[Resenha] O Lago das Sanguessugas

O Lago das Sanguessugas
Título Original: The Wide Window (A Series of Unfortunate Events #3)
Autor(a): Lemony Snicket   
Editora: Seguinte                 Páginas: 192
Lançamento: 2001               ISBN: 9788535901719
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||  
O misterioso autor das Desventuras em Série não só alcançou a lista de best-sellers infanto-juvenis do New York Times, como conseguiu entrar em todas as outras principais referências de vendagem americanas. Com sua estranha franqueza, na contracapa deste livro ele manda um recado a seus possíveis leitores: "Caro leitor, Se você ainda não leu nada sobre os órfãos Baudelaire, é preciso que antes mesmo de começar a primeira frase deste livro fique sabendo o seguinte: Violet, Klaus e Sunny são legais e superinteligentes, mas a vida deles, lamento dizer, está repleta de má sorte e infelicidade. Todas as histórias sobre essas três crianças são uma tristeza e uma verdadeira desgraça, e a que você tem nas mãos talvez seja a pior de todas. Se você não tem estômago para engolir uma história que inclui um furacão, uma invenção para sinalizar pedidos de socorro, sanguessugas famintas, caldo frio de pepinos, um horrendo vilão e uma boneca chamada Perfeita Fortuna, é provável que se desespere ao ler este livro. Continuarei a registrar essas histórias trágicas, pois é o que sei fazer. Cabe a você, no entanto, decidir se verdadeiramente será capaz de suportar esta história de horrores. Respeitosamente, Lemony Snicket"
E o projeto de leitura está seguindo muito bem. Agora é a vez de saber o que acontece com Violet, Klaus e Sunny em O Lago das Sanguessugas. É claro que a estada feliz com Tio Monty não ia durar muito tempo e mais uma vez eles estão na estrada seguindo para a casa de um novo parente. Desta vez indo encontrar a Tia Josephine, que vive numa casa a beira de um precipício e morre de medo de tudo, até da própria sombra. Como uma pessoas assim poderá defende-los do Conde Olaf?

Este volume foi o que trouxe a história com o começo que menos me empolgou. Isso pelo fato de Josephine ser uma pessoa muito mesquinha. Os seus medos poderiam até ser cômicos -  e olha que são bastante peculiares e interessantes - , mas ela não é apenas medrosa. É uma pessoa que não consegue ser afetuosa e só pensa em si. Fica difícil simpatizar com alguém assim. Os dias de Violet, Klaus e Sunny com ela forma desprovidos de graça e isso se refletiu no clima da trama.

No entanto, logo surgiu uma alegria. Não para eles é claro, mas para esta leitora. O Conde Olaf chegou todo cheio de energia e planos pérfidos, agitando a história. O clima então mudou e foi de pura expectativa, fiquei só esperando pela próxima artimanha dele.

Desta vez a impressão que tive é de que só haviam vilões, já que Tia Josephine é quase uma opção tão ruim quanto o Conde. Violet, Klaus e Sunny mais do que nunca só podem contar uns com os outros e algumas cenas comovem bastante ao vê-los não apenas unidos, mas pondo em palavras o amor que sentem um pelo outro. Que gracinhas!

Escapar de Olaf foi o ápice da história. Ri demais nos momentos finais e houve um detalhe bem importante sendo revelado. Olaf deixou algo escapar, pena que os Baudelaire não tenha prestado atenção.

Em meio as infelicidades nos órfãos é possível encontrar momento mais leves, assim como aqueles mais ternos. Desventuras em Série não é apenas uma sucessão de desventuras como o narrador promete que vai ser, há algo de belo e bom que consegue ascender no meio de tantos infortúnios. Então não abandonem estes órfãos, vamos seguir esta jornada e torcer por eles. Estou ansiosa com o próximo volume, pois como a adaptação foi até o terceiro, tudo o que há pela frente será uma surpresa.


E esta semana estreia o seriado. Fiquem de olho! Venham ler com a gente! Confira a postagem inicial do projeto e lista de canais/sites participantes aqui e mais no Instagram moonlightbooks.





2leep.com

7 comentários:

  1. Cida, dá pra ver pelo tom das suas palavras que você ta amando essa série e isso é muito legal!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Estou gostando muito de ver seu especial. Já vou me preparando pra esperar o que vem na série.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida!
    Essa série dá muita vontade de ler, parece ser bem empolgante!
    Com certeza vou querer assistir a série na Netflix!
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Vixi! Essas crianças não têm sorte mesmo. E pensar que esse é apenas o terceiro livro... Mas, como você bem ressaltou, elem têm um ao outro. Fico muito curiosa pra saber o fim de tudo isso.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    Ahh preciso começar a ler os livros.Todos tem a premissa interessante.
    Adorei a resenha, estou ansiosa para começar.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Quero muito ler os livros dessa série, mas como sei que não vou conseguir realizar esse sonho tão cedo, vou me contentar em assistir ao seriado na Netflix.

    Estou bem curiosa sem ter lido os livros, imagino a expectativa sua *-*

    Depois me conta se a adaptação foi fiel ou não rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida!!! Eu confesso que ri com vc comemorando a chegada do Conde para a tristeza dos personagens rsrsrsrs Eu espero poder ler os livros em breve e vou acompanhar a série com certeza!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!