[Resenha] O Último Passageiro

O Último Passageiro
Título Original: El último pasajero
Autor(a): Manel Loureiro
Editora: Planeta                   Páginas: 384
Lançamento: 2014               ISBN: 9788542202601
ultimo passageiro capa.indd
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Agosto de 1939. Um enorme transatlântico chamado Valkirie aparece vazio e à deriva no Oceano Atlântico. Um velho navio cargueiro o encontra e decide rebocá-lo até o porto, mas não sem antes descobrir que nele há um bebê de poucos meses... e algo mais que ninguém é capaz de identificar. Por volta de setenta anos depois, um estranho homem de negócios decide restaurar o misterioso transatlântico e repetir, passo a passo, a última viagem do Valkirie. A bordo, presa em uma realidade angustiante, a jornalista Kate Kilroy busca uma boa história para contar. Mas acabará descobrindo que somente sua inteligência e sua capacidade de amar podem evitar que o transatlântico pague novamente um preço sinistro durante o percurso. Inquietante. Enigmático. Viciante. Bem-vindo ao Valkirie. Você não poderá desembarcar…mesmo se quiser.
Sempre tive vontade de ler algo do escritor Manel Loureiro, o pessoal fala muito bem de seus livros de zumbis, mas acabei começando a ler sua obra justamente por um livro que não é de zumbis, O Último Passageiro é classificado como um livro de terror, mas apesar de ter cenas sombrias, não senti medo, considero mais como um livro sobrenatural.

1939: Pouco antes de estourar a Segunda Guerra Mundial, a tripulação do navio Pass of Ballaster enfrentava o pior nevoeiro de suas vidas, não viam nem dez metros adiante e navegavam com receio de bater num iceberg, contudo o que encontraram foi um cruzeiro de luxo à deriva, o Valkirie. O navio alemão estava mergulhado em um silêncio sepulcral e todos os seus quatrocentos passageiros desaparecidos, o pior foi encontrar o salão de jantar com comida quente no prato, mas nenhuma alma a vista. O que poderia ter acontecido? Não havia meio plausível de alguém ter deixado o navio, era como se tivessem evaporado, deixando para trás apenas um bebê.

Dias atuais: A jornalista Kate Kilroy precisava superar a morte do marido e uma nova matéria oferecida por sua chefe poderia ser a saída, ela precisava descobrir a razão de o recluso milionário Isaac Feldman ter comprado o Valkirie e estar restaurando o navio para uma última viagem, contudo ao começar reunir informações para sua matéria, Kate encontrou um rastro de acontecimentos estranhos e trágicos que marcavam a história da embarcação, curiosa e determinada, deu um jeito de se aproximar de Feldman  e embarcar nesta viagem.

Logo nas primeiras, páginas quando o Valkirie é encontrado e os tripulantes do Ballaster vão até lá tentar descobrir o que aconteceu, percebi que ali residia algo maligno, conforme Kate mergulhou em suas investigações e começou a viagem ao lado do milionário e de outros convidados, isso ficou evidente, o navio era uma aberração flutuante e carregava maldade em si.

O autor não poupou o leitor, nem os passageiros, colocou aparições, névoas congelante, vozes e mais adiante cenas que deixam qualquer um confuso entre realidade e delírio. A pobre Kate se saiu bem em manter sua sanidade, não sei se em seu lugar eu conseguiria lutar ou tentar fugir, pois é tudo muito insano e doentio.

Se Kate conseguiu ficar de pé, não posso dizer o mesmo dos demais, a atmosfera do Valkirie estava contaminada e os derrubou, mais precisamente corrompeu e enlouqueceu, em certos momentos até pensei que poderia ser algo contagioso, químico ou radioativo, que deixava as pessoas daquele jeito, mas não, era algo do outro mundo, nada que a ciência pudesse explicar.

A protagonista transmite com clareza seus sentimentos e aflições, seu medo é palpável e sai das páginas, assim como a alma corrompida do Valkirie. Eu sei que muita gente sentiu medo ao ler o livro, mas no meu caso eu senti angústia, aquilo que se escondia ali era muito pesado. O transtorno psicológico é o que causa choque, juntamente com as alusões ao nazismo e as cenas sangrentas inseridas nos momentos finais, eu nem de longe já tinha visto assombrações tão cruéis.

Em alguns aspectos da obra o autor poderia ter sido mais breve nas descrições e apostado em mais ação, embora existam cenas bem enérgicas e dinâmicas, outras são bem lentas e diminuem o ritmo, não que seja ruim, mas a adrenalina é reduzida. O mistério que ronda o navio é uma grande incógnita e você devora o livro em busca de uma explicação racional para tudo aquilo, mas alerto que ao meu ver a resposta dada pelo autor para sua história iniciada em meados de 1939 e que se estendeu até os dias atuais, foi bem surreal. É um história com cara de filme, é aquele livro que você lê e vê passando numa tela de cinema. Se você curte mistério e suspense embarque nesta viagem, eu não me assusto facilmente, mas para os leitores de coração mais frágil, eu recomendo que não arrisquem a leitura quando estiverem sozinhos em casa, como citei, muita gente que conheço sentiu calafrios com este livro.







