[Resenha] Timestorm

Timestorm
Título Original: Timestorm (Tempest #3)
Autor(a): Julie Cross 
Editora: Jangada                  Páginas: 366
Lançamento: 2014               ISBN: 9788564850712 
Timestorm ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
A batalha entre o Tempest e o Eyewall, as duas divisões da CIA que combatem as ameaças relacionadas a viagens no tempo, chega a uma conclusão chocante neste último livro da trilogia Tempest. Agora, a busca pela sobrevivência estende os limites da história, tanto no passado quanto no futuro, e o mundo que Jackson Meyer conhecia se torna um lugar marcado para sempre pelos efeitos nocivos das viagens no tempo. Quando Jackson escapa das garras da morte depois da sua mais longa viagem, ele se vê cercado não só pelas pessoas que ama - seu pai; sua irmã, Courtney, e sua namorada, Holly -, mas também pelos primeiros viajantes no tempo do projeto Tempest. Enquanto descobre mais sobre as origens da viagem no tempo e a época em que foi parar, ele constata que precisa deter os experimentos de Thomas e do Dr. Ludwig na sede do Eyewall. O que se inicia como um plano de fuga torna-se uma guerra entre o tempo e a humanidade, entre o livre-arbítrio e a paz. Trata-se de uma batalha que Jackson foi destinado a travar e da qual não pensa em desistir. Nada o deterá. Nem ninguém.
A trilogia Tempest, de Julie Cross aborda o tema viagens no tempo e posso dizer que desde o primeiro livro (Tempest), fui surpreendida pela complexidade do universo criado pela autora, é rico em detalhes e muito bem construído, você acredita na existência de um mundo assim, onde a manipulação genética e muita tecnologia permitiram que alguns seres humanos ultrapassassem a barreira de tempo e espaço, para se aventurar de maneira única. 

O protagonista Jackson Meyer descobriu aos dezenove anos ser capaz de ir do futuro ao passado, no entanto o que começou com uma brincadeira acabou colocando a vida dele e de seus entes queridos em risco, as perdas levaram o garoto ao amadurecimento e também a abrir mão de seu grande amor, Holly, tudo isso por um bem maior. Jackson entrou para uma divisão secreta da CIA, conhecida como Tempest,  para lutar contra um grande inimigo, o Eyewall, que acreditem ou não, também era outra divisão secreta do governo que trabalhava com viagens no tempo, no entanto uma pensava de maneira bem diferente da outra.

O primeiro livro me arrebatou, eletrizante do começo ao fim, terminei com muita vontade de mergulhar no segundo (Vortex), mas aí me deparei com algo inesperado, Jackson perdeu a energia, agiu de maneira tola e deixou de ser aquele cara ousado que tanto me impressionou, além disso o romance não foi bem um romance, sua interação com a amada Holly foi conturbada e a garota via Jackson como seu inimigo mortal; outro ponto que desapontou foi a falta de foco, Julie Cross colocou seu mocinho em vários caminhos diferentes e eu fiquei sem saber onde ele ia chegar, demorou para que um objetivo principal fosse traçado e a trama engrenasse, nas páginas finais, mesmo com muitas perguntas no ar e essas ressalvas, as coisas voltaram ao seu caminho e o final tirou o fôlego, ou seja, eu precisava ler o último livro.

Li Timestorm com aquele sentimento controverso, queria terminar logo para saber se tudo daria certo, mas também não queria que acabasse para não dizer adeus, em suma a série foi uma grata surpresa e nestes momentos finais vivi muitas emoções, as pequenas conquistas me alegraram, os muitos sacrifícios foram tristes.

O livro tem cara de fim da linha, mas não por ser o desfecho da série e sim porque temos o protagonista e seus aliados presos num futuro distante sem esperança de sobreviver; a aventura que foi de meados dos anos 80, transitou por 2007 e 2009, chega agora no ano de 3200, mostrando que o mundo foi dominado por clones, tirania e viajantes do tempo cruéis, Jackson precisa ser muito esperto para sair dessa, buscar as respostas em todos os tempos que passou, não só em suas lembranças, mas na de todos que estão ali, só o conhecimento trará uma solução.

