[Resenha] Ícones

Ícones
Título Original: Icons (Icons #1)
Autor(a): Margaret Stohl 
Editora: Galera Record         Páginas: 384
Lançamento: 2014               ISBN: 9788501062048
Capa Icones AG V2.indd
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Após a Terra ter sido invadida por seres alienígenas misteriosos, Dol, a única sobrevivente de sua família, passou a morar em uma pacata cidade camponesa junto de seu melhor amigo, Ro. Apesar da relativa segurança, os amigos sempre suspeitaram que possuíam algo de especial, até que, repentinamente, são capturados pela Embaixada. Agora, juntos de Tima, outra prisioneira, e Lucas, filho da poderosa embaixadora e garoto por qual Dol nutre uma perigosa atração, todos perceberão que o encontro dos quatro não é mera coincidência: é uma conspiração.
Sou fã da série Beautiful Creatures e fiquei muito animada com a chegada de livros escritos por suas autoras, Margaret Stohl e Kami Garcia, são eles respectivamente, Inquebrável e Ícones, sendo este último o que li e vou falar nesta resenha.

O mundo como conhecemos não existe mais, a Terra foi invadida e dominada por alienígenas, estas criaturas foram chamados de Lordes pelos humanos e conseguiram estender seu poder pelo planeta com a ajuda dos Ícones, elementos cercados por campos de força que mantêm uma relação parasita com tudo que há ao seu redor, sugando sua energia e matando, de forma a permanecerem mais e mais fortes e criar um anel de energia que permita o domínio dos Lordes. São ao todo treze ícones interligados, não é possível se aproximar já que nosso corpo não aguenta, é como ter uma hemorragia cerebral,  ou seja, os seres humanos não têm como tentar destruí-los, no entanto nem tudo está perdido, talvez exista uma arma secreta, ou melhor dizendo, seres dotados de imunidade, as crianças ícone, última esperança da humanidade.

A narrativa em primeira pessoa é pela voz de Dol, uma garota que perdeu os pais no dia da invasão e foi criada no campo por um padre, ela e seu melhor amigo Ro têm uma forte ligação, além de terem crescido juntos e desenvolvido um pelo outro sentimentos mais fortes que amizade, os dois são crianças ícone, possuem em seus braços sinais indicativos disso, ela um, ele dois, como uma contagem, não demora muito e eles encontram outros jovens da mesma idade, com os mesmo sinais, respectivamente três e quatro. Tima e Lucas são como Dol e Ro, mas nenhum deles sabe ao certo o significado disso.

A história começa nos apresentado este mundo caótico onde as pessoas vivem sem recursos e são exploradas constantemente pelos invasores, o local conhecido hoje por Los Angeles passou a ser chamado de Buraco, esconde em suas ruínas aqueles que lutam por uma chance de salvação, os rebeldes guiados por Fortis, eles querem derrubar os Lordes e seus Ícones.

Dol está fazendo aniversário e vai relatando os fatos que marcaram esta data, ela perde o padre neste dia e é capturada pelos soldados da embaixada, na tentativa de ajudá-la Ro é preso também e ambos são submetidos à experimentos juntamente com Lucas e Tima, assim aos poucos vamos compreendendo a gravidade da situação.

Quem leu Beautiful Creatures pode estar preparado para uma mudança radical de gênero, Stohl deixou de lado o sobrenatural para embarcar num universo totalmente diferente, a mistura de distopia com ficção científica é muito interessante e eu estava na torcida para a ideia central da trama ser bem desenvolvida.

Nos primeiros capítulos me senti meio perdida, assim como a protagonista, já que todos pareciam saber mais sobre ela do que ela mesma, confesso que ficar limitada a sua visão não me deixou muito feliz, eu queria mais e mais, saber tudo sobre aquela situação e o que de verdade Dol e os outros poderiam fazer, este tempo onde estava às cegas tive a oportunidade de conhecer a personalidade da garota e de seus companheiros, elegendo assim meus favoritos. Tima foi quem mais me agradou, sua personalidade arisca que mascara uma garota frágil cativa; Dol ganhou pontos comigo mais adiante quando resolveu lutar, já os rapazes não impressionaram tanto, mas destaco Lucas como uma incógnita, até agora não sei se ele é de confiança ou não e quais são suas verdadeiras motivações.

Há uma conspiração como pano de fundo, o papel dos quatro jovens é fundamental neste cenário e nos últimos capítulos vem uma grande revelação sobre isso e sua ligação com a invasão, neste ponto a história me surpreendeu muito e foi aí que vi sua engenhosidade, muitas peças soltas entraram no lugar e acontecimentos aleatórios fizeram sentido.

