[Resenha] Pequenas Grandes Mentiras (#ClubedaLiga)

Pequenas Grandes Mentiras
Título Original: Big Little Lies
Autor(a): Liane Moriarty
Editora: Intrínseca               Páginas: 400
Lançamento: 2015               ISBN: 9788580576795
42863179 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Com muita bebida e pouca comida, o encontro de pais dos alunos da Escola Pirriwee tem tudo para dar errado. Fantasiados de Audrey Hepburn e Elvis, os adultos começam a discutir já no portão de entrada, e, da varanda onde um pequeno grupo se juntou, alguém cai e morre. Quem morreu? Foi acidente? Se foi homicídio, quem matou? Pequenas grandes mentiras conta a história de três mulheres, cada uma delas diante de uma encruzilhada. Madeline é forte e decidida. No segundo casamento, está muito chateada porque a filha do primeiro relacionamento quer morar com o pai e a jovem madrasta. Não bastasse isso, Skye, a filha do ex-marido com a nova mulher, está matriculada no mesmo jardim de infância da caçula de Madeline. Celeste, mãe dos gêmeos Max e Josh, é uma mulher invejável. É magra, rica e bonita, e seu casamento com Perry parece perfeito demais para ser verdade. Celeste e Madeleine ficam amigas de Jane, a jovem mãe solteira que se mudou para a cidade com o filho, Ziggy, fruto de uma noite malsucedida. Quando Ziggy é acusado de bullying, as opiniões dos pais se dividem. As tensões nos pequenos grupos de mães vão aumentando até o fatídico dia em que alguém cai da varanda da escola e morre. Pais e professores têm impressões frequentemente contraditórias e a verdade fica difícil de ser alcançada. Ao colocar em cena ex-maridos e segundas esposas, mãe e filhas, violência e escândalos familiares, Liane Moriarty escreveu um livro viciante, inteligente e bem-humorado, com observações perspicazes sobre a natureza humana.

Pequenas Grandes Mentiras, de Liane Moriarty, publicado no Brasil pela Editora Intrínseca, foi a leitura do mês no Clube da Liga, eu já estava com vontade de ler o livro por ser da mesma autora de O Segredo do Meu Marido, que tive a oportunidade de ler ano passado e gostei bastante, notei semelhanças em ambas as obras, não só por alguns temas presentes em ambas as histórias, mas também pela forma como acontecimentos são apresentados e personagens construídos.

O livro começa com uma senhora de idade prestando atenção nos barulhos vindos de uma confraternização de pais na Escola Pirriwee, o Concurso de Perguntas. A Sra. Ponder é vizinha da escola e já se habituou com o som das crianças e pais diariamente, até gosta, já que é algo que lhe transmite uma sensação de vida e agitação, mas naquela noite algo estava além no esperado, em outras reuniões de pais o barulho não era tanto e logo entendemos a razão disso, houve uma assassinato. Quem morreu? Quem matou?

Após este capítulo inicial, que me deixou muito feliz, afinal adoro histórias com investigação de assassinatos, mergulhei de vez na leitura e me perdi na trama. A autora volta no tempo, exatamente seis meses antes na noite do Concurso de Perguntas, e começa a mostrar os pais e seus filhos, a maneira como vivem em família e o convívio de todos no âmbito escolar. São muitos personagens, então é bom prestar atenção em nomes e acontecimentos, especialmente se sua intenção é descobrir pistas sobre o assassinato.  Cada capítulo traz no final trechos de depoimentos tomados pelo detetive na investigação, ajudam também a formar teorias.

Como citei, são muitos personagens, mas a autora deu destaque a três mulheres em especial, Madeline, Celeste e Jane.

Madeline está em seu segundo casamento, mas a sombra do ex-marido e sua atual mulher são um tormento constante, especialmente quando sua filha Abigail vê na madrasta Bonnie, um modelo de mulher melhor que a mãe e resolve ir viver com ela e o pai. Mad é uma mulher super animada e sua energia é contagiante, foi logo de cara minha personagem preferida, é doidinha no sentido bom da palavra e adora proteger os mais fracos, como Jane, então senti muita raiva de  sua filha e de Bonnie por terem participação no sofrimento de Madeline. Achei a garota ingrata e fria para com a mãe, e a madrasta é aquele tipo de pessoa sonsa, calma e boazinha demais que sabemos que esconde algo.

Celeste não me cativou, a situação complicada que vivia com o marido Perry entre quatro paredes me deixou extremamente enojada, para todos eles eram um casal perfeito, mas a verdade eram outra e a falta de reação dela me enervou, depois de algum tempo fica claro que ela e ele precisavam de ajuda, mas mesmo assim é complicado entender.

Jane é a mais nova, ainda na casa dos vinte anos, é a caçulinha entre as mãe e cria o filho sozinha, é calada e sempre me deixou com a sensação que escondia emoções fortes e segredos, foi uma personagem que me intrigou e conquistou aos poucos, seu filho é acusado de praticar bullying na escola e isso vira um pesadelo na vida da jovem.

