[Resenha] Cair das Trevas

Cair das Trevas
Título Original: Darkness Falls (Immortal Beloved #2)
Autor(a): Cate Tiernan
Editora: Galera Record      Páginas: 252
Lançamento: 2013     ISBN: 9788501092663
_cair

Depois de 450 anos, esperava-se que Nastasya já tirasse de letra essa história de imortalidade. No último outono ela buscou refúgio em River's Edge, uma espécie de retiro espiritual onde ela e outros imortais tentam estabelecer a paz com seu passado tortuoso. Porém, em vez disso, tudo o que Nastasya descobriu - além de que detesta acordar cedo numa cama dura para catar ovos de galinhas furiosas - é que ela não está segura em lugar nenhum. Nem mesmo ao lado do cara/viking/deus grego mais gato do mundo, Reyn, que ela ainda não descobriu se é sua ruína ou sua última chance de ter um amor. Nastasya conseguiu se manter bem até o Ano-Novo, mas parece que agora, depois que fez um pedido um tanto ambicioso na hora da virada, tudo está indo por água abaixo. Nada que faz dá certo, tragédias acontecem quando ela está por perto, tudo parece não ter propósito e, pior, ela nem sabe mais porque continua sequer tentando! Como sempre soube, sua família vem de uma grande linhagem das trevas, e Nastasya já está se convencendo de que não há escapatória. Como se não bastasse, os súbitos e totalmente enlouquecedores beijos de Reyn não estão ajudando... Mas quando Nastasya não aguenta mais a pressão e resolve fugir de tudo para seguir o próprio rumo, ela se vê numa situação ainda mais sombria, perigosa e destruidora do que jamais pôde imaginar. River's Edge nunca pareceu tão longe, ou tão agradável...

Cair das Trevas é o segundo volume da série Amada Imortal, de Cate Tiernan, que vem sendo publicada no Brasil pela Editora Galera Record. É uma série sobrenatural que acho muito diferente, ela trata de imortais, mas não aqueles de tomavam um elixir de longa vida, como os de Alyson Noël, nem são vampiros. São pessoas que nasceram assim, vindas de grandes casas milenares e donas de um grande poder, conhecido como magick.

Em Amada Imortal (resenha aqui), fomos inseridos neste universo, conhecemos Nastasya (Nas), uma imortal muito poderosa, mas que não faz ideia da capacidade que possui. Ela viu sua família ser assassinada quando era apenas uma criança, sofreu horrores de uma perseguição, perdeu um filho e finalmente resolveu mascarar sua dor e sofrimento atrás de maquiagem forte, roupas caras, amigos nadas recomendáveis, bebidas e muita farra. Até o dia que a maldade de seu melhor amigo Incy foi como uma descarga elétrica, que a despertou para a realidade de sua vida vazia e sem propósito. Disposta a ser boa e a ter uma vida digna, Nas foi para River’s Edge em busca de redenção. Neste local, que nada mais é que um lar de reabilitação de imortais fora da linha, Nas encontrou a si mesma, confrontou parte dos fantasmas de seu passado, quase foi assassinada e achou em seu maior inimigo, a chance de vingança ou de viver um grande amor.

Agora, nossa protagonista acredita estar no caminho certo, mas na virada do ano, seu desejo de ano-novo, "livrar-se das trevas de sua vida", parece funcionar de modo inverso, atraindo todos os tipos de coisas ruins para si, ao invés de levar embora. Nas passa a ter uma série de pesadelos sangrentos e assustadores e temer cada vez mais um reencontro com sua antiga vida e o melhor amigo Incy, que posso dizer que é a personificação de tudo que há de pior na face da terra. A única coisa boa parece ser o amor de Reyn, mas mesmo isso não é aceito por ela. Convencida que nunca será boa, e seu caso é um caso perdido, Nas volta ao começo, perdendo tudo o que havia conquistado em River’s Edge. Vai diretamente para o fundo do poço e só aqueles que acreditam verdadeiramente que ela é uma boa pessoa, serão capazes de lhe salvar.