Este livro é uma introdução ao universo dos ícones, aquele pontapé inicial para uma jornada que promete muitas aventuras e perigos, o despertar de algo maior, você vê tudo ganhando vida, reagindo, especialmente os personagens conforme tudo se revela. Temos respostas para algumas questões, mas muito ainda precisa ser dito, o cenário está montado e você ambientado, eu fechei com a sensação de estar colocando uma mochila nas costas e o pé na estrada para uma longa viagem.

Neste contexto, Dol é mais importante que os demais e não pode confiar totalmente em ninguém que a cerca, certas pessoas não são quem dizem ser, como Fortis. A escolha amorosa da garota não foi a que eu esperava, mas vejo ali a alma da revolução, dois lados de uma moeda necessários para seguir adiante. 

Em suma, Ícones é um bom livro, o começo pode parecer meio confuso, mas assim que você se sentir ambientado e conectado com os personagens a leitura fluíra bem e envolverá; com revelações em dose homeopáticas, a história ganha vida a cada página, vai esquentando e ficando mais agitada. Deixo uma dica, preste muita atenção nos escritos que intercalam os capítulos - fragmentos de relatórios secretos, livros e cartas - ali temos uma oportunidade de descobrir pistas importantes sobre os segredos da trama. Gostei muito da obra e espero ansiosamente pelo próximo volume, afinal o futuro da humanidade está nas mãos de quatro jovens que não fazem idéia de quem realmente são, mas têm dentro de si um imenso poder.



2leep.com

13 comentários:

  1. Oi Cida,

    não conhecia este livro, mas confesso que ele não me chamou muita atenção.

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que legal tudo isso de invasão alienígena e o futuro da humanidade nas mãos de quatro jovens que ão tem ideia de quem realmente são!
    E olha que esse livro foi só uma introdução do que está por vir! Que show!!!
    Excelente resenha! Bjs, Cida <3

    ResponderExcluir
  3. nem gosto tanto FC, mas é livro da Margaret, tudo que é história que essa mulher põe a mão a coisa flui bem!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. To louca pra ler esse livro Cida! Parece ser mais uma distopia muito boa mesmo. Acho que também ficaria irritada com o começo, sem saber muita coisa porque sou muito curiosa rs

    ResponderExcluir
  5. Aliens? haha que diferente, provavelmente Dol tem o dom da imunidade, fiquei um pouco confusa também, mas parece que eles vão tentar se salvar e usar todas as armas para expulsar ou matar estes Lordes? Bem fantasia mesmo, e achei bem interessante, provavelmente tem batalhas e muita ação no livro, gostei da Dol, me simpatizei até com o nome, espero gostar ainda mais quando a ver em ação.
    Beijos, ThayQ.

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida =)

    Essa é a primeira resenha que eu leio desse livro, e confesso que eu imaginava algo bem diferente.
    Gosto de narrativas com uma pegada sci-fi rs... e fiquei bem curiosa com esse livro agora.

    Dica anotada!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  7. Oiee

    Que da hora esse livro, quando vi a capa fiquei pensando nossa estranho nunca ter visto esse livro me pegou de jeito fiquei bem curiosa para ler.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!! tudo bem?

    Adorei a premissa, acabei de ler e resenhar um livro sobre invasão alienígena e eu adooooooro essa temática. O livro parece legal e as autoras não são ruins, pelo que dizem da quadrilogia de Beautiful Creatures.

    A única coisa que não curti, um detalhe se comparado ao restante, foi a capa! A galera usou a mesma fonte ou muito parecida com a dos outros livros fazendo com que pareça ser da outra história e não uma nova... Acho que foi um erro.

    Vou ler com certeza! Curti muito a resenha! Beijoooo

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Menina, e eu que não tinha dado bola pra este livro o.O
    Como assim. Ficção científica e distopia?? Tem coisa melhor??

    Ah! Já sei, porque é trilogia né? Ou coisa assim. Eu sei que tem gente que ama, que é legal e tal, mas eu preciso diminuir essas trilogias e séries. Tá demais aqui em casa.

    Mas isso não diminuiu a vontade de ler. Talvez depois que lançarem mais eu vá de cara, rsrs.

    Bjkssssss

    Lelê

    ResponderExcluir
  10. Eu não gostei de Beautiful Creatures, mas há um tempinho estou curiosa para ler este. Gosto bastante de distopia/sci-fi e fico bem curiosa quando sai um novo! hahaha
    Curti bastante a resenha :D
    Beijos
    literalmentefalando.com.br

    ResponderExcluir
  11. Cida, com certeza leria este livro, pois preciso de um pouco de fantasia. Leio muito romance rs
    A premissa deste é bem interessante e gostei bastante de ter lido a sua opinião a respeito dele!

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida...
    tinha gostado muito desse lançamento, gostaria muito de ler.
    E o livro parece bom mesmo, é a primeira vez que vejo uma resenha.
    Adorei..


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida, essa é uma história é diferente, mas eu gostei da premissa da história. Acho que vou gostar de ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!