As três mulheres são amigas e retratam de forma honesta e direta muitas e muitas mulheres que vemos por aí, mães, esposas, filhas, são personagens extremamente reais e bem construídas, a autora foi cuidadosa em lhes dar personalidades tão diferentes, de forma que atingissem o leitor de diversas maneiras, não só elas, mas também os demais que estão presentes na obra, mexem com nossas emoções. Eu amei, odiei e partilhei muito com cada um, chegou um ponto que eu estava tão mexida, que me vi escolhendo quem merecia ser a vítima do assassinato.

Liane Moriarty, com sutileza sabe trabalhar o lado psicológico e comportamental em suas obras, e ainda por cima abordar temas sérios como adultério, violência domestica e sexual, bullying, relações familiares, divórcio, entre outros. Ela apresenta os temas sem apelação e drama, é algo num tom leve e com toques de humor, é impossível não das boa risadas neste livro, ao mesmo tempo que vamos absorvendo a cada linha a seriedade da situações e refletindo sobre cada uma.

É um livro relativamente grande, mas tão envolvente e cativante que você não quer que acabe, pois aquelas pessoas tornam-se muito próximas, mas claro que eu precisava chegar no desfecho e saber sobre o crime, afinal alguém tinha morrido e eu não sabia quem! Pois é, você não tem como descobrir o culpado, pois não sabe quem é a vítima, as teorias giram em torno das situações que poderiam ter levado aquilo, e são tantas que fica complicado escolher. No final fiquei surpresa, nem tanto pela vítima, mas por quem foi e pelo motivo, mas serei honesta, nem cheguei perto da solução.

As discussões no Clube giraram em torno das personalidades dos personagens, no geral Madeline foi a preferida de todos, os temas abordados foram outro ponto que achamos interessante, exatamente pela forma leve que a autora usou para inserir na trama. A falta de foco em alguns personagens gerou polêmica, pois talvez tivesse permitido maior empatia com eles. E temos o crime, claro que tentamos adivinhar quem matou e quem morreu.

Em suma foi uma leitura extremamente prazerosa, uma história inteligente, dinâmica, que levanta perguntas e nos faz refletir, se eu gostei muito do livro anterior da autora, este eu amei, é genial e sem dúvidas recomendo. Liane Moriarty é uma maga na arte de construir e desconstruir pessoas, de deixar o leitor na expectativa e roendo as unhas na busca de respostas,  em Pequenas Grandes Mentiras, ela mostra que as meias verdade que contamos muitas vezes não enganam somente aos outros, mas também a nós mesmo.


O "Clube do Livro da Liga" é formado por amigos que resolveram arriscar uma leitura coletiva e se surpreenderam com a interação que foi proporcionada. Temos muitos gostos e ideias em comum, além de muitas discussões e risadas. Ninguém nunca irá nos entender, ainda bem. O post funciona como uma coluna, onde vocês, leitores, poderão conferir a resenha coletiva seguida da opinião individual de cada participante, e ainda vão poder participar da promoção para concorrer ao livro do mês! Aproveitem! Os blogs: Entre Palcos e Livros | Este Já Li | Leitora Viciada | Leituras da Paty | Livros e Chocolate | Mais que Livros | Meus Livros Meu Mundo | Meus Livros Preciosos | Moonlight Books Prazer, Me Chamo Livro | Revista SA | Segredos Entre Amigas | Seguindo o Coelho Branco | Todas as Coisas do Meu Mundo  
2leep.com

21 comentários:

  1. Diferente... no mínimo.
    Gostei da resenha, tirou minhas dúvidas em relação ao livro.
    Muito legal esse lance das três mulheres... Dá pra perceber que fiquei meio chocada né. Tô sem saber mesmo o que dizer.
    Quero ler!!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A Intrínseca, mais uma vez, fechou na escolha! e gostei mais ainda pq eles optaram por manter a versão americana da capa do livro e definitivamente , e é linda, e ao ler a resenha tenho certeza que gostarei muito da leitura dele...envolvente e cativante. ^^

    ResponderExcluir
  3. Hoje mesmo li uma outra resenha elogiosa sobre a obra e que despertou o meu interesse.
    Com sua resenha, a vontade de ler essa obra só aumentou. Parece ser um livro legal, interessante e acho que vou adorar a Madeline. rs
    Preciso do livro logo.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  4. Ainda não tinha lido resenha sobre esse livro. Agora que sei um pouco mais sobre ele, creio que vou gostar da narrativa, ainda mais depois de saber quais temas são abordados. Ainda não li nenhum livro da autora, mas creio que este será o primeiro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida,
    A primeira vista a capa não chamou a minha atenção, mas ao ler sua resenha e saber um pouco mais sobre a trama, acabou me deixado curiosa para saber mais sobre os personagens e principalmente descobrir a identidade da personagem que fora assassinada.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo joia?
    Pra ser bem sincera é a primeira vez que vejo algo sobre esse livro, mas pelo que eu li ele me parece ser muito bom, e já estou com vontade de ler rs',

