[Resenha] O Feitiço Azul

O Feitiço Azul
Título Original: The Indigo Spell (Bloodlines #3)
Autor(a): Richelle Mead
Editora: Seguinte                 Páginas: 400
Lançamento: 2014               ISBN: 9788565765367
42232705 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
A atual missão da alquimista Sydney Sage fez com que ela revisse seus conceitos não só sobre os vampiros, mas também sobre a própria organização à qual pertence, responsável por esconder a existência dessas criaturas do resto da humanidade. Sydney acabou descobrindo um grupo dissidente que tinha muito em comum com os alquimistas, mas objetivos bem mais radicais. Certa de que seus superiores estão guardando segredos sobre essa facção paralela, ela contará com a ajuda do misterioso ex-alquimista Marcus Finch para tentar desvendá-los. Mas isso só será possível se ela conseguir escapar de uma ameaça ainda mais urgente; uma feiticeira cruel que suga a alma de jovens usuárias de magia. Enquanto isso, a garota luta contra os sentimentos cada vez mais fortes pelo rebelde vampiro Adrian Ivashkov. Há tabus e preconceitos milenares arraigados entre as duas raças, que representam um obstáculo enorme para esse relacionamento. Mas Adrian é persistente e é o único em quem ela confia para enfrentar as ameaças que se aproximam. Será que Sydney conseguirá se libertar do seu modo de vida e se render a esse romance?

Eu sou uma pessoa que acompanha várias séries, tem um lado bom nisso e um lado ruim. O ruim é a espera pelo lançamento dos livros, a expectativa pelo desfecho da história, o gasto com os livros e mais algumas coisas, mas eu penso que os pontos positivos são maiores, é delicioso reencontrar personagens queridos, passar mais um tempinho com eles e acompanhar suas vidas, torcer por seu sucesso, rir e chorar junto, que alegria é para esta pessoa aqui abrir um livro e sentir –se de volta em um lugar familiar, reencontrar amigos -  já que nós leitores temos um relacionamento com os personagens – e assim fazer parte de uma nova aventura. Bloodlines é uma série cativante, que vale a pena acompanhar. Mesmo que você ache que já sabe tudo de vampiros, ainda é preciso conhecer Adrian Ivashkov.

O Feitiço Azul dá sequencia as aventuras de Sidney Sage no meio dos vampiros e alquimistas, desde Laços de Sangue ela viveu muita coisa, não imaginava que aceitar a missão de proteger uma princesa vampira fosse mudar tanto sua vida. Sage superou seus medos e preconceitos (pelos menos a maior parte deles), ficou mais mundana e ousada, percebeu que vampiros e humanos não são tão diferentes assim, afinal entres as duas espécies existem vilões e mocinhos;  ganhou o respeito dos alquimistas e o melhor, o amor de Adrian, embora esta última mudança em sua vida seja  a mais complicada de todas, ela não sabe lidar com o sentimentos do rapaz nem com os seus, ou seja, está surtando.

Eu já começo a leitura de cada livro da série esperando Adrian aparecer, nem preciso dizer que sou apaixonada por este vampiro, a cada livro ele fica mais e mais charmoso, é o brilho da série, mas como quem narra a história é Sage, tudo começa com ela e como está na fase de evitar Adrian fiquei com medo de que ele não aparecesse logo, ainda bem que no segundo capítulo ele surge e o jogo de sedução recomeça. Sage tenta fugir, mas vemos que está apaixonada.

O romance que vinha dando seus primeiros passos inocentes, ganha força e paixão, ele sempre persistente, cheio de doçura e ternura, vai lutar para derrubar as barreiras erguidas por ela, dando uma de cavalheiro protetor. Flerta descaradamente e atormenta Sage com indiretas bem humoradas.

É muito gostoso ver a interação deste dois, e não pensem que só ele rouba a cena, Sage cresceu como protagonista, no primeiro livro me irritou, mas desde o segundo vem ganhando pontos comigo, hoje é uma das heroínas literárias que mais admiro, aceitou mudar, devagar é claro, mas está seguindo em frente, abriu sua mente e está disposta a enfrentar quem for para descobrir as conspirações existentes no mundo dos alquimistas e vampiros.

Aparece um cara novo neste livro, o rebelde alquimista Marcus Finch, todo misterioso e cheio de charme, pode até ser uma ameaça para Adrian, mas eu no lugar de Sage passaria longe, não gostei de Finch, quem sorri o tempo todo me deixa desconfiada, ao meu ver esconde algo.

E não pensem que é só romance que existe na vida desta garota, como eu disse existem conspirações que precisam ser descobertas, e gostando ou não de Marcus, ele é essencial para isso, contudo ela não vai ter que lidar apenas com isso, há uma perigosa bruxa sugadora de almas matando jovens e Sage precisa impedir a vilã, mais novidades então, a protagonista que descobriu possuir magia, vai se aperfeiçoar como bruxa.

Ufa! Muita coisa acontecendo, mas relaxem, Mead casa bem todos os temas e nos dá uma história muito bem elaborada, coerente e empolgante, não é apenas uma série sobre vampiros, é uma grande história de aventura mesclada com um romance adorável, este livro foi na minha opinião um marco fundamental para Sidney, que percebeu que tudo que lhe contaram era mentira e sua vida estava sendo controlada, agora com o apoio de Adrian e de outros amigos, decidiu tomar as rédeas de seu destino e lutar pelo que acredita ser certo, mesmo que signifique trair seu povo.

Ela vai cometer erros, e estes repercutem diretamente na reviravolta final, atraindo atenção indesejada para sua vida em um momento que precisava viver discretamente. Acreditei que as coisas ficariam mais leves, que ela poderia curtir um pouquinho ao lado de Adrian, mas fechei o livro com a certeza que felicidade plena está longe, e agora, mais do que nunca Sidney Sage precisará mentir e ser mais esperta do que nunca.


