[Resenha] Adivinhe Quem Sou

Adivinhe Quem Sou
Título Original:Adivina quién soy (Adivina quién soy #1)
Autor(a): Megan Maxwell
Editora: Planeta                   Páginas: 392
Lançamento: 2014               ISBN: 9788542204360
Adivinhe quem sou ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Como toda jovem, Yanira é inquieta e quer mais da vida do que trabalhar no comércio da família. Por isso, ao deixar sua vida tranquila, ao lado de seus pais e irmãos, na paradisíaca ilha de Tenerife, a cantora e neta de roqueira quer traçar um novo destino para si, mais apimentado e recheado de aventuras. Incentivada por sua impetuosa amiga Coral, ela se muda para Barcelona e se emprega num cruzeiro de férias como garçonete. Sobre as águas do Mar Mediterrâneo, Yanira vai acumular experiências de vida e conhecer pessoas do mundo todo, como o porto-riquenho Dylan, um atraente empregado da manutenção do navio, que a excita só com o olhar. Apesar da forte química que existe entre eles, Dylan não parece ser muito afeito ao que Yanira tem a oferecer, o que a incita ainda mais. Não deixe de ler esta inspiradora e picante comédia romântica, da best-seller Megan Maxwell - autora da trilogia Peça-me o que quiser.

No primeiro livro da série Adivinhe Quem Sou, Megan Maxwell nos leva à Tenerife, Espanha, em maio de 2012, para assistir o final do namoro de Yanira com um dos amigos de seu irmão, por mais que o rapaz fosse boa companhia os dois não tinham nada em comum e o relacionamento não tinha futuro. Caminhando pela praia sozinha e pensando no assunto, ela depara com uma cena de sexo tórrida, que desperta sua curiosidade para um tipo de prática sexual a qual ela não tem conhecimento, disposta a descobrir mais sobre o assunto, a jovem passa a frequentar clubes particulares e mergulhar em relações íntimas intensas e muito quentes. Além de estar descobrindo novas formas de ter prazer na cama, Yanira está em busca de seu sonho de ser cantora, com um novo emprego no hotel na ilha, ela trilha os primeiros passos nesta empreitada, mas sua vida dá uma guinada quando um ano depois embarca com a melhor amiga Coral num cruzeiro de luxo, não como turistas e sim empregadas do navio, lá ela conhece Dylan, um cara reservado e muito bonito que faz seu coração bater mais forte, a jovem sempre foi blindada para o amor, mas o moreno quebra pouco a pouco esta couraça.

A história narrada em primeira pessoa por Yanira, é dividida em três fases, na primeira conhecemos a jovem e seu jeito extrovertido e impetuoso de ser, me diverti muito com sua andanças na cidade natal e a interação com uma família grande e muito carinhosa, os irmãos, os pais e as avós são pessoas cativantes, mas foi mesmo a vovó rockeira que me conquistou, uma senhora que além de viver a vida com muito entusiasmo, aconselhava muito bem a neta. A seguir seguimos para o navio, ali é o jogo da conquista que toma conta do cenário, Yanira joga todo seu charme em Dylan e ele parece nem ver a garota, isso gera uma confusão enorme, pois cega de paixão, ela acaba tirando conclusões precipitadas e quase perde o moreno de seus sonhos, ali a história dá suas reviravoltas e nos leva a terceira fase, onde Yanira para viver um grande amor precisará enfrentar alguns desafios e impor sua vontade e caráter mais do que nunca.

Eu devorei as primeiras cento e cinquenta páginas, com seu texto leve e extrovertido Megan Maxwell conseguiu me prender facilmente, a leitura fluiu muito bem e seduziu, eu gosto de romances com cenas mais picantes mas não vulgares, e neste livro o sexo é quente e sedutor, gostoso de acompanhar e desperta a curiosidade do leitor, a protagonista não ser cheia de falsos pudores ajuda, ela quer ter prazer e investe nisso, não soa forçado, é algo natural e maduro, temos uma mulher consciente que sabe o que quer e se entrega à isso.

O período em Tenerife foi muito bom, já no navio embora tenha começado promissor e a expectativa por ver Dylan e Yanira juntos seja instigante, eu fiquei desconcertada com a mudança da garota, ela sempre cheia de determinação acabou ofuscada pelo jeito possessivo e mandão de Dylan, em momento algum eu concordei com as atitudes deste moço, ele sabia como ela era liberal e começou a querer mudá-la, acredito que relacionamentos peçam por pequenas adaptações, mas não uma renúncia ao que somos, quando Yanira cedia eu ficava mais frustrada com suas atitudes, sentia falta da garota de Tenerife. O bom é que com os outros ela permaneceu a mesma, e nos momentos finais virou de pernas para o ar a casa da família de Dylan, ali testemunhamos todos os dramas dignos de uma novela mexicana, não encontro outras palavras para descrever o que a autora fez com a trama.

