[Resenha] Detalhe Final

Detalhe Final
Título Original: The Final Detail (Myron Bolitar #6)
Autor(a): Harlan Coben
Editora: Arqueiro                 Páginas: 304
Lançamento: 2015               ISBN: 9788580414578 
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Toda verdade tem dois lados - um deles pode ser mortal. O agente esportivo – e detetive ocasional – Myron Bolitar está num verdadeiro paraíso. Divide uma praia caribenha com Terese, uma mulher deslumbrante que acabou de conhecer – uma forma perfeita de se recuperar da perda recente de uma amiga querida. Seu retiro é interrompido por Win, seu amigo e parceiro em inúmeras investigações. Ele não traz boas notícias: um dos clientes mais antigos de Myron, o problemático Clu Haid, arremessador dos Yankees, foi assassinado e a principal suspeita é Esperanza, melhor amiga e sócia de Myron. De volta a Nova York, Myron está determinado a provar a inocência de Esperanza, mas os obstáculos são maiores do que imaginava. Para desvendar o crime, Myron terá de encarar o submundo nova-iorquino e abrir feridas antigas que podem ser o seu fim. Com reviravoltas, cenas e diálogos inesquecíveis, temperados com um delicioso humor, Detalhe final tem tudo o que fez de Harlan Coben um fenômeno literário e vai surpreender o leitor até a última página.
Detalhe Final, de Harlan Coben, é o sexto volume da série Myron Bolitar. Este personagem  é um ex-jogador que após sofrer uma grave lesão,  viu sua carreira terminar antes de decolar. Desta forma, Myron virou agente esportivo e na companhia dos melhores amigos Win e Esperanza, cuida dos negócios de novos e antigos talentos do esporte nos EUA.

Só que não seria uma história de Coben se não houvesse assassinatos, desaparecimentos e uma série de acontecimentos misteriosos que pedem para serem desvendados. Myron é um detetive amador, que por meios nada ortodoxos, pega os vilões e revela a verdade, mesmo que esta nem sempre seja um alívio.

Um jogador é assassinado e a sócia de Myron é apontada como culpada. Ele não consegue acreditar que Esperanza seja responsável por um ato tão vil, mas a relutância dela em falar com ele e a determinação de mantê-lo longe do caso, servem apenas como um impulso para que nosso protagonista mergulhe de cabeça em uma investigação cheia de becos sem saída e fatos sem sentido. Será que desta vez ela vai falhar na busca pela verdade?

Eu não li todos os livros da série, comecei pelo quinto, mas por cada volume trazer um caso independente é possível entender tudo muito bem. Como citei na resenha de Um Passo em Falso, o que acontece é que se você não lê desde os primeiros não tem uma relação de muita proximidade com Bolitar. Entretanto, a cada livro o laço vai se fortalecendo e posso dizer que desta vez eu já estava mais a vontade com seu jeito peculiar.

Eu perdi as contas de quantas vezes ri com suas façanhas. Não é que ele seja um comediante nato, mas seu sarcasmo e a ironia que pontua cada frase dita, são motivos de muita diversão. E o pior é o talento para entrar em situações que são uma fria e ainda assim, após uma boa surra, sair das mesmas mais impertinente. E o lado romântico e a família? O cara vive de coração partido e até pouco tempo atrás ainda morava com o pai e a mãe, isso em um país que jovens antes dos dezoito já saem de casa para trilhar seus caminhos. Myron Bolitar é arrogante e gosta de arrumar encrenca, mas por outro lado é um menino crescido que ainda precisa de colo. Que figura!

E Coben cria uma imagem reversa para o protagonista, que está na figura de Win. Ele é um dos homens mais ricos do país, que adora eliminar quem atrapalha sua vida e a dos amigos. Ele é meu personagem preferido. Sua frieza assusta na mesma medida que fascina. A interação Myron e Win é tipo gelo e fogo, mas ambos são inseparáveis e a amizade é de dar inveja.

O bom humor presente na trama é seu ponto forte, na verdade este jeito de Coben conduzir suas histórias é o que mais me cativa. Há um crime? Sim! Violência? Suspense? Intriga? Sim! Sim! Sim! E apresentados de forma intensa, as piadas deixam o clima mais leve não menos sério, soando mais real e humano. Há um trabalho apurado ao redor de sentimentos, falhas, medos e dilemas de todos os personagens, um equilíbrio perfeito que não faz com que a história seja mecânica e cansativa, e sim envolvente.

O caso em questão não se limita apenas ao assassinado de Clu Haid, longe disso, na verdade conforme Myron começa a investigar vários casos paralelos vão surgindo. Tráfico, dependência química, adultério, desaparecimentos e muito mais. Chega um momento que ele não sabe mais o que realmente está investigando, percebe que tudo de alguma forma está conectado à ele, mas por qual razão, não faz idéia. É´bem empolgante a rede que Coben envolve seu protagonista e a expectativa por ver cada peça no lugar nos leva a ler sem freios, parando apenas na última página.

Leitor e protagonista fazem o mesmo caminho na busca pela verdade. E não ajuda muito perceber que todos ao redor de Myron sabem de algo e não querem falar abertamente. Até os pais do cara estão escondendo algo.

Depois de voltas e reviravoltas, os fatos vão fazendo sentido e chegamos ao tão esperado desfecho. Eu achei que foi corrido depois de tamanha jornada, mas o que chamou minha atenção foi a questão moral levantada. Surge a dúvida se Myron Bolitar é mesmo o mocinho. Ele está duvidando de sua integridade e caráter,  se os atos cometidos na companhia de Win são atos de justiça ou de justiceiro. Será que a justiça pode se desviar do caminho tradicional? E se isso acontecer, ainda pode ser considerada justiça ou torna-se um ato de vingança?

