[Resenha] O Gosto da Tentação

O Gosto da Tentação
Título Original: To Taste Temptation (Legend of the Four Soldiers #1)
Autor(a): Elizabeth Hoyt 
Editora: Record                   Páginas: 378
Lançamento: 2018              ISBN:9788501113788
||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
Da autora da Trilogia dos Príncipes que já vendeu mais de 30 mil exemplares no Brasil. Lady Emeline Gordon é um exemplo de sofisticação entre a elite da sociedade londrina, uma mulher sempre elegante e extremamente educada. Por isso, ela é a dama perfeita para acompanhar Rebecca, a irmã mais nova de um bem-sucedido homem de negócios de Boston e ex-soldado das colônias. Samuel Hartley pode até ser um homem bem-afortunado, mas seus modos são tão selvagens quanto os confins das colônias onde foi criado. Afinal, quem usaria mocassins em um baile de gala? Sua arrogância e seu desprezo pelo decoro deixam Emeline furiosa, ainda que, no fundo, ela ache aquela ousadia atraente. No entanto, apesar da aparência rebelde, o ex-soldado é assombrado por uma tragédia: o massacre do 28º regimento, no qual centenas de seus companheiros morreram ― inclusive o irmão de Emeline, Reynaud. E é por esse motivo que Samuel está em Londres: para obter respostas, e não para se apaixonar. Mas isso não significa, porém, que seja fácil para ele controlar o próprio coração. Para Emeline, se afastar daquele homem também não é uma tarefa fácil, principalmente quando descobre que ele está tentando desvendar o mistério por trás da morte de seu irmão. À medida que os dois passam cada vez mais tempo juntos, se render àquela paixão se torna impossível. Mas Emeline não pode se comprometer com o forasteiro... por vários motivos. Só que algumas coisas estão além do controle de uma dama...
O Gosto da Tentação é o primeiro livro da série de A Lenda dos Quatro Soldados, de Elizabeth Hoyt, publicada no Brasil pela Editora Record. A autora é a mesma da Trilogia dos Príncipes (O Príncipe Corvo, O Príncipe Leopardo e O Príncipe Serpente).

A série, apesar de trazer em cada volume um novo casal de protagonistas, não deve ser lida fora de ordem. Há um aspecto da trama que começa a ser desenvolvido neste volume, mas não é concluído e vai seguir sendo trabalhado nas outras histórias. 
 
Lady Emeline Gordon é uma jovem viúva sofisticada que transita pela sociedade inglesa com bastante desenvoltura  e é admirada pelos membros de seu círculo. As famílias gostam que ela apresente as jovens debutantes para a sociedade e supervisione as mesmas na busca por um futuro marido. A dama tem um olha crítico e sabe enxergar os bons partidos. Ela própria fez um bom casamento e hoje já garantiu para si um novo e promissor compromisso depois de ficar viúva.

Em uma das tantas festas que frequenta, ela é surpreendida por um homem fora do contexto. Samuel Hartley é um homem rico, vindo dos EUA, mas que destoa do refinamento dos ingleses. Nem todo o dinheiro que possui o deixou com aparência menos bruta, menos selvagem. Ele não se importa e não almeja ser aceito pelos aristocratas.

Sam já chega causando barulho, quando não segue as regras de etiqueta e força ser apresentado à Emeline. Ela fica sem ação, mas lá no fundo gosta daquela ousadia. Se surpreende com aquele olhar de caçador de Sam e mesmo sem se dar conta, quer ser caçada. No entanto, pelas regras da sociedade, ele não foram feitos um para o outro…

Eu já conhecia a escrita da autora da Trilogia dos Príncipes e por isso apostei nesta nova série. Hoyt tem um jeito particular de narrar. Ela faz uma ligação entre histórias semelhantes a contos de fadas ou mesmo fábulas, desenvolvendo um enredo interessante e, muitas vezes, intrigante.

Logo de cara esta história me pegou. Eu tinha vindo da leitura de um romance com um mocinho sem atitude, que vivia para ser capacho da dama e nunca tinha coragem de manifestar suas vontades. Samuel chega como uma poção revigorante com sua atitude ousada e determinação. Não se acanha com os olhares de reprovação que recebe e parte para o ataque, se apresentando para a dama e indo atrás do que quer. No entanto, não pense que já entendeu o que ele desejava.

