[Resenha] Beleza Cruel

Beleza Cruel
Título Original: Cruel Beauty (Cruel Beauty Universe #1)
Autor(a):  Rosamund Hodge 
Editora: Novo Século          Páginas: 320
Lançamento: 2015               ISBN: 9788542805192
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Desde o nascimento, Nyx estava prometida em casamento a Lorde Gentil, o perverso governante de Arcádia – tudo por causa de uma irrefletida barganha do pai dela. E, desde então, ela tem sido treinada para matar o soberano. Obrigada a obedecer ao cruel acordo e sentindo-se traída por sua família, Nyx luta contra seu destino. Entretanto, em seu 17o aniversário, ela abandona tudo aquilo que conhece para se casar com o todo-poderoso e imortal Lorde Gentil. O plano dela? Seduzi-lo, desarmá-lo e quebrar a maldição de 900 anos que ele lançou contra seu povo. Mas ele não é o que Nyx esperava. O enigmático charme do Lorde a seduz, e seu castelo – um inconstante labirinto de salas mágicas – a encanta. Enquanto Nyx procura um meio de libertar sua terra revelando os segredos de seu esposo, encontra-se inevitavelmente atraída por ele. Mas como ela pode amar seu inimigo e recusar o dever de matá-lo? Inspirado no clássico conto de fadas A Bela e a Fera , Beleza cruel é uma deslumbrante história de amor sobre como nossos desejos mais profundos podem mudar nosso destino.
Beleza Cruel é o primeiro livro da autora Rosamund Hodge e posso dizer que nesta releitura de A Bela e a Fera ela se saiu muito bem. Há um lado distópico na trama que cria uma ambientação diferenciada para algo que eu acreditava já ter visto de todas as formas e acabei percebendo que autores criativos sempre vão conseguir inovar. A história é atraente, sedutora e possui mistérios na medida certa, temperando um romance que tem tudo para dar errado. O livro é parte da série Cruel Beauty Universe  e o próximo volume - Gilded Ashes -  abordará o conto da Cinderela.

Nyx foi criada como um instrumento de vingança. Assim que completar dezessete anos vai ter que casar com o senhor dos demônios que domina o povo de Arcádia. Lorde Gentil é um ser poderoso que concede desejos mediante acordos com os  moradores locais, sendo que tais acordos sempre resultam em algo ruim e desta forma a pessoa mesmo com o desejo atendido, pode ainda morrer ou perder alguém. Foi exatamente o que aconteceu como pai de Nyx. Ele desejou ter filhos, mas sua esposa acabou morrendo no parto deixando-o sozinho com  duas filhas gêmeas.

Nyx é uma filha obediente e nunca contrariou o pai em seu plano, pois o velho acredita que se ela estiver vivendo como esposa de Lorde Gentil terá oportunidade de destruir seu poder e matá-lo. Entretanto, lá no fundo, a garota se ressente por ter que ser um sacrifício, faz de tudo para que a família não perceba seu desejo de ficar e ser amada pelo que é, não como um objeto de troca. O fato que é que o casamento ocorre e ao chegar no palácio do marido, Nix se vê frente a frente com um homem poderoso, de caráter condenável, mas que a trata com extrema gentileza e a encanta pouco a pouco com sua imensa beleza.

Eu adoro releituras de contos de fadas e as de A Bela e a Fera sempre são as minhas preferidas. E não digo isso apenas pelo fato de ver a fera conquistando a bela, mas especialmente por em situações como estas o monstro nunca ser exatamente aquele que as pessoas chamam assim. Há sempre um mistério por trás do dito vilão, algo que nos faz duvidar que ele seja realmente maldoso e nos faça desejar que o mesmo tenha uma segunda chance. Uma chance para se redimir.

Lorde Gentil é um grande enigma, assim como tudo que o cerca. Seu palácio é um universo dentro de outro e cada vez que o exploramos percebemos a complexidade do mesmo, é ao mesmo tempo assustador e fascinante.

Nosso vilão trava lutas contra seus mestres, com sua sombra que vive ali sob o nome de Escuridão e nem de longe é desonesto em seus acordos. O que percebi em cada uma de suas negociações foi que as pessoas que o procuravam iam em busca de atender o orgulho, a luxúria, a ganância e toda infinidade de pecados que carregavam. Ele até facilitava a realização dos desejos, mas não incutia maldade em ninguém. Todos os julgavam pelo que acreditavam que ele fazia, mas ao ver seu lado da história eu não consegui condená-lo.

Se gostei do personagem? Muito! Ele é intrigante, complicado, sedutor, provocador, espirituoso e genioso. Não é de todo ruim, mas nem por isso totalmente bom. Facilmente nos conquista.

Nossa mocinha não é uma garota inocente e frágil, na verdade muitas vezes consegue ser mais cruel que seu inimigo. Ela trava muitas batalhas tentando decidir entre que deve e o que quer fazer, pois lá no fundo não está afim de morrer para salvar seu povo. O dilema dela fica pior quando passa a sentir uma forte atração pelo Lorde e também quando nota que ele não é o principal culpado pela devastação de Arcádia. Talvez uma aliança com o inimigo seja uma boa opção.

