[Resenha] Almanegra

Almanegra
Título Original: Asunder (Newsoul #2)
Autor(a): Jodi Meadows
Editora: Valentina                Páginas: 336
Lançamento: 2015               ISBN: 9788565859677
almanegra||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Ana sempre foi a única. Marginalizada. Apartada. E, para piorar, após o Escurecimento do Templo causado por seu pai, vários cidadãos de Heart a culpam pela perda definitiva de algumas almas, as almasnegras — e pelas almasnovas que nascerão em seu lugar. SOMBRAS Muitos temem a presença de Ana, um lembrete constante das mudanças irreversíveis. E quando as sílfides começam a se comportar de maneira diferente em relação a ela, Ana terá que aprender não apenas a se defender como àqueles que não podem fazer isso por si mesmos. AMOR Ana aprendeu desde cedo que os sem-alma não podem amar. Mas, e as almasnovas? Mais do que tudo, ela deseja ter a chance de viver e amar como qualquer outro cidadão de Heart, porém mesmo depois de Sam declarar seus mais profundos sentimentos, será que ela conseguirá superar uma vida inteira de rejeição e aceitar o amor? Almanegra explora a beleza e as profundezas sombrias da alma, numa história que é ao mesmo tempo um romance épico e uma fantasia cativante.
Almanegra, segundo volume da Trilogia Incarnate de Jodi Meadows, publicada no Brasil pela Editora Valentina, dá continuidade a jornada da protagonista Ana, uma almanova.

Ela nasceu no lugar de Ciana, numa realidade onde as pessoas acreditam numa entidade de nome Janan e reencarnam há cerca de cinco mil anos, foi a primeira do que parece que serão muitas almas novas. Ana não reencarnou, esta é sua primeira vida, uma alteração na ordem natural das coisas, que gerou de pânico até repulsa nos cidadãos de Heart, tanto que várias leis foram criadas para reger a vida da garota, ou melhor, para fazê-la falhar e ser expulsa da cidade. No entanto, nem todos lhe deram as costas, algumas pessoas tornaram–se amigos de Ana e desenvolveram afeto por ela, especialmente o músico Sam.

Eles se apaixonaram e este sentimento foi o bálsamo para as feridas criadas pelo preconceito das pessoas, e mais ainda, para ajudar Ana após um terrível acontecimento causado por seu pai, que destruiu muitas almas antigas, tais pessoas nunca mais voltarão, hoje são apenas almasnegras e nossa jovem protagonista precisa entender não só como o pai fez aquilo, mas também descobrir sobre sua própria natureza e ajudar o povo de Heart.

Eu li Almanova em 2013 e, pelo tempo passado, fiquei com receio de ficar perdida na continuação, mas não, a conexão foi imediata, há sutis referências que a autora inseriu no decorrer do livro para refrescar a memória do leitor, mas nada do tipo cansativo que nos faça ter a impressão de estar relendo, é apenas algo aqui e ali que acaba se conectando com o momento atual. Foi o primeiro ponto positivo do livro, não são todos os autores que retomam uma história de forma tão natural.

Ana está bem diferente, forte, decidida e cheia de determinação, mesmo que ainda não seja capaz de se entregar totalmente ao amor de Sam, o que é algo natural dada a forma como este sentimento lhe foi negado, mas fora isso, temos uma nova pessoa, ela está em busca da verdade sobre as almanovas e o que está oculto nas fundações daquela sociedade tão incomum, é bem evidente que aquelas pessoas foram enganadas de alguma forma pelo seu '”deus” Janan. Conforme Ana investiga descobrimos coisas assustadoras e fascinantes. Assustadoras pela crueldade usada para manter as almanovas presas, fascinante pela complexidade e criatividade desta mitologia.

Jodi Meadows já havia me surpreendido pela forma como criou seu universo de fantasia e agora conseguiu deixá-lo ainda mais interessante, ainda não consegui definir se é um passado remoto ou um futuro distante, temos costumes bem antigos mesclados com uma tecnologia até hoje não vista.

Se no primeiro livro a autora teve como preocupação nos inserir e fazer entender o básico, agora ela veio com algo mais elaborado e misterioso, gostei muito do que encontrei e como os acontecimentos aparentemente sem utilidade ganharam relevância formando algo maior, fez todo sentido o significado das sílfides e da fênix na história, inovador e deu um toque mais dramático. Quem diria que eu um dia sentiria afinidade com as terríveis criaturas que quase mataram Ana? E  ela mesma foi pega desprevenida, embora tenha sido a única capaz de decifrar o enigma.

Se a questão das almanovas evoluiu, o romance de Sam e Ana nem tanto, ele antes tão certo de tudo, acabou dando ouvidos aos outros e decepcionou sua amada muitas vezes, sempre que parecia que ambos dariam um passo rumo à algo mais intenso, ele voltava atrás, uma pena, eu queria muito ver mais paixão no namoro, mas no tocante à apoiar Ana em suas investigações ele foi nota dez.

