[Resenha] Nova Ordem Mundial

Nova Ordem Mundial
Título Original: New World Order (War of the Fae #4)
Autor(a): Elle Casey 
Editora: Geração                  Páginas: 384
Lançamento: 2016               ISBN:9788581303130
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Como enfrentar a necessidade de sacrifícios de uma Nova Ordem Mundial para os Fae? Jayne e seus amigos estão numa encruzilhada, tendo que enfrentar a batalha final que decidirá a formação da nova ordem exigida pelo mundo sempre em guerra entre os Fae da Luz e da Escuridão. Jayne se encontra numa encruzilhada não somente no terreno da estratégia e da magia, mas também do coração, que está dividido entre seu anjo da guarda e seu amigo elemental, Chase e Spike. Acontecimentos inesperados darão um toque surpreendente de romantismo e lágrimas neste último volume da Guerra dos Fae. Surpresas após surpresas são mantidas até o final, que será ainda mais surpreendente para os fãs da insolente e destemida Jayne. E estão de volta o bom humor com o duende Tim e suas palhaçadas, bem como todos os perigos de um mundo onde de cada personagem ou situação pode brotar uma revelação inesperada, exigindo novas lutas e difíceis adaptações. 
Nova Ordem Mundial é o quarto volume da série A Guerra dos Fae, de Elle Casey, publicada no Brasil pela Geração Editorial. Os livros anteriores já foram resenhados no blog e você pode conferir clicando aqui.

Esta série é sobre um grupo de crianças que na busca por um emprego passaram por um teste que queria identificá-los como crianças trocadas, ou seja, crianças que viviam entre os humanos mas pertenciam a outra raça, a dos fae. Jayne Sparks e seus amigos descobriram desta forma que pertenciam a outro universo e após muita deliberação, aceitaram abandonar a vida anterior e assumir uma existência cercada de magia. No entanto, nesta nova realidade, encontraram –se em em meio de um grande conflito, uma luta dos fae das trevas contra os da luz e desde então, estamos seguindo de perto esta jornada.

Cada volume começa de onde o anterior terminou e com este não foi diferente, reencontramos a protagonista Jayne  logo após ter escapado do complexo dos fae das trevas, onde foi torturada pelo seu maior inimigo Ben. Viu amigos morrerem e outros sumirem. No entanto, após esta batalha quase fatal – que praticamente deu inicio ao conflito final entre luz e trevas –, a garota se viu quase consumida pelo seu poder e tendo que reconsiderar vários aspectos desta guerra.

Reconsiderar? Sim! Jayne toma conhecimento de novos fatos sobre seu povo e sobre os perigos que a cercaram nos últimos tempos, o que a leva a uma grande revelação que vai mudar o rumo de sua vida. Ao que tudo indica os fae precisam se unir contra um perigo maior, seres vindos do Mundo de Baixo (demônios), que querem dominar fae, humanos e qualquer outro ser que exista.

A autora manteve a trama no mesmo ritmo do livro anterior e não vi mudanças significativas na protagonista, na verdade eu esperava bem mais de Jayne nesta fase. Ela é uma garota de língua afiada, que não gosta de levar desaforo para casa, mas se anteriormente isso foi divertido, agora tornou-se repetitivo. Acredito que brincadeiras são legais para manter um clima mais leve, contudo ela não sabe a hora de parar e acaba sendo imatura na maior parte do tempo. Há também a questão de assumir responsabilidades e encarar os fatos. Jayne sabe que possui um poder raro e um papel fundamental entre os fae, mas não encara isso, foge todo o tempo e só resolve agir e fazer algo quando empurrada pelos amigos. Gostaria que ela tivesse aquela atitude ousada e determinada que mostrou quando resolveu viver entre os fae. Ela manteve-se no mesmo nível do livro anterior.

