[Resenha] O Estranho Mistério das Quartas-Feiras

O Estranho Mistério das Quartas-Feiras
Título Original: The Wednesdays
Autor(a):  Julie Bourbeau
Editora: Jangada                 Páginas: 248
Lançamento: 2014               ISBN: 9788564850613 
O Estranho Misterio das Quartas-Feiras ||Compare & Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
O vilarejo de Max é absolutamente normal em todos os sentidos e em todos os dias da semana... exceto às quartas-feiras. A maioria dos habitantes tranca portas e janelas para se esconder das muitas coisas estranhas que acontecem nesses dias, coisas como gatos presos dentro do aspirador de pó, bolos de aniversário que pegam fogo ou escorregões com desfechos catastróficos. E Max, de 10 anos de idade, não gosta de ficar trancado em casa. Inquieto e curioso, ele quebra todas as regras do vilarejo e sai à procura da causa de todas essas esquisitices das quartas-feiras. O que ele descobre é um segredo tão bizarro e sobrenatural que sua vida jamais será a mesma. O próprio Max nunca mais será o mesmo! De repente, os acidentes inexplicáveis tão comuns às quartas-feiras passam a acontecer com ele também às quintas, às sextas e até mesmo aos sábados! O que aconteceu com Max? E, mais importante, será que existe uma cura para esse estranho mistério das quartas-feiras? Mistério, magia, monstros perigosos e outras bizarrices você encontra aos montes nesta história fantástica de um garoto que quer desesperadamente que sua vida volte ao normal!
Tudo que é proibido sempre parece ser mais gostoso, a palavrinha "não", desperta a nossa curiosidade. Imaginem isso para uma criança muito ativa e com uma grande vontade de viver uma aventura. Tão tentador!

Max vivia em uma vila onde a quarta-feira era dia de fechar as portas e ficar dentro de casa, nem levantar a cortina era permitido, para que a quarta-feira não entrasse, se isso acontecesse, era desastre atrás de desastre, bolo queimado, cadeira quebrada, até seu cabelo poderia pegar fogo… uma série de incidentes de origem desconhecida. Quando os turistas chegavam na cidade neste dia da semana, acreditavam que o povo dali era doido, quem já viu tudo fechado e sem uma alma na rua em plena semana? Mas o que eles não sabiam, era que algo ruim estava lá fora, algo que vinha só nas quartas, nem mesmo os moradores sabiam o que era, nem queriam descobrir, trancavam-se e só saiam de casa na quinta.

Max sempre desobedecia e abria a cortina, deixando a quarta-feira invadir sua casa, um dia seus pais ficaram tão bravos que mandaram ele ir na rua ficar com a quarta-feira, mas nem de longe sonhavam que o menino aceitaria o desafio. Max foi e acabou conhecendo a quarta-feira, não uma, mas várias delas, criaturas de cabeça quadrada, pernas e braços fora da proporção do corpo e uma queda por pregar peças e atormentar as pessoa,  e o pior, ele foi contagiado com o que podemos chamar de “vírus das quartas” e logo uma maré de azar passou a estar ao seu lado, prejudicando que estivesse perto dele, seu corpo começou a mudar e Max percebeu que logo se transformaria em uma quarta –feira. E agora?

Uma trama deliciosa e divertida, onde podemos acompanhar as aventuras do traquinas Max e suas quartas-feiras. Max pagou um preço alto por sua imensa curiosidade e desobediência, mas até que foi a melhor experiência de vida que ele poderia ter tido,  passou por muitos apuros e muito medo, se machucou e causou incidentes que não tinha controle, sendo até mesmo proibido de frequentar a escola, mas por outro lado, aprendeu muito nesta jornada e fez amigos para uma vida inteira. Em casa, seu relacionamento com os pais e o irmãozinho, que não era dos melhores passou por uma grande transformação, fazendo com que o amor oculto, viesse à tona, em suma, a quarta-feira trouxe problemas, mas também muitos tesouros para vida de Max.