Adivinhe Quem Sou é um livro que traz cenas quentes e um romance complicado, aborda relações familiares problemáticas e um mundo onde sonhos podem destruir a felicidade. Yanira causou um impacto na família de Dylan por ser muito parecida com a mãe do rapaz, mas ao meu ver isso foi essencial para colocá-los nos trilhos. O casal ainda precisa aparar muitas arestas de seu relacionamento, ela vai ter que se impor mais e ele ser menos mandão, mas isso vai ter que esperar, o final trouxe um acontecimento que tanto pode ajudar como pode colocar um ponto final nos sonhos de ambos, agora vamos esperar a sequencia para descobrir se teremos ou não um final feliz.




2leep.com

18 comentários:

  1. Esse livro eu passo, pois é uma leitura que não estou acostumada a fazer, com isso da protagonista estar procurando formas de prazer e etc. ;D
    Ótima resenha! Bjs, Cida <3

    ResponderExcluir
  2. Uau! Um cruzeiro de férias! Que chic.

    ResponderExcluir
  3. Creio que não seja um tipo de livro que nos faça refletir muito mas parece ser bom no que tem a oferecer. A parte do cara querer mudar a moça não é muito legal, muito forçado.

    ResponderExcluir
  4. oi flor, apesar de não ter preconceitos e liberal com os tabus confesso que não me animo a ler como a Megan escreve!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Gostei da resenha, não conhecia o livro.
    Estou evitando séries, mas não descarto a leitura. Você ter dito que as cenas picantes não são vulgares me despertou curiosidade, faz tempo que não leio nada assim.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oi flor!!!

    Eu amei a resenha, mas não consigo me conectar com a história, não sei o que acontece comigo, mas não rola. Acho que não tenho essa alma feminina e romântica. Pelo menos no mundo literário, espero.

    Mas a resenha está linda!!!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Que demais, um cruzeiro. Sempre quis também, mas não para trabalhar, ou talvez sim como cozinheira *-*, imagina?
    Caramba, imagine andando de boas na praia e se ve na cena ? kkkkkkkkkkkkkkkkk.
    Dylan parece incrível.
    Gostei de como foi construído e de ser em 1° pessoa, fica bem mais legal de se ler dependendo da escrita do autor.
    Espero que tenha um fim feliz viu.
    Abraços Cida,
    ThayQ.
    http://leituras-insanas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!

    Achei o começo da história um pouco confusa, mas ainda assim fiquei curiosa em ler. Eu também ficaria muito brava em ver a protagonista ceder em tudo, que absurdo. Vou esperar sua resenha do próximo livro para ter certeza se lerei ou não, rs.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida!
    Essa capa é tão simples, mas bonita <3 Ain, que chato a protagonista mudar tanto por causa do rapaz :/ O livro parece uma excelente dica!

    Beijo

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida!
    Adorei a resenha, esse livro já estava na minha lista de desejados, e agora que pude ler mais um pouco sobre ele fiquei com mais vontade ainda de conferir. Eu sou uma grande fã dos romances eróticos e saber que Adivinhe quem sou te agradou me deixa mais tranquila, porque assim como você também prefiro os romances que não são vulgares e forçados. Eu pelo que pude perceber, esse tipo de personagem é a marca da autora. Assim como em Peça-me o que quiser, a protagonista é boa mas acaba mudando em certo ponto da história pra depois dar aquela reviravolta.
    Eu to querendo terminar as séries e trilogias que já acompanho antes de comprar outras, mas essa não vou resistir. rs

    Beijos, Fer.
    http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fê! Eu li resenhas de outros livros dela e falavam o mesmo que você disse sobre esta transformação.

      Excluir
  11. Oie Cida =)

    Não conhecia o livro e nem a autora, mas confesso que a premissa dele não me chamou muito a atenção. Acho que não ando no clima de ler livros com essa temática ...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary




    ResponderExcluir
  12. os livro dessa altoras são bem pelêmicas por causa do seu conteúdo
    beijos
    ja estou seguindo
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Gosto dos personagens criados pela autora, os homens mandões e as mocinhas nem um pouco retraídas. Espero que a continuação seja tão boa quanto este livro parece ser.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  14. Oiee

    Gostei muito da resenha acho que gostaria de ler esse livro mas não sei depois do drama mexicano fico meio assim de ler o livro não sou fã desses dramas rsrs

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida, tudo bem?

    Mesmo tendo gostado da resenha eu acho que não consigo ler os livros dessa autora, tentei ler a outra série dela e não gostei.

    Beijos.http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Gosto muito dos livros da Megan, histórias bem hot e divertias, estou pra ler esse, parece ser ótimo também!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!