[Resenha] As Perfeccionistas

As Perfeccionistas
Título Original: The Perfectionists (The Perfectionists #1)
Autor(a): Sara Shepard      
Editora: Rocco Jovens Leitores            Páginas: 288
Lançamento: 2017                               ISBN: 9788579803574
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Autora da série bestseller Pretty Little Liars, que virou seriado de TV, Sara Shepard apresenta uma nova trama envolvendo cinco garotas e um crime em As perfeccionistas, primeiro de uma duologia. Desta vez, o cenário da trama é Beacon Heights, Washington, onde Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker frequentam o último ano do ensino médio. Enquanto planejam seu futuro e lidam com suas próprias questões pessoais e familiares, algumas nem um pouco louváveis, as cinco descobrem algo em comum: todas elas odeiam o mesmo garoto, o rico e convencido Nolan. E arquitetam um plano de assassinato perfeito. Mas quando Nolan aparece morto exatamente do jeito que elas haviam imaginado, Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker precisarão provar que não são culpadas, enquanto suas vidas – e seus segredos – desmoronam ao redor.
Eu adoro histórias ambientadas na época do ensino médio e quando trazem um assassinato misterioso ficam ainda mais atraentes. Por isso, As Perfeccionistas, de Sara Shepard, chamou minha atenção e logo que vi o lançamento sendo anunciado senti uma enorme vontade de ler.

O que temos aqui são algumas garotas que nunca andaram juntas, mas que de uma forma direta ou indireta, foram vítimas do rico, popular e cruel Nolan Hotchkiss. O cara era um manipulador sujo, mas atraia todos para suas festas e parecia uma honra respirar o mesmo ar do “rei” de Beacon Heights. Um dia as meninas acabaram em um mesmo grupo na aula de cinema e arquitetaram um plano de vingança para humilhar Nolan. O problema é que no dia seguinte o rapaz apareceu morto e agora elas sabem que serão as principais suspeitas do assassinato.

Shepard, já tão especializada em criar universos juvenis conturbados e corrompidos (ela é a autora da série Pretty Little Liars), não teve dificuldades em nos apresentar uma trama onde os jovens adoram detonar com a vida uns dos outros, preocupam-se mais com aparência do que com conteúdo, adoram levar a vida sexual de maneira leviana e encaram drogas e alcool como itens básicos do cotidiano, simples como o ato de escovar os dentes.

Dentro deste cenário de meninos e meninas de famílias ricas e que não conhecem limites, as garotas Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker passam a deixar de lado suas preocupações juvenis e acabam olhando por cima do ombro toda hora para ver se a polícia vai acusá-las de assassinato. Vamos seguindo com cada uma delas no dia a dia e assim entendemos o motivo de tanto ódio por Nolan.

A princípio você as olha e acredita em vidas perfeitas, mas logo fica claro que cada uma tem grandes problemas e que Nolan, talvez, seja o menor deles. Há tantos dilemas que vivem e tantas situações complicadas que acabam se metendo, que por vezes a morte do rapaz deixa de ser importante. Este fato foi o que as uniu, mas é apenas a ponta do iceberg. Não foram elas que o mataram, então é necessário saber o motivo de alguém desejar que sejam culpadas.

É uma trama com clichês e se você conhece outras histórias da autora vai ver semelhanças, mas um mistério é sempre um mistério e eu adoro juntar pecinhas para montar um quebra cabeças. Não sei quem está por trás de tudo, nem os motivos que levaram esta pessoa a deixar corpos pelo caminho (Nolan não vai ser o único assassinado), mas fiquei bem intrigada e posso considerar uma cinco pessoas diferentes como culpadas.

Texto ágil, direto e fluido. Neste primeiro volume a autora se preocupou mais em apresentar as meninas, do que nos dar respostas e estou ansiosa para que o segundo e último volume chegue logo para desvendar este mistério. Tomara que tudo fique mais focado no lado do assassinato. Claro que quero ver os problemas de Mackenzie, Ava, Caitlyn, Julie e Parker serem resolvidos e que de alguma forma encontrem redenção e paz, mas como fã de livros policiais, a parte criminosa me atrai bem mais. Que venha o próximo!







2leep.com

4 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Apesar do clichê, tem sempre algo que nos prende né? E pelo que vi a Sara usa e abusa desse artifício nas suas histórias.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe das promoções em andamento e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  2. um enredo bem intrigante e cheio de mistérios, bem ao estilo da Sarah
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oie!
    Nunca li nada da autora, já tinha visto o livro pela blogesfera, mas não tinha lido nenhuma resenha ainda, acredito que seja realmente um livro que prende atenção do leitor, não sei se seria o tipo de leitura que gostaria de fazer no momento, mas com certeza é um livro interessante. Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida

    Eu nunca li PLL, mas acompanhei a série até a quarta temporada, depois emcheu meu saco! Ahhaha
    Mas mesmo assim consegui ver certas semelhanças entre está obra e PLL. Pelo visto a autora abraçou uma fórmula e não quer largar mais! Ahhaha
    Eu não leria pq nao tenho mais paciência para enredos assim, mas espero siga lendo e curtindo.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!