Surgiram outros personagens, acho que alguns são perigosos e outros de total confiança, Cris foi uma ótima adição, espero que no próximo livro ele retorne e ganha mais espaço, tem potencial.

A narrativa é bem fluida, mais fácil do que em Almanova, em primeira pessoa, é pela voz de Ana e caiu como uma luva, isso porque só ela tem a visão necessária para nos fazer enxergar o que é real,  por ser nova está aberta a outras percepções e despojada de vícios antigos, é essencial para mudar aquelas mentes travadas pela mesmice e falsa segurança.

Eu gostei demais de Almanegra, apenas dois itens me incomodaram, o primeiro foi o desespero de Ana em desejar salvar todos, caramba, ela era tratada que nem lixo e mesmo assim dava a cara a tapa para o povo de Heart, ser boa é uma coisa, agora mártir outra bem diferente, achei que ela poderia ter sido um pouquinho egoísta. O segundo ponto que gostaria que tivesse sido diferente foi relacionado ao final, depois de grandes revelações terminou muito rápido, a autora poderia ter aprofundado alguns aspectos da trama e dado melhores explicações, contudo não comprometeu em nada a leitura e terminei o livro querendo muito saber o que virá pela frente, tomara que Infinita chegue logo.

2leep.com

14 comentários:

  1. esse com certeza é um dos livros mais esperados do semestre! não estava muito animada, mas ando vendo tantos bons comentários que esta valendo a pena
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. OI Cida...
    Quando leio o primeiro volume muio tempo, não sei se conseguiria lembrar, mas que bom que autora ajudou.
    Acho essas capas lindas. Pena que ainda não li nenhum.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oieee!
    Nossa que capa, fiquei maravilhada!!
    Parece ser uma boa trama e essa coisa do mocinho/mocinha querer salvar, querer o bem de todo mundo, mesmo daqueles que nunca foram bons p eles tb me irrita profundamentee!!!
    Bjos!!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida =)

    Infelizmente essa série não me cativou. Achei a protagonista um porre e sofri para terminar de ler o primeiro livro rs...
    Mas, fico feliz em saber que apesar dos pequenos detalhes que não tão legais, a história te agradou.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Os livros dessa série chamam a atenção pelas capas maravilhosas, aliás um excelente trabalho da editora.
    Gostei de saber que há uma conexão entre os dois livros, pena que o final foi corrido, sendo que a autora poderia ter explorado mais.
    Mas quero muito conhecer a história.
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Percebi que o livro foi muito aguardado e muita gente gostou, mas não eu. :p Não curti a premissa e abandonei o primeiro livro pra nunca mais, haha. A capa também me incomodou um pouco, achei esquisita - não curti - e livros com capas feias - ao meu ver - dificilmente são lidos por mim - preciso quebrar esse preconceito bobo.

    ^^

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Jjá ouvi falar bem do primeiro livro e ainda não sabia desse segundo mas parecem ser bons apesar de não fazerem muito meu gênero, acho que daria uma chance depois de ler tantas resenhas positivas.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. ja ouvi falar mt dessa trilogia, mas nunca tive a oportunidade de ler, quero que tenha logo.. fiquei com medo de ler sua resenha toda e pegar spoiler jhsaiuhisuahisa mas vi que voce gostou entao fico feliz :)
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?
    Essa é uma série que me chamou a atenção pelas capas lindas.
    Gosto quando o autor consegue construir bem uma continuação, e inserir pequenas coisas que nos relembre do livro anterior sem ficar repetitivo e chato.
    Porém, também detesto mocinha mártir, rs. Até para ser boa tem limites, então acho que também iria me irritar com isso
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Primeiramente parabéns pela resenha! Ficou ótima. Tenho curiosidade para ler essa coleção de livros. A capa e sinopse me chamaram bastante atenção *-*
    Beijos, Nathália

    ResponderExcluir
  11. Oi Cida,
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, mas gostei da proposta dele.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Cida!
    Estou com Alma Nova aqui para leitura, mas como me propus a ler uma série quando estiver com todos os exemplares em mão, ainda não comecei justamente para não me perder na história.
    A série é muito atrativa aos meus olhos, gosto dos enredos diferentes, como é o caso aqui.
    Bom domingo!
    “Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente, e se inaugura aqui mesmo o seu começo.”(Chico Xavier)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  13. Ainda não li o livro anterior, mas estou morrendo de vontade, está na minha listinha. Uma pena que o final não te agradou tanto assim, mas se você já está querendo o próximo, então creio que o livro seja bom como imaginei. Adorei a resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem? Eu ainda não li o primeiro livro, mas depois de ver o tanto que você está animada com essa trilogia eu fiquei bem interessada. Vou ver se compro o primeiro para ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!