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. oi flor, eu desde o lançamento to de olho nesse titulo, olha só que título sugestivo! vira e mexe solto essa frase "pequenas grandes mentiras", mas como a história mostra essas pequenas mentiras tem um por trás bem grande! e um além que pode ser bem destrutivo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Cida tudo que disse na resenha somente reforçou minha vontade imensa de ler esse livro e conhecer os personagens dessa trama, a escrita dessa autora é bem peculiar e ela arrasa no suspense e dramas adorooo! Adorei a resenha.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  9. Oiii!
    Amo livros de investigação tb!
    Adoreei o enredo deste, gosto qd m surpreendo com histórias diferenciadas, e esta parece ser uma delas! Que bom q gostou tanto do livro, correndo p colocar na minha wishlist!!
    Bjos
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Li ótimas resenhas sobre o livro, e a sua só fez aumentar ainda mais a vontade de lê-lo.
    O gênero me atrai muito, gosto de livros que mexem com o nosso psicológico, envolvendo algum mistério, sem contar nos temas polêmicos que autora abordou.
    Espero lê-lo em breve!
    Ótima resenha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  11. Oláá
    Nossa, sou louca para ler esse livro e o outro da autora também, ouço muitos elogios sobre ele e amo essa capa, inslcusive, o tema da história é ótima, a sua resenha ficou muito boa e que bom que gostou tanto.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda não li nenhum livro desta autora, na verdade, conheço apenas O Segredo do meu Marido, que já vi muita gente dizendo que é muito bom! E sabe? Pela sua resenha eu vi que talvez essa seja exatamente a leitura que eu esteja precisando, o enredo é bem interessante e os personagens parecem ótimos!

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Cida!
    Acho bem bacana esses grupos de leitura.
    Não conhecia a autora e sua obra e confesso que não gosto muito de livros que tem várias personagens, porque no final, acabo não me ligando a nenhum e isso para mim atrapalha a leitura.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi! Fiquei bastante admirada com a sua resenha, ela é muito boa e muito estruturada, já com relação ao livro fiquei bastante interessada, não conhecia nem a autora nem o livro e achei a premissa muito boa, não tenho grandes experiências com livros policiais ou investigativos, mas sei que se for bem escrito é uma excelente opção para fazer a cuca pensar!
    Beijos
    http://alinnegon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Cidoca!
    Ahh eu amei essa leitura, amiga!
    Realmente a escrita da autora é sensacional, e nos prende até o fim.
    Os temas abordados e a maneira como foram abordados torna tudo maravilhoso.
    Eu amei a nossa discussão na Liga ficou bem lega e divertida. Pra mim essa foi nossa melhor leitura até o momento.

    Beijinhos!
    Jaque | Meus Livros, Meu Mundo. |

    ResponderExcluir
  16. Oi
    Gostei muito da sua resenha, não imaginava que esse livro seria tão interessante assim e fiquei com vontade de ler e saber mais sobre essa história. Gosto de livros que mexem com o leitor.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem?
    Eu estou com muita vontade de ler esse livro. Parece ser mesmo muito inteligente e reflexivo, e pela resenha, fiquei louca para saber o que acontece e como a autora trabalho todos os temas que abordou, porque são bem atuais e polêmicos.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Sua resenha só reforçou a minha curiosidade quanto aos livros da autora. Ainda não sei porque raios não li O Segredo do Meu Marido, mas já li A Fenda Branca e amei.
    Interessante isso de mais de um narrador e do fato dos capítulos terem entrevistas de algo que só se revela no final. Os quotes estão incríveis.

    Beijos! Parabéns pela resenha.
    Viviane Gonçalves
    vsg_caue@hotmail.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Cida, tudo bom?
    Li duas resenhas desse livro e já estou doida para ler essa história. Muito curiosa para ler algo dessa autora, pois ela parece ter a capacidade de envolver o leitor com sua ótima escrita. Gosto de narrativas como essa onde temos um grande número de personagens e um mistério. Deve ter sido muito legal fazer essa leitura e comentar com as meninas do grupo.
    Beijos,
    http://www.livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. OI Cida, tudo bem?

    Pelas resenhas que eu tenho lido esse livro parece ser muito bom e ter um final melhor ainda. Eu quero muito ler antes do filme sair e espero gostar como todo mundo tem gostado.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. esse livro deve ser mto bom com mto suspense fiquei intrigada aki pra saber
    quem morreu e quem matou shaushau nossa ja quero mto saber..
    ja entrou para os meus desejado..
    ameei a resenha bjos

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!