Enquanto pensa, vemos sua relação com a família e principalmente com Holly ser estreitada, Cross deu uma pausa para seus personagens trabalharem sentimentos e isso foi ótimo, definir o que estava no coração para assim colocar a cabeça no lugar. Holly e Jackson como casal não são uma fogueira de paixão, na minha opinião ele corre demais atrás dela e se deixa abater demais pelos fora que leva, sei lá, não é um casal que torço para dar certo, os dois funcionam bem como personagens e agentes da Cia, adoro vê-los em ação, mas juntos não me convenceram, embora eu saiba que muitos leitores adorem o casal.

Mas vamos lá, a série não é de romance, é uma obra de ficção científica e aventura, e neste quesito me satisfez plenamente, aquelas ressalvas em Vortex foram superadas aqui, a autora colocou objetivos para seu protagonista e os trabalhou com destreza, foi um passo a passo bem delineado rumo a salvação do mundo, mesmo sabendo que estava perto do fim, eu não sentia isso, a cada momento tudo ia ficando mais e mais complicado e as chances de sucesso para Jackson eram zero. Isso aí, nenhuma saída aparente.

Para entender a gravidade da situação, fatos antigos foram resgatados, mas por novos prismas, vemos como as coisas que pareciam insignificantes não eram, e mais ainda, aqui nada se perde para sempre, as idas e vindas no tempo garantem reviver, não só as situações, mas as pessoas. Que que maravilha foi isso para os fãs dos personagens que haviam dito adeus.

Julie Cross foi feliz na condução da história neste último livro, com uma narrativa ágil e fluida, manteve o ritmo e respondeu perguntas, nos fez relembrar o que foi mostrado nos livros anteriores de forma a ficar tudo bem esclarecido e sem arestas, nos deixou cheios de expectativas do começo ao fim. É uma história eletrizante!

O protagonista amadureceu e não roubou a cena sozinho, todos ali tinham seu propósito e foram de igual importância para a conclusão da obra. A amizade, amor e coragem de cada um deixaram sua marca. Um fato positivo que não posso deixar de destacar, é que mesmo sendo uma história fictícia, Cross mostra que temos que ter nossos limites, ninguém é invencível e está acima de tudo, é preciso ponderar e aceitar, tanto como se conformar com o inevitável. A morte existe, viva o melhor que puder e ame sem limites, seja amado! Amanhã pode ser tarde. Jackson Meyer teve suas segundas chances, algumas para sempre, outras duraram apenas para lhe ensinar algo, e ele saiu melhor disso, eu garanto.

Recomendo sem dúvidas!


  




2leep.com

19 comentários:

  1. Oi Cida,
    só li o primeiro da série e confesso que não curti tanto.
    Quem sabe eu ainda dê uma chance. A resenha ficou muito boa, deu até curiosidade

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Não fiquei assim com tanta vontade de lê-lo, mais certamente está resenha me impressionou, não é um livro ruim, parece ótimo!

    ResponderExcluir
  3. Amo séries que nos deixam ansiosíssimos para o próximo livro! Então não iria perder essa!
    Ficção científica, aventura, história eletrizante... amo!!!
    Excelente resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
  4. confesso que apesar dos elogios não consegui me empolgar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nunca li essa trilogia, mas a capa me chamou bastante a atenção.
    Não entendi muito bem o que se acontece no enredo, mas que tem viagens e um mundo bem criativo e bem construído pela autora.
    Bem legal essa de ir para o futuro e passado, mas também perigosa. E essa Eyewall, que me chamou a atenção ainda mais por ser
    algo do governo. Vi que vai dar uma grande trama em tudo. Não curto muito ficção científica, mas aventura tô dentro.
    O assunto e enredo não me interessou tanto, mas por ser aventura talvez eu goste.
    Gosto de protagonistas que amadurecem e ficam fortes e com bons propósitos como citado.
    Valeu pela recomendação, talvez eu leia mais pro futuro :D
    Beijos Cida,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida!!

