#Ficadica – Para ler em uma tarde

Oi gente!

Pensando na quantidade de livros que tenho para ler, resolvi começar pelos menores e de leitura mais rápida, aqueles que nós podemos ler em uma tarde, na praia, no parque, no conforto do sofá... Assim, conforme eu for avançando nesta minha meta de leitura de 2014, vou falar para vocês o que achei em breves comentários.

#Ficadica também passa a ser um coluna do blog, onde vou falar não só das leituras da meta, mas também de outros assuntos que acho interessante e desejo compartilhar com vocês. A primeira postagem foi coma retrospectiva literária, #Ficadica – Leituras de 2013… Feliz 2014 (aqui) e em breve vai ter mais, pois pretendo colocar a coluna no ar uma ou duas vezes no mês.

Então vamos lá. Para ler em uma tarde começa com…

ficadica 1 - vertical_


NEVE
 Deixe a Neve Cair

Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.

A coletânea de contos de natal, que chama atenção pela presença de John Green, é uma boa pedida para quem quer uma leitura rápida, leve e com romance. São três contos e além de Green, temos as autoras Maureen Johnson e Lauren Myracle. Mesmo sendo histórias diferentes, elas estão ligadas, todas se passam no mesmo local, mas com diversos protagonistas, que acabam interagindo um com o outro em cada conto e no final unem-se para um desfecho bem bacana. Cada conto começa com algo que deu errado na noite de Natal e daí em diante envereda por romances adolescentes, uns que deram certo e outros nem tanto. O casamento dos contos é muito bem feito, dando a impressão até mesmo de uma história única ao final, fez com que aquela superficialidade em livros do gênero sumisse e deixasse a leitura muito mais satisfatória. Meu conto preferido não foi o de Green, e sim do de Maureen Johnson, O expresso Jubileu, cinco estrelinhas para este, foi o conto que me mostrou toda a magia do Natal. Não gostei do último, pois a protagonista é totalmente fútil e egoísta. Que menininha chata! O conto de Green é diferente de tudo que já li dele, mas é legal também . Enfim, no balanço geral fica na média 4/5 estrelinhas. 
(Let it Snow, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle, 2013, 336 páginas, Editora Rocco, Skoob, Goodreads)


AS VANTAGENSAs Vantagens de Ser Invisível


As vantagens de ser invisível reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela. As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir “infinito” ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se real ou imaginário. Íntimas, hilariantes, às vezes devastadoras, as cartas mostram um jovem em confronto com a sua própria história presente e futura, ora como um personagem invisível à espreita por trás das cortinas, ora como o protagonista que tem que assumir seu papel no palco da vida. Um jovem que não se sabe quem é ou onde mora. Mas que poderia ser qualquer um, em qualquer lugar do mundo.
Este já ganhou sua versão para o cinema e ao terminar a leitura corri logo para assistir ao filme, que considero um ótimo complemento, mas nem de longe substitui o livro. Aqui temos a história de Charlie um garoto extremamente sensível que resolve compartilhar conosco algumas das experiências marcantes de sua vida. Poderia ser a vida de qualquer garoto de quinze ou dezesseis anos, mas por possuir tantas peculiaridades torna-se única e você tem que conferir os desdobramentos. Fala de amadurecimento, drogas, sexo, amizades, abuso sexual, insegurança e como é ser diferente dos estereótipos criados pela sociedade. Eu fiquei apaixonada pela história, não consegui largar o livro e confesso que me emocionei muito, Charlie não é um menino muito feliz, embora nem mesmo perceba isso, ele é conformado em ter poucas coisas e acaba sendo mais um ouvinte da vida, do que aquele que faz o próprio barulho, mas com o passar do tempo ele muda e supera um trauma muito grande por qual passou (reside aqui o toque de mistério do livro), e ao ver isso comemoramos com ele uma vitória. Adorei a forte presença de cultura pop, com citações de grandes músicas, que foram essenciais para dar um clima, é definitivamente um livro com trilha sonora e também temos a presença de grande obras da literatura, para compor todo o restante. Recomendo por ser algo muito tocante e verdadeiro, com passagens significativas, um festival de quotes. Como diria Charlie, te faz “sentir-se infinito”. Classificação 5/5
(The Perks of Being a Wallflower, Stephen Chbosky, 2013, 224 páginas, Editora Rocco, SkoobGoodreads)



GAZA
Uma Garrafa no Mar de Gaza

Um homem-bomba se explodiu dentro de um café em Jerusalém. Seis corpos foram encontrados. Uma garota, que se casaria naquele dia, morreu junto com o pai "algumas horas antes de vestir seu lindo vestido branco". E Tal não consegue parar de pensar em tudo isso. Tal é uma israelense que, como toda garota de dezessete anos, vive suas primeiras experiências - o primeiro grande amor, as primeiras escolhas profissionais e também o primeiro atentado. Depois de vivenciar esse momento trágico, ela escreve uma carta a um palestino imaginário, coloca em uma garrafa e pede ao irmão, que presta o serviço militar perto de Gaza, para lançá-la ao mar. Algumas semanas depois, recebe a resposta de um certo "Gazaman"...
 