E se não bastasse este conflito que toma conta da mente de Myron, seus pais jogam uma bomba no seu colo: eles estão envelhecendo e não vão estar ali para sempre. Como será que tudo isso ira refletir no Myron de amanhã? A nós só resta esperar para descobrir.

Em suma, Detalhe Final é um livro com uma história deliciosa e intrigante. Este título tem tudo a ver com a trama, já que apenas um detalhe pode resolver todo o mistério que cerca Myron. Eu curti e finalmente posso dizer que me aproximei deste personagem singular de Coben.  Recomendo.

Série Myron Bolitar

2leep.com

15 comentários:

  1. Oi Cida, sua linda, tudo bem
    Fiquei em internet, por isso sumi, mas agora estou de volta!!! Eu tenho esse livro!!!! Mas não tenho os outros, pelo o que contou, acho melhor eu ler na ordem. Mas adorei a descrição que você fez dos personagens, parecem únicos, diferentes do que estavamos acostumados, vou me divertir com eles e ficar super curiosa para descobrir o culpado dessa história!!!! Sua resenha está muito bem escrita, adorei!!! Não vejo a hora de ler o livro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cida!
    Meu Deus, quantos livros nessa série oO
    Eu morro de vontade de começar a ler coisas do Corben, mas não sei se tenho de ler suas séries desde o primeiro livro ou posso ler aleatoriamente...
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do sorteio do livro Marianas | Participe do sorteio Mês das Mulheres em Dobro
    Porcelana - Financiamento Coletivo

    ResponderExcluir
  3. Amo livros com reviravoltas, surpresas, investigações e com um enredo cativante e instigante. Acho que o personagem principal me agradará. Quero ler o quanto antes, apesar da série ser bem grande mesmo. Abraços, ótima resenha :)

    ResponderExcluir
  4. Olá, Cida.
    Eu comecei pelo 9, depois li o 10 e voltei para o primeiro. Dai li até o quarto. Acho muito errado as editoras fazerem isso. Porque mesmo sendo histórias independentes, tem a vida pessoal do protagonista. Eu ainda não tenho esse mas assim que der vou comprar. Amo o Harlan e os livros do Myron eu adoro.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Harlan e seus suspenses policiais fazem muito sucesso, eu mesma nunca me aventurei, mas até que tenho vontade :)
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Harlan Coben sabe criar histórias cheias de mistérios e suspense que deixa qualquer leitor intrigado e fascinado com seu desfecho. Li somente um livro do autor, mas já me considero uma fã. A forma de escrever, os personagens bem produzidos e uma trama eletrizante são fatos que muito me atraem, e não poderia ser diferente neste livro. Adorei saber que Detalhe Final tem momentos tensos e um grande mistério, mas que ao mesmo tempo nos proporciona diversão.
    Eu não tinha planos de ler esta serie independente, mas depois de ler sua resenha, adicionei em minha lista de leituras.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oie Cida =)

    Vivo ensaiando ler os livros do Harlan, mas só fico no ensaio rs...
    Acho que por não ser um gênero que costumo ler com frequência acabo deixando para depois. E óbvio esse depois nunca chega.

    Ótima resenha!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!

    Também não li nenhum livro da série, mas é bom saber que dá pra começar pelo quinto rsrsrsrs Fiquei com vontade!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oii Cida, tudo bom?
    Nunca li nenhum livro do Corben, apesar de ter muita vontade! Mas não sei se começaria por uma série tão extensa quanto Myron Bolitar. O fato é que mesmo assim a história chama bastante atenção *-*
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
  10. Então, eu gostei muito da sua resenha e o enredo até que é interessante. Mas não é um livro que eu gostaria de ler no momento!
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. O que eu mais gosto nessa série, é que eu li alguns livros totalmente fora de ordem, e não vi problema nisso.
    Não li este ainda, mas agora irei com certeza!
    Ainda mais com o selo de "risadas da Cida". Amei a resenha!!!!!

    Bjkssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
  12. Olá Cida!
    Gosto bastante da série do Myron Bolitar. Desses, acho que já li uns 3 ou 4 mas esse aí parece muito bom!
    Adorei a tua resenha, ficou super bem escrita!
    Valeu pela dica!
    Beijos*

    http://luahmelo.blogspot.com
    Pensamento... Apoteose da Dúvida

    ResponderExcluir
  13. Nunca li nada do Harlan Coben e dias atrás li algumas resenhas de seus livros e fiquei com uma enorme vontade de conhecer a escrita dele. Achei esse livro bem interessante, e fiquei animada ao saber que tem uma pegada de humor na história. Já adicionei essa série na minha lista, mas não pretendo ler agora, pretendo ler outros livros dele anes de começar esses. Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Eu realmente fiquei muito interessado no livro, essa capa meio sombria dele deixa qualquer um curioso e ele me lembra um que eu estou lendo agora que é o "Você é o Próximo". Acho que terei que comprar esse também para ler porque estou super curioso pra ter a minha opinião formada. Adorei a sua resenha e o seu blog já está nos meus favoritos.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ResponderExcluir
  15. Cida!
    A autor usa muito dos policiais em seus livros e gostei de saber que podemos ainda das muitas risadas, mesmo com os assassinatos e todo mistério.
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de março com 4 livros 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!