Confira as resenhas dos outros livros da série.



 


2leep.com

21 comentários:

  1. Oie,
    poxa, só li o primeiro da série ainda e já fiquei curiosa. Você me deixou ainda mais.
    Vou ler assim que conseguir ler o segundo rsrsrs

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa série é uma das minhas favoritas de todos os tempos ♥ É impressionante o tanto que a Richelle evoluiu desde Academia de Vampiros; eu achava que seria impossível ela me fazer amar Adrian mais do que amo Dimitri, mas isso se provou completamente impossível.

    Eu também não gostei muito do Marcus e fiquei com muito medo dele entrar na história para causar um triângulo amoroso. Graças a Deus a Sydney é esperta demais pra cair na lábia dele.

    http://thefatunicorn.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também prefiro o Adrian ao Dimitri.

      Excluir
  3. Como comecei a ler em inglês, então já terminei Silver Shadows. Socorro! Estou na angústia pra Ruby Circle.
    Adrian <3

    Luiza Helena
    Obsession Valley

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Eu não vejo a hora de ler Silver Shadows!

      Excluir
  4. Ah, Cida, você disse tudo: "... quem sorri o tempo todo me deixa desconfiada, ao meu ver esconde algo."
    Não vi ninguém até agora que não se apaixonou pelo Adrian.
    Boa resenha! Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. ouço maravilhas tanto da autora quanto de seus livros, mas sabe quando a vontade ainda não bateu?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!
    Sempre via as capas dessa série por aí, mas não sabia que era sobre vampiros. Faz tempo que não leio nada do gênero, mas gosto bastante!
    Infelizmente, estou cheia de não lidos na estante, então novas séries não são prioridade no momento. :( Mas não descarto uma leitura futura!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida

    Eu acabei lendo essa série por acaso , teve uma ação na editora e ai era aniversário da autora e o blog Monologos da Julieta me indicou para o livro em parceria com a editora e ai quem lesse poderia pedir outro livro para ler na sequência então acabei lendo os dois livros em pouco espaço de tempo mas confesso que o primeiro livro me deixou mega perdida na história pois não tinha lido nada de Academia de Vampiros e ai quase pensei em desistir de ler essa série mas depois do segundo livro a série só foi melhorando e hoje virei fã da Sidney realmente ela cresceu muito e gostei muito mais dela assim ousada e apaixonada pelo Adrian rsrs agora aguenta ansiedade para esperar o próximo volume rsrs

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu comecei a ler nesta mesma ação e desde então estou gamada na série, o meu livro preferido é o segundo. Entendo como se sentiu no primeiro livro, são muitas divisões de vampiros e precisamos entender cada uma para mergulhar na história.

      Excluir
  8. Gosto muito da Richelle, mas ainda não li nenhum livro dessa série apesar de ter muita vontade de conhecer a série!

    Beijos,
    http://www.epilogosefinais.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi tudo joia?
    Já conhecia a série de livros, mas não sou muito chegada em livros do gênero (não me julguem haha), mas adorei sua resenha, ela me passou tudo o que precisava saber, e agora não estou com tantas dúvidas :)

    Beijos
    intoxicadosporlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Cida!

    Estou com os quatros livros da série bonitinhos na estante, mas como ainda não li Academia de Vampiros, achei melhor esperar um pouco.
    Amei sua resenha! E agora, estou ainda mais empolgada para ler Bloodlines. Aliás, também quero conhecer o Adrian, ele deve ser incrível e apaixonante.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa! Embora seja sobrenatural o romance é fofo, acredito que você vá gostar muito. Bjos!!!

      Excluir
  11. Olha Cida, isso é sacanagem!!

    Eu não queria ler essa série, esse negócio todo sobrenatural, eu não queria mesmo... tanto que aguentei até esse terceiro livro sem nem pestanejar.
    Aí vem você com essa resenha arrebatadora e apaixonada, e ainda encerra com todas as estrelas piscantes?! Pô, tá de sacanagem!!

    Cadê minha perseverança agora????

    Tô aqui quase comprando os três. Vou me segurar aqui!!

    Bjkssssss


    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ter que ler agora e me contar tudinho, espero que você goste tanto quanto eu.

      Excluir
  12. Eu ainda não comecei a ler essa série, mas pelas resenhas ela parece ser bem interessante. Essa é aquela série que faz parte dos livros Academia de Vampiros? Eu comprei os livros da Academia de Vampiros e se for só posso começar a ler essa série depois que acabar de ler todos.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adrian parece ter um jeito todo cativante e o melhor... Um vampiro.
    Adorei a série, Cida. Confesso que ainda não li, mas a obra sem dúvida é de deixar o leitor bem intrigado.

    ResponderExcluir
  14. Nossa, eu ainda não li nenhum livro mas depois a sua resenha fiquei muito curiosa. E pela forma como você descreveu o Adrian, tenho certeza de que eu voume apaixonar por ele.
    http://imaginandoasass.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Adorei ler Laços de Sangue, a leitura foi muito mais profeitosa do que a própria série inicial, eu fiquei muito curiosa com a continuação, mas como a sequência não para nunca... eu decidi esperar sair todos para me aventurar sem medo de ter que esperar para publicarem. hahaha Ela vai lançar o 6º livro esse ano, ou seja, tem muito chão ainda :P

    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  16. Amo livros de vampiros, então como é que ainda não conhecia essa série? Não sei. A única coisa que sei é que já anotei o nome dos livros para comprar logo mais. Vou aproveitar que já li todos de Night Huntresse que foram lançados e me jogar nessa.

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!