Sem drama! Guerras religiosas, israelenses versus palestinos, cartas e e-mails que dão esperança. Também adaptado para as telas, este livro mostra a situação complicada na qual vivem as pessoas na Faixa de Gaza. A guerra sem fim entre israelenses e palestinos, leva uma garota a lançar uma garrafa no Mar de Gaza em busca de contato com alguém do outro lado, uma esperança de ali encontrar as respostas para os conflitos que resultam diariamente na morte de centenas de inocentes. Esta abordagem, pela visão de dois jovens, não deixou de ser realista, sua troca de correspondências mexe conosco, mas acaba trazendo um clima não tão dramático, mas nem por isso menos impactante. Aqui, a esperança de um mundo melhor toma conta das páginas, embora tenha seu contrapeso, mostrando que sonhar é bom, mas o fim dos conflitos não é tão fácil de ser alcançado. Um texto dinâmico, com partes para refletir, mas que serve acima de tudo como uma aula para aqueles que estão tão longe da realidade deste povo. Os protagonistas são totalmente opostos e por isso completam-se perfeitamente, dando um equilíbrio muito bom para a trama. Não sonhem com romance aqui, é algo muito mais lindo e sincero. Uma leitura prazerosa, que me fez sorrir, mas também me deixou com os olhos marejados, é bem conduzida, embora o final tenha me deixado com uma sensação de um vazio enorme, pois não busca a fantasia, e sim a plena realidade. Personagens cativantes e sensíveis. Classificação 4/5.
(A Bottle in the Gaza Sea, Valérie Zenatti, 2012, 128 páginas, Editora Seguinte, SkoobGoodreads)



E vocês? Já leram algum destes livros? Gostaram?
2leep.com

26 comentários:

  1. Adorei as dicas!! Também pretendo dar uma reduzida na minha enorme lista de livros!!
    Já li "As vantagens de ser invisível" e gostei bastante. Pretendo ler "Deixe a neve cair" em breve.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida!
    Adorei a ideia do #Ficadica, a gente tem mesmo que fzer malabarismo pra diminuir a fila de leitura, não é? "Deixe a neve cair" é fofo, foi uma leitura adorável. "As Vantagens de Ser Invisível" eu só vi o filme, mas imagino que o livro deva ser ainda melhor. "Uma Garrafa no Mar de Gaza" passa uma ideia na sinopse que pelos seus comentários se mostra bem diferente durante a leitura, mas ainda bem que você gostou.
    Beijos... Elis Culceag. * Arquivo Passional *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Elis! São muitos livros e de um jeito ou de outro temos que ler, então pensei nesta tática. Uma garrafa é um livro muito legal, a sinopse me deixou sem saber muito, foi a recomendação da minha sobrinha que me fez ler.

      Excluir
  3. Adorei essa nova coluna, acho que vai ser bastante útil pra mim que pretendo ler bastante livros esse ano e de preferência curtos pela falta de tempo. Desses eu só li "As vantagens de ser invisível", mas nunca me interessei pelos outros dois, infelizmente.

    ResponderExcluir
  4. OI Cida!
    Ótima coluna, destes eu só li Uma Garrafa no Mar de Gaza e gostei, achei bem legal a forma que é narrada. Depois que li eu vi o filme, com esses atores da capa, foi legal também, mas acho que o livro ainda passou um pouco mais de, nem sei dizer, mas foi válido ver o filme..As vantagens de ser invisível eu vi apenas o filme por enquanto..

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Irei começar a ler As Vantagens de ser Invisível em breve, parece ser um livro muito bom e gostoso.
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei as dicas Cida!!! Não li nehum dos livros mais eu quero muito ter a oportunidade de ler Uma garrafa no mar de gaza :)
    Eu to lendo na verdade, terminar Pandemônio hoje, se Deus quiser, e de todas as leituras o que de longe eu mais gostei foi O lado bom da vida :)
    Beijos
    Brubs
    contodeumlivro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei de Pandemônio, é uma das distopias que mais gosto.

