[Resenha] Lua Azul

Lua Azul (Saga Três Luas #1)
Autor(a): Fred Oliveira
Editora: Planeta (Outro Planeta)     Páginas: 208                           
Lançamento: 2017                          ISBN: 9788542210439
 ||Compre||     ||Skoob||  ||Goodreads||
O universo está em perigo... Uma poderosa civilização monitora a relação entre o bem e o mal do universo, destruindo planetas inteiros sempre que o equilíbrio parece ameaçado. Para tal, observam uma incrível relíquia, chamada A Grande Balança, que se inclina sempre que um planeta precisa ser exterminado. E mais: a Terra, o Planeta Azul, é o próximo. Mas, muito tempo atrás, na Itália renascentista, Galileu e seus discípulos desenvolveram o que poderia ser a última esperança da raça humana: sete armas de extremo poder, confiadas a gerações e gerações de guerreiros habilidosos e comprometidos com a salvação do mundo. Essa história atravessará os séculos até chegar a Tóquio, no ano de 2064. Katsuma, um jovem de apenas dezesseis anos, receberá uma das grandes armas de Galileu e terá de lidar não apenas com os sentimentos e as descobertas de um adolescente comum, mas também com o peso da maior responsabilidade que um homem adulto poderia suportar: o de ser o herói de que a humanidade precisa para continuar existindo.
Este ano estou viciada em animes. Além de estar acompanhando boa parte das estreias, estou também maratonando outros que já estão completos. Confesso que estou com os seriados bem atrasados, mas estes animes são muito viciantes. Até as minhas playlists vem sendo com as músicas deles… Em suma, estou mencionado isso, pois este livro traz uma história totalmente dentro deste universo e veio em boa hora para mim.

Katsuma é um jovem adolescente, criado pelo avô, que sempre teve fascínio por história antiga. Ele não é um garoto cercado de amigos, mas tem uma amiga de infância que é sua fiel companheira de todas as horas, a jovem Iyo.

Quando o avô de Katsuma lhe entrega uma estranha relíquia, o garoto vê sua vida mudar. A casa deles é invadida por um guerreiro, o avô é assassinado e ele descobre que é um dos jovens escolhidos para salvar o mundo de um grande  apocalipse causado por invasores de um planeta distante.

A trama se desenrola a partir desta descoberta de Katsuma e daí em diante ele não apenas tem que aprender a lidar com o luto e com os dilemas de sua idade, mas também a usar o poder que lhe foi dado através da relíquia deixada pelo avô. Ele precisa se tornar forte, superar a frustração de ter vivido até então uma vida cheia de meias verdades e acreditar que pode salvar a Terra.

Este volume foca em apresentar os outros escolhidos que lutarão com ele, embora não todos, e mostrar como é o treinamento dos salvadores. Iyo estará lá com o amigo, dando o apoio que ele tanto precisa.

Tudo se passa numa era futura, mais precisamente o ano de 2064, e o cenário é bem moderno e desenvolvido. É legal observar o universo criado por Fred Oliveira e fica fácil ver sua influência vinda de animes de ação e ficção cientifica, mostrando na obra  personagens com superpoderes e lendas antigas.

A narrativa é ágil e não há um aprofundamento significativo nas personalidades dos personagens, pode ser que nos próximos volumes o autor abra mais espaço para este aspecto. O que senti que precisa ser melhorado é o entrosamento entre Katsuma e sua equipe. Acho que a ficha não caiu para todos, eles não entendem que precisam ser unidos. A ligação deles ainda é frágil e carece sentimentos. Quem sabe seja algo que venha com o tempo.

Cada um deles possui um objeto mágico, que dá um grande poder de combate. É interessante observar que estas armas foram todas encontradas junto as Sete Maravilhas da antiguidade.

É uma história atrativa, que ganha contornos mais definidos nos capítulos finais e traz algumas cenas de luta empolgantes. Eu estou curiosa para saber como Katsuma e companhia vão seguir nesta jornada, torcendo para que se aproximem mais e que consigam formar não apenas um grupo de combate, mas se tornem amigos verdadeiros.  




2leep.com

8 comentários:

  1. Oi Cida,
    Eu adoro animes e mangás e sempre que tem alguma indicação acabo anotando para ver ou ler depois. E com esse não vai ser diferente, gostei muito da trama.

    Bjs e um bom fim de semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi Cida,
    Acho que cada ano a gente vicia em um estilo sem nem planejar mesmo.
    Eu não consigo ter interesse por esse estilo, mas fico feliz que estejam investindo, pois conheço muita gente que curte.

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  3. Olá. Depois de entrarmos no mundo dos animes é muito difícil sair... Sei perfeitamente o que isso é. O problema é que existem tantas obras que se torna muito difícil acompanhar a maior parte, principalmente, para quem não tem tanto tempo quanto isso.
    Obrigada pela dica.
    Beijinho
    Mundo da Fantasia

    ResponderExcluir
  4. Oi Cida!! Eu já fui uma otaku ferrenha rsrrsrs sinto saudades de ver mais anime! Gostei do enredo, bati o olho na capa e já me interessei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Cida!
    Eu achei que era um mangá!
    Curti muito a premissa. Nunca ouvi falar, mas já vou atrás de saber mais. Curti muito tanto o protagonista quando a premissa central.

    David
    Abraços
    https://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cida,
    Não tenho o costume de ler animes e nem conhecia este, porém algo que me ajudaria é saber que toda a aventura começa aqui, pois geralmente os animes que vejo sempre tem milhares de continuações e eu nunca consigo encontrar o começo, rs. Acho que sou meio tapada para essas coisa, rs.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Olá, Cida.
    Eu achei o enredo bem interessante. Eu sou fã de livros assim. Falou relíquia eu já me interesso e quero saber mais sobre a história. Por isso vou anotar aqui para uma futura leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi, Cida!
    Já quero conferir essa história! Ainda mais por ser nacional.
    Confesso que me assustei com o título porque só me faz lembrar do flop da série Os Imortais.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Obrigada por seu comentário.

Sua participação é muito importante.

Um grande beijo!