A narrativa continua em primeira pessoa pela voz de Nas, e mais uma vez eu tive a sensação de estar conversando com uma amiga. Ela manteve seu humor negro, auto-depreciativo, julgando a si mesma mais do que qualquer outra pessoa. Nas é uma garota esforçada e dá para perceber a luta que trava para ser melhor, mas é tão insegura e frágil que não consegue confiar em si mesma. Eu me via querendo dar aquela força para ela, incentivar seu romance e dizer o quanto estava errada em acreditar que havia trevas em seu coração, fiquei com muita pena de todos os momentos em que chorou e se martirizou, até mesmo pelos erros dos outros e quis dar um belo chute naqueles que se aproveitaram de seus momentos de fraqueza para lhe prejudicar. Afirmo que Nas é uma protagonista que mexe com a gente, que nos faz querer abraçar sua causa e lutar suas batalhas. É uma querida, e sou fã desta moça, são poucos os livros que conseguem trazer mocinhas tão especiais.

Quanto aos demais personagens e o romance, amei ter maior participação de Reyn e meu desejo de ter mais momentos entre o casal foi realizado, a prévia que tivemos deles no primeiro livro foi o aperitivo de uma história de amor que amadureceu aqui e acredito que no próximo volume vai ser consolidada. E o restante dos imortais deu mais conteúdo a trama, conforme iam aparecendo nos mostravam suas histórias de vida, então este volume da série, não falou somente sobre Nas, e sim deu uma visão geral de todos os que fazem parte desta história.

E o melhor foi a inserção de um grande vilão, eu que acreditava que fosse uma certa pessoa a responsável por todos os problemas da mocinha, fui surpreendida por uma grande revelação, algo que pelo visto estava sendo planejado há muito tempo. Só temos um nome, mas que com certeza é falso, então só nos resta elaborar teorias. Eu acredito que quem quer matar Nas e roubar seu poder é alguém próximo, que vive em River’s Edge e finge ser seu amigo ou amiga. Será? Será?

Como eu disse, esta é uma série sobrenatural diferente, e no primeiro livro eu vi acontecimentos que poderiam ter ocorrido com qualquer pessoa, não precisando ser imortal para viver aquilo, então acabei achando o clima sobrenatural menos intenso do que queria, mas aqui a autora trabalhou melhor esta parte e vemos sim, um mundo cheio de mágica e coisas impossíveis para nós humanos.

A narrativa é bem construída, e não tive a sensação de estar desconectada da história, sabe quando passamos de um livro para outro de uma série e ficamos sem rumo? Bem, aqui as ligação entre um e outro é bem feita e nos vemos facilmente dentro da trama. Foi tão fácil reviver cenas de Amada Imortal, não pensei que tivessem ficado tão fortes na memória.

Mágoa, arrependimento, vergonha, medo. Vivemos todas estas sensações com Nastasya e ficamos na expectativa de um exorcismo de tudo e de seu crescimento pleno como pessoa. Nas é como a Phoenix, que vai renascer das cinzas.

Minha única ressalva foi a falta de esclarecimentos sobre a maneira que Incy, o melhor amigo de Nas, adentrou pelo caminho da maldade. Ele e ela viveram muitas coisas juntos e queria mesmo que a autora tivesse mostrado a razão que o conduziu a desejar a morte da amiga. Não acredito em amor não correspondido.

Enfim, estou ansiosa pelo próximo livro, quero ver Nas e Reyn felizes para sempre, nossa protagonista dominando todo seu poder e derrotando seu grande inimigo oculto.


2leep.com

25 comentários:

  1. Oi Cida,
    não sei se iria gostar desse livro, eu realmente fiquei em dúvida, então não leria no momento.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  2. Terminei agora de ler este livro.
    Quando vi que você postou a resenha, vim correndo conferir. Não se preocupe, não vou copiar, rsrs. Mas é que eu queria mesmo saber se você teria ficado, assim, chocada que nem eu.
    O Incy me deixou de boca aberta demais!!! Vamos combinar, que capeta, rs.
    Gostei muito mais deste do que do primeiro. Enfim, que bom que você também gostou, e que bom que também está se perguntando: Será?
    Porque essa pergunta está na minha cabeça.

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa Lele, ele estava possuído, louco e cruel. Então você também ficou com a pergunta na cabeça?Fala sério, eu tenho certeza que é alguém que se finge de bom. Bjos!!!

      Excluir
  3. Oi Cida!!

    Essa história foi uma grande surpresa para mim. Amei Amada Imortal e senti saudade de cada parte do livro a todo momento durante a sua resenha. Através dela pude relembrar tudo que amei no livro e estou cheia de curiosidade, louca para ler Cair das Trevas!!

    Beijos,

    Celle
    www.bestherapy.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Celle! Se você gostou do primeiro, então vai curtir este com certeza, é melhor ainda.

