[Resenha] Ghost World

Ghost World: Edição Especial 20 anos
Título Original: Ghost World
Autor(a): Daniel Clowes
Editora: Nemo                      Páginas: 144
Lançamento: 2017               ISBN: 9788582864241
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Ghost World, uma das graphic novels mais vendidas e aclamadas de todos os tempos, conta a história de duas adolescentes incrivelmente irônicas e cheias de si que se veem diante da incômoda incerteza da vida pós ensino médio. Enquanto tentam conduzir sua longa amizade a uma nova era, as estruturas de sua relação são abaladas, e o que parecia ser um futuro de infinitas possibilidades aos poucos se torna uma intrusiva realidade que envolve shoppings, subempregos e memórias dissolventes. Ghost World é também um filme que recebeu, em 2002, indicação ao Oscar de Melhor Roteiro Adaptado. Esta edição especial, com introdução de Daniel Clowes e recheada de extras incríveis, é imprescindível a qualquer estante respeitável de quadrinhos.
Ghost World, de Daniel Clowes, é uma das graphic novels mais autênticas que já li. De forma sarcástica, ácida e inteligente, o autor retrata o dia a dia de duas adolescentes recém saídas do ensino médio.

Rebecca e Enid estão naquela fase de metamorfose da vida, naquele período que vamos deixando a adolescência para trás e entrando na vida adulta. Elas passam bastante tempo juntas visitando diversos lugares e implicando com a maior parte das pessoas que conhece. Enid, em especial, é bem revoltada e tem uma língua afiadíssima.

As garotas, na minha opinião, mascaram com essa agressividade as suas inseguranças. Não nego que elas exageram nas críticas, mas não demora para nós percebemos o quanto estão sem rumo. Engraçado como eu achei que Rebecca fosse a mais forte da dupla e me surpreendi ao ver que Enid, mesmo mostrando suas fraquezas mais abertamente, era a mais resistente das duas.

A linguagem de Ghost World é despojada e elas falam o que pensam e querem, assim vamos ter palavrões, que não baixam o nível da obra e sim dão mais autenticidade aos diálogos travados. 

O dia a dia delas segue de forma espontânea e natural, embora não seja linear e aborde acontecimentos diversos, não fica estranho, é bem vida real.

Claro que há excentricidades, só de olhar para a capa você percebe que não é algo simples e sem personalidade. Os personagens são marcantes e há coisas bizarras na trama, mas no geral, o que temos é um retrato vivo de como é ser jovem e se ver deixando a proteção dos pais e caminhando com as próprias pernas.

Esta edição comemorativa de 20 anos, traz comentários de Clowes e ele fala que as protagonistas têm muito de sua esposa e dele mesmo. Acredito que isso seja fator essencial para fazê-las serem tão verdadeiras.

Eu  descobri que há uma adaptação cinematográfica de 2002, que concorreu ao Oscar. Fiquei com muita vontade de conferir. Pelo trailer tem uma carga dramática bem maior que a HQ.

Alguém ai já leu Ghost World? Conta pra gente o que achou.




2leep.com

10 comentários:

  1. Oi Cida!
    Nunca tinha ouvido falar dessa HQ, mas a história também não me chamou a atenção, não sei se leria.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Menina, você está nas vibes de graphic novels hein?
    Essa é mais uma que eu não conhecia e nem sabia que havia adaptação. Vou dar uma procurada.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, não conhecia essa GN e nem sabia também que tinha uma adaptação.
    Achei legal essa abordagem da transição delas e também curiosa com essas tais bizarrices! Hahahaha


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida! Realmente pela capa já chama atenção, eu não conhecia a HQ e já fiquei com vontade adoro uma boa história com sarcasmo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. OIii Cida

    Nem sabia dessa adaptação, interessante. Acho a temática interessante, atual, apesar de algumas bizarrices como vc citou. Acho que daria uma oportunidade à essa leitura sim.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Oie, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse, valeu pela dica
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,

    Parece ser bem interessante a graphic novel, não sabia sobre a adaptação, mas fiquei interessada em ver ela.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá, Cida.
    Apesar de ter ficado bastante interessada na obra, não sei se leria. Eu gosto disso de ser sarcástico, mas já não gosto tanto de livros com palavrões. É engraçado como tem tantos personagens que escondem como estão sem rumo com agressividade e até com grosseria.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    A amizade delas parece ser bem bacana de acompanhar
    Eu acho que já vi o filme, não lembro. Gostei dessa Graphic, anotada!

    tenha um ótimo final de semana =D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida,
    Não conhecia, mas fiquei curiosa para conhecer a Hq, principalmente por ser uma edição comemorativa.



    *bye*
    Marla
    http://loucaporromances.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!