Apesar de ficar óbvio que Emeline e Samuel vão viver um romance, não é por este caminho que a trama se desenvolve. Ele se apresentou para ela seguindo um plano cuidadosamente traçado. Samuel busca algo, está no meio de uma investigação e precisa da dama para chegar até onde podem estar as pessoas que têm as respostas que busca.

Então, não esperem por um romance relâmpago. O casal, apesar de passar todo o tempo juntos, vai criando primeiro uma relação cheia de tensão sexual, para só mais tarde avançar para algo mais. E olha que nem sabemos se realmente isso vai dar certo.

O foco central da trama é a investigação de Samuel sobre uma batalha que participou no exército e da qual saiu derrotado e muitos companheiros foram mortos em combate ou torturados mais tarde. Ele acredita que alguém os traiu e quer descobrir quem foi.  Entre os torturados e brutalmente assassinados estava o irmão de Emeline e não demora para que ela queira ajudar Samuel na investigação.

A autora intercala bem essa investigação com o desenvolvimento do romance. Eu gostei muito desta linha e já adianto que a caça ao traidor foi o que mais gostei. Apesar de curtir romance, um bom mistério sempre rouba meu coração. E adorei a autora ter inserido este aspecto na história, deixando –a muito mais interessante.

No entanto, há sim espaço para romance e este toma conta do livro em seu um terço final. Ali, Emeline e Samuel estão tão ligados que precisam repensar suas vidas e ver se terão coragem de ir contras as regras da sociedade para ter um final feliz.

Eu gostei muito dos dois e torci para que se entendessem, mas  isso não me impediu de ficar irritada com ambos quando foram covardes em lutar por seu amor. Acho que seus maiores inimigos foram eles mesmos, não a sociedade.

Além da dupla que me agradou, eu gostei bastante de alguns personagens secundários. A melhor amiga de Emeline é uma mulher que parece guardar bons segredos e é muito sincera em suas observações. Gostei da sagacidade de Melisande. Quem também me impressionou foi Vale, um visconde bem espirituoso e  Rebecca, a irmã de Samuel. Já vi que o próximo livro será protagonizado por dois dos mencionados e estou ansiosa para ler.

Voltando para O Gosto da Tentação, eu me diverti com a leitura, passei boas horas na companhia de Samuel e Emeline e achei a história, num todo, muito envolvente. Aprovado!










2leep.com

10 comentários:

  1. Oi Cida.
    Eu ainda não li a série dos Príncipes, pois ainda me falta o terceiro livro. Assim que conseguir ler vou embarcar nessa, ainda mais lendo tantos elogios sobre a história.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida.
    Ainda não li nada da autora apesar da minha paixão para ler romances de época. Em comparação, gostei mais da proposta dessa série do que da anterior. Pelo visto é imperdível.
    Beijo.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  3. Oi Cida, eu li os outros três livros da autora e curti a narrativa dela. Acho que essa dose de mistério movimenta as tramas, eu curto tb. Quero ler!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida,
    Gostei dessa mescla do romance com investigaçao.
    Além do fato do romance não ser miojo, rápido, não gosto.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Eu acho aa capas dessa trilogia muito linda. Não li nenhum volume mas quero. Uma amiga leu e recomendou bastante e como é um genero que ainda estou caminhando, guardo as indicações que parecem boas.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida, tudo bem?
    Gostei do potencial da série e das diferenças em relação a outras do gênero, como o fato de ter uma trama que precisa ser lida em ordem e uma investigação tendo bastante destaque. Adoraria conferir!
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Eu sou apaixonada por esse livro. Quero até reler.
    E, olha que ele é HOT pra caramba. A amiga da protagonista realmente guarda muitos segredos. O próximo livro está em pre-venda, e eu já quero ele, tipo, agora kkkk.

    Até mais!
    Depois da Leitura
    Loja Depois da Leitura

    ResponderExcluir
  8. Olá, Cida.
    Esse livro foi uma tortura para mim. Quase que não consigo terminar. Lia, lia e as páginas não passavam. Achei o casal um porre e só vou ler o próximo para tirar a má impressão porque amei os outros livros que li da autora.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oi, Cida!
    A outra trilogia da autora foi um pouco mediana para mim, então não sei se vou dar uma chance a esse livro.. porém as capas são maravilhosas.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  10. Oi Cida,
    Minha mãe já leu os livros anteriores dessa autora e não gostou muito.
    Tanto que nem nos animamos a comprar este, mas mostrarei sua resenha a ela para tentar convencê-la a dar mais uma chance.
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!