[Resenha] Apenas Um Olhar

Apenas Um Olhar
Título Original: Just One Look
Autor(a): Harlan Coben
Editora: Arqueiro                 Páginas: 352
Lançamento: 2019               ISBN: 9788580419788 
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Uma foto pode contar muitas mentiras... Ao buscar um filme que mandou revelar, Grace encontra, no meio das fotos, uma que não pertence ao rolo. É uma imagem de cinco pessoas, tirada no mínimo vinte anos atrás. Quatro delas não lhe são familiares, mas a quinta é muito parecida com seu marido, Jack. Ao ver a foto, Jack nega ser ele. Só que, mais tarde, ele foge sem nenhuma explicação, levando a fotografia. Sem saber por que ele se foi, Grace luta para proteger os filhos da ausência do pai. Cada dia que passa traz mais dúvidas sobre si mesma, sobre seu casamento e sobre Jack, assim como a compreensão de que há outras pessoas procurando por ele e pela fotografia – inclusive um violento e silencioso assassino. Quando entende que não pode contar com a polícia, e que seus vizinhos e amigos têm os próprios objetivos secretos, Grace precisa enfrentar as partes sombrias de seu passado para descobrir a verdade que pode trazer seu marido de volta. HARLAN COBEN JÁ VENDEU MAIS DE 70 MILHÕES DE LIVROS VENDIDOS NO MUNDO. “O único bom motivo para deixar este livro de lado é ir conferir se a porta de casa está bem trancada.” – Peop
O mestre das noites em claro ataca outra vez e eu não poderia finalizar o ano sem perder o sono lendo uma obra de Harlan Coben. Apenas Um Olhar, lançado no Brasil pela Editora Arqueiro tem uma história ótima, uma trama intrincada e cheia de nuances. É tiro atrás de tiro.

A história começa com um homem no corredor da morte solicitando uma reunião com um procurador de justiça. O estranho é que o procurador não tem nada a ver com o caso dele, mas ainda assim o criminoso insiste na conversa. O procurador vai, ouve uma confissão sobre um assassinato de alguém de sua família e… partimos para a próxima página.

Harlan muda de cenário e nos leva para a vida de uma mãe, que antes de ir buscar os filhos na escola passa em um laboratório fotográfico para retirar suas fotos recém reveladas. Grace é moda antiga, não gosta muito da era digital e prefere fotos em papel. Quando abre o envelope para conferir o conteúdo, se depara com uma foto antiga de um grupo de rapazes e moças. Uma moça tem um X no rosto e um dos rapazes pode ser Jack, seu marido. Quando ela lhe mostra a foto, a reação dele é estranha e na sequencia Jack desaparece.

Há ainda um assassino de aluguel matando diversas pessoas e quando Grace começa a tentar entender onde o marido está, ela vai descobrindo uma trilha de mortes e ela mesma passa a ter a vida ameaçada. Alguém não deseja que aquela foto exista e agora Grace precisa entender por qual motivo.

Ela não é uma mulher que tenha medo, sobreviveu ao massacre ocorrido um um antigo show de rock, perdeu as memórias, mas não a coragem de lutar por quem ama. Ela ama Jack e os filhos e vai protege-los.

São diversas pessoas sem ligação aparente, diversos fatos aleatórios e muitas mortes. Qual a ligação da confissão do criminoso com a foto, com o procurador, com Grace, com o assassino de aluguel e até com o acidente no show de rock? Será que há mesmo ligação entre tudo e todos?

É isso que vamos descobrir ao se deixar levar por Harlan na trama de Apenas Um Olhar. Uma história forte, cheia de reviravoltas e que nos prende na busca por respostas. Eu fiquei vidrada na leitura, em busca das conexões e de entender o que estava acontecendo.

Grace é uma personagem forte, teimosa e corajosa. Eu adorei esta mulher e a forma como saiu em busca de pistas pelo paradeiro do marido e aos poucos foi ligando os fatos. Acontece muita coisa com ela, muitas surpresas a aguardam e até última página não é possível adivinhar o que o autor vai aprontar.

Acho que o que mais me fascina nas histórias do autor é ver uma pessoa comum indo na caça de bandidos e desvendando crimes complexos. Ainda que a policia apareça, são os heróis e heroínas de Harlan que fazem o serviço pesado, que se arriscam e chegam ao desfecho. É a força destas pessoas, sua coragem, força de vontade e insistência em lutar por quem amam que faz o leitor se apegar, sofrer com eles e comemorar suas vitórias.

Apenas Um Olhar tem esse brilho, esse carisma que nos cativa e faz reféns. É um dos melhores que li de Coben e me senti satisfeita por toda a emoção da leitura, desenvolvimento engenhoso dos fatos e desfecho inteligente. Nem tudo termina bonito, nem todos se salvam, mas ainda assim é um final de aplausos. Eu amei!




10 comentários:

  1. Oi Cida,

    Eu não li nada do Coben e todo ano eu falo que vou ler algo dele. Fiquei bem intrigada com essa história, quem sabe eu não comece por ela rs.

    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  2. tanta gente fala super bem das histórias desse autor que morro de curiosidade em ler!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, eu só li um livro do autor, e gostei muito!
    Adorei a indicação e curti muito a sinopse e ainda mais sua resenha, que bom que fechou o ano com chave de ouro né!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cida!
    Ganhei um livro do Corben e pretendo lê-lo ainda esse ano. Quero muito conhecer a escrita do autor.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  5. Olá, Cida.
    Acho que não li nenhum livro do Harlan no ano passado. Preciso ler esse ano porque amo as obras dele. Adoro ser enganada e nunca descobrir o final hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Porque sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos ❤️ !!

    Meu Blog: Jogar nas Loterias

    ResponderExcluir
  7. Oi Cida,
    Espero conseguir ler mais do autor esse ano
    Li pouco dele, mas foram o suficiente pra me interessar por todos. Já quero esse também, fiquei curiosa com a relação do crime com o prólogo.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida

    Tive meu primeiro contato com a escrita do Coben ano passado e adorei. Estou com esse livro aqui e fiquei mais animada por você achar que é um dos melhores do autor, pois quando ele saiu pela TAG eu li algumas resenhas negativas.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  9. É tão bom quando o final é de tirar o fôlego como esse. Não conhecia esse livro, mas fiquei doida para ler depois da sua resenha! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  10. Estou pensando em começar a ler as obras do autor e já estou anotando todas as dicas e resenhas maravilhosas sobre os livros.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!