[Resenha] Circo Mirandus

Circo Mirandus
Título Original: Circus Mirandus
Autor(a): Cassie Beasley 
Editora: Agir Now                Páginas: 288
Lançamento: 2016               ISBN: 9788522032280
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Você acredita em mágica? Micah Tuttle, sim. Embora a malvada tia-avó Gertrude não aprove, Micah acredita nas histórias que o avô, em seu leito de morte, conta sobre o Circo Mirandus: o tigre invisível que toma conta dos portões, a belíssima mulher-pássaro que voa de verdade, e o mágico mais poderoso de todo o mundo o Homem que Dobra a Luz. Finalmente, o vovô Ephraim oferece provas. O Circo é real. E o Dobra-Luz lhe deve um milagre. Com a decidida e racional amiga Jenny Mendonza ao seu lado, Micah decide encontrar o Circo e o homem que talvez possa salvar seu querido avô. O problema é que o Dobra-Luz não quer manter sua palavra, e agora depende de Micah conseguir o milagre de que tanto precisa.
Circus Mirandus chegou de surpresa aqui em casa e logo me ganhou pela capa. Ao começar a leitura foi só amor. Eu adoro histórias protagonizadas por crianças, sempre me lembram como é ver a vida de maneira mais crédula e sem malícia. Fazem brotar esperança em nosso coração e, por si só, já são uma boa dose de otimismo na nossa vida adulta tão corrida e estressante.

Micah Tuttle perdeu os pais bem cedo e foi criado pelo avó, o Sr. Ephraim. Os dois levavam uma vida tranquila e cheia de histórias empolgantes sobre um circo mágico que o velhinho dizia ter visitado na infância. A avô acreditava em magia e cultivou no neto a mesma crença. Assim, Micah tinha certeza que o Circo Mirandus existia.

Infelizmente, um dia, o vovô Ephraim adoeceu. E a tia-avó Gertrude veio cuidar do irmão e de Micah. Ela não acreditava em magia e achava que o Circo era uma grande besteira fantasiosa. Fez de tudo para afastar avô e neto e tirar da cabeça do garoto esta história.

No entanto, uma carta muda tudo e nos faz ver que o Mirandus é real. Quando visitou o lugar Ephraim conheceu o poderoso mágico Dobra-Luz e ganhou a promessa de um milagre. Agora, já um ancião, resolve cobrar. Escreve para o mágico e conta ao neto que a magia vai ajudá-los. E não é que ele recebeu a resposta?

É uma história que fala sobre um circo mágico e um garoto que cresceu sonhando em voltar ao local onde encontrou magia e alegria. Ephraim viu no Circo um mundo de possibilidades, mas conforme as responsabilidades da vida adulta surgiram, ele não conseguiu visitar outra vez o Mirandus. No entanto, falar que é apenas sobre magia é limitar o conteúdo da obra, pois a trama ainda aborda outros temas muito importantes como a fé do garoto, seu amor pelo avô e as belas amizades que vão surgir no caminho.

A narrativa se divide em duas linhas de tempo. No presente vemos Micah tentando achar o circo e tornar possível a realização do milagre do avô e no passado temos o jovem Ephraim narrando como descobriu o Mirandus e como isso mudou sua vida para sempre.

É uma história tocante, bela e singela. Eu fiquei emocionada com a relação entre Micah e Ephraim e de coração apertado esperando pelo desfecho que aguardava o velho senhor. O menino acreditava que o milagre poderia curar, mas eu desconfiava que a magia do circo não poderia driblar a morte apenas dar certo conforto. Então por ter esta dúvida, esperei angustiada pelo momento que Ephraim fosse partir. É doloroso, especialmente por saber que o menino não tinha ninguém que o amasse tanto. Só que estamos falando de magia, então quem sabe o final não poderia ser feliz.

Há este lado dramático, mas não chega a ser uma história melancólica, afinal temos amor de sobra, crianças, magia e um circo cheio de personagens bem incomuns. Há um lado de pura alegria também.

Eu citei crianças porque Micah ganha uma amiga nesta busca. Jenny é uma garota racional, que não acredita em magia, mas mesmo assim é bondosa o bastante para  apoiar o garoto em cada passo do caminho. A relação dos dois é sincera e genuína.

A autora Cassie Beasley criou um mundo todo bem estruturado em seu livro, você se vê dentro da história e é como assistir ao maior espetáculo da Terra. A narrativa é ágil, empolgante e sensível. Os personagens são bem caracterizados e me surpreendi totalmente com cada particularidade do Mirandus e seus integrantes. Nada é deixado ao acaso, nenhuma ponta fica solta. Contamos ainda com belas ilustrações que completam o cenário apresentado. Por mais que seja algo fantasioso é explicado com tamanha coerência, que chega a ser quase real.

Se não bastasse a cativante história do neto e do avô na busca por um milagre, há ainda um mistério para ser desvendado. 

Eu fechei o livro com lágrimas nos olhos e muito feliz, sentindo como se tivesse estado lá de verdade. Já queria ler tudo outra vez. É uma história carregada de coisas boas e por isso revigorante. O final é fechado, mas deixa possibilidades para outros livros. Tomara que sim! 

Preparem-se! Um belo espetáculo os aguarda. Eu já garanti meu ingresso, não deixe de garantir o seu. E você? Acredita em magia?






2leep.com

10 comentários:

  1. Oi Cida! Já faz tempo que ouço falar desse livro e realmente me parece tocante, estou com vontade de ler!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. oi Cida, a autora fez um universo mágico, né?
    daqueles de se encantar e se apaixonar, até eu que não curto tanto enredos assim fiquei interessada

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida!
    Adorei sua resenha e fiquei com muita vontade de ler o livro. Eu também gosto de livros protagonizados por crianças, o olhar delas é sempre mais delicado e puro. A relação de Micah com o avô parece ser muito bonita e mesmo sem saber qual foi o desfecho meu coração já ficou apertado aqui... Vai pra listinha!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    A maioria desses livros focados no circo tem esse toque emotivo, né?
    Esse não conhecia, mas fiquei cativada e gostei de ser um pouco juvenil.

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  5. Então a história é tão linda quanto a capa ♥ Apaixonei!!

    Resenha linda e emocionante. Quero muitoooooo

    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Olá, Cida.
    Não conhecia esse livro ainda mas já me interessou. Também gosto muito de histórias protagonizadas por crianças e gosto mais ainda de livros que alternam entre passado e presente. É mais um para a lista.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Oie Cida =)

    Vou confessar que nunca fui muito fã de circo, mas desde que vi a capa desse livro fiquei bastante curiosa para saber mais da história.
    A sua é a primeira resenha que leio, e pelo que pude perceber esse livro possui aquele tipo de história que nos cativa e encanta.

    Gostei da dica!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!

    Não conhecia este livro, mas adorei a história, parece ser mágica e cativante. Também gosto bastante de crianças como protagonistas, e tenho a impressão de que a autora criou um personagem incrível, assim como uma trama bem feita e instigante.
    Anotei a dica! Ótima resenha. Aposto que eu também irei chorar quando o relacionamento dele com o avô.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida!
    Parece ser uma bela história. Não conhecia o livro, mas vou pesquisar um pouquinho sobre ele.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Como amo circo, achei o livro mto bom, leria com toda ctz, parece prender o leitor realmente...
    Bjs!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!