2leep.com

17 comentários:

  1. Oi! Não conhecia o livro e achei o enredo super interessante, fiquei curiosa para saber como este mistério será solucionado. A estória tem cara de filme mesmo, enquanto lia a resenha não consegui deixar de imaginar tudo como um filme. Achei uma pena algumas partes terem sindo tão lentas, como você comentou...pois o leitor estava em busca de explicações e passagens lentas e cansativas devem desanimar bastante. Fora isso, acho que eu leria também. :)
    beijos

    ResponderExcluir
  2. uau!
    ja tinha lido alguma coisa sobre esse livro e ja tinha me animado bastante, além de gostar da temática da 2ª guerra, me animo com essa relação passado presente
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii tudo bem?
    Gostei bastante da capa, a resenha me chamou atenção, não sou muito de terror, mas pretendo ler em breve, ficou boa sua resenha :D
    Fique com Deus! Aguardo sua visita *-*
    http://www.doceliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Oie Cida
    eu até tive uma curiosidade inicial em ler esse livro, por pensar se tratar de um terror de arrepiar os cabelos, mas pelo visto não passa de sobrenatural. Não sei se eu leria, mas não está na lista de prioridades.
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Cida!
    Preciso ler esse livro! Haha
    Adoro suspenses, histórias sobrenaturais e afins. Acredito que este livro me agradaria. Não conhecia o autor e nem suas obras, acreditas? Inclusive vou pesquisar sobre suas obras depois.
    Acredito que seja o tipo de leitura que me agrada.
    Ótima resenha!
    Abraço!

    Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  6. Primeira vez que ouço falar do livro e fiquei muito curiosa. Fiquei doida para saber o que acontece no navio e qual a causa de terem deixado apenas um bebê sozinho lá, como não me assusto fácil acho que vai ser uma leitura legal, o ruim desses livros é o que você falou, em algumas páginas parece que o autor perde o ritmo e começo a pensar: funcionaria melhor em uma tela de cinema haha Dica anotada.

    Beijos
    Passaporte Literário

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida, tudo bem?
    Amei a resenha, me senti super instigada!
    Nunca tinha ouvido falar no autor, mas adoro livros de mistério/terror. Estou super curiosa pra conferir os mistérios do Valkirie e a dica tá mais do que anotada!
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei esse livro!!!! Vi que ele não funcionou tanto pra você quanto pra mim.
    Realmente, tem tudo pra ser um filme incrível!! E tomara que vire logo!!

    Gostei da resenha flor!!

    Bjksssss

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiee tudo bem?

    Acho que não leria esse livro mesmo sua resenha me deixando curiosa, nao gosto de livros que me dê medo então prefiro não arriscar rsrs.

    Beijos
    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida,

    Nossa, o título e a capa com um transatlântico me fizeram achar que se tratava do Titanic. Mais o livro parece ser bem sinistro mesmo. Não sei se eu leria por agora, mas com certeza fiquei curiosa

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  11. Como eu sou medrosa com certeza vou sentir calafrios com este livro, ao contrário de você, mas eu amo isso! :D
    Só de saber que devoramos o livro para saber a resolução do mistério já me deixou curiosíssima!!
    Amei a resenha! Um bj <3

    ResponderExcluir
  12. Achei bem legal, que contou um pouco sobre o que aconteceu, e depois foi para os dias atuais, me lembrou um pouco Titanic, não claro na parte do romance. Me interessei pouco, talvez por não conter muito romance, mas gosto de histórias sobrenaturais e com vários mistérios a ser descoberto.
    Me interessei 7/10 no livro.
    Beijos, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  13. Oi Cida, apesar das suas pequenas ressalvas achei a leitura interessante, eu adoro livros que tem um toque a mais de suspense hahahaa

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  14. Foi bom ler sua resenha, já vi muito comentário negativo a respeito desse livro. Também não me assusto facil com essas histórias e acho que só iria sentir angustia também. Fiquei interessada na história.

    ResponderExcluir
  15. Oláa!
    Sempre tive muita vontade de ler esse livro, nunca li nada do autor, apesar de não saber se esse livro seria bom para começar ou não, apesar de eu amar esse tipo de história, adoro um quê de suspense nos livros!

    beeijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  16. Oi Cida!

    Também estou louca pra ler algo do Manel, mas prefiro o Apocalipse Z primeiro, amo zumbis mais que ooutros tipos de terror e tudo.
    Parece ser um livro interessante, e de dar medo, apesar de eu não me assustar fácil! Acho que vou curtir o livro pelo que li na resenha e tomara que vire um bom filme um dia, de dar medoo e não um terror qualquer, a história tem tudo pra ser ótima!

    Beijossss

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Cida, eu achei essa capa muito linda.

    Não conhecia o livro, mas fiquei muito curiosa para ler depois da resenha, a história parece ser ótima.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!