Vem aí... Geração Editorial

Oi galera! Muito frio aí? 
Que tal um bom livro para ler embaixo das cobertas?

Confiram as novidades da Geração Editorial.


A belíssima Georgeanne deixa o noivo no altar ao perceber que não pode se casar com um homem velho o suficiente para ser seu avô, mesmo riquíssimo. O astro do hóquei John Kowalsky, sem saber, ajuda-a a escapar e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde. Os dois passam a noite juntos, mas no dia seguinte, John dispensa Georgeanne, deixando-a com coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se reencontram e John fica sabendo que sua única noite de amor produziu uma filha, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão dele por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, outra vez, a incorrer na cólera do seu patrão? E ela? Vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele?
Jenna Kerry tem um segredo. Ela sempre fantasiou em dividir a cama com dois homens, mas seu noivo Ryan nunca aprovaria. Então, Ryan aparece inesperadamente em uma noite e ela faz o sexo mais selvagem da sua vida. O único problema é que ele não é Ryan. Quando ela descobre a verdade – que seu noivo tem um irmão gêmeo – reacende um desejo de longa data. Ambos os homens estão determinados a tê-la, e vão provar seus talentos nas formas mais eróticas imagináveis. E ela ousa explorar sua fantasia mais ocultada … ela poderia lidar com tudo o que os gêmeos de sangue quente têm a oferecer? Tranque a porta ao entrar neste conto da perversamente desinibida Opal Carew.
Depois do extraordinário sucesso de seu livro de estreia, Titília e o Demonão: cartas inéditas de d. Pedro I à marquesa de Santos, o historiador Paulo Rezzutti presenteia o público amante de história e de boas histórias com a sua muito aguardada biografia de Domitila de Castro (1797 -1867), a incomparável marquesa de Santos, amante do primeiro imperador do Brasil e uma das mulheres mais notáveis e influentes da América Latina, que, segundo o escritor Paulo Setúbal, “encheu um Império com o ruído do seu nome e o escândalo do seu amor”.
Durante décadas, milhares de pacientes foram internados à força, sem diagnóstico de doença mental, num enorme hospício na cidade de Barbacena, em Minas Gerais. Ali foram torturados, violentados e mortos sem que ninguém se importasse com seu destino. Eram apenas epilépticos, alcoólatras, homossexuais, prostitutas, meninas grávidas pelos patrões, mulheres confinadas pelos maridos, moças que haviam perdido a virgindade antes do casamento.Ninguém ouvia seus gritos. Jornalistas famosos, nos anos 60 e 70, fizeram reportagens denunciando os maus tratos. Nenhum deles — como faz agora Daniela Arbex — conseguiu contar a história completa. O que se praticou no Hospício de Barbacena foi um genocídio, com 60 mil mortes. Um holocausto praticado pelo Estado, com a conivência de médicos, funcionários e da população.

Nova edição de O grande Gatsby, lançada pela Geração, ganha apresentação do ilustre Ruy Castro, capa dura, caderno de fotos, além de sobrecapa promocional do novo filme de Baz Luhrmann.

A Geração Editorial orgulha-se de apresentar um dos melhores romances — talvez o melhor — da literatura dos Estados Unidos, e a obra-prima de F. Scott Fitzgerald. O grande Gatsby é uma crítica mordaz ao chamado “Sonho Americano”, em que a sociedade estadunidense viveu uma prosperidade sem precedentes na década de 1920, após a I Guerra Mundial.

Em uma edição de luxo, com capa dura e caderno de fotos no miolo, o livro conta com apresentação escrita pelo célebre jornalista e escritor Ruy Castro, autor de obras como Chega de Saudade: A história e as histórias da Bossa Nova (1990); O Anjo Pornográfico: A vida de Nelson Rodrigues (1992); Estrela Solitária: Um brasileiro chamado Garrincha (Prêmio Jabuti de 1996); Carmen: Uma biografia (2005); Era no tempo do rei: Um romance da chegada da corte (2007), entre outros.

O grande Gatsby é uma brilhante recriação da alta sociedade norte-americana na Era do Jazz. Remove camada por camada desse mundo glamoroso e revela a insensibilidade e crueldade do seu âmago. Como diz Ruy Castro na apresentação que preparou especialmente para esta edição, Gatsby é o alter ego do próprio F. Scott Fitzgerald, que embora idolatrasse os ricos e o glamour da época, enxergava a sua decadência e não se conformava com o materialismo sem limites nem com a falta de moral desse delírio hedonista, que teve fim na Crise de 1929, quando sobreveio a Grande Depressão, o período mais negro da história dos Estados Unidos.


2leep.com

13 comentários:

  1. Fantasias Gêmeas eu estou super curiosa, espero que supra minhas expectativas. Mas vamos combinar, estão todos com uma premissa ótima.

    ResponderExcluir
  2. Cida fiquei muito curiosa por simplesmente irresistível, quero muito ler algo da autora e adorei a sinopse!

    Deixo aqui o link do meu cantinho que foi criado como uma forma de sair um pouco do estresse e me divertir, ainda estou apanhando e com muitas dúvidas, mas tudo é publicado com muito carinho! http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei "Simplesmente Irresistível". Todas as capas são maravilhosas. Apaixonada!
    Xxx

    ResponderExcluir
  4. acho que desses eu só leria simplesmente irresistível :)

    ResponderExcluir
  5. Nossa! As capas estão lindas. Me interessei muito por: Simplesmente irresistível, Domitila e O grande Gatsby.

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida,
    adorei a capa do irresistível, gosto bastante dos livros da autora e quero lê-lo.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida.
    Eu adoro as capas dos livros da Rachel Gibson, mas ainda não tenho nenhum na estante.
    Simplesmente Irresistível é o meu escolhido.
    Holocausto Brasileiro me deixou muito curiosa, gosto de histórias verídicas, vou ficar de olho nesse lançamento.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  8. Nossa, amei os lançamentos, estou louca para ler vários deles, como Simplesmente Irresistível e O Grande Gatsby. A Editora arrasou nos títulos escolhidos para lançamento. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  9. Estou ansiosíssima para ler Simplesmente Irresistivel!
    Adorei loucamente sua da autora e espero q este novo livro siga o mesmo caminho :D
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ah, como eu preciso ler algo da Rachel Gibson!!! *-*

    Também me interessei muito por Holocausto Brasileiro, fico até com vergonha de dizer que NUNCA tinha ouvido falar disso... e olha que, como mineira, sempre ouvi a piadinha: "ah, você tá louco, cuidado que vão te mandar pra Barbacena". Agora fiquei um pouco indignada com ela.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oie amiga
    Quantos lançamentos bacanas, hein?
    Quero ler Simplesmente Irresistível, Fantasias Gêmeas e Domitila.
    Beijos

    Jéssica
    http://leitorasempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Fico com Simplesmente Irresistível Cida, foi o único que realmente fez minha cabeça..

    beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Opa, bons lançamentos!! Me interessei muito pelo Holocausto Brasileiro... e o Grande O Gatsby adquiri em um Sebo, uma edição bem antiga e vou começar a ler hoje! :) Bjos!

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!