a chantagem e passa a ter que derrubar todas as suas amigas e se ver mais e mais como a principal suspeita do crime.

Se você assistiu a série Pretty Little Liars ou mesmo Elite, vai se sentir em casa com a trama de Garotas Como Nós. Na verdade acho que me lembra mais PLL, por conta do grupo de meninas envolvidas em toda sorte de intrigas mesquinhas. Elas se achavam as melhores da academia e não eram nada gentis com o restante dos meros mortais. Kay era a líder e começa a ver seu reino desmoronar mais e mais a cada dia.

É uma trama cheia de mistério e a cada novo capítulo mais enigmas surgem para nos deixar desconfiados de cada personagem. Cada um esconde segredos, tem culpa por algo e motivos para ter cometido aquele assassinato. A protagonista Kay, que de mocinha não tem nada, atua como detetive amadora. Não por querer desvendar o crime, mas por precisar se livrar da culpa que aponta para ela.

Não posso dizer que me apeguei a algum dos personagens. São uns adolescentes mesquinhos e com fortes tendências de psicopatas. A Kay e sua turma de amigas são um grupinho maldoso e não nego que em certo momento gostei bastante de vê-las sendo expostas e sofrendo. Não é maldade minha, mas aquelas garotas mereciam castigo por terem maltratado tantos alunos da Bates.

Ainda assim, eu não queria que ninguém fosse culpado pelo que não tinha cometido e  torci para que a Kay conseguisse descobrir a verdade, embora ela mesma não seja confiável e uma grande suspeita.

É uma história com clichês. Mas quem não gosta de desvendar segredos? E são muitos na trama, além do assassinato. O segredo oculto no passado de Kay é muito bom, acho que melhor que o mistério atual.

Em suma, Garotas Como Nós, de Dana Mele, lançado no Brasil pela Universo dos Livros, traz um thriller adolescente intrigante, com personagens de caráter duvidoso e um desfecho convincente. Eu que curto estas histórias de intrigas e assassinatos em ambiente estudantil, me diverti com a leitura. Alguém aí já leu? Conta nos comentários o que achou.




2leep.com

9 comentários:

  1. Oi Cida, tudo bem?
    Pensei em Elite assim que comecei a ler sobre a trama. Infelizmente, essas obras com plots mais adolescentes ricos não me atrai (tanto que nunca fui fã de PLL). Acho que esse título vou acabar passando.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida!
    Não sei se teria paciencia para ler um livro onde todos os personagens sao metidos a idiotas desse jeito. Eu provavelmente abandonaria. Ainda mais porque é thriller e nao me anima.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oie
    Adorei a resenha. Acho que já tinha visto por aí a capa desse livro, mas não cheguei a ler a sinopse ou procurar saber mais sobre a história.
    Confesso que não sou muito fã de suspense (pelo menos não ler, gosto de assistir), mas eu quero experimentar ler mais livros do gênero, e essa me parece ser uma boa pedida, apesar de ficar um pouco preocupada com essa questão de não conseguir me apegar aos personagens.

    Beijos
    ABOBRINHA COM CHOCOLATE

    ResponderExcluir
  4. Olá, Cida.
    Quando vi esse livro achei bem parecido com a proposta de PLL e por isso me interessei. Mas ainda não tinha lido nenhuma resenha dele. Achei interessante e se der vou ler ele sim. Gosto muito desse tipo de livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,

    Quando vi o livro me veio Elite na cabeça.
    Acho interessante essas tramas com esse mistério todo, mas confesso que adolescentes mesquinhos me dão ranço demais rsrs.
    Mesmo assim, acho que leria o livro.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida!
    Não sou muito de Pretty Little Liars, então vou passar a dica por agora. Fora que ando bem decepcionada com os thrillers da vida..
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida, tudo bem? Eu não em importo com os clichês e parece uma história bem envolvente! Acho que vou curtir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Não li, mas quase comprei o livro na sexta-feira porque essa coisa de elite adolescente inconsequente, é algo que eu gosto de ler e criticar HAHAHAHAHA
    Como a Sil mesmo disse, o toque de PLL me agrada! rs
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Nem imaginava que esse livro tinha esse ponto investigativo. E revirando os olhos para os adolescentes mesquinhos, fiquei curiosa e espero ler haha.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!