    Tenho uma vontade de ler essa série, eu adoooooro viagens no tempo! Mas ainda estou indecisa, as opiniões divergem muito, mas adorei a sua resenha, me deixou mais tentada com certeza.Acho que eu vou gostar pesando os prós e contras porque adoro complexidade em livros e quando o autor constrói algo que se aproxima do possível, do real, isso me atrai muito e estes livros parecem ser mesmo assim!

    Fico feliz que não seja focada em romance também, e seja diferente de Outlander, que já tem viagem no tempo e tudo o mais, parece ser bem oposto na verdade, isso é um ponto bem positivo!
    Está na wishlist, aguardando uma promo pra ler o primeiro *-*

    Beijo!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida :)
    Faz um tempinho que li Timestorm e adorei! Na minha opinião foi o melhor da série. Teve muito mais ação, mistérios...nossa, eu gostei demais! Julie foi bem feliz, já que em Vortex ela meio que errou a mão e o livro acabou ficando arrastado.
    Fico feliz em saber que gostou! Fiquei triste por ter terminado, mas acho que foi um excelente fechamento e a Julie não poderia ter feito melhor.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida, tudo bom?
    Eu sempre fui curiosa com essa série porque curto a premissa de viagem no tempo. Agora que toda a série foi publicada por aqui, acredito que é a chance de começar a ler os três livros. Ação e aventura é algo que sempre busco nos livros, portanto estou bem ansiosa para fazer a leitura. Além disso, fiquei feliz em saber que os problemas do segundo livro conseguiram ser superados no terceiro.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Lembro que lutei para comprar Tempest (Primeiro volume rs) e consegui por um crédito e ainda por cima novo através do PLUS, só que nunca li :O Esqueci completamente dele :O Esqueci desses livros totalmente :O Vou ler e conseguir os outros dois.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
  10. Quando a série começa bem e termina bem, dá até para perdoar um meio mais ou menos. kkkkk
    Faz algum tempo que li resenhas de Tempest, mas não tinha me interessado na época. Mas agora a coisa mudou de figura, acho que por saber das viagens no tempo... deve ser isso.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  11. Não sabia que já tinha sido lançado!
    Minha prima tá doida por esse livro.
    A trilogia parece ser muito boa.

    Cida, te indiquei para uma TAG: TAG Arrependimentos Literários
    Espero que goste. Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Cida!
    Não li nenhum livro da série mas muito me interessa uma ficção que fala sobre viagem no tempo, um tema mais que interessante.
    Se tem uma pitada de 'romance' também vale a pena porque o amor move o mundo, seja lá em que tempo for.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Jura mesmo??

    Eu amei o primeiro livro, mas o segundo nem tanto. Eu estava com muito medo desse.
    Mas se você deu esse tanto de estrelas, se elogiou tanto, se garante que acabou bem, que foi eletrizante... Bom, aí eu vou me jogar.

    Adorei a resenha. Vou confiar em você!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Jura mesmo??

    Eu amei o primeiro livro, mas o segundo nem tanto. Eu estava com muito medo desse.
    Mas se você deu esse tanto de estrelas, se elogiou tanto, se garante que acabou bem, que foi eletrizante... Bom, aí eu vou me jogar.

    Adorei a resenha. Vou confiar em você!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Cida, esta foi uma série que não me chamou muita atenção, sabia? Mas que bom que no terceiro livro você ainda diz que ela consegue te envolver, pois tem muitas séries que a essência é perdida no meio do caminho.

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu tenho interesse em ler a série porque trata de um assunto que acho super bacana, que é a viagem no tempo. Sempre leio resenhas bem controversas sobre e ainda estou na dúvida se vou dar uma chance. Li a resenha por alto para não pegar spoiler. As capas bem que podiam ser mais bonitas, né?

    Beijo,
    http://www.just-books.org/

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida...
    Não estou lembrando dessa trilogia..
    Mas não sei se me atraiu muito. Nossa, você gostou bastante.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Bem legal quando o protagonista amadurece né?
    Eu particularmente não gosto muito de viagem no tempo, acho meio chatinho mas a trilogia parece ser muito boa :)

    ResponderExcluir
  19. Eu ainda não comecei a ler essa série, mas saber que ela está completa e que acabou bem já é um grande incentivo para começar a ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!