Lançamentos Grupo Editorial Pensamento (@grupopensamento)

Oi galera!

Confiram as novidades do Grupo Editorial Pensamento.

(Esta postagem não é válida para o Top Comentarista)




Túneis da Morte, Niel Bushnell, Quando Jack Morrow descobre que não é um menino comum, ele é arrastado quase imediatamente numa aventura surpreendente, muito além de qualquer coisa que um dia tenha imaginado. Isso porque Jack é um Viajante, alguém com a capacidade de viajar através das Necrovias, túneis que ligam cada lápide ao dia em que a pessoa morreu. Ao se ver na Londres devastada pela Segunda Guerra Mundial, na companhia de David, seu avô, na época ainda adolescente, Jack percebe que sua chegada a 1940 não passou despercebida. Forças malignas de um mundo secreto são convocadas a encontrá- lo. Enquanto Jack luta para sobreviver nessa aventura cheia de perigos e surpresas, ele acaba por desvendar o segredo sombrio da sua família, e se empenha, numa corrida contra o tempo, para tentar mudar o seu destino...
O assassinato do arquiduque, de Greg King e Sue Woolmans, No verão de 1914, três grandes impérios dominavam a Europa: Alemanha, Rússia e Áustria-Hungria. Quatro anos depois, todos haviam desaparecido no caos da Primeira Guerra Mundial. Um acontecimento precipitou o conflito e por trás dele havia uma trágica história romântica. Quando o herdeiro do trono austríaco, o arquiduque Francisco Fernando, casou-se por amor contra a vontade do imperador, ele e sua esposa, Sofia, passaram a ser hostilizados e evitados. Os projéteis disparados em Sarajevo não apenas puseram fim à sua história de amor, como também levaram à guerra e desencadearam outros conflitos nas décadas seguintes. Num brilhante cenário de luxo e ostentação, O Assassinato do Arquiduque combina histórias da realeza europeia, romance comovente e crime político num palpitante retrato do fim de uma era. Cem anos depois, esta obra desvenda a surpreendente verdade por trás dos assassinatos - inclusive a cumplicidade da Sérvia - e passa em revista boatos de conspiração e negligência oficial. O incidente de Sarajevo condenou os filhos do casal a vidas marcadas por perdas, exílio e horrores nos campos de concentração nazistas, entre outras consequências terríveis provocadas pela morte dos pais. Desafiando mitos acumulados em livros e filmes sobre o tema ao longo de um século, O Assassinato do Arquiduque se apresenta como uma história de amor profundamente humana, destruída pelo crime, pela revolução e pela guerra.


Ciência sem dogmas, de Rupert Sheldrake, O maior delírio do pensamento científico atual é a crença de que ele já compreende a natureza da realidade. As perguntas fundamentais foram respondidas, resta apenas esmiuçar detalhes. Neste livro, o Dr. Rupert Sheldrake, um dos cientistas mais inovadores da atualidade, mostra que pressuposições cristalizadas em dogmas estão restringindo a ciência. A "visão científica do mundo" transformou-se num sistema de crenças. A realidade é apenas material ou física. O mundo é uma máquina composta por matéria inerte. A natureza não tem propósito. A consciência nada mais é do que atividade cerebral. O livre-arbítrio é uma ilusão. Deus existe apenas como uma ideia na mente humana, aprisionada dentro do nosso crânio. Sheldrake analisa cientificamente esses dogmas e mostra de maneira persuasiva que a ciência estaria melhor sem eles: mais livre, mais interessante e mais divertida. Como ele mesmo diz: "Este livro é pró-ciência. Quero que ela seja menos dogmática e mais científica. Acredito que a ciência será regenerada quando se libertar dos dogmas que a reprimem."
História da Literatura Ocidental sem as partes chatas, de Sandra Newman, Diante dos grandes clássicos da literatura, você sempre se pergunta: Quais são os livros mais importantes? Que autores vale mesmo a pena tentar ler? Posso ler só o resumo de alguns livros? Agora você poderá apreciar sem medo as obras clássicas da literatura. Este livro muito bem fundamentado vai guiá-lo sem sobressaltos e com muitas risadas através de toda a literatura ocidental, século por século: desde os clássicos gregos até o romance moderno, passando por Homero, Shakespeare, Voltaire, Rousseau, Victor Hugo, Jane Austen, Dostoievski, Tolstoi, James Joyce, Proust e Virginia Woolf. História da Literatura Ocidental sem as Partes Chatas traz divertidos resumos de enredos, definições bem-humoradas de movimentos literários e fatos reveladores sobre a vida dos escritores. Como a maioria das obras ganharam notas de 1 a 10 nos quesitos Importância, Acessibilidade e Diversão, você descobrirá o que realmente vale a pena ler e o que pode ser descartado sem culpa. 

Madame Blavatsky, de Gary LachmanPioneira. Visionária. Provocativa. Filha de aristocratas russos, Helena Petrovna Blavatsky foi uma buscadora espiritual que viajou por cinco continentes e uma das fundadoras da Sociedade Teosófica. Aclamada por muitos como um ícone e considerada uma fraude por alguns, apesar do interesse perene pela sua vida, textos e filosofia, mais de um século após sua morte nenhuma biografia concisa tinha examinado as controvérsias e o legado desta pensadora influente, que ajudou a definir a moderna espiritualidade esotérica. Este livro preenche justamente essa lacuna, desvendando a mulher por trás do mito "o enigma Blavatsky", pouco a pouco construído em biografias anteriores.
Mundo do luxo, de Mark TungateO termo "luxo" quase perdeu seu significado após uma infinidade de mercadorias aspirantes ao título de luxuosas se apoderarem dele. Mas o que é realmente o luxo? Quais são as marcas genuinamente luxuosas? Quem são os seus consumidores, e como essas marcas atraem e retêm esses consumidores? Acima de tudo, qual o futuro da indústria do luxo, agora que a extravagância saiu de moda? Dinâmico, interessante e repleto de entrevistas exclusivas, o livro Mundo do Luxo leva o leitor a viajar pelo universo do luxo, mostrando os bastidores das empresas mais sofisticadas e seu funcionamento.
2leep.com

7 comentários:

  1. Os dois primeiros livros parecem ser ótimos, principalmente O Assassinato do Arquiduque.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São meus preferidos também, vou ler Túneis.

      Excluir
  2. Heey!

    Quero muito ler O assassinato do arquiduque. Eu sou apaixonada por livros de cunho histórico, ainda mais quando relacionado às Grandes Guerras.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida,
    Fiquei interessada por “Túneis da Morte”.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. túneis da morte tem uma sinopse legal, mas pelas resenhas que tenho lido eu não leria pq não curti muito como a coisa toda foi apresentada apesar de ser interessante.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  5. Só me interessei pelo O Assassinato do Arquiduque.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Túneis da Morte e O assassinato do arquiduque parecem ser interessantes.

    Beijos
    http://palavrasdeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!