[Resenha] A Luz Que Perdemos

A Luz Que Perdemos
Título Original: The Light We Lost
Autor(a): Jill Santopolo
Editora: Arqueiro                 Páginas: 272
Lançamento: 2018               ISBN: 9788580418408  
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Lucy e Gabe se conhecem na faculdade na manhã de 11 de setembro de 2001. No mesmo instante, dois aviões colidem com as Torres Gêmeas. Ao ver as chamas arderem em Nova York, eles decidem que querem fazer algo importante com suas vidas, algo que promova uma diferença no mundo. Quando se veem de novo, um ano depois, parece um encontro predestinado. Só que Gabe é enviado ao Oriente Médio como fotojornalista e Lucy decide investir em sua carreira em Nova York. Nos treze anos que se seguem, o caminho dos dois se cruza e se afasta muitas vezes, numa odisseia de sonhos, desejo, ciúme, traição e, acima de tudo, amor. Lucy começa um relacionamento com o lindo e confiável Darren, enquanto Gabe viaja o mundo. Mesmo separados pela distância, eles jamais deixam o coração um do outro. Ao longo dessa jornada emocional, Lucy começa a se fazer perguntas fundamentais sobre destino e livre-arbítrio: será que foi o destino que os uniu? E, agora, é por escolha própria que eles estão separados? A Luz Que Perdemos é um romance impactante sobre o poder do primeiro amor. Uma ode comovente aos sacrifícios que fazemos em nome dos ­nossos sonhos e uma reflexão sobre os extremos que perseguimos em nome do amor.
A Luz Que Perdemos é um dos livros mais realistas que já li. Essa história me causou um misto de emoções enorme, tanto que por vezes tive que dar uma pausa para poder entender as atitudes dos personagens.

Não vou dizer que chorei, não foi esse tipo de emoção. Embora a história tenha partes bem tocantes, não cheguei a me debulhar em lágrimas. O que acontece é que a vida dos personagens e as escolhas que fazem deixam a gente bem mexido.

Lucy e Gabe estudavam na mesma universidade e se conheceram justamente no dia 11 de setembro. Houve uma ligação instantânea e muito forte entre eles, algo que achei até rápido demais e não me convenceu muito. No entanto, eles estavam vivendo em um momento incomum para a humanidade e é certo que as relações na época das queda das Torres Gêmeas foram forjadas de outra forma. Então considerei que foi esse o motivo de uma paixão tão fulminante os envolver.

Imaginamos que eles terão um amor épico, mas a verdade é que durou bem menos que o esperado e de primeira Gabe partiu o coração de Lucy. Anos mais tarde a história deles parece ter outra chance, mas novamente ele age de maneira decepcionante com ela e o coração de Lucy se parte outra vez.

Eu fiquei frustrada com essa parte inicial. Lucy era uma mulher independente e inteligente, mas quando ficava com Gabe pensava somente nele e vivia para girar ao redor dele. Ela acreditava que eles eram parceiros, mas Gabe tinha planos que não a incluíam e Lucy só descobriu isso tarde demais. É difícil julgar quem estava certo ou errado, como disse é uma história bem realista e no campo dos relacionamentos há dois lados em tudo. Parando para analisar, por mais que se dessem super bem, não podiam ser felizes juntos.

Então entra Darren na história quando Gabe vai embora e muda bastante a vida de Lucy. Esses três vão viver diferentes lados do amor e, sim, Lucy ama ambos. São amores diferentes e por mais estranho que pareça a gente entende.

Eu não gostei de Gabe no começo, detestava a forma como ele agia com Lucy. Mas o Gabe de anos depois foi um cara que ganhou meu respeito. A Lucy segue pelo mesmo caminho, em alguns momentos eu a achei deprimente e em outros admirável. E o Darren começou super fofo, me deixou irritada e no final foi o cara que,  sinceramente, vi apenas como uma segunda opção.

Gabe e Lucy eram uma mistura estranha e embora não ache que ambos davam certo juntos, e em determinado momento tenha torcido por Darren, no final queria mesmo era que eles se acertassem.

A história se passa em um longo período de anos e é sobre a vida destes três personagens. Acontecem tantas coisas e Lucy vai narrando cada um desses acontecimentos. Tudo que sabemos é pelo olhar dela e o quanto amou e sofreu nas relações com estes dois homens. É mais que romance, é uma história de vida. Ela fez escolhas difíceis e optou mais pela razão, do que pelo coração. Na verdade ela foi adulta e o que seguiu escolher foi o que chamamos de crescer e amadurecer. Desta forma não esperem por algo irreal e típico de contos de fadas, a história pode não seguir como você deseja, mas segue como a vida é.

E como citei, foi um misto enorme de emoções, senti de tudo em relação aos personagens e posso afirmar que ao final os entendi. A história foi diferente do que eu esperava, mas foi uma surpresa boa. Não nego que queria que o ponto de vista dos rapazes também tivesse sido explorado, mas seguir com Lucy foi excelente. 

E o que dizer desta garota? Desta mulher! Ela foi forte, ousada e corajosa. Eu a admiro, sim. Lucy apesar dos pesares no começo, de se deixar levar por Gabe, ao final escolheu a si mesma. Ela me ganhou imensamente quando não abriu mão de sua carreira, quando não quis apenas ser esposa ou mãe. Lucy quis ser um conjunto de tudo que fazia parte de sua existência e assim foi um mulher completa. Lucy é inspiradora e não foi o romance que roubou a cena, nem o drama, foi a protagonista e o que fez de si. Leiam!


2leep.com

10 comentários:

  1. Oiii Cida

    É legal ler livros assim, que mexem com a gente, nos faz refletir e nos prende na história por ser assim, realista demais. Eu por enquanto não tenho ele na lista, ainda não me chama totalmente a atenção esse tipo de leitura, mas quem sabe futuramente.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oii!

    Eu quero muito ler esse livro, estou desejando desde que foi lançado. Sua resenha é muito boa, tão detalhada que fiquei com medo de ler um spoiler no final, rsrsrs.

    Beijos, até mais!
    Flor de Outono

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, tudo bem?
    Gostei muito da resenha, ainda que esse tipo de enredo (que acompanha vários anos e tal) não costume ser meu tipo favorito. Parece ser um livro que fala sobre relacionamentos de modo bem maduro, ainda que nem sempre otimista.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,

    Até agora só resenhas positivas e quanto a história é bem emocionante.
    Preciso ler esse livro, pois tenho certeza que irá me tocar.
    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida!
    Acho que sua resenha é a primeira que vejo focando na Lucy em si e não nos encontros e desencontros dos personagens. Achei bem interessante.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  6. é realmente um misto de sensações, não me arrancou lágrimas, mas tocou de uma maneira bem profunda!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida, tudo bem?

    Eu ainda não conferi o livro, mas todas resenhas que li tem uma opinião parecida com a sua. Acho bem interessante quando a opinião que a gente tem de um personagem muda e obra parece bem emocionante mesmo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida

    Eu amei esse livro! Ele me tocou de uma maneira muito pessoal, foi difícil concluir essa leitura. Levarei esses personagens para sempre no meu coração e agora sigo esperando o filme ansiosa!

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  9. Olá, Cida.
    Li resenhas bem positivas desse livro, mas ainda não fiquei com vontade de ler ele. Eu já não gosto desse Gabe só de ler as resenhas hehe. Mas é um livro que está na lista para uma futura leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Oie.
    Primeira resenha desse livro que leio.
    Acho genial isso de tornar um livro o mais realista possível. E quando tem uma personagem forte melhor ainda, acho que seria um livro que gostaria de ler.
    Ótima dica. Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!