[Resenha] Archie Greene e o Segredo dos Magos

Archie Greene e o Segredo dos Magos
Título Original: Archie Greene and the Magician’s Secret (Archie Greene #1)
Autor(a): D.D. Everest
Editora: Rocco (Jovens Leitores)         Páginas: 272
Lançamento: 2017                               ISBN: 9788579803680
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||

Em seu aniversário de 12 anos, Archie Greene recebe um pacote misterioso contendo um velho livro com cheiro de queimado, capa de couro escuro manchada pelo tempo e um fecho de prata em que há um estranho símbolo. Um objeto aparentemente inofensivo que envolverá uma  desafiante charada e uma viagem até Oxford, onde o garoto acaba se envolvendo com os Guardiões da Chama, um grupo devotado a encontrar e preservar livros mágicos. E enquanto tenta desvendar o mistério por trás do presente enigmático, descobre que o livro que tem em mãos é muito mais poderoso do que imaginava. Primeiro romance do jornalista britânico D. D. Everest, autor de diversas obras de não ficção, Archie Greene e o segredo dos magos é uma empolgante aventura em que livros também são personagens e inusitados feitiços podem brotar de suas páginas.

Archie Greene e o Segredo dos Magos é o primeiro volume da série Archie Greene, de  D.D. Everest, publicada no Brasil pela Editora Rocco (selo Jovens Leitores).

Neste volume inicial vamos conhecer o jovem Archie e sua família. Desde a morte dos pais, ele vem sendo criado pela avó, mas no aniversário de 12 anos recebe um inesperado presente e é enviado para a casa de uma tia da qual nunca ouviu falar. Lá toma conhecimento do legado da família.

Ele recebeu de uma renomada empresa de advocacia um livro bem antigo com uma tranca. O tal livro, após aberto, revela-se uma obra escrita em uma língua desconhecida que mais tarde Archie descobrirá se tratar de uma língua de anjos e vem com uma recomendação para ser entregue em uma livraria. A avó de Archie, sempre tão zelosa, não reluta em mandar o menino entregar a encomenda e também em fazê-lo passar um tempo com os parentes. Mesmo achando a atitude da avó bem esquisita, ele vai e acaba se tornando aprendiz de um velho restaurador de livros.

Desde o momento que recebe o livro a vida de Archie vai mudar e vamos seguir com ele nesta jornada cheia de mistérios, aventura e magia. Os livros desta história são mágicos, oriundos da biblioteca de Alexandre , O Grande e com histórias que vão além daquelas escritas nas páginas. Verdade seja dita, os livros que Archie encontra pelo caminho são manuais mágicos e entre eles existem sete volumes perigosíssimos, conhecidos como volumes terríveis e precisam ser mantidos em segurança para que pessoas oportunistas não façam uso da magia negra contida neles.  

É uma história voltada para o público juvenil e desta forma bem direta e objetiva. A leitura é muito ágil, as explicações sobre este universo de magia vem conforme o protagonista toma conhecimento delas e com isso o leitor não precisa ficar horas lendo explicações detalhadas. O leitor mais maduro pode sentir falta de profundidade, de complexidade na trama e querer algo mais denso. Já o leitor que quer uma aventura mais breve ou mesmo aquele que está dando os primeiros passos neste gênero literário, vai encontrar a obra ideal para ler e sentir –se imerso neste mundo mágico e pronto para novos desafios.

É uma história empolgante. Archie é curioso na medida certa, destemido como deve ser e se arrisca sem pensar nas consequências, tal como um garoto que vê magia pela primeira vez  e acha que pode ganhar o mundo com sua coragem. Ele vai contar com a ajuda de dois primos nesta jornada, mas é ele a peça central da trama que se revela uma caçada aqueles que desejam espalhar magia negra pelo mundo. Archie descobre ser capaz de grandes feitos e se vê enredado em um plano que data de mais de quatrocentos anos.

Há enigmas e charadas para serem desvendados. Há uma grande tradição de magia vinculada com livros e ação do começo ao fim. Archie é um bom protagonista e cumpre bem seu papel de herói mirim. A leitura foi bem prazerosa, o final conclusivo e satisfatório. Que venha o próximo volume. 









2leep.com

6 comentários:

  1. Oi Cida!
    Não conhecia o livro mas pela capa já dá para perceber que vai ser cheio de aventuras.

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida, tudo bem?
    O livro parece divertido e empolgante!
    Ainda mais pra jovens leitores, que tão iniciando nesse universo de literatura fantástica.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  3. Deu até vontade de ler! As vezes uma boa aventura calha muito bem, especialmente depois de ler um calhamaço da vida!

    Jaci
    Pandora e Sua Caixa

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,

    Não conhecia o livro, mas o comecinho da sua resenha me lembrou Harry Potter.
    Para ser um ótimo livro para quem quer ler algo de aventura.
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida!
    Adorei a capa. Lembrou muito a capa dos livros de HP.
    Bom saber que a leitura foi satisfatória.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cida.
    Ah esses livros misteriosos. Eu que nunca dei a sorte de encontrar um por ai hehe. Amo histórias assim e as infanto juvenis são as melhores. Já quero ler ele. Pena que é série e sempre demora para lançar as continuações.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!