Ambos são pessoas que carregam defeitos e qualidades em igual medida e precisam encontrar um meio termo para poderem ficar juntos. Enfrentando os desafios do palácio em busca de respostas para enigmas que os cercam, eles vão nos encantar com a forma dolorosa que sua relação evolui, bem como a controvérsia de suas personalidades e juramentos. Há momentos mais leves,  que me fizeram sorrir,  mesclados com outros tão tristes que partiram meu coração.

Você não tem certeza se ficarão juntos. Todo o tempo tive certeza que Nyx iria trair a confiança de Gentil. Esta desconfiança me dominou até a última página. Sofri com o medo de que ela o magoasse. Sim! O dito vilão foi meu amorzinho e torci muito por ele.

Eu adorei as reviravoltas e só fiquei descontente com o comportamento passivo e servil de Nyx com a família, nunca eu seria tão dócil e deixaria que me tratassem com tanto desdém. Esperei pela hora que ela iria parar de tentar ser amada e finalmente dissesse umas verdades para o pai, a irmã e a tia. 

O final foi uma grande reviravolta e nem de longe eu imaginei algo assim. Cheguei mesmo a pensar que não terminaria neste volume, mas com maestria Hodge amarrou todas as pontas e nos presenteou com um belo desfecho.

Beleza Cruel mistura - de maneira sombria num cenário distópico -, contos de fadas com histórias de seres fantásticos e mitológicos. Dizer que foi apenas a releitura de A Bela e a Fera não é totalmente justo, já que podemos ainda identificar indícios do Barba Azul, dos mitos de Zeus, Hades e outros deuses. Foi um experiência deliciosa e estou ansiosa para conferir como será a releitura de Cinderela e com quais outras historias será mesclada. 

 

2leep.com

13 comentários:

  1. Oi!

    Havia começado de ler esse livro, mas abandonei. Não porque não gostei da história e sim porque tive que ler outras coisas. Um dia vou retomar a leitura, porém rsrs
    Parabéns resenha e pelo blog! Amei e estou seguindo!

    Beijos
    http://bloglucidezembriagada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie,
    hahaha adoro quando torceos para os vilões, geralmente torna o livro mais intrigante.
    Não conhecia o livro, mas gostei bastante da sua resenha.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Cida!
    Eu já li algumas opiniões positivas sobre esse livro, mas ainda não parei pra ler.
    Gostei muito da sua resenha. Deu pra eu ter uma ideia de como será a leitura.
    Eu também não iria aguentar ser uma barganha como Nyx aguenta.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Olá Cida, tudo bem?

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui, a premissa é bem interessante e bom saber que a autora se saiu bem nessa releitura, ótima dica....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida, sua linda, tudo bem
    Não sei se já sabe, mas A Bela e a Fera é uma das minhas histórias preferidas e todo sempre estou procurando por releituras e essa que eu não conhecia, parece ser incrível!!! Adorei quando você quando você disse que o castelo dele era um universo dentro de outro. E pelo o que descreveu, também irei ficar do lado dele, já me apaixonei!!!! Adorei sua resenha e estou louca para ler o livro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Não conhecia esse livro, mas se tem a ver com A Bela e a Fera (meu conto de fadas preferido) eu quero!
    Mas não aguentei esse nome, Nyx... Fiquei lendo sua resenha e lembrando da marca de maquiagem hahaha

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida!!! Tb adoro releitura de contos de fadas e nossa, essa trama me parece mais do que instigante! E ao que parece o livro tem começo, meio e fim, né? Quero dizer, a continuação são com outros personagens, é isso? pergunto pq se for eu até prefiro assim rsrsrsr

    Bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi! Isso mesmo. O livro tem final fechado.

      Excluir
  8. eu gosto muito, muito e muito de releituras
    esse ar clássico e com suas alterações me encanta
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá :)
    O livo está na minha lista faz tempo, mas agora que veio para o Brasil que finalmente irei lê-lo, adorei essa mistura de Hades e Barba Azul que você citou fiquei bemmmmmm curiosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oie Cida =)

    Vi a sua postagem no Twitter e só pela capa já fiquei curiosa em saber do que se tratava a história.
    Pela sua resenha a premissa me pareceu bem interessante e já quero conhecer melhor esses personagens. Ainda mais se a história tem um que de A Bela e Fera.
    Mais um para a minha lista!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  11. Olá, Cida.
    Eu acho que preciso desse livro. Não conhecia ainda, mas me apaixonei pela capa e pela história. Adoro A Bela e a Fera e ainda mais com esse monte de conteúdo a mais que você citou. Assim que der eu vou ler ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Não gosto muito de releituras, já algumas e fiquei pra lá de decepciona, mas essa aí parece bem interessante. Sua resenha ajudou a colocá-lo na lista

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!