[Resenha] O Medo Mais Profundo

O Medo Mais Profundo
Título Original: Darkest Fear (Myron Bolitar #7)
Autor(a): Harlan Coben
Editora: Arqueiro                 Páginas: 272
Lançamento: 2016               ISBN: 9788580416145 
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Na época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing. Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto. Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça. Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.

O Medo Mais Profundo é o sétimo livro da série Myron Bolitar, de Harlan Coben, publicada no Brasil pela Editora Arqueiro.

Eu não li toda a série, comecei pelo quinto livro e desde então a minha relação como o protagonista vem ficando mais sólida. Admito que em Um Passo em Falso, Myron me tirou do sério e não me cativou tanto. Mas em Detalhe Final ficamos amigos e neste novo livro eu já poderia sentar e ouvi-lo desabafar sobre seus problemas por toda uma tarde. E que cara cheio de bagunça na vida! Vocês nem imaginam.

Acho muito divertido ver como Harlan Coben sempre mostra seus personagens masculinos como pessoas mais frágeis e sentimentais, algo na maioria das vezes característico das mulheres. Saibam que Myron vive para quebrar a cara nos relacionamentos, sonhando sempre com compromisso e  quando menos espera é abandonando e até mesmo trocado por seu maior inimigo.

E neste livro o passado vem bater na sua porta na forma de uma ex-namorada que se encaixa perfeitamente na última situação descrita. Emily Downing casou com o cara que detonou Myron de maneira definitiva e agora retorna com a maior cara de pau pedindo ajuda. O filho dela está precisando de uma transplante de medula e o doador simplesmente desapareceu, assim ela quer que nosso protagonista dê uma de detetive amador e ache esta pessoa. 

Myron gosta de investigar, mas ressentido não quer ajudar. No entanto, quando Emily revela algo sobre o garoto doente é impossível dizer não. E lá vamos nós junto com Myron em mais uma investigação cheia de pontas soltas e caminhos que parecem não levar para lugar nenhum.

Embora cada livro traga uma história diferente, há uma ligação entre eles, pois todos nos permitirem acompanhar a vida de Bolitar. Em alguns é possível ler sem sentir que algo ficou no ar e assim aproveitar completamente a história, mas em O Medo Mais Profundo eu recomendo ler antes Sem Deixar Rastros (#3) que também traz outra história do protagonista com Emily e o marido dela Greg, que no caso antecede esta que temos agora.

E mesmo que tenha sido lançado antes no Brasil, Quando Ela Se Foi (#9), deve ser lido depois de O Medo e de Detalhe Final, pois a história vai ter ligação com o relacionamento do protagonista que estamos acompanhando. Eu sei que esta ordem de lançamento bagunça nossa cabeça, mas vale a pena conferir esta série.

E voltando a história atual, mais uma vez Harlan não decepciona. Usa e abusa de sua fórmula de apresentar diversos acontecimentos dispersos para nos fazer quebrar a cabeça buscando a ligação. Algumas vezes eu descubro a verdade, mas desta vez não passei nem perto e perdi meu sono lendo sem parar até chegar na última página. Há pessoas com identidades falsas, desaparecimentos, segredos de família, mentiras, sequestros e um serial killer.

Adorei a história e os mistérios, mas de longe os dilemas pessoais de Bolitar foram os mais impressionantes, em especial a relação com os pais. Ele que sempre foi muito apegado aos dois está encarando a difícil verdade de vê-los envelhecer. Há também a crise na vida profissional, já que sua agência está quase falindo. São assuntos paralelos ao principal que o autor desenvolve ao longo da série.  E aqui temos então outra característica marcante da obra de HB, o lado humano e real, a forma como caracteriza seus personagens de maneira crível. Nós sentimos que cada um deles é alguém que conhecemos de verdade.

Se há algo nesta história que não me agradou foi a ex-namorada Emily Downing, que mulher mentirosa e ardilosa. Ela conta algo para Bolitar que eu torci para que fosse verdade, mesmo achando que fosse mais uma mentira dela. Emily abusa do drama, da chantagem emocional e acha que todos devem fazer o que ela quer. Detesto gente assim! Por outro lado há personagens que compensam esta falta de carisma, como Win, Esperanza e Big Cindy, aliados e amigos do protagonista. 

Em suma, é mais um excelente livro de Harlan Coben. Você vai encontrar aqueles aspectos que marcam suas histórias, mas ainda assim a trama vai surpreender e empolgar, afinal um bom suspense nunca é demais. Este ano não teremos mais lançamentos dele, então vou aproveitar para ler alguns antigos que tenho e aguardar ansiosa por 2017. Arqueiro, publica Home e Fool Me Once! 

Série Myron Bolitar
*O Medo Mais Profundo #7 *  * Promise Me #8 * * Quando Ela Se Foi #9 * * Alta Tensão #10 *




2leep.com

8 comentários:

  1. a trama de Harlan é sempre muito bem elogiada!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. To louca para ler esse livro.
    Ameei o blog.
    Beijinhooos. ❤
    www.amordeluaazul.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida!! Quem leu este lá no blog foi a Marise e ela super gostou tb! Tenho curiosidade em ler essa série porque o Harlan parece mesmo ter uma narrativa incrível! E como sempre uma resenha super completa por aqui <3 Adorei!

    Beijocas, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida

    Eu tenho dois livros do autor, mas não é dessa série. Tenho que ler logo, pois todos elogiam sua narrativa.
    Achei bem legal você ter falado a melhor ordem para ler os livros! ;)
    Só achei essa sinopse bem zoada, como assim ela revela que ele é o pai???
    Que vacilo!!! Hahahaha


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, nunca li nada do autor. Mas só vejo elogios das obras, um dia pretendo adquirir um livro dele quem sabe essa série rsrs bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  6. Mulher, quero ler pra dar um safanão nessa Emily. Já fiquei nervosa só com a resenha!!

    Bjks

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Fazia um tempo que estava querendo esse livro e definitivamente, o terei. Adorei a sua resenha e a trama parece ser envolvente, levando o leitor a sentir todas as sensações exploradas.

    Beijoos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  8. Olá, Cida.
    Eu comecei a ler os livros do autor exatamente por Quando ela se foi. Depois fui ler Quebra de Confiança e fiquei, oi? Como os livros da série além do suspense todo, sempre pega uma boa parte da história nos dilemas do Myron, acredito que eles tem que serem lidos na ordem sim. Eu gostei muito desse livro e nem imaginei o final hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!