[Resenha] O Silêncio da Noite

O Silêncio da Noite (Amanhã #2)
Título Original: The Dead of Night (Tomorrow #2)
Autor(a): John Marsden 
Editora: Fundamento           Páginas: 236
Lançamento: 2010               ISBN: 9788576762515
amanha_2 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads|
Com quem você pode contar quando o inferno é o único lugar seguro do planeta? O inimigo está ganhando cada vez mais poder, e sua crueldade aumenta a cada minuto. Os colonizadores começam a ocupar a cidade, e Ellie e seus amigos precisam agir rápido se quiserem resistir à invasão. Eles encontram possíveis aliados, os Heróis do Harvey, que prometem segurança e ataques aos soldados inimigos. Uma trama surpreendente se revela. A batalha fica mais intensa, e muitas traições se colocam no caminho de Ellie e seu grupo. Agora, eles têm certeza de que a vida mudou para sempre... e precisam fazer de tudo para sobreviver neste mundo impiedoso.

O Silêncio da Noite é o segundo volume da série Amanhã de John Marsden, publicada no Brasil pela Editora Fundamento, são sete livros e todos já foram lançados. O primeiro, Amanhã, Quando A Guerra Começou, já resenhado aqui, foi uma leitura eletrizante, eu adorei o clima de tensão ao qual os personagens foram expostos e toda a aventura perigosa em que eles mergulharam, assim estava ansiosa para saber quem iria sobreviver para continuar a história.

Vamos recapitular… a série fala sobre um grupo de amigos, Ellie, Corrie, Kevin, Hommer, Fi, Lee, Robyn e Chris, que vivem na Austrália, um belo dia eles saíram para acampar e foi este passeio que salvou suas vidas; na volta para casa não encontram ninguém, tudo tinha sido abandonado, estavam sem energia e telefone. Logo ficaram sabendo que seu país havia sido invadido por um exército inimigo, todos os moradores da cidade haviam sido feitos prisioneiros e graças a estarem acampando, foram os únicos que ficaram livres. Assim começa uma luta pela liberdade, meio às cegas, mas mesmo assim uma reação à esta invasão. Usando de muita imaginação e do que tinham à mão, os jovens causaram estragos, mas acabaram pagando um preço por isso. Agora, com menos dois integrantes na turma, eles estão escondidos na mata selvagem pensando em uma saída.

O choque causado pelo desenrolar dos acontecimentos, acabou reduzindo a energia de Ellie e dos amigos, eles estão em pausa e estarrecidos, totalmente perdidos. Algumas verdades vieram à tona e o clima de camaradagem inicial ficou esquecido, há estranhamento entre os amigos, a amizade não parece mais aquela de antes,  que era cheia de leveza e descontração.

A narrativa, em primeira pessoa, permanece na voz de Ellie, que registra as experiências vividas e suas impressões em um diário, foi exatamente a leitura deste registro pelos amigos que deixou todo mundo meio ressentido, é que Ellie é muito observadora e acabou sendo sincera demais no papel, colocando ali o que todo mundo pensa, mas não têm coragem de dizer, o pessoal não gostou de encarar as críticas.

Não digo que Ellie é perfeita, não mesmo, é uma das personagens que mais me tira do sério, seu jeito mandão irrita, mas de uma forma ou de outra, eu gosto dela, por sua sinceridade, vivacidade e coragem, além de ser mesmo leal. Na verdade, todos os integrantes do grupo são pessoas legais, que têm seus momentos de crise, nos tiram do sério, nos emocionam e acabam sendo nossos amigos. São verdadeiros e reais, somente o Chris é que não sou muito fã, até mesmo porque ele é o personagem menos explorado na trama, não permitindo assim que criemos conexão com ele.

Este livro tem um ritmo mais lento comparado ao primeiro, eu senti falta de toda aquela agitação que havia tirado meu fôlego, mas entendo a razão, neste momento, neste volume, temos um rito de passagem, a hora que os amigos percebem que nada em suas vidas vai ser como era antes, a esperança de vitória é praticamente nula, afinal de acordo com as notícias mundiais, a invasão ao país é assunto de ontem. Se algo vai melhorar ou piorar, é uma pergunta sem resposta, eu não vi nenhuma luz no fim do túnel.