      Excluir
  4. Fiquei com vontade de ler! rs
    Estou com o primeiro livro aqui, mas ainda não li. Estou com uma troca marcada pelo skoob desse livro.
    Espero conseguir ler logo no início de janeiro.

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Hmmm, fiquei curiosa, quem sabe eu leio né?
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  6. oi linda!
    gostei da indicação, gosto do gênero sem contar o romance ♥ já tendo dos livros ainda me animou mais s2, talvez as explicações do Incy venha melhor no proximo s2
    bjus flor!
    Pan
    http://pansmind.blogspot.com/2013/11/sorteio-de-natal-amazonia-arquivo-das.html

    ResponderExcluir
  7. Querida, não li Amada Imortal ainda, então pra evitar spoilers eu não li a resenha. Mas vi a nota final e fico feliz em saber que a história continua boa. Afinal, tem a famosa "maldição do segundo livro" né? Haha

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. cida, acho que vc disse tudo sobre o livro nas primeiras linhas: é um sobrenatural inovador, bem diferente do que estamos acostumados e isso cativa a gente.
    esse não é o meu momento para ler esse livro, mas espero em breve ter a oportunidade de conhecer a escrita da autora que com certeza está tendo uma legião de fãs!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Cida,
    Eu não me lembro se já conhecia o primeiro livro dessa série, por isso eu fiquei boiando na sua resenha, mas mesmo assim achei interessante a ideia de sobrenatural da autora.

    *bye*

    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A resenha do primeiro é o post anterior. Confere lá.

      Excluir
  10. Oi Cida, tudo bem?
    Li Amada Imortal faz bastante tempo e confesso que não gostei muito :/ Mas, pela sua resenha, parece que a autora melhorou muito. E a Nas não aparenta estar tão inconsequente, sem falar que finalmente o romance está mais sólido, pelo que você falou, pois foram essas e outras coisinhas que me incomodaram tanto no primeiro rs
    Vou com certeza dar uma chance ;D

    Beijos,
    salaodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju! Houve evolução no enredo, então vale a pena conferir. Depois me conta sua opinião.

      Excluir
  11. Então...domingo eu li uma resenha de Amada Imortal no blog da Lele e comentei que estou louca para ler esse livro. Só não li por que é série e eu ando fugindo de série por agora.
    Que bom que vc gostou da leitura! Fiquei me roendo de curiosidade pra saber o que foi que te deixou tão chocada no livro. rs
    Beijos
    http://www.coisasdemeninas.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi uma reviravolta Neyla, eu pensava que o vilão era um e do nada percebi que é alguém que está muito bem escondido.

      Excluir
  12. Estou louca para ler esse livro.
    Já li o primeiro e me apaixonei, vou ver se até
    sábado compro esse.

    Mariana - WTF. [{ Sobre livros,filmes e séries.}]

    ResponderExcluir
  13. Oie Cida
    eu amei o primeiro livro, e estou louquinha para ler esse segundo. o que me desanima é saber que vai demorar um bocado para ser lançado o último, e ultimamente estou esperando lançarem todos os livros para não ficar naquela expectativa rs
    Bjos
    www.mybooklit.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fala, eu mesma só peguei para ler a série quando vi que o segundo estava chegando.

      Excluir
  14. Fico feliz que os segundo livro tenha te surpreendido e superado o primeiro! Com um vilão, uma história de amor tomando forma, mágica, etc... Aguardarei a resenha do último livro quando for lançado!

    ResponderExcluir
  15. Oi Cida, achei legal a autora ter inserido um vilão na história, sempre acho que eles apimentam a trama. Que bom que o ritmo continua bom e que você também gostou desse livro. Em pensar que se trata de uma série que eu não dava nada.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  16. Não me imagino sendo uma imortal, deve ser uma existencia muito triste, vc vendo seus amigos e pessoas q vc ama morrerem a sua volta e vc lá sozinha para todo o sempre. :/

    ResponderExcluir
  17. Pela resenha, esse me pareceu ser melhor que o primeiro da série...
    Gostei muito também, quero muito acompanhar!

    ResponderExcluir
  18. Eu ainda não li o primeiro livro, então não tenho muito o que comentar. Porém eu gostei bastante que a capa do segundo livro tenha seguido o mesmo caminha que a do primeiro. É realmente linda. Parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir
  19. Oie Cida
    Novamente digo que quero ler muito essa trilogia, desde a resenha do primeiro livro que estou realmente interessada na trama. Gosto de histórias com seres sobrenaturais e provavelmente vou gostar dessa trilogia. Beijos

    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!