[Resenha] O Dueto Sombrio

O Dueto Sombrio
Título Original: Our Dark Duet (Monsters of Verity #2)
Autor(a): Victoria Schwab   
Editora: Seguinte                 Páginas: 448
Lançamento: 2018               ISBN:9788555340666
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|| 
Na sequência final de A Melodia Feroz, Kate Harker precisa voltar para Veracidade e se unir ao sunai August Flynn para enfrentar um ser que se alimenta do caos. Kate Harker não tem medo do escuro. Ela é uma caçadora de monstros — e muito boa nisso. August Flynn é um monstro que tinha medo de nunca se tornar humano, mas agora sabe que não pode escapar do seu destino. Como um sunai, ele tem uma missão — e vai cumprir seu papel, não importam as consequências. Quase seis meses depois de Kate e August se conhecerem, a guerra entre monstros e humanos continua — e os monstros estão ganhando. Em Veracidade, August transformou-se no líder que nunca quis ser; em Prosperidade, Kate se tornou uma assassina de monstros implacável. Quando uma nova criatura surge — uma que força suas vítimas a cometer atos violentos —, Kate precisa voltar para sua antiga casa, e lá encontra um cenário pior do que esperava. Agora, ela vai ter de encarar um monstro que acreditava estar morto, um garoto que costumava conhecer muito bem, e o demônio que vive dentro de si mesma.
O Dueto Sombrio fecha a duologia Monstros da Violência, de Victoria Schwab, publicada no Brasil pela Editora Seguinte.

Nesta trama, a autora mostra uma realidade onde cada ato de violência gera uma criatura, melhor dizendo, um monstro. Em determinado momento, monstros e humanos passam a viver juntos, não pacificamente e sim num equilíbrio controverso e perigoso. 

A Melodia Feroz explica bem esta dinâmica, os tipos de monstros e do que são capazes. Desta forma, na sequencia, ela não perde tempo com explicações e nos devolve na história de onde havíamos parado e prestes a viver uma nova aventura ao lado dos protagonistas Kate Harker e August Flynn.

O bom dos livros de Schwab é que ela cria universos ímpares e difíceis de esquecer, mas caso os detalhes não estejam frescos em sua mente, releia o primeiro para ficar antenado com o que vem pela frente.

Kate é humana e August um monstro, mas no decorrer do primeiro livro a amizade que se estabeleceu entre os dois os fez serem apenas dois indivíduos que se gostam muito e confiam um no outro. Ambos dividiram experiências que vão levar para toda a vida e, no final, Kate precisou partir e buscar um novo rumo para si.

O tempo passou e os dois jovens mudaram muito, mas o surgimento de um novo monstro faz Kate voltar para casa e outra vez ela e August vão ser aliados numa batalha de vida e morte.

Esta série é maravilhosa e empolgante. Há muita aventura, ação e boa dose de mistério. Além disso, August e Kate são personagens para se apaixonar profundamente. Não se enganem achando que são apenas dois adolescentes, são sim, mas cheios de dramas profundos e envolvidos em um verdadeiro caos.

Schwab os explora por diversos ângulos, tanto que nos primeiros capítulos vamos seguindo com eles separadamente e entendendo o que motivou cada mudança em suas personalidades. Kate volta muito mais resistente e independente. August, sempre tão mais sensível, endureceu seu coração e está prestes a se deixar devorar por uma escuridão que cerca sua espécie.

É muito bom ver esta individualidade, mas que nada se compara a vê-los juntos. Eu fiquei bem ansiosa pelo momento que ambos iam se encontrar e posso dizer que valeu a pena e foi muito cheio de emoções. Parecia que nunca tinham se separado, ou melhor, parecia que por toda a vida foram parceiros. A química entre eles é perfeita, é uma relação de vários nuances e que vai além de amizade ou mesmo romance. É algo mais forte e incomparável.

A nova aventura contra o novo monstro se entrelaça com resquícios de antigas batalhas e os inimigos de antes estão de volta. A autora dá grande espaço para os vilões e um panorama geral de tudo e todos que compõe a trama.  August e Kate vão ter que lidar com muita coisa desta vez e o preço vai ser alto.

Gente! É uma saga sem previsibilidade e de muita adrenalina. Eu fiquei sem fôlego várias vezes com cada caos criado e desafio que as pessoas enfrentaram. Tem morte e crueldade, mas também amizade, esperança e amor. É uma mistura louca que dá certo.

O primeiro livro poderia ser único, já que a história fecha bem e este segundo é mesmo uma nova aventura. A autora não deixa o ritmo cair e mostra um amadurecimento significativo da história e mais ainda dos personagens. Eu nem me importaria de ter mais um volume, pois historias criativas e originais são sempre bem-vindas. No entanto, O Dueto Sombrio é mais pesado e muito mais triste, com certeza despedaçou meu coração e eu gostaria de verdade, que em certos momentos Schwab tivesse sido mais piedosa. É sério que precisava ser assim?

Ainda em choque e absorvendo certos plots twists, eu desejo que todos leiam os livros dessa mulher e nada melhor que começar por esta duologia. 





2leep.com

10 comentários:

  1. apesar dos elogios a trama não é um enredo muito promissor para mim
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Eu sofri demais com esse livro. Não via a hora deles se encontrarem.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida! Tudo bom?
    O desespero enquanto lia esse livro não cabia em mim, misericórida que a Schwab sabe fazer um suspense como ninguém.
    E que universo medonho e maravilhoso ela criou! Deu até saudade </3

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,

    Estou com esse livro na meta de leitura e espero gostar igual gostei do primeiro.
    Bom saber que a história não decai.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Eu achei esse livro incrivel, principalmente se tratanto ao arco da Kate. Nossa sofri muito. Nao é tipo o livro perfeito. Algumas coisas nele me incomodaram, mas no geral, é viciante demais. Eu pelo menos não conseguia largar. Amo esses personagens.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida! Eu tenho o primeiro livro da duologia e sempre que olho pra estante ele pisca pra mim, mas ainda não li porque estou TENTANDO não começar novas séries/trilogias, pelo menos até concluir alguma das que estão em andamento... além disso, quero conferir outro livro da autora que coloquei no projeto de leitura pra esse ano, mas quero muito conferir o que ela reserva para Kate e August.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cida.
    Eu demorei muito para ler esse livro porque todo mundo estava falando que era fraco se comparado ao primeiro. Eu não achei. Gostei igual dos dois. Mas não é o final que ninguém esperava hehe. E também leria outro livro sossegada, por isso que pretendo ler outros dela hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, tudo bem?
    Que bom que esse segundo livro traz uma trama ainda mais interessante. Vou tentar ler essa duologia no futuro.

    *bye*
    Marla
    https://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Cida =)

    Concordo com você quando diz que a história fechou bem no primeiro livro. Estou lendo O Dueto Mortal no momento e mesmo com a autora ligando alguns fatos com o primeiro livro, algo na narrativa realmente me passa a sensação que é um nova história.

    Está sendo maravilhoso acompanhar a evolução dos protagonistas.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, tudo bem? A Ari lá no blog ficou sem chão com o final tb! Acho que a autora é ótima em suas tramas, ainda quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!