Não é que não exista ação, existe sim, mas mesclada com momentos de reflexão e conflitos internos, prova disso é que John Marsden não poupa seus personagens, ele não quer nem saber que são um bando de adolescentes, eles apanham, brigam e começam a ter as mãos sujas de sangue, não há guerra sem morte e para sobreviver é matar ou morrer. Não resta escolha. Existem cenas violentas e sangrentas, algumas de gelar o sangue.

As pessoas acham que pela imagens da capa seja uma série infantil, ledo engano, Amanhã é uma série para jovens adultos, que amadurece com seus personagens, vemos aqui Ellie e os amigos darem seus primeiros passos na vida adulta, inclusive desenvolvendo sua sexualidade (com consciência \o/) e aprendendo coisas bem sérias sobre vida e morte.

Esta leitura foi mais angustiante, eu vejo todos dando voltas e não saindo do lugar, não vejo solução para o problema deles. Como alguns jovens vão derrotar todo um exército e reconquistar um país?  Eles tentam, aplaudo a força que têm, o autor dever ter uma bela carta na manga para os próximos volumes, pois vai ser preciso um milagre.

Gostei bastante, embora sinta falta de mais detalhes em relação a guerra, por ser tudo pelo ponto de vista de Ellie, fica limitado, uma narrativa alternada seria bem-vinda. Mas gente, no geral é uma série que vale a pena, quem gosta de algo mais forte e real, vai curtir. A cada dia surgem mais perguntas em minha mente, imaginando possíveis desdobramentos, como a cada dia eles estão em menor números, a pergunta principal é… Quem vai sobrar para ver o amanhã?





Série Amanhã



2leep.com

11 comentários:

  1. Você acredita que eu nunca li essa série justamente por acreditar que era uma série bem juvenil devido as capas?
    Sua resenha me mostrou ser completamente o oposto. Fiquei bem curiosa pra saber o que acontece com os amigos e como eles vão sobrevivendo a tudo.

    Bjok

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raquel! As cenas são bem fortes e nada infantis, você não é a primeira que se engana com as capas, por isso gosto sempre de avisar. Bjos!!!

      Excluir
  2. Que coincidência. Terminei o terceiro livro (No terceiro dia, a geada) nessa semana. É muito difícil encontrar com quem comentar sobre essa série, não são muitas as pessoas que acompanham. Concordo com você que esse segundo livro é mais parado.
    Se prepare para o terceiro livro, foi o meu favorito até agora: repleto de ação e também de desenvolvimento dos personagens. Você também vai encontrar mais detalhes da guerra!!!
    Ótima série!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu terminei o terceiro esta semana e achei muito mais sofrido, e que reviravoltas o autor preparou. Que legal saber que você lê, assim vamos conversando sobre a história. Bjos!!!

      Excluir
  3. Oi Cida,
    Eu não conhecia essa série,mas e bom saber que ela já foi totalmente lançada. Não leio muitos livros, sobre batalhas, principalmente as sangrentas, mas a ideia do autor de colocar um grupo de adolescentes combatendo um exército, despertou meu interesse, então vou acompanhar as resenhas dessa série, para me decidir se lê-la ou não.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bom?
    Eu já tinha visto a capa dos livros dessa série, mas não sabia nada da premissa dele. Fiquei muito interessada porque a narrativa é meio distópica e me deixou muito curiosa. O ruim é que a visão é de apenas um personagem e isso limita muito.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nossa essa série é grande né? Mas as capas sao lindas *-*
    Séries têm sempre seus altos e baixos na narração. Alguns volumes são mesmo mais paradões.
    Essa ainda não conhecia mas parece bem bacana ^^

    (desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  6. Preciso deste livros! Eu estou querendo tanto ler essa série, mas por enquanto não posso comprar :(

    Adorei a resenha.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Estou com muita vontade de ler essa série mas ainda não tive o prazer de ler nenhum dos livros. Vou procurar por eles e começar a leitura em breve. Gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir
  8. Oi Flor..
    Confesso que não faz muito meu estilo de livro.
    A história em si não parece ser ruim, mas não sei se leria.
    A resenha ficou ótima, bem detalhada.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu não conhecia essa série, mas se não tivesse lido a sua resenha pensaria que os livros se tratavam de literatura infanto-juvenil, fiquei curiosa, vou procura-lo por aqui.

    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!