No começo temos um menino bem teimoso e impaciente, que não dava valor ao que tinha, era mesmo um garoto inconsequente, contudo, no decorrer da trama, prestes a ser uma quarta-feira, ele percebeu que não via as coisas como eram e deu valor ao que tinha e iria perder, com medo, resolveu lutar e derrotar as terríveis quartas, que adoravam fazer maldades, mas não eram de todo ruins, algumas eram bem legais e ajudaram Max como podiam. E não foi só isso, de onde menos esperava veio mais apoio, Noah, seu melhor amigo não lhe abandonou, mesmo quando toda a cidade queria distância, temos ainda a garota mais charmosa da escola, Gemma, que se juntou ao time Max, juntamente com o veterano de guerra e maluco da cidade  Sr. Grimsrud e seu cachorro Quinta-feira e o parapsicólogo Conkle-Smoak. Todos eles deram força ao garoto em planos bem mirabolantes.

O Estranho Mistério das Quartas - Feiras é inteligente e imprevisível, ambientado num pequeno vilarejo cheio de peculiaridades (adoro estes cenários). A autora foi nos inserindo aos poucos em seu mistério e apresentou com graça e boa construção, seus personagens – que cativam prontamente –, deu reviravoltas, criou alianças e soube surpreender positivamente com magia e emoção, há uma boa dose de sentimentos na trama, que ficam mais fortes próximo ao desfecho. O público ao qual a obra é destinada, vai querer estar na pele de Max, ele é destemido e mesmo com medo, não se deixa derrubar, enfrenta tudo com coragem e maturidade, isso mesmo, nosso menino danado cresceu no final e aprendeu sua lição. E nós, leitores mais maduros, não podemos deixar de apreciar uma história que diverte e passa valores, ensina com leveza coisas relevantes aos jovens. É para ler e reler.











2leep.com

12 comentários:

  1. confesso que não é um livro que muito me atraia, a história não me instigou!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi querida!

    Nossa, que história doida! Kkkkk mas parece divertida. E saber como o personagem muda no decorrer da trama e se transforma de garoto inconsequente em alguém que dá valor ao que tem me deixou com um vontadezinha (esse diminutivo existe?) de ler o livro.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oii!!
    Parece um livro muito bom de se ler! Fiquei curiosa para conhecer o Max.
    Beeijos

    Elidiane
    Leitura entre amigas

    ResponderExcluir
  4. Bem instigante sua resenha. O livro parece ser muito interessante, uma aventura fantástica e tanto. Adorei principalmente porque parece que o personagem amadurece muito na história. Fiquei curiosa pra ler.

    Bjok

    ResponderExcluir
  5. Nossa parece ótimo esse livro, fiquei doida pra ler!

    ResponderExcluir
  6. Oie Cida
    livros divertidos e que ainda assim ensinam uma lição, são meu fraco. Não conhecia esse, mas pela sua resenha já fiquei encantada
    bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida!
    Não conhecia esse livro, mas parece ser muito legal! Adoro livros infanto-juvenis, ainda mais os de mistério!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Cida!
    Li esse livro faz pouco tempo e fiquei apaixonada pela história. Não estava esperando muito, mas me surpreendeu. Sem contar que é divertido e Max é um fofo, gostei demais dele!]
    E as Quartas-Feiras? Eu gostei demais de algumas delas, me bateu uma dó em algumas passagens... =/
    Que bom que curtiu a leitura!
    Beijão
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  9. Oi..
    Tenho ouvido muitos elogios deste livro ultimamente.
    Ele de fato parece ser bom e uma leitura leve.
    Que bom que gostou, pretendo ler um dia.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Gostei da resenha, mas estou em dúvida se gostaria ou não do livro.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Poxa Cida assim não da minha lista só cresce quando le sua resenhas, mega curiosa para saber
    o desfecho desse livro, ainda mais por que a bella minha filhota tbm resenha garanto que ela vai
    curtir!
    Bjkas

    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  12. Oi Cida,
    Só pelo mistério o livro já me ganhou. Espero ter uma oportunidade de lê-lo no futuro.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!