Se a protagonista não atingiu minhas expectativas, os personagens secundários mais uma vez roubaram a cena e Tony e Tim tiveram um crescimento visível na história. O primeiro sempre gentil, leal e de um discernimento admirável e o último o próprio grilo falante (consciência) da Jayne, com seus comentários mordazes e jeitinho irreverente.

E esta reviravolta sobre quem é o verdadeiro inimigo foi muito interessante e trouxe resultados inesperados. O universo mágico foi ampliado para algo mais sombrio e as novas criaturas trazidas foram bem assustadoras.

A narrativa de Casey é fluida, divertida e muito cativante. Sua criatividade é ilimitada, tanto que me surpreendi ao saber que a série não termina neste quarto livro, como eu acreditava quando comecei a leitura. Fui lendo e estranhando o acréscimo de novos fatos e questões  quando deveriam estar chegando respostas finais e pontas soltas sendo atadas. Veio então aquele receio de o desfecho deixar a desejar. Quando postei uma foto durante a leitura, avisaram que tem muito ainda pela frente. Como assim?!? Fui pesquisar no site da autora e vejo que ao todo são dez livros. DEZ! Então, ainda não foi o final, embora no último capítulo vimos que a ordem das coisas mudou e todos entraram numa segunda fase.

Resta aos fãs esperar que a Editora publique o restante da série ou, se a pressa for muita, adquirir o restante em inglês. A Guerra dos Fae apresenta uma trama empolgante e cheia de ação. Possui personagens carismáticos e diverte o leitor. #ficaadica



2leep.com

10 comentários:

  1. Oi, Cida!
    Desde a primeira resenha dessa série, eu fiquei super curiosa. Eu só estou terminando algumas e vou iniciar essa.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Ameeeei a capa desse livro e achei o enredo muito interessante! Gostaria de conhecer melhor essa história sim.
    Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br/2016/05/resenha-do-livro-coroa-kiera-cass.html

    ResponderExcluir
  3. Oiii Cida

    Acho as capas dessa série lindas de morrer. Acho que não falta muito para a editora publicar os volumes restantes, eles até que estão sendo bem rápidos nas continuações da série.
    Amo fantasias, então seguramente essa é uma série que pretendo ler em breve

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. oi flor, não estava tomando conhecimento dessa série em si, mas a trama é bem interessante com esses aspectos distópicos, com até uma pitada de sobrenatural pela questão das características peculiares dos personagens, entretanto não é uma história que por hora me atraia, como ja salientei, por fazer parte de uma série teria que procurar o anterior primeiro
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    Acho as capas dessa série belíssimas, mas no momento não estou lendo essa série, mas ela está na minha listinha de compras.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!

    Eu li só o primeiro e a leitura não me cativou, eu não gostei da protagonista e acabei abandonando a série, mas se vc diz que tem reviravoltas e que gostou, vou dar mais uma oportunidade rsrsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. COMO ASSIM DEZ LIVROS???

    Quase tive um mini infarto aqui. Fiquei super curiosa com a resenha, não conhecia esse universo, esse livro, essa capa maravilhosa e quase cair pra trás com esses DEZ LIVROS.

    Acho que só me arriscaria a ler depois que tivesse perto do último livro lançado. A pior coisa é você esperar o próximo e o próximo...
    Adorei a resenha.

    Beijos!

    Cintia
    http://devaneiosdeumacindy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida,
    Adoro enredos envolvendo fadas/elfos, então certamente essa série já entra pra minha lista.
    Mas gente DEZ livros! Até espanta, mas se forem bons a gente nem sente haha tomara que publiquem por aqui, os outros.

    tenha uma ótima quarta!
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  9. Oii!
    Tinha lido algumas resenhas sobre o livro, e fiquei bastante curiosa pra conhecer mais, o livro tá tdo mto bom...
    A série parece mto boa msm!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Estou sofrendo, MUITO. Li os 4 livros em 5 dias, a agora descubro que tem mais 6 nao lançados. Vou fazer um intensivao de ingles para saber a continuacao! Amei demais

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!