      Excluir
  7. Oi Cida, quero muito ler Uma garrafa no mar de gaza, adorei a dica e ele já está nos meus desejados ^^

    Beijos Mila
    Tem resenha nova no Daily ^^
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/2014/01/resenha-tigana-lamina-na-alma.html

    ResponderExcluir
  8. Adoro Charlie :)
    Eu quero muitos os contos de Deixe a neve cair. Quase comprei na pré-venda quando fui trocar um presente.
    Agora a sugestão que mais me encantou foi o que eu desconhecia Uma garrafa no mar de gaza. Já ouvi falar por cima, mas vendo teus comentários, eu fiquei motivada. Vou buscar.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. ainda não li nenhum dos livros indicados, mas alguns ja estão na lista de desejados
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gostei da ideia desta coluna, muito legal! Destes eu só conhecia o Deixe a Neve cair e As vantagens de ser invisível, mas ainda não li e devem ser muito bons! :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Adorei as dicas. Eu li "As Vantagens de ser Invisível" na virada do ano, haha. Muito bom mesmo, está na minha lista de favoritos.
    Beijos,
    Blog Monomaníacas

    ResponderExcluir
  12. Desses, o único que eu não conhecia era Uma Garrafa no Mar de Gaza, mas fiquei curiosa. Já assisti As Vantagens de Ser Invisível, e estou morrendo de vontade de ler o livro. Também quero muito ler Deixe a Neve Cair, já que vi vários comentários positivos sobre ele, estou bem curiosa em relação a ele.
    Beijos,
    Yasmin
    deitadosnagrama.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oiee Cida =)
    dicas anotadas aqui e o único que tenho é a vantagem de ser invisível e ainda em e-book. rs
    uma tarde venho ler...
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Twitter

    ResponderExcluir
  14. Uma garrafa no mar de Gaza é leitura obrigatória! (E vale muito a pena ver o filme também!)
    Já As vantagens de ser invisível, tenho o livro há meses a fio, mas ainda não consegui pegá-lo para ler. Nos próximos meses, sem falta, devo fazê-lo!

    Um beijoo, Livro Lab

    ResponderExcluir
  15. Adorei as dicas, desses eu só li As Vantagens de ser invisível, que, apesar de ser fino, não acho que dê para ler em apenas uma tarde pois é muita coisa para processar, mas olhando a questão das páginas vai tranquilo!

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tive problemas em absorver a história não, mesmo lendo em uma tarde, aproveitei bem.

      Excluir
  16. Oie Cida =)

    Dos livros que vc escolheu, só li "As Vantagens de ser Invisivel", que eu realmente li em uma tarde só rs... Tenho curiosidade de ler "Uma Garrafa no mar de Gaza", e espero poder ler ele logo *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  17. Não li nenhum dos 3 mas... Morro de vontade de ler As vantagens de Ser invisivel. Aliás, não sei porque ainda não li! hahaha
    Deixe a neve cair eu quase comprei... acabei desistindo.
    Beijinhos,
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
  18. Ah, adorei a nova "coluna". O único que li daí foi Uma garrafa no mar de gaza, achei que só eu conhecia esse livro kkkkk adorei saber que não! Quero muito ler os outros dois.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Cida.
    Dicas de leituras rápidas são sempre bem vindas, mas como eu não tenho nenhum dos livros, vou continuar aqui tentando eliminar os da minha estante.
    Achei a ideia do #ficadica bem interessante, e aguardo as próximas dicas.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  20. Oi Cida ^^
    Eu li "As vantagens de ser Invisível", mas eu não o leria em um só dia, porque é preciso parar um pouquinho para refletir, e eu gostei tanto dele não queria que acabasse logo :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Cida!
    Eu assisti As vantagens de ser Invisível, eu gostei do filme e agora quero ler o livro. Os livros do John Green não me chama atenção por isso acho que não vou ler Deixe a Neve Cair e Uma Garrafa no Mar de Gaza eu ainda não conhecia, mas fiquei curiosa.
    Adorei a coluna!

    Beijos,

    Rafa{Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  22. Curioso que mesmo um livro sendo curtinho ou rápido de ler, não consigo ler numa sentada não.. tô sempre fazendo mil coisas e minha atenção está sempre dispersa.. então leio um pouquinho, levanto, faço outra coisa, leio mais um pouco, vou para o PC.. e por aí vai.. kkk mas ótimas as dicas. Ainda quero ler As Vantagens de ser Invisível. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  23. Os dois primeiros livros estão na minha lista de leitura e pretendo lê-los em breve.
    Gostei da dica do terceiro livro. Não conhecia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Abril

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!