[Resenha] Amor Nas Highlands

Amor Nas Highlands
Título Original: My One True Highlander (No Ordinary Hero #2)
Autor(a): Suzanne Enoch  
Editora: Gutenberg              Páginas: 256
Lançamento: 2018               ISBN: 9788582355411
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Graeme, Visconde de Maxton e líder de um clã nas Highlands, possui mais inimigos do que amigos, incluindo seu vizinho, o temido Duque de Lattimer. Apesar disso, Graeme só pensa no bem-estar de seu povo e não procura confusão com os outros clãs. Mas quando seus estúpidos irmãos mais jovens sequestram Lady Marjorie, a irmã do duque, todos os planos de Graeme vão por água abaixo… Marjorie Forrester é, por consequência, uma inimiga de seu clã, e capturá-la deixa Graeme no meio de um impasse: se entregá-la ao chefe do clã Maxwell, a jovem pode ser morta; se a deixar ir embora, seus irmãos poderão ser condenados. E se entregá-la ao Duque de Lattimer, Graeme é quem acabará morto. O que o highlander deve fazer, além de manter a garota por perto até pensar no próximo passo? E como conter a atração inesperada que está surgindo entre eles? Em Amor Nas Highlands, da autora best-seller do The New York Times Suzanne Enoch, você descobrirá o que o amor e a guerra têm em comum, e como a paixão pode surgir das formas mais improváveis.
Amor Nas Highlands é o segundo volume da série Highlands, de Suzanne Enoch, publicada no Brasil pela Editora Gutenberg.

Em Herói nas Highlands conhecemos o major Gabriel Forrester, que herdou uma grande fortuna e um título de duque. Ele nunca quis isso para si, uma vida de pompa, mas sem poder fugir dessa obrigação que foi jogada em suas costas, teve que aprender a lidar com isso e achar uma maneira de ser feliz. 

Gabriel conseguiu e agora vai até se casar com a mulher que ama. Ele resolve escrever uma carta para sua irmã caçula Marjorie comunicando as boas novas e a jovem, que sempre viveu afastada do irmão, decide não perder este grande acontecimento que é um casamento e deixa a Inglaterra rumo a Escócia em segredo para fazer uma surpresa para Gabriel. Pobre garota… quem vai ser surpreendida é ela.

Apesar de cada livro trazer um romance independente, aconselho a ler na ordem, pois há um conflito que se inicia em Herói nas Highlands que é fator determinante para o  destino que aguarda por Marjorie neste volume. Seu irmão não caiu nas boas novas de um chefe de clã nas Highlands e o homem só deseja prejudicar Gabriel.

A desavença dá origem a muita confusão e o resultado é Marjorie sendo sequestrada pelos escoceses para ser usada contra Gabriel. Seu cativeiro vai ser a casa de Graeme, Visconde de Maxton, mas ele não desejava ser seu algoz. E agora não sabe como lidar com a bela jovem que o enfrenta e faz seu coração bater mais forte.

Não vou entrar em detalhes de como Graeme era um algoz que não queria ser um algoz, mas o fato é que ele não queria ter aquela prisioneira. No entanto, algo a levou para suas mãos e ele precisa dar um jeito na situação. O rapaz não é cruel e com isso não deseja fazer dela moeda de troca, mas sabe que a vida de sua família depende da decisão que tomar.

O sequestro de Marjorie se dá de maneira cômica e dei boas risadas com a forma que ela foi capturada e como se viu presa em uma casa cheia de irmãos sem pai e mãe e que aprenderam a viver um criando o outro. Não há refinamento na família e falta um toque feminino de delicadeza e amor. Fica fácil ver que ela vai dar esse toque no lar de Graeme e que acaba deixando de ser a vítima, para um membro honorário da família.

A interação de Marjorie com os moradores daquela casa é ótima, mas o romance não me impressionou de primeira. Eu achei abusiva a maneira como Graeme a tratou quando a conheceu, mesmo que não fosse o responsável por fazê-la prisioneira, ela agiu como um ogro e carcereiro. Sei que foi resultado de um medo profundo, mas não gostei da forma como achou que poderia decidir o que fazer com a vida dela. O bom é que passado algum tempo e ele se vendo tão sufocado por todos os lados e sem fuga, acaba percebendo que Marjorie é melhor como aliada do que como prisioneira.

E ela é muito esperta e corajosa, não se intimida por estar cercada por homens grandes e fortes e acaba encontrando naquela terra selvagem seu propósito de vida. Na Inglaterra, apesar de viver cercada pelo luxo dado pelo irmão, ela não era aceita pela sociedade e sofria todos os dias ao ser rejeitada.

Nas Highlands, Marjorie achou um lar. É bem gostoso e divertido ver a jornada dela tentando mostrar para todos que ali é seu lugar. O romance com Graeme, que não começa bem, acaba se transformando e no final eu acabei torcendo pelos dois. No entanto, quem rouba a cena não é o casal e sim os três irmãos mais jovens do protagonista que viram aquelas terras de pernas para o ar. Vocês precisam conhecê-los.

Uma história cativante de amor e de família. Um romance para nos deixar com um sorriso no rosto. Recomendo!






2leep.com

9 comentários:

  1. Oi Cida, tudo bem? Eu li o primeiro e adorei! Fico feliz que o segundo tb seja bom, já estou ansiosa pela leitura!

    Bjs, Mi


    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, tudo bem?
    Nunca li nada dessa autora, mas a ambientação parece bem legal.
    Assim como você, sempre prefiro ler séries na ordem. Acho que dá mais riqueza aos volumes!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Oie Cida =)

    Acabei de ler a resenha desse livro no blog da Sil e achei a premissa da história bem interessante. Nunca li nada da autora, mas pelas resenhas que já li das obras dela suas narrativas parecem ser bem interessantes e envolventes.

    Espero ter a oportunidade de ler algo dela em breve ^^

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida.
    Essa é uma das próximas leituras. Como sou apaixonada por romances de época eu espero gostar tanto quanto você.
    Bjus
    Doces Letras
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    Fiquei curiosa com esse duo, lendo ótimas resenhas sobre.
    Curti muito as descrições que fez da protagonista, adoro personagens assim.
    Esses romances sempre trazem cenas pra dar uma aliviada, né?

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha, ainda não conhecia esse livro!

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li o outro livro, mas parece ser uma série bem bacana, quem sabe logo logo eu começo a acompanhar
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!
    Gente, eu nem li o primeiro e já saiu o segundo. Nunca li nada que se passasse nas Highlands, mas esse livro está na lista.
    Vamos ver se esse relacionamento vai me conquistar.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Oiii Cida

    Eu aidna tenho o primeiro pendente pra ler e estou bem empolgada pela história, tem toda a pinta de ser uma trama que vai me encantar. As capas estão maravilhosas.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!