[Resenha] No Ritmo do Amor

No Ritmo do Amor
Título Original: Behind the Bars (Music Street #1)
Autor(a): Brittainy C. Cherry    
Editora: Record                    Páginas: 336
Lançamento: 2018               ISBN:9788501113399
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Duas almas atormentadas unidas por uma grande paixão. A linda e encantadora Jasmine Greene nasceu para brilhar. Cantora nata, ela cresceu sabendo que tinha vindo ao mundo para ser famosa, pois sua mãe — uma artista frustrada que concentrava na filha todas as suas expectativas — não a deixava se esquecer disso um minuto sequer. A vida da jovem de 16 anos se resume a estúdios, aulas de dança e canto e a inúmeros testes para ser o grande nome da música pop. Ela não tem tempo nem de ir à escola, é educada em casa e sofre com a rotina atribulada. Para Jasmine, o pior de tudo é não poder cantar soul, sua paixão. Mas ela não reclama, porque, na verdade, seu maior sonho é fazer com que a mãe tenha orgulho dela. Elliott Adams é uma alma atormentada. Para ele, cada dia é uma batalha a ser vencida. O rapaz tímido, humilde e franzino sofre bullying na escola por causa de sua aparência e por ser gago. Mas ele é mais forte do que imagina e encontrou em seu saxofone uma válvula de escape. Tira todas as suas forças dos acordes de Duke Ellington, Charlie Parker e Ella Fitzgerald, seus maiores ídolos. Quando Jasmine finalmente consegue a permissão da mãe para frequentar a escola pela primeira vez na vida, sente que ganhou na loteria. Adora estar cercada de pessoas da sua idade, que vivem os mesmos dilemas e questionamentos... ela só odeia ver o garoto mais encantador que já conheceu na vida sofrer na mão dos valentões e fará tudo o que estiver ao seu alcance para mostrar a Elliott que ele não está sozinho. Aos poucos, esses dois jovens sofredores irão descobrir que têm muito mais em comum do que o amor pela música. Mas será que vão superar as reviravoltas que o destino preparou para eles?
Brittainy C. Cherry é uma autora que tem o dom de me encantar com suas histórias sofridas. Não li todos os livros dela ainda, mas os que li são sempre romances dramáticos, que tocam meu coração bem fundo.

Ela nos apresenta histórias possíveis, vivas e protagonizadas por personagens que dificilmente não nos cativam. Eu amo esses dramas, choro mesmo ao acompanhá-los, me apaixono por seus personagens (em geral quase todos, não apenas os protagonistas), torço por finais felizes e sinto uma enorme vontade de abraçar o livro e todos nele, incluindo a autora.

No Ritmo do Amor, primeiro volume de Music Street, lançamento Editora Record, nos apresenta um casal que se conheceu nos dias do ensino médio e a partir de uma amizade sincera se apaixonou.

Jasmine era uma garota treinada pela mãe para ser uma artista pop. O jeito que a mãe a tratava era horrível, cheio de frieza e desprezo. A filha parecia ser apenas um meio para atingir um fim, não uma pessoa digna de amor. A garota, no entanto, mesmo desejando ser uma estrela do soul, fez tudo que a mãe queria com o intuito de receber amor. Nada satisfazia aquela mulher, quanto mais Jasmine dava, mais ela queria. E não era suficiente…

Quando Jasmine conseguiu entrar em uma escola, deixando de lado a educação em casa, ela se sentiu uma adolescente normal pela primeira vez na vida e se aproximou muito de Elliott Adams, uma vítima de bullying na escola e que dividia com ela o amor pela música.

A aproximação de ambos se dá devagar. Ele não entende como a menina linda e popular da turma quer ser sua amiga, junto com a irmã Katie, até desconfia de um trote. No entanto, logo Jasmine consegue provar que gosta dele e ambos passam a ser inseparáveis, lutando contra os valentões da escola e encontrando o próprio mundo deles dentro de tantas exigências e dores. 

É uma linda relação até que... o destino os separa… Anos de distância trazem muita dor, tragédias e uma mudança significativa em ambos. Será que adultos, vão ainda conseguir ser felizes juntos?

Os protagonistas são encantadores. Confesso que Elliot foi o que me mais me cativou, mas Jazz também é um doce e vê-los lutando as batalhas dolorosas que a vida lhes dá é um sofrimento compartilhado e tudo que a gente quer é vê-los tendo um alívio e ficando juntos. Mas este final feliz, se é que será possível, é muito difícil de enxergar. Acontecem coisas com os dois que os marcam e,  no caso de Elliot, o faz deixar de acreditar que merece ser feliz e se isola do mundo.

Jasmine vai ter que lutar várias batalhas. Uma por si mesma, para se encontrar longe das garras da mãe e assim realizar seus sonhos e uma outra batalha pelo amigo que ela não mais reconhece após muitos anos. É uma jornada longa, pontuada por momentos muito emocionantes, não apenas protagonizados por eles dois, mas também por Ray (padrasto/pai de Jasmine), a mãe de Elliot, TJ (um mestre dos dois jovens) e Jason (melhor amigo de Elliot). 

Este grupo de pessoas, além de dar força para o casal, carrega consigo suas próprias histórias e dramas, que unidos ao enredo central, tornam-se algo grande e que dá muito prazer de seguir.

Brittainy C. Cherry não inventa moda ou coisas fabulosas, ela nos apresenta situações muito convincentes e realistas. Vamos acreditando sem limites no que lemos e comprando a história como algo acontecendo ao nosso lado. Ela aborda em sua trama a dor da perda, a  culpa, a coragem para lutar por nós, por quem amamos e pelos nossos sonhos. Ela cria uma grande família nesta história que não se liga pelo sangue, mas pela escolha de pertencer e se dedicar um ao outro. O romance que se desenvolve é maduro e consciente, demora anos para se firmar e nos vende solidez e a crença que é certo.

No Ritmo do Amor é uma bela canção que nos chama para dançar com os personagens e deixar nossa alma ser a canção e o coração a melodia. É envolvente, encanta, emociona e se tornou um dos meus livros favoritos da autora. A sensibilidade da trama, a sinceridade das relações e a honestidade dos sentimentos me conquistaram. Elliot e Jasmine foram aquele par de força, de caráter e personalidade que não se deixou abalar. Eu gostei muito de sentir o que senti e torço para que você se deixe embalar também. Leia! 






2leep.com

10 comentários:

  1. Eu já me apaixonei por esse livro só de ler a sinopse. Que história envolvente, usando a música para o romance (entre as pessoas e pela vida). Obrigada por me apresentar! ♥

    Sabrina Santiago | www.mocadecasa.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida.
    Eu amoooooo essa autora e fico feliz de ver mais uma série dela chegando.
    Eu gosto de livros que envolvem música mas quase nunca os leio por algum motivo. Fiquei encantada pela resenha. Ela me mostra que tudo que eu amo na Cherry está aí.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida!
    Parece ser um casal muito fofo pelo que voce contou. Nao sou muito adepto dos livros dessa autora nao. Recebi dois de acao da record quando era parceiro, mas sempre passava pra frente. Apesar dos pontos positivos, o drama em cima dos protagonistas nao me chama muito atencao, fora que, prefiro romance dentro de fantasia. New adult nao e muito minha praia. Mas fico feliz que a leitura tenha te tocado e apaixonado tanto. Dessa vez vou passar a dica.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi cida.
    Eu gosto da autora e suas história sempre me trazem boas reflexões e como você sempre me sinto tocada e emocionada. Ainda não li este, mas está na lista.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    A mãe maior cara de quem queria se aproveitar do talento da filha. Odeio personagens assim. Amei o casal só de ler a resenha. Adoro esse lance de reencontro, anos depois. Quero ler!

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cida.
    Eu já li um livro da autora e gostei da escrita dela. Mas esse estilo de histórias que ela escreve não é para mim. Só leria mesmo se não tivesse outro livro para ler. Mas estou vendo bastante elogios a esse novo livro dela. Alguns até consideram o melhor dela.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cida!
    Nunca li nada da autora, mas ela é bem elogiada. Vou esperar sair o segundo pra saber se vai seguir o mesmo casal ou mudar. Confesso que saturei de séries que seguem o mesmo casal...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida

    Também gosto muito desse toque de realidade que a autora coloca em seus livros.
    Eu honestamente ainda não senti um interesse genuíno por esse livro, apesar de amar a autora. Mas tenho certeza que lerei em algum momento.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,

    Ahhh todo está falando tão bem desse livro ♥
    Ele está na minha lista de leitura desse mês. Sinto que vou amar assim como você!
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida, tudo bem?
    Já li muitos romances trágicos assim, mas ultimamente tenho evitado um pouco. Me deixa de ressaca literária, choro demais hahahaha!
    Mas que bom que a experiência foi positiva, gostei de conhecer a premissa do livro.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!