[Resenha] Branco Como a Neve

Branco Como a Neve
Título Original: As White as Snow (Lumikki Andersson #2)
Autor(a): Salla Simukka
Editora: Novo Conceito        Páginas: 224
Lançamento: 2017               ISBN: 9788581636894
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Recuperando-se do terror que vivenciou nas mãos da máfia, Lumikki tem a chance de deixar a Finlândia, se livrando das roupas pesadas, das lembranças sombrias... e do perigo. Ela só quer ser uma garota normal, misturar-se à multidão de turistas e aproveitar as férias. Quando Lumikki conhece Zelenka, uma jovem misteriosa que alega ter o mesmo sangue que ela, as coincidências são inquietantes. Rapidamente ela se vê envolvida no mundo triste daquela mulher, descobrindo peças de um mistério que irá conduzi-la a uma seita secreta e aos mais altos escalões do poder corporativo. Para escapar dessa trama asfixiante, Lumikki não poderá fazer tudo sozinha. Não desta vez.

VERMELHO COMO O SANGUEBranco Como a Neve é o segundo volume da Trilogia Branca de Neve, de Salla Simukka, publicada no Brasil pela Novo Conceito. O primeiro volume – Vermelho Como o Sangue – nos apresentou a jovem Lumikki Andersson, uma garota destemida que não conseguia dar de cara com um mistério e deixá-lo sem solução.

Por conta disso quando ela encontrou dinheiro coberto de sangue, resolveu investigar a razão de coisa tão bizarra. Lumikki acabou descobrindo perigosos esquemas da máfia e quase morreu. Neste segundo volume reencontramos a protagonista de férias em Praga se recuperando de tantas emoções. Só que ela é um imã para confusão e acaba conhecendo uma jovem que afirma ser sua irmã. Curiosa como é, Lumikki precisa saber se o que Zelenka diz é verdade e, se for, qual o motivo dos pais terem escondido isso dela.

Eu li o primeiro livro em 2014 e gostei bastante da história e da personalidade complexa da protagonista. Fiquei bem feliz em ver que teríamos a continuação este ano e ao começar a leitura foi fácil mergulhar novamente no mundo de Lumikki.

O livro anterior em questão de violência e sangue é bem mais forte, agora o que temos é um suspense mais voltado para o lado psicológico. Ao tentar descobrir quem é Zelenka e se ela é sua irmã, Lumikki descobre uma seita secreta com objetivos assustadores.

Independente da outra garota ser ou não sua parente, ela não pode deixar que nada de ruim aconteça com ela e para piorar Zelenka está diretamente ligada a tal seita. Com a ajuda de um jornalista local e uma boa dose de perspicácia e coragem, Lumikki novamente se vê enfrentado criminosos que dão pouco ou mesmo nenhum valor para a vida humana.

Eu gostei bastante deste livro também, embora o primeiro por ser mais sangrento tenha me impressionado bem mais. Senti um momento mais intimista com a protagonista desta vez, não apenas por sua busca da verdade sobre a suposta irmã, mas por cada momento no qual ela refletiu sobre a vida e relacionamentos. Ela teve o coração partido e pela primeira vez se permitiu parar e analisar cada passo do namoro que tanto a fez feliz e feriu em igual medida. Eu torço para que ela supere isso, sinceramente não achei nada saudável esta paixão. Nas partes que ela se deixa consumir pela dor até eu fiquei meio depressiva.

Mas voltando a tal irmã, eu desconfiei de Zelenka desde o primeiro momento. Uma garota esquiva, lacônica e de atitudes exageradamente teatrais. Eu sou super desconfiada e nem de longe seria tão boazinha e solidária com ela como Lumikki foi. Não mesmo! Se eu estava certa ou errada você vai ter que ler para saber.

É uma trama com suspense e que gera expectativa no leitor. Você percebe que está em uma contagem regressiva para algo grande e enquanto isso vai mergulhando na alma de Lumikki. Acredito que o maior mistério da série seja ela, que nos deixa malucos com algumas lembranças nebulosas de sua infância. A cada livro a autora revela mais da personagem, mas não o suficiente para desvendá-la.

O final é conclusivo para mais esta aventura de Lumikki, mas deixou pontas soltas para ela ir em busca da verdade sobre si mesma. Estou ansiosa para ler o desfecho da trilogia. Que Preto Como o Ébano não demore para chegar.








2leep.com

8 comentários:

  1. Já fui conquistada só pela capa desses livros! haha
    Vi fotos deles no instagram e achei lindos!
    Mas a estória também me fisgou por essa linha misteriosa...

    Beijos

    ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida,

    Ainda não tive a oportunidade de ler a trilogia, mas vejo sempre elogios sobre os livros.
    Com certeza é uma dica que irei anotar.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oie!

    O Livro parece maravilhoso!

    Abraços...

    http://submundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Cida.
    Eu comporei o primeiro livro em uma daquelas promoções de dez reais do Submarino e acabei não lendo até hoje. Mas como a Novo Conceito publicou a continuação, ele entrou a fila de leitura. Bom saber que o segundo livro é bom também, e gosto dele ser mais voltado para o suspense psicológico. Espero gostar dos dois.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida! Eu li o primeiro recentemente e fiquei me perguntando o que aguardaria a protagonista neste segundo volume. Parece que continua com uma boa trama e cheia de suspense. Vou ler em breve!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Cida!
    Desde o primeiro livro, não tenho muito interesse na história, mas essas capas e esses títulos são fascinantes.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Resenha premiada Paixão e Crime
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
  7. Eu sempre tive uma fascinação pela história da Branca de Neve, de todas as princesas ela parece ser a que mais tem história independente do príncipe encantado, então fiquei anos atrás com vontade de ler a essa série, mas a Novo Conceito demorou anos para lançar o vol. 2 e eu fui deixando para lá! Agora, com o volume 2 no circulando e as resenhas chegando vou pegar o livro e encarar a leitura \o/

    Depois de "Tudo e todas as coisas" me apaixonei pela Nicola Yoon então estou contando os dias para ter "O sol também é uma estrela" em minhas mãos!

    Jaci
    #DoQueEuLeio

    ResponderExcluir
  8. oi flor, que bom que curtiu, confesso que não é um enredo que me atraia e por agora eu não leria
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!