[Resenha] Como num Filme

Como Num Filme
Título Original: Isn't She Lovely (Redemption 0.5)
Autor(a): Lauren Layne  
Editora: Paralela                  Páginas: 224
Lançamento: 2018               ISBN:9788584391288
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
As regras são claras... até o momento em que são quebradas. Neste livro da série Recomeços, conheça a história de Ethan. As únicas coisas que o mauricinho Ethan e a rebelde Stephanie têm em comum são o curso de cinema na Universidade de Nova York e o roteiro que precisam desenvolver juntos. Mas, quando a proposta de recriar clássicos de Hollywood se confunde com a realidade, eles acabam se tornando os protagonistas de uma história de amor digna de Oscar! Ela quer um quarto confortável em uma boa casa. Ele quer ficar longe de sua ex. Eles precisam de uma boa nota. Convencidos a ajudar um ao outro, os dois entram em um acordo: Stephanie será a namorada de mentirinha de Ethan enquanto ele a deixa morar em seu apartamento. Para isso, ela deverá fingir ser uma perfeita lady: discreta, arrumadinha e, claro, completamente apaixonada… igualzinha à personagem do filme que estão criando. Contudo, à medida que os dois se aproximam, Ethan se vê completamente apaixonado pela garota cheia de mistérios e contradições ao seu lado. Agora, ele vai ter que decidir: será que seus sentimentos são pela Stephanie de verdade? Ou apenas pela versão que ele criou?
Como Num Filme é parte da série Recomeços, de Lauren Layne, publicada no Brasil pela Editora Paralela. Eu não li o outro livro – Em Pedaços –, mas isso não prejudicou meu entendimento da história, já que o que acontece neste livro se passa antes e é protagonizado por um casal diferente.

Ethan é um jovem rico que sempre teve como certo herdar a empresa da família e casar com a garota que cresceu junto com ele e se encaixa bem no seu mundo de luxo e sofisticação. No entanto, quando a namorada Olivia o trai e ele se vê desejando passar o verão longe da empresa do pai, percebe que talvez sua vida não seja tão perfeita como parecia.

Stephanie é uma jovem estudante de cinema que se esconde atrás de roupas pretas e maquiagem pesada. A blindagem serve para afugentar as pessoas e não precisar expor os medos que tem e os traumas e mágoas que carrega. Aliado ao visual-armadura, a moça possui um constante humor ácido e arredio.

Ethan e Stephanie não querendo ficar na casa da família durante as férias da universidade, resolvem fazer um curso de verão e acabam sendo uma dupla num projeto para o roteiro de um filme. Os dois não se dão bem, não conseguem nem mesmo ser colegas de estudo e entre uma de várias discussões, surge a ideia do roteiro. Na verdade eles vão "viver o filme” e a partir daí escrever a história.

O acordo meio que também serve para outros fins. Para você entender melhor eles vão fingir um namoro, uma relação mega apaixonada. Com isso ele terá uma namorada para apresentar à família e evitar conversa sobre a ex e Stephanie vai ter uma casa onde morar durante as férias. Só que fingir pode ser complicado e a linha entre fantasia e realidade é bem fácil de ser cruzada…

Como Num Filme não poderia ter um título melhor, a história é mesmo como num filme e daqueles de comédia romântica que adoramos e shippamos o casal de cara. Stephanie e Ethan são uma dupla de personagens fofos, de carisma e muito cativantes. Já ganham nossa torcida na primeira vez que se encontram e dali em diante queremos é ver beijo na boca e final feliz.

Claro que não é um instalove e graças por isso. A relação deles começa como um trabalho de faculdade, vira um acordo de negócios, se torna amizade e quem sabe pode virar algo mais… No entanto, ambos têm que superar problemas individuais antes de buscar ser parte de um par.

Eu nunca tinha lido nada da autora e comecei com o pé direito. A história toda fofa, tem a dose certa de humor, drama e romance, garantindo uma leitura fluida e bem envolvente. A ambientação em Nova Iorque e arredores, a mistura do ambiente universitário com o sofisticado da família de Ethan e a jovialidade dos casal, contribuem para que o leitor se sinta muito bem lendo, se sinta transportado para dentro das páginas e tenha uma leitura bem visual e de muitas sensações boas. A ligação com os personagens aconteceu fácil para mim e me vi compartilhando muito momentos com os dois.

Como citei, ambos os protagonistas são gente boa e, acima de tudo, inteligentes e com diálogos desafiantes e provocativos. Além disso, ambos apesar de terem suas diferenças acabam ajudando muito um ao outro e sendo aquele ombro amigo necessário nas piores horas. Em suma, me apaixonei por Como Num Filme totalmente. Agora quero ler mais livros de Lauren Layne. ♥
 





2leep.com

9 comentários:

  1. Oie Cida =)

    Só li uma livro da Lauren Layne, o Mais que Amigos e apesar da narrativa clichê e de alguns pontos que me incomodaram na história, no geral achei a escrita da autora gostosa de acompanhar.

    Ainda não li nenhum livro dessa série, embora já tenha lindo algumas resenha não tão positivas do primeiro livro, Em Pedaços. Como um filme, me pareceu uma leitura típica de um final de tarde preguiçoso.

    Se tiver oportunidade vou dar uma chance.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, como vai?
    Eu li Em Pedaços, e apesar de gostar da escrita da autora, algumas coisas no livro me incomodaram. Mesmo assim pretendo ler este, ainda mais depois dessa resenha super positiva que você fez.
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu li dois livros da autora, a Lauren se tornou uma das minhas escritoras queridinhas. Estou aguardando a Saraiva me entregar Como num filme 😍

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida, tudo bem? Recentemente eu li um livro em que o casal finge um relacionamento e não foi legal, por isso acabei ficando com um pé atrás em relação a esse tipo de trama, mas tua resenha deixou claro que essa história é muito fofa e merece ser lida. Apesar de não ter começado a série, fiquei com mais vontade de ler esse livro do que o primeiro, então foi pra lista de desejados.
    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Ahhh, romance fofo e divertido, ja quero. Eu me dou bem melhor com casais que tem esses tipos de dialogos provocativos. Eu acho que deixa a situacao narrada mais realista, e natural. Dica anotada com certeza. Nao li nada da autora, mas ja quero.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida,
    Eu não gostei muito de Em Pedaços, porém esse já soa beeem melhor. Acho que simpatizei com Ethan pelas coisas que descobri no outro livro kkk.

    até mais,
    Nana e Leticia - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cida.
    Que bom que gostou e virou fã da autora. Eu particularmente não gosto desse gênero por isso acho que não vou ler. Mas o enredo parece ser bem clichê, daqueles filmes de sessão da tarde hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida! Tudo bem? Eu li dois livros dessa autora e amei! Já estou com meu exemplar em mãos e espero gostar tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Acredita que ainda não li nenhum livro da autora?
    Eu amo as premissas e as capas, mas ainda não tive a oportunidade. Tomara que consiga em breve, porque por sua resenha, eu iria devorar o livro! HAHAHAHA
    beeeeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!