[Resenha] Um Dia em Dezembro

Um Dia em Dezembro
Título Original: One Day in December
Autor(a):  Josie Silver
Editora: Bertrand Brasil       Páginas: 392
Lançamento: 2018               ISBN: 9788528623666
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Uma história de amor inesquecível, comovente e emocionante; para fãs de Jojo Moyes e David Nicholls. Laurie não acredita em amor à primeira vista. Afinal de contas, a vida não é a cena de um filme romântico. Mas, então, em uma manhã de dezembro fria e com neve, o ônibus de dois andares em que voltava para casa para em um ponto. Ao olhar para baixo, ela o vê. Por um segundo transcendental, seus olhos se encontram... e então o ônibus começa a andar. Depois de muitos meses com a esperança de cruzar novamente com ele, Laurie acha que nunca mais verá o garoto do ônibus. No entanto, um ano depois, em uma festa de Natal, sua melhor amiga, Sarah, apresenta o novo namorado, o grande amor de sua vida. Para seu profundo desespero e surpresa, ele é ninguém menos que o garoto do ônibus. Determinada a esquecê-lo, Laurie segue com sua vida. Mas e se o destino tiver outros planos?
Um Dia Em Dezembro foi o primeiro livro que li de Josie Silver e depois dele ela pode até mandar a lista de compras para mim que vou conferir. Que história encantadora, gente! Que delícia encontrar neste livro algo nos estilo daqueles excelentes e antigos filmes de comédia romântica que vi e revi milhares de vezes. Não tem preço, foi perfeito.

O título e a capa nos fazem logo pensar em Natal e ainda que a história tenha início nessa época, a mesma se estende por dez anos e passa por vários períodos da vida dos personagens. É longa e cheia de reviravoltas.

Perto do Natal, Laurie estava voltando para casa quando o viu em um ponto de ônibus. Foi amor à primeira vista e durante meses, ao lado da melhor amiga Sarah, ela procurou o cara do ponto de ônibus. No entanto, não o encontrou, mas ainda desejava que isso acontecesse. Passado um ano, ela e Sarah resolveram dar uma festa para amigos no apartamento que dividiam e a amiga queria também apresentar-lhe o novo e apaixonante namorado. Jack realmente era maravilhoso, tanto que ambas estavam caidinhas por ele. Adivinhem só? Sim! Ele era o cara do ponto de ônibus.

Em nome da amizade, Laurie não contou nada a Sarah e passou a ter que viver vendo aquele namoro florescendo. Mas será que Jack não lembrava dela? Apenas Laurie sentiu aquela conexão na primeira vez que se viram?

Então, é assim que seguimos com estes três nesta jornada de amores e sonhos. É difícil para Laurie se manter neutra, mas a amizade dela e de Sarah é muito grande e apenas por isso se segura. Ano após ano estes jovens vão levando a vida, vivendo situações alegres, divertidas e outras de muito drama e tristeza. Não é um triângulo amoroso, a relação vai além disso, já que antes de pensarem em amor entre homem e mulher, há o amor entre amigos que os une.

Muita coisa acontece, claro que os momentos mais fortes são sempre em dezembro, parece que o Natal desperta algo em Laurie, Jack e Sarah que os faz serem mais intensos nessa época e a intensidade que os consome é o que os leva a mudar a cada entrada de ano e com isso a trama nunca cai na rotina e fica monótona. Você até pensa que segui-los por dez anos pode ser uma enrolação, mas garanto que não é. Foram dez anos incríveis, nem sei quantas vezes ri ou mesmo chorei com o que cada um viveu e dividiu comigo. A autora vai além do trio, ele dá espaço para suas jornadas pessoais, focando bastante na luta por ter uma boa carreira profissional, vai  para as famílias e assim um núcleo enorme de personagens toma conta das páginas, dando mais corpo para trama.

Vai ter de tudo. Casamentos, namoros, términos, acidentes, nascimentos, mortes e recomeços, muitos recomeços. Lágrimas, mas acima de tudo, esperança de que Jack, Laurie e Sarah sejam felizes. Que algo extraordinário aconteça e permita que não se magoem e encontrem uma forma de fazer dar certo.

Os três são cativantes. Minha personagem preferida foi Sarah,sempre alto astral, forte, desinibida e amiga para todas as horas. Então imaginem como fiquei dividida por ter certeza que Jack deveria ficar com o Laurie. Eu nem imaginava como a autora faria isso dar certo, equilibrar o amor e amizade. E foi fabuloso o caminho escolhido, foi algo que nem imaginei e que encheu meu coração de sentimentos bons. Fazia tempo que uma história não me enternecia tanto, foi mesmo como ver aqueles filmes de Natal misturados com aqueles onde o casal se encontra e desencontra por anos a fio. Sei lá, uma mistura de Mensagem Para Você e Serendipity. Tipo isso.

É uma leitura que empolga e envolve, poderia ter sido vinte anos e nem teria me importado. Passar mais tempo com estas pessoas teria sido ótimo. O clima é muito intimista, conseguimos de fato estar na vida dos personagens e compartilhar o que estão vivendo, a autora se saiu bem neste ponto, foi feliz ao fazer a conexão leitor-personagens.

Um Dia Em Dezembro é uma leitura indicada para Natal, Outono, Inverno, Primavera ou Verão. É aquele tipo de livro que tem amor transbordando e vai te encantar em qualquer época do ano que você ler. Já estou com saudades de Sarah, Jack e Laurie e adoraria que vocês também passassem um tempinho com eles. Delicado, sensível e encantador. Eu amei!  







2leep.com

10 comentários:

  1. Oi Cida, tudo bem?
    Lendo a resenha, ficou difícil torcer pra Laurie e Jack juntos hahaha! A Sarah parece ótima e, no momento em que se torce pra Laurie e Jack, você torce contra Sarah e Jack. Aaaaah que confuso! Fiquei curiosa. :P
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, tudo bem? Essa é a primeira resenha que leio do livro, aliás, ainda não tinha lido nem a sinopse apesar de já ter me encantando pela capa que, com certeza, remete ao Natal. Apesar de não ser muito fã de triângulos amorosas, já me encantei pela história e vou colocar na lista de desejados para ler o quanto antes, porque estou sentindo falta de um romance gostoso como esse.
    Beijos, Adri
    Espiral de Livros

    ResponderExcluir
  3. Olá, Cida.
    Eu já li algumas resenhas desse livro mas não sabia que a história se passava em dez anos. Eu desanimei para ler depois que vi sobre o que era a história. Eu não sei, como não acredito em amor a primeira vista acho que não ia entender isso dela querer o namorado da amiga só porque viu ele num ponto de ônibus.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Eu acho essa capa linda demais! Muito cara de Natal mesmo.. e parece que nessa época todo mundo fica mais intenso e os sentimentos mais fortes, já percebeu?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Natal Literário 2018: 5 kits, 10 ganhadores. Participe!

    ResponderExcluir
  5. *suspiros*
    Oi Cida,
    Quero tanto ler esse livro! Acho que vou me encantar, amo esse clima natalino, a edição está linda mesmo... Ai Ai Ai. Não vejo a hora de ler!
    P.S.: Depois de ler uma resenha sua de "Menina Boa, Menina Má", mesmo os personagens não te agradando, essa coisa de ser forte e pesado.... fiquei com o livro na cabeça e me arrisquei, comprei a obra nesse último final de semana. Tomara que eu goste!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Estou lendo esse livro no momento, mas confesso que estou com um pouco de dificuldade de me conectar com a história. Os personagens são ótimos, mas tenho sérios problemas como triângulos amorosos rs ...

    Espero que a história me cative mais da metade para o final e eu termine a leitura gostando dela tanto quando você.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  7. Oiii Cida

    Acho a capa desse livro muito fofa e amei saber que o conteudo vale a pena e empolga, esse é o tipo de leitura que adoro fazer nesta época do ano quando procuro ler histórias mais despretensiosas, que me deixem sorrindo ao final. Vou anotar na lista.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  8. Impossível ler sua resenha e não querer conhecer esse filme, Cida. Ele parece ser encantador!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida!! Eu também adorei o livro, achei os personagens complexo e uma ótima história de amor bem desenvolvida! Quero mais livros da autora agora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. gostei da trama e confesso que estou curiosa e leria imediatamente se possível para